Que o governo brasileiro foi terrível na gestão da pandemia, Sally e Somir concordam. Mas nos detalhes, os dois tem uma desavença sobre o mínimo que precisava ser feito para não ser tão horrível assim. Os impopulares comunicam.

Tema de hoje: um governo que não falasse tanta merda teria diminuído o número de mortos no Brasil?

Continue lendo

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid quer discutir as denúncias relacionadas à empresa Prevent Senior (…) Conforme denúncia feita por médicos e ex-funcionários, o plano de saúde teria ocultado mortes de pacientes que participaram de um estudo realizado para testar a eficácia da hidroxicloroquina; a pesquisa teria sido ainda encomendada após um acordo com o governo Bolsonaro. LINK


O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse nesta quinta-feira, 16, que os adolescentes sem comorbidades que receberam a primeira dose da vacina contra covid-19 devem ter a imunização suspensa e não receber a segunda aplicação. A declaração vem depois de o Ministério da Saúde passar a recomendar a vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos somente para aqueles portadores de comorbidades e privados de liberdade. LINK


Medicina. E Brasil não devem estar nem na mesma frase. Desfavor da Semana.

Continue lendo

Eu chamo o tempo que vivemos de Era da Informação, não porque eu bolei o termo, mas porque vi outras pessoas chamando disso e realmente fez sentido definir essas últimas décadas assim. Rapidamente a humanidade teve que se adaptar, e salvo uma epidemia global de problemas mentais, o resultado até que foi decente. Não corremos risco de extinção (imediato) por causa dessa mudança na quantidade (e qualidade) das informações com as quais o ser humano médio lida diariamente. Mas, uma coisa é se adaptar, outra completamente diferente é se beneficiar…

Continue lendo