Desfavor Responde: Somira III

Que mal educado!Finalmente um pouco de qualidade neste blog! A Somira aqui voltou para responder as perguntas mais interessantes (apelativas) enviadas para o responde@desfavor.com! Desta vez todo mundo cismou de mandar várias perguntas de uma só vez. Povinho mão-de-vaca, e-mail é de graça, ok?

Vou responde pergunta por pergunta, independentemente de quem fez a pergunta:

Um pensamento de motivação pra eu começar dieta e deixar de comer feito uma vaca?

Motivação a gente encontra lá no fundo. Se você não quiser depender de dar o fundo para segurar um homem, vai ter que estar em forma. Sem contar que a gordura feminina se acumula no fundo também, tornando a sua experiência de comprar roupas muito mais frustrante.

E convenhamos: Ficar sem homem pode até ser ruim, mas perder o prazer das compras é um castigo cruel demais!

Por que sempre que um cara me convida pra sair sempre vem um e diz: Cuidado com o boa noite cinderela. Quais as dicas que vc me dá pra sair com segurança? ?

Quando se fala de “Boa noite Cinderela”, na verdade é uma analogia com a história do conto-de-fadas. Ao dar boa noite para o príncipe, Cinderela fugia da confrontação com sua verdadeira imagem. É importante que você seja você mesma e não dependa dos encantos fugazes de sua aparência maquiada para cativá-lo.

Seja mais do que um vestido, um par de sapatos e uma carruagem! Na história Cinderela só se deu bem porque o príncipe tinha um fetiche por pés. Você não quer depender disso, não?

Para sair com segurança, não encha a cara. Pode colocar na conta daquelas “batidas levinhas” a maioria dos supostos ataques de bebidas batizadas.

Que prejuízos posso ter indo a lugares com colegas que se vestem feito putas?

O prejuízo de ser abordada por homens muito mais feios, velhos e gordos que o habitual. E suas roupas mais “comportadas” vão ser vistas como tentativa de esconder algumas coisa horrível, como ombros largos ou pelos na bunda.

Mas temos um lucro: Duvido que batizem seus drinks, afinal, não tem muita vantagem contratar alguém que não vai conseguir prestar um bom serviço.

Entrei nesse blog por acaso, e achei o modo de escrita BEM semelhante com “o Desfavor” (mais precisamente com o Somir):

LINK

É algum “novo projeto”?

Gostei do blog, o Somir também. Mas posso garantir que o desfavor não tem nada a ver com isso. O desfavor já ocupa tempo que os donos do blog NÃO TEM habitualmente, imagine só começar com projetos paralelos. (Oi Desfavor Trash! Oi Conheça a Suíça! Oi Desfavórum! Oi Comunidade do Orkut!)

Existe algum malefício em se fazer garganta profunda? Tipo fazer mal pra garganta ou a voz?

Depende. DURANTE a garganta profunda temos sim comprometimento no funcionamento da garganta e da voz. Ainda mais se ele for sádico e começar a te fazer perguntas durante a prática.

Mas no quadro geral, o único malefício é perder o “reflexo do vômito”. Se você precisar chamar o Juca depois de uma bebedeira (ou para se manter atraente, ha!), convenhamos que um dedinho é pinto perto de um… erm… pinto.

Claro, mulheres que fazem garganta profunda viram “mulher para casar” na mente masculina, o que pode ser um malefício caso você não o queria te ligando insistentemente nos próximos meses (anos/décadas).

Esses vídeos de estupro tipo rape tube são fakes, né? Acho que os próprios estupradores não gravariam a confissão.

E agora começa a sessão estupro. Vocês já vão entender. Esses vídeos de estupro “de estúdio” são em sua maioria falsos. Deveriam ser todos, mas o grau de abuso nem sempre é consentido desde o começo. Um dos expoentes do mercado está preso há um bom tempo depois de ser denunciado por várias atrizes que encararam muito mais do que combinaram durante as filmagens.

O que acontece muito é o mesmo dos casos “reais” de estupro: A mulher tem vergonha/medo de denunciar.

Mas, claro: Na média esses filmes são fakes do primeiro ao último take. Neguinho vai preso se aparecer maltratando um gato no Youtube, imagine só mostrar o carão enquanto estupra uma mulher.

Por que menina estuprada chora depois do estupro?

Existem mulheres que tem fantasias com estupro. Relacionadas com toda a idéia de submissão e perda do controle, já ouvi casos e mais casos de fantasias entre casais que incluíam a ATUAÇÃO de um estupro. Mesmo essas mulheres choram e se sentem horríveis após um estupro REAL. A fantasia é ceder o controle para retomá-lo assim que quiser, a realidade é tê-lo violentamente roubado. (violentamente roubado é pleonasmo, quando se fala em roubo, é mediante ameaça ou violência)

O parágrafo acima não é só para polemizar: O roubo do controle é algo que dura muito mais. A mulher estuprada não tem motivos para se sentir horrível e impotente apenas no momento em que é violentada, a marca fica, e por muito mais tempo.

Mesmo as mulheres brutalizadas por ambientes de guerra ou violência urbana não conseguem tratar um estupro como um mero contratempo. A perda do controle sobre as próprias decisões (o que vai muito além do campo sexual) é algo que depende de trabalho específico e principalmente tempo para ser tratado.

Como sempre, uma boa estrutura de relacionamentos e recursos ao redor da pessoa facilita muito o processo, mas é um processo de qualquer forma. Impotência não é dolorosa apenas para homens…

Mulheres em geral vivem sob o risto eminente do estupro, não podem ir sozinhas a vários lugares, sempre vão acompanhadas de amigos, namorados ou familiares, seja a pé ou de carro, justamente para evitar o estupro. E mulheres feias e obesas? Elas vivem sob a ótica desse medo ou ligam o “foda-se” e vão onde quiser a hora que quiser quando bem entenderem? Mulheres feias e obesas tem medo de serem estupradas?

Estuprador sente prazer com o poder. Não são só mulheres atraentes “em geral” que sofrem a violência. O risco é maior para mulheres com aparência frágil e que parecem distraídas/desatentas. Justamente pelo padrão de covardia que rege os estupradores.

O homem médio, justamente aquele que vai preferir mulheres bonitas, é o que não trata violência sexual como válvula de escape para seus desejos. Ele pode ser anti-ético, é claro, mas entre chantagem emocional/oferecer muita bebida e resolver tudo na base da porrada, tem um abismo.

E vamos concordar: A quantidade de mulheres que se acham gordas e feias mesmo sem a concordância dos homens ao seu redor não é brincadeira. É importante que nenhuma delas ache que isso vai torná-las menos suscetíveis a um estupro.

Vadia, é verdade que o hímen vai ficando mais grosso com a idade? Tenho medo q algum homem quebre o pinto quando eu finalmente desencalhar!

É por isso que eu sempre sorrio quando levo cantada na frente de obra. Estou desconfiando que vai ser útil arranjar um namorado que tenha acesso fácil a uma britadeira…

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Comentários (11)

  • Muito bom o link. VCs além do deleta eu podiam fazer de vez em quando um indica eu e postar links legaizinhos tipo esse.

  • Karalho, Somira. Eu tava matando um pote de doce quando li isso:
    "E convenhamos: Ficar sem homem pode até ser ruim, mas perder o prazer das compras é um castigo cruel demais!"
    Vc tem super razão, homem pra mi só serve pra carregar mala, fazer reparos em casa e matar insetos. Perder o prazer das compras JAMAIS!
    Por isso que te amo, sua vadia. Hoje é sexta, mas na segunda começo a dietinha :p

  • Já que entrou no embalo, pq as pessoas se interessam por estupro e estupro dá tanta audiência?

    A produtora Brasileirinhas possui uma sequência chamada "Violada ao extremo" que já está na 12ª edição !! (Procurem no google e vc's vão ver que não estou mentindo).

    Existe uma franquia do seriado americano Law and order chamado "special victms units" onde cada episódio é um estupro que a polícia vai investigar (como se fosse um CSI de estupro) as vezes com a vítima já encontrada morta no início do episódio ou então chorando na delegacia contando como foi. E este seriado está na 11º temporada e cada temporada tem 22 episódios!!!!! (a título de comparação, Lost terminou na 6ª e Friends na 12ª, pra vc ver tamanho sussesso).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: