Processa Eu!: Lulu

Fiquei pensando em uma introdução para descrever este apresentador suíço. Eu ia começar a frase como “um homem que…”, mas mudei de idéia. Essa coisinha plastificada e esterilizada, com topetinho durinho e sorriso falso parece mais um andróide do que um ser humano. Uma vibe meio Michael Jackson, tem algo estranho nele que eu não consigo identificar. Algo falso, sabe? Uma versão feia do boneco namoradinho da Barbie. Processa Eu de hoje homenageia o apresentador Lulu Giberato.

OLHÓÓÓÓÓ!!!

Filho de portugueses (isso explica sua inteligência), foi criado com mais dois irmãos, um administrador de empresas e a outra numeróloga. Para meu espanto, é pai de três filhos. Não façam essa cara, gente. Pai é quem cria.

Eu me dei ao trabalho de ler o blog dele. Não recomendo que mais ninguém o faça. Sua história de vida está contada de uma forma mais maquiada que aquela carinha dele. Deu vontade de fazer um Processa Eu apenas de Tecla SAP, contando a versão do blog e versão do Desfavor. Quer ver? Um trecho que fala sobre como ele abandonou um cargo na TV para fazer faculdade:

“Mas, nessa época, resolveu mudar tudo. Achou que seu caminho não era o vídeo. Abandonou tudo e decidiu estudar Odontologia. Para a alegria de seus fãs, o sonho de uma nova profissão durou meros 40 dias. Gugu desistiu do jaleco branco e voltou à televisão”

Versão do Desfavor: Sim, por incrível que pareça, ele chegou a cursar Odontologia em uma faculdade, mas se desentendeu com um professor. Não foi uma discussão qualquer não, teve até agressão física e processo judicial. Se pegou na porrada com o professor e foi tocado para fora da faculdade.

A nossa versão é mais legal, né? E é verdadeira. Pena que o limite de páginas não me permite fazer um Processa Eu Tecla SAP do blog. Essa é só uma pequena amostra da personalidade chiliquenta e pentelha de Lulu.

Lulu decidiu que queria trabalhar com público em seus tempos de seminarista. Ao longo do curso, recebia muitos elogios dos Padres (piada fácil é para os fracos, vou deixar passar) e se destacou por sua capacidade de comunicação. O início de sua carreira na frente das câmeras tem várias versões. Desfavor gosta sempre da versão mais sórdida, entretanto, como não temos fontes confiáveis, vamos contar a versão oficial e vocês tiram suas próprias conclusões.

Parece que Lulu mandava cartinhas para o dono de uma emissora de televisão suíça dando várias sugestões. Um dia, o dono, uma pessoa sem discernimento nem bom gosto que joga dinheiro para o público e ri enquanto os pobres se estapeiam por notas de 1, encantado com as sugestões, decidiu contratá-lo para trabalhar em sua emissora. Com o tempo ele foi crescendo lá dentro até virar um dos principais apresentadores. Teria começado aos 14 anos, como assistente de produção de um programa e foi crescendo profissionalmente.

Segundo a história oficial, começou como apresentador quando o dono da emissora teria pedido a uma famosa diretora argentina que crie um programa para ser apresentado aos sábados, na parte da noite. Nascia assim um dos programas de maior sucesso da Suíça e Lulu estreava como apresentador (impressionante como argentino só faz merda).

Foi só ter uma oportunidade que Lulu se agarrou com unhas e dentes. Além de apresentar o programa, começou a empresariar bandas de “rock” compostas por garotinhos sem talento. Cansei de ouvir histórias dele correndo pelado na piscina de sua casa de final de semana com estes garotinhos, mas eu tenho certeza de que é tudo maldade da mídia, e do meu ex namorado que me contou ter visto Lulu pelado correndo atrás de alguns destes meninos.

Seus programas sempre foram medonhos, bregas, apelativos e cafonas. Sinceramente, eu acho que um dos grandes responsáveis pela bundização da TV Suíça é Lulu. Quadros apelativos, como colocar uma mulher semi-nua em uma banheira não contribuíram em nada para a cultura da Suíça. A única coisa boa que ele fez foi lançar o Rafael Pilha no mercado. E mesmo assim, cagou na saída, fazendo de conta que neeeem conhecia o Pilha quando ele ficou na merda.

Lulu também tem histórico de atuação no cinema. Não tenho coragem de dizer que ele é ator, porque posso levar pedrada na rua de pessoas realmente qualificadas para atuar. Enfim, ele fez filmes com apresentadoras de programa infantil. Não posso deixar de perder. Não me espanta, ele tem um pé no teatro infantil mesmo.

Para minha surpresa, Lulu também gravou um CD. Sim, Lulu canta. Sim, Lulu canta algo além de “Meu pintinho amarelinho” (deve ser mesmo, aposto que ele também descolore os pentelhos). O nome é sugestivo: “Lulu para crianças”. Eu tentei escutar. Eu juro que eu tentei escutar. Mas eu sou um ser humano. Não pude concluir esta tarefa até o final. Claro que ele não podia deixar de incluir neste CD a maldita música do Pintinho Amarelinho. Além desta, outras com título sugestivo povoam a obra: “Dança do Piu Piu”, “Sete Buraquinhos” e para não deixar a igreja de fora, tem uma em parceria com aquele padre orelhudo chato pra caralho, Rarcelo Mossi.

Bonitinho, né? Fofinho. Essa coisinha loira com cabelo milimetricamente arrumado, sorriso artificialmente branco faz pose de bom moço. Na Suíça essa imagem vende que é uma beleza. Mas se a gente olhar mais de perto, descobre que não é bem assim. Em 2003, por exemplo, Lulu se envolveu em um escândalo após apresentar uma suposta entrevista com líderes de uma facção criminosa suíça em seu programa, dentro de um ônibus em local incerto. Foram feitas ameaças a políticos, a jornalistas e até mesmo ao padre orelhudo Rarcelo Mosi. Infelizmente não era verdade.

Ao ver ameaças sendo feitas de forma pública, o Ministério Público começou a investigar. Achou uma série de incoerências e ao final concluiu que foi tudo forjado. A gota d´água veio quando A PRÓPRIA FACÇÃO CRIMINOSA emitiu uma NOTA OFICIAL à imprensa dizendo que aquilo não era verdade porra nenhuma e que aquelas pessoas não pertenciam ao movimento. Cara, que vergonha! Tipo, a escória da sociedade, a facção criminosa, emitindo nota indignada para negar que tenha participado do programa do Lulu! “Mano, nóis é criminoso, tudo bem, mas ISSO a gente não faz não!”.

Revira daqui, revira dali, descobriram que um membro da produção foi orientado a contratar dois homens que fossem “da classe baixa da sociedade” e fizeram uma entrevista armada. A localização do ônibus onde foi gravada a entrevista? No estacionamento da emissora! VERGONHA ALHEIA MASTER. Chegaram até a tirar o programa do ar depois disso. E quando o programa voltou ao ar, ninguém tocou no assunto. Se desculpar com o telespectador nem pensar, né? Custa nada chegar e dizer que foi alfabetizado em inglês ou que eram os remédios que ele estava tomando… Nem isso ele fez!

Em entrevistas costuma dizer que “não sabia de nada”. Porém esta não é a primeira armação. Ficou famosa porque gerou investigação judicial, mas Lulu é bem conhecido nos bastidores por armar o quanto for necessário para conseguir audiência. Sabe aquela pessoa suja? Suja mesmo? Que não tem limites e depois faz cara de cachorro cagando na chuva e diz que não sabia nada?

Um episódio que chegou por uma fonte de confiança mostra o quão canalhas são os esquemas do seu programa. Uma certa vadia subcelebridade cismou que tinha filmado um OVNI da janela da sua casa. Claro que, por coincidência, ela estava lançando um CD. Daí ela entrou em um acordo com Lulu para divulgar o vídeo do OVNI e o CD no programa dele. Alguns ufólogos foram consultados previamente sobre o vídeo e desmentiram dizendo que na verdade o que a imbecilóide tinha filmado era um dirigível. Tudo ficou acertado para cada um contar sua parte no programa. No dia, os ufólogos, já a caminho do estúdio, receberam uma ligação dizendo que a matéria seria cancelada, que eles não precisariam mais comparecer porque não seria exibido. Voltaram para casa e quando ligaram a TV viram a subcelebridade narrando dramaticamente seu contato imediato e a exibição do vídeo. Os ufólogos foram descartados porque desmentiriam a história que renderia audiência ao programa e o lançamento do CD da subcelebridade. Provavelmente Lulu vai te dizer que também não sabia disso.

Como esta, conheço várias histórias. E ele vem dizer que não sabia? Ele não sabe nunca de nada? Lamento, ele não é tão inocente. Vide as coisas que fez para conseguir a concessão de um canal de TV. Medonho.

Tudo que vocês possam imaginar de constrangedor e baixo nível já aconteceu no programa do Lulu. Uma vez ele disse estar leiloando uma sunga usada por um ator global em uma peça de teatro (sim, na Suíça as pessoas pagam caro em um leilão por uma sunga usada). Quando soube, o ator foi à imprensa dizer que, foi mal, mas aquela sunga não era dele e que ele nunca cedeu sua sunga para leilão. Tome processo no Lulu! Em outra ocasião, ele convidou o ator Jean Claude Van Damme para ir a seu programa e durante uma apresentação de uma cantora puta velha e vulgar (conga, La conga…) Lulu empurrou Jean Claude para cima dela, que não perdeu tempo e ficou se esfregando nele. Resultado final: Van Damme tendo uma ereção na frente das câmeras, para toda a Suíça ver. Finesse. Crasse. Catiguria.

E seu famoso quadro da banheira? Era uma competição que consistia no seguinte: jogavam sabonetes na banheira e um famoso (SAP: subcelebridade desesperada por mídia) tinha que entrar na banheira e pegar os sabonetes, enquanto uma vadia subcelebridade qualquer tentava impedi-los usando um biquíni Cepacol (onde o fio dental não alcança…). A baixaria era tanta que o quadro foi proibido pelo Ministério da Justiça.

Depois de anos de baixarias iguais ou piores das que eu citei acima, nossa Diva loira (de farmácia) decidiu que, tal qual apresentadora de programa infantil, deixaria seu passado negro para trás e faria um programa de entrevistas maduro e cultural, um talk show nos moldes do David Letterman. Saiu da emissora para a qual trabalhou a vida toda com esta promessa. Oficialmente sua saída foi amigável, mas o que se comenta é que ele estava tendo problemas com uma das filhas do dono, que além de filha, era braço direito do pai na condução da empresa.

Apesar de se dizer católico e devoto de Nossa Senhora, foi para uma emissora conhecida por pastores que chutam imagens de santas. Vamos todos dar adeus a Lulu e comemorar. Se na outra emissora ele já estava no ostracismo, nessa então! Já vai tarde, Lulu! Dica: cola no Pilha. Cola no Pilha e se envolve em algum crime com o Pilha. Só assim para você voltar a aparecer! Vai morrer no esquecimento se não colar no Pilha! E Pilha, chegou sua hora de se vingar, não deixa essa loirinha se promover às suas custas não! Olha, se bobear, a derrocada é TÃO grande que ele até processa a gente para se promover! Que bosta…

Lendo as entrevistas dele, senti até pena da dezena de piadas prontas que a gente encontra nas entrelinhas. Prometi que não cairia em tentação, mas escrevendo o Processa Eu cheguei à conclusão de que quando a matéria prima é uma pessoa tão burra, tão baixo nível, não tem mesmo como fazer humor inteligente e aprofundar. Olha o que ele fala do cabelo dele: “Fiz um implante definitivo com tufos tirados de minha nuca, numa clínica famosa dos Estados Unidos. E, ao contrário do que falam por aí, não uso tintura. Passo no cabelo um produto americano que parece um leite ralo. Quando exposto ao sol, ele me deixa assim. Loiro.”. É, Lulu. De onde vem esse leite ralo americano? Do John? Do Steve? Do Patrick?

Ele se diz solteiro por opção. Diz ter três filhos com uma mulher que já foi sua namorada. Escreveu até um livro sobre paternidade. Ele poderia dar um exemplar desse livro para os pais das duas meninas que morreram após uma obra em um apartamento seu, que acabou por danificar a estrutura da chaminé coletiva de gás do prédio, matando estas duas meninas por intoxicação. Ao menos é o que diz o laudo coordenador do Laboratório de Tecnologia do Gás Combustível (LABGAS) de uma famosa Universidade, afirmando que as obras alteraram o projeto original do trajeto das chaminés coletivas e dos dutos de exaustão de gás. Aparentemente, a colocação de uma laje de concreto na saída de diversos dutos “impedia a passagem de ar, causando acúmulo de monóxido de carbono nos apartamentos”. Pena que sobre isso a imprensa não dá um pio.

Gente, e o discurso dele? Demagogia, hipocrisia, puritanismo. Enquanto enchia seu programa com todo tipo de baixaria, mentira e propaganda enganosa (porque tinha uns produtos anunciados ali que ninguém merece), fazia um discursinho açucarado para agradar as ignorantes que assistiam seu programa (porque eu me recuso a acreditar que homem pare para ver aquilo).

Muito querido pelos ex-colegas de trabalho e pelo ex-patrão. Este sentimento inclusive frequentemente vem à tona de forma pública, seu ex-patrão vive tecendo comentários sobre Lulu. Certa vez, em um programa ao vivo, ele conversava com uma modelete que já foi assistente de palco do Lulu e “namorada” (cof!cof!) dele. Fez piada, perguntou se ela ainda era virgem e outras inconveniências que só ele sabe fazer. No final, fechou com chave de ouro: “Não sei se você é virgem, mas tenho certeza de que na época em que namorava o Gugu você não fazia nada com ele” (ooooooeeeee!!!). Ser chamado de borracha fraca pelo próprio patrão, pro Brasil todo escutar é memorável!

Vamos ver o que disse um colega jornalista: “ótimo” Lulu ter trocado de emissora. “A gente fica livre dessa mala (…); desse tal de PCC, do programa ilegal”.

Os apresentadores de outras emissoras também demonstram seu afeto por Lulu com freqüência, com por exemplo, este narigudo apresentador da Rede Bobo, que escreveu no seu twitter: “- 80% do Programa do Lulu é uma “homenagem” ao meu. Obrigado, nobre colega.”

Aff… quinta página. Vou ter que parar por aqui. Só quero dizer ao Lulu que ele não me engana com essa falsa posse de civilizado e bonzinho. Eu conheço de longe um descontrolado chiliquento quando vejo um. É um cocozinho que subiu na vida e acha que é alguma coisa. É um ser humano inadequado, plastificado e artificial, com vida amorosa bizarra. Tipo um Troy McClure da vida real, só que feio e brega.

Lulu, tua fama acabou. Senta e chora, porque era melhor ser o primeio dos últimos na sua antiga emissora do que aceitar um salário muito alto em troca de matar sua carreira. No dia em que teu programa sair do ar em definitivo farei uma festa para comemorar. E vê se deixa essa franja implantada descolorida à base de porra cair na sua testa, porque ela é do tamanho de uma tela de cinema! Dá para passar um filme de drive inn na sua testa, cobre essa merda gigante!

Para dizer que eu tenho inveja e que ele é mais feliz do que eu porque é rico, para dizer que faltou dizer muita coisa e para dar sugestões de (sub)celebridades que merecem ser detonadas: sally@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Comentários (23)

  • Avatar

    Neonazista Pedófilo Fascista de Satã

    Gluglu Liberado achou que seria uma boa ideia ele, uma baleia orça de quase 100 quilos, ir meter o pé em cima de uma placa de gesso numa obra de reforma na casinha dele em Ork Land.
    Só que caiu no escorrega e bateu com o coco e por fim, já foi tarde.
    Ninguém vai sentir falta.

  • ” “Não sei se você é virgem, mas tenho certeza de que na época em que namorava o Gugu você não fazia nada com ele” (ooooooeeeee!!!). Ser chamado de borracha fraca pelo próprio patrão, pro Brasil todo escutar é memorável! “.

    Para depois ser confirmado pela Dona Sylvia Pilha no livro do Pilha.

  • Sei não, mas acho que aquele quadro do “De volta pra minha terra” NÃO é ideia do Lulu Giberato. Provavelmente deve ter sido uma ideia do Sálvio Sintos (aka. Abranor Sevanel), dado o clássico naipe de piada de judeu.

    Sério, tem algo que lembre mais a região da palestina que o nordeste brasileiro?

  • Sally, Somir…
    Poderiam fazer um desfavor explica sobre o Marketing multi nível?
    Tenho conhecidos no trabalho que estão fazendo Telexfree e bbom e estão tirando um dinheiro legal. Estou inclinado a entrar nessa, mas tenho receio, procuro por informacoes na net e encontro coisas boas e ruins. Gente falando mal, gente falando bem. Não sei onde me enfiar nessa.

  • Anônimo… não me leve a mal, mas passei bastante tempo em Portugal. Minha opinião não é formada em PREconceito e sim em PÓSconceito.

    Um dia ainda faço uma postagem só com as coisas bizarras, burras, sem higiene e medonhas que vivenciei ali.

    E não, eles não são literais, eles SÃO BURROS, TOSCOS, RUDES, BRUTOS.

    Passe um tempo lá e depois me conte.

  • Po, a gretchen é só uma pessoa normal brasileira que conseguiu subir na vida a partir da bunda. Não admiro, mas tambem nao acho nada de mal nisso.

    Ou será que tem alguma coisa? Ai g-zuiz.

    Ah, o lulu é um ridiculo. Nem comento

  • Puxa, Sally, que injustiça…logo agora que ele está construindo casas para favelados…se bobear, vai lá pra niterói dar casa para todos do morro do bumba…

    Suellen

  • Desfavores, façam Processa Eu com o Rarcelo Mossi ou com alguma figurinha da Igreja Católica, vai!
    Vai, por favor! Eu quero muito zoar meus amiguinhos fanáticos.

  • Kd a postagem de hoje, Madame?
    Sally, falar "Filho de portugueses (isso explica sua inteligência)" É o tão ridículo quanto dizer: Filho de argentinos (isso explica sua dependência química). Não seja preconceituosa, que isso é muito feio!
    Aff

  • Ooorra meuuuu

    hauehauheuahe

    Processa Eu da Gretchen? humm, tô curiosa, hehehe

    E outro tb sobre o Faustão, o Pedro Bial… Se surgirem outras sucestões, falarei por aqui.

    Besos.

    ;)

  • 5 página…Que pena, tava tão bom…
    A única coisa boa do Lulu foi ter lançado o Rafael Pilha, dáaaaa pra mim!
    Ei, Lulu, me empresta essa loção que eu quero tingir meu pinto! Será que foi daí que ele canta "Meu pintinho amarelinho"?

  • Muito bom o texto.
    Tenho uma sugestão: Luciana Gimenez, com aquele programa patético, está implorando pra ser detonada.

  • Rumba rumba rumba ê! Rumba rumba rumba ê! Baba! Um-barabara-bá!

    A banheira do Gugu é a culpada pelas minhas memórias de melodias e letras de várias "composições" de axé, pagode e outros estilos musicais terríveis.

    Quase me faz arrepender de ter acompanhado aquelas bundas e peitos que teimavam em fugir dos biquínis das gostosas da época.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: