Saudações anais.

Hoje me despeço da Sally neste ciclo didático de textos anais de 2021. Agradeço a parceria e o empenho por tentar tornar temas desagradáveis em algo que um ser humano possa ler. Para encerrar nossa parceria deixo a Sally freestyle, na área onde ela melhor escreve: ciência. Desejo um texto de viés científico, com o enfoque que ela quiser, sobre cu. Sem mais.

JigCu


Minha obrigação de hoje é escrever um tema com “viés científico” sobre cu. A boa notícia é que este é o último texto no qual sou obrigada a me sujeitar ao tema escolhido por um leitor. A má notícia é que hoje vocês recebem quatro páginas falando sobre cu. Minhas mais sinceras desculpas.

Continue lendo

No começo da semana, a pequena ilha de Barbados deixou de ser mais uma das posses da monarquia britânica. A mais nova república do mundo festejou o momento e virou notícia pela cerimônia com grande representatividade feminina: não só as chefes do governo são mulheres, como ainda declararam heroína nacional a cantora Rihanna, nativa do país caribenho. Mas… faz alguma diferença prática se são mulheres ou homens?

Continue lendo

Hoje seria dia do texto do C.U., mas devido à comoção pelo surgimento de uma nova variante de preocupação, ele concordou em ceder seu dia para um FAQ. Sim, a Ômicron entrou no lugar do C.U. e todos os demais trocadilhos que vocês queiram (ele fez um monte). Quem quiser C.U. passa na quinta.

No FAQ de hoje juntei as principais dúvidas sobre a variante Ômicron (com acento, para as pessoas entenderem como se pronuncia) em um texto e, à medida que soubermos mais, novos FAQs virão.

Continue lendo

Embora a linha divisória entre cultura ocidental e cultura oriental esteja cada vez mais borrada, ainda podemos diferenciar alguns fatores determinantes de cada uma delas. Sally e Somir discordam sobre o pior aspecto da que domina o nosso lado do mundo. Os impopulares demonstram se são cultos.

Tema de hoje: qual o pior aspecto da cultura ocidental?

Continue lendo


República Impopular do Desfavor - Nenhum direito reservado, nem os seus.