Desfavor Explica: O peido.

Não fui eu!

Para compensar esses Desfavor Explica que Madame fica escrevendo sobre assuntos de nerd, a bagaceira vem aqui falar de um assunto um pouco mais popular: peido. Simples assim.

Me recuso a começar definindo o que é um peido. Vocês sabem. E quando abri a Wikipédia e li a definição como “ventosidade anal” tive uma crise de riso de cinco minutos, o que atrasou meus trabalhos. (infantil? Eu?). Me recuso a chamar de “pum”. É PEIDO mesmo. Se você tem “finesse”, chamará o peido de “flato”, que vem do latim: flatus (significa sopro).

Sim, embora nenhum de nós admita (ou não devesse admitir), todos nós peidamos. Diversas vezes por dia, estudos estimam que seja em uma média de 15 vezes por dia. O intestino humano produz entre 200 e 2000ml de gases (morria sem saber que peido se mensura em ml). Não existe pessoa que não peide (menos eu e você). Em alguns casos, as pessoas podem peidar até mesmo algumas horas depois de mortas.

Vamos analisar a magia da formação do peido (eu não falo flatos, eu não tenho finesse).

O peido pode se originar dos gases resultantes da fermentação das bactérias que existem em nosso intestino na tentativa de decompor o alimento ou ainda do ar engolido por uma pessoa.

No caso do ar engolido, é possível minimizar o estrago. Pessoas engolem ar falando, mastigando, fumando e etc. Até bebidas com gás podem piorar o problema. Algumas medidas simples podem diminuir consideravelmente a quantidade de ar ingerida, como por exemplo, comer devagar ou não falar muito rápido. Mas é impossível parar de engolir ar. É inevitável. Até quando engolimos saliva, engolimos pequenas bolhas de ar. Sem contar que parte do ar engolido pode ser eliminado por um belo arroto. Tá vendo, leitora? Quando seu namorado arrotar, não brigue com ele. É o que eu sempre disse… antes por cima do que por baixo.

Dizem que a maior parte dos peidos vem do ar ingerido, portanto, com alguns cuidados é possível diminuir a potência da sua bazuca anal.

Este blog é classe PURA!

O grande problema está nos gases produzidos pelas bactérias do nosso intestino. Esse não tem jeito. Alguns alimentos em especial geram mais gases do que outros, como por exemplo fibras, frutose, sorbitol, rafinose ou lactose (procure no Google quais são, eu só tenho 4 páginas e o assunto é fascinante). Outros não geram gases mas deixam o gás que já existe com um cheiro DO MAL.

Querido leitor, você sabe porque o peido fede? É uma história muito triste que eu preferia não ter investigado. Existem pessoas que defendem a idéia de que, com o peido, se liberam pequenas partículas de merda no ar, por isso, quando você inala o peido, estaria inalando a merda alheia, ainda que em menores proproções. Um cientista imbecilóide de uma republiqueta da América Central teria até feito um exame e constatado a presença de coliformes fecais nas narinas de um voluntário (wat) que se dispôs a cheirar o peido diretamente do cu de outro voluntário (WAT). Como é um exemplo muito surreal (quero crer do fundo d’alma que nunca ninguém vai se dignar a fazer isso). Melhor se apegar às explicações científicas, que soam menos terríveis: Os gases intestinais contém sulfeto de hidrogênio (gás sulfúrico), enxofre e outras substâncias que cheiram mal. Quando mais delas, pior cheira seu peido.

Mas não é só isso. O cheiro do peido também pode depender do tempo em que ele ficou preso no seu intestino. Simplificando muito a história: quanto mais tempo ele fica lá dentro, maior será sua concentração de nitrogênio em sua composição, porque os demais gases vão sendo absorvidos pela corrente sanguinea. Por isso, você, Leitora, que está com seu namorado ao lado, segurando o peido por um tempo, nem pense em entregar os pontos e peidar, porque vai sair ainda mais fedido. Seja macho, Cara Leitora, segure o peido até o fim e só peide longe dele. Desfavor ensinando o pulo do gato: ou peida logo, ou não peida, porque se deixar destilar, vai feder pra caralho.

Em minha pesquisa sobre o assunto, ouvi um médico especialista. Acredito que ele não vá mais me dirigir a palavra depois disso. Fiz uma série de perguntas inapropriadas e quando ele se esquivava, eu pressionava para obter uma resposta. Tudo belo blog.

Uma das coisas que ele soltou no meio de uma resposta e que me chamou a atenção foi o seguinte: pessoas não peidam barulhento quando dormem, se uma pessoa soltou peidorrão daqueles que mais parece ruído de frasco de shampoo quando está no final, é muito provável que esteja acordada. A revolta tomou conta de mim. Quantos peidos eu já perdoei nesta vida achando que a pessoa estava dormindo e não tinha culpa? Será que a pessoa estava acordada e achando bonito? DE-BO-CHE. Darei esporros em alguns ex-namorados depois dessa.

“Mas Sally, como fazer para expelir os gases antes do meu namorado chegar? Me ajude, ele está vindo para a minha casa!”. Calma. Não tem como ficar 100% livre dos gases, mas podemos amenizar a situação. Você vai ter que ficar em uma posição chamada “genupeitoral”. É humilhante. Mas é mais humilhante soltar uma bufa na frente do seu amor, portanto, respire fundo e vamos lá: fique de joelhos com o corpo dobrado para frente, deitada por cima das suas coxas. Aproxime o peito o máximo que puder de seus joelhos. Procure manter o ânus (é o fim do glamour) acima da sua cabeça. Não, não é trollagem. Isso ajuda a expelir os gases. Você também pode deitar com a barriga para cima e pedir para que alguém empurre suas pernas flexionadas contra o peito, mas francamente, ninguém merece essa tarefa.

O que os olhos não veem, o nariz sente.

Importante: Esta ilustração é meramente fantasiosa, já que Sally não peida.

“Mas Sally, estou apavorada! Não quero peidar mais! Quais são os piores alimentos que devem ser evitados?”. Você vai peidar. É uma cruz que temos que carregar. Sonho com o dia em que o ser humano aproveitará tudo que ingere e com isso não seremos mais forçados a tarefas degradantes como cagar e peidar. Por falta de uso, o buraco do cu vai fechar com o passar das gerações, o que também nos poupará de algumas práticas sexuais não desejadas. Voltando à sua pergunta: ovo, feijão, repolho, alguns açúcares e refrigerantes ou bebidas com gás.

Claro que existem problemas específicos, tudo depende do organismo. Algumas pessoas tem problemas com certos alimentos. Eu tenho um amigo que quando ingere lactose interdita o ambiente quando peida. Parece que tem um elefante morto no recinto. Chega a ser radioativo. Peida e sobre aquela nuvem em forma de cogumelo. Observe seu organismo e constate quais são os alimentos que despertam a podridão dentro de você.

“Mas Sally, sou homem, acho mó legal peidar fedido, inclusive faço competição com meus amigos para ver quem peida pior. Como peidar podrão?”. Amigo leitor, uma palavra para você: Albumina. Tome albumina, mas tire o cachorro do quarto, porque o cheiro pode matar um pequeno mamífero.

Outra questão crucial: porque alguns peidos são ruidosos e outros não? Parece que tudo depende da vibração gerada pelo peido ao passar pelas membranas do ânus e pelas bandas (wat). Conforme a velocidade com a qual o peido é expelido, combinada com a contração do esfíncter, pode sair um peido silencioso ou um lambretão. Quanto mais relaxado o cu, menos barulho o peido vai fazer. E mais: cus naturalmente apertadinos tentem a soltar peidos mais barulhentos que cus arrombados com pregas descoladas. Desconfie daquele seu amigo que só peida silencioso, ele pode ser um arrombado.

É nóis no lambretão!

Perguntei a esse médico táticas para peidar sempre silencioso e ele se recusou a responder por diversas vezes, mas, diante da minha insistência, ele deu algumas dicas, todas impraticáveis: abrir as bandas com as mãos, piscar o cu e ir soltando aos poucos e outras coisas tão humilhantes quanto. A menos pior é sentar em um local fofo e macio, que abafe o cu, e soltar lentamente. (caralho, Somir vai me matar quando ler o nível intelectual desta postagem).

Cá entre nós, constatação empírica (observando os outros, claro. Eu não peido), já repararam que o peido ruidoso fede menos? É impressão minha? Os silenciosos são os piores. Apelidei esses peidos em mute de “ninja”, porque são silenciosos e mortais. O lambretão é mais humilhante, sem dúvidas, mas é menos fedido.

Fui perguntar isso pro médico também e ele respondeu “Sally, desculpa eu te perguntar, mas… que tipo de blog é esse que você escreve?”. Depois de insistir, ele disse que nunca tinha lido nada a respeito (Desfavor inovando na literatura médica) mas desenvolveu uma teoria com base em seus conhecimentos técnicos: quando o peido faz barulho, é porque reverberou nas bordas do ânus. Essa difusão que provoca o som acaba “diluindo” o peido, que ganha uma leve oxigenação, diminuindo a concentração de gás metano, diminuindo o cheiro. Quando o peido sai sem oferecer resistência, não se dilui, ficando mais concentrado e por isso mais fedido.

O cheiro também depende de uma série de condições do ambiente para se propagar, como umidade, vento, temperatura e a distância de quem peidou. Ambientes fechados acentuam o cheiro do peido, porque há menor capacidade de dispersão. Quanto menos diluído, mais ele fede. Isso explica porque peido no elevador é sempre sofrido.

Me foi dito que a parte do dia em que estamos mais propensos a peidar é a manhã, especialmente ao acordar (vulgo “trovão matinal”) e quando OS OUTROS vão ao banheiro cagar (porque eu e você não cagamos, muito menos peidamos).

“Sally, sempre vejo piadas sobre pessoas que acenderam seus peidos, isso é realmente possível?” Sim, querido Leitor. Isso é tecnicamente possível, porém desaconselhável. Sairá uma chama azul ou amarela do seu cu (dependendo da predominância de gás metano ou de hidrogênio no seu peido). Entretanto, existem grandes chances de que, quando o peido acabar, o fogo continue cu adentro. Um quarto das pessoas que tenta isso se queima. Desfavor não recomenda que você acenda seu peido. Ficaadica.

wat

Acreditem ou não, já recebi um e-mail de uma leitora perguntando sobre peido vaginal. Sim, os chamados “peidos vaginais” existem (em inglês: queef), mas não fedem. Não há produção de gases na vagina, é apenas ar que entrou. Quando sai, costuma fazer barulho. E sim, é muito constrangedor. Costuma ocorrer durante o sexo, em função da dinâmica do movimento. Acaba entrando ar e em algum momento ele tem que sair. Para diferenciar se foi um peido ou um queef, aguarde alguns instantes – se não feder foi queef.

Pergunta: sou só eu que rolo de rir quando escuto barulho de peido? Assista o vídeo abaixo e faça o teste. Se você não rir, é uma pessoa madura.

Tô muito triste, porque acabou o espaço e eu ainda tinha muitas coisas para falar. Se deixasse eu fazia um Desfavor Explica de vinte páginas sobre peido. Boa sorte na semana que vem, vendo Madame falar do Big Bang, Efeito Casimir ou qualquer outra bosta sacal.


Bônus do Somir, que chora de rir com peidos.

Para dizer que você vai seguir todas as dicas para peidar menos barulhento e menos fedido quando estiver bem acompanhado, para me chamar de bagaceira e dizer que é muito maduro para este texto e para pedir um Desfavor Explica sobre merda: sally@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Comentários (44)

  • Quando bate aquela vontade de bufar, eu vou no banheiro e faço como se estivesse limpando a bunda, pressiono o boguinha de leve, e sai um barulho muito mais inaudível. Dica praticamente infalível(Só deu errado uma vez), A mão é por trás, ok?

  • Muito bom o tópico, porém ja acordei com o lambretão, meu…diga-se de passagem, mas confesso que estava dormindo mesmo e não foi uma vez não…portanto fico em dúvida com a afirmação do médico, mas acredito que possa acontecer mesmo.rsrsr

  • Falei a coisa do gás hélio e esqueci de dizer que essas pessoas o inspiram. Hehehehe… Um detalhe de alguma reevância.

  • Tentando dar minha contribuição. O som dos peidos também tem relação com a composição gasosa dos mesmos. Já viram aquelas brincadeiras de gente que coloca gás hélio num balão e tenta falar depois? Sai uma coisa que nem dá pra chamar de voz. Em suma, tudo isso pra dizer que se o gas é menos denso tende a produzir menos som, o que não quer dizer que não produza pior aroma.

  • Certo, mas o MEU peido foi "lambretão", todos ouviram, senão nem saberiam q/ foi meu. E repito eu estava dormindo! Foi minha irmã q/ contou q/ morreu de vergonha comigo peidando dormindo na sala kkkkk

  • Duda, o médico não disse que as pessoas não peidam dormindo.

    O que ele disse é que quando as pessoas estão dormindo, estão relaxadas e por isso o peido costuma sair silencioso.

    As pessoas não soltam peido lambretão dormindo. É diferente.

    E quero crer que ele está errado sim, porque me dói pensar que todos os lambretões que eu ouvi foram de pessoas acordadas! hahaha

  • Esse 'medicuzinho' q/ falou q/ não se peida dormindo está totalmente errado e ainda passível de causar alguma confusão contra o peidão inocente! Eu digo isso porque EU pedei dormindo sim, qdo eu era criança estava de visita sentada na cadeira de balanço na sala de estar, dormi e soltei vários peidos!(Me contaram). Portanto se peida dormindo sim!

    Ah, qto a ficar coliformes fecais no ar por conta de peidos, essa é meio inacreditável, acho q/ isso poderia até acontecer se todos peidassem de cu livre, mas por cima, digo por baixo da roupa e os tais coliformes ultrapassarem…, êita q/ poderosos! Se realmente isso acontece em uma ocasião em q/ engarrafei um peido (soltei um em uma garrafa e tampei c/o dedo),com roupa claro, e 'soltei' no nariz do meu sobrinho, ele ficou cheio de coliformes fecais nas narinas e na cara então kkkkkk

  • Eu e minha parceira trocamos pedios de amor.

    Sobre as sacolinhas… acho que poderia ser em um "Flertando com o desastre".

  • Sou eu que saía do carro para peidar…
    Pois é Sally… a minha mulher, como forma de protesto após alguns desfavores realmente grotescos como uma escapulida merdolesca liquefeita no edredon da vovó da dita cuja (sim, ela me ama…), ela começou a peidar na minha frente. É raro, e geralmente é quando ela está puta da vida comigo. Mas quando vem, é radioativo!!!

  • Sobre as duvidas tecnicas do Anônimo:

    Sim, eu perguntei ao médico sobre a possibilidade de morrer inalando o próprio peido, mas o limite de páginas me obrigou a cortar esta e outras perguntas.

    A resposta dele foi que não é possível morrer inalando o próprio peido, ninguém consegue peidar tanto assim para contaminar um ambiente desta forma.

    Porém há relatos na literatura médica sobre um babaca que ligou uma mangueira no seu cu e nas narinas e morreu cheirando o peido.

    Ou seja, se você for imbecil suficiente para cheirar SÓ seu peido, criando ferramentas para isso, pode acabar morrendo.

    E sim, você peida 15 vezes por dia. Conte os peidos que dá cada vez que vai ao banheiro, os peidos dormindo, os peidos matinais e verá que é de 15 para cima…

  • quando durmo do lado de alguém (qualquer pessoa!), tento ao máximo ficar em posição de morto (barriga pra cima, imóvel) pra evitar que dormindo saia algo sem que eu controle.
    neurótica.

    chorei de rir com o texto. huaheihaehu

  • Namorado peidar na frente de namorada é o Apocalipse. Juro que terminei um namoro pq quando eu falava no tel com ele, ouvia peidos. Não foi na minha frente, mas mesmo assim dava nojo. Será que ele não sabe que o telefone capta som de peidos?

  • Me peidei de tanto rir! Não sei o que é rafinose, sorbitol sei que tem nos adoçantes, mas não vou deixar de usar por causa disso. Antes peidar magrinha do que não peidar gordona. Já ouvi lenda urbana que a pessoa pode morrer se ficar inalando peido. 15 por dia? Não peido tanto assim nem fodendo!

  • Deja, peidar na frente do conjuge é coisa de bicho, nao de gente. Abomino sua conduta.

    Quanto às sacolinhas… o que seria? Um Flertando com o Desastre?

    Acho uma bosta saco de papel, sem contar que nem ecológico é, porque aquela merda é feita de ARVORES!

  • Querida Sally, adorável Somir, por favor escrevam algo sobre um grande Desfavor: A tentativa de pôr fim nas sacolas plásticas dos supermercados.

    Esse papinho ecochato está me enchendo o saco (sem trocadilhos, sério) e agora virou moda a perseguição contra as pobres coitadas, que saco! Eu que já fui ao supermercado e derramei minhas compras no chão usando sacos de papel, me tornei mais feliz quando surgiram essas sacolinhas.

    (Escrevi aqui porque daí tenho certeza que vão ler)

    Ps, se não escreverem logo, eu mesmo o farei, saco.

  • Sally, minha mulé peida na minha frente. Antes eu me irritava (EU posso!), agora apenas dou risada.
    Talvez eu esteja me abrindo mais para o amor…

  • Uma pergunta pro Anônimo que peida fora do carro: se a sua namorada peidar na sua frente, não vai te causar nem ao menos um pouquinho de mal estar?

    Não consigo me imaginar peidando na frente de homem!

    Gente, que bom que vocês gostaram, já não me sinto mais tão infantil…

    • É verdade! Chorei mesmo, acordei após tomar 1 litro e meio de cerveja, soltei um e, procurei algo pra ver se era normal! Obrigado!

  • O peido serve para determinar o nível de envolvimento de um casal…

    O namorado peidar embaixo dos cobertores, ou dentro do carro enquanto sobe os vidros é algo muito significativo.

    Sally, ri muito com esse texto, realmente eu queria mais páginas…

    E eu peidei 2 vezes enquanto lia esse texto, como efeito colateral de um remédio, eu tenho muito mais gases que qualquer um aqui… ops, 3.

  • É Sally… no começo do namoro com minha atual, quando estavamos no carro, eu fazia zigue zague com o volante, saía e chutava o pneu falando noooossa tá desbalanceado e aproveitava essa deixa fajuta para eliminar os peidos que me assolavam. Até a terceira vez que fiz isso em uma hora, e ela me vira e fala "-você acha que não sei que você foi peidar lá fora?"
    Então tá, depois daquele dia eu faço todo o possível para esperar a presença da digníssima e peidar em sua presença. É uma prova de amor, eu guardo meus gases para ela!
    Agora uma coisa que sempre digo para amigas frescurentas que ficam AIII QUE NOJO VOCÊ PEIDOU UIUIUI estilo loira retardada que estuda na UNIBAN: minha querida amiga analfa, conjugue o verbo PEIDAR.
    Eu peido
    Tú peidas
    Ele peida
    Nós peidamos
    Vós peidais (sei lá se isso tá certo)
    Eles peidam
    OU SEJA, TODO MUNDO PEIDA! E VAI TOMAR NO CU QUEM FICA COM NOJINHO!
    (sim, no CU. Cu não leva acento, oxítonas terminadas em U não são acentuadas, viu FERNANDINHO?)
    Abraços peidorrescos

  • Não sei se ri mais do texto, dos desenhos, ou imaginando a Sally perguntar todas aquelas coisas pra um médico
    sério… to parecendo o coringa, borrou toda a maquiagem em volta dos olhos

  • =( Eu não sou uma pessoa madura.

    Eu ri quando o segundo dinossauro peidou. Muito engraçado.

    E ri mais ainda da cara do porquinho no final.

    GRIPE SUÍNA KKKK.

  • quando eu era mais novo juntava todos os meus irmãos e quando um ia peidar a gente se trancava tudo junto no banheiro dai ficava todo mundo cherando e ganhava quem adivinhava o que ele tinha comido

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: