Dia: 6 de Abril de 2011

Ele está indo ou vindo?Flamengo está tentando trazer de volta Vagner Love. Dei um longo suspiro depois de ler esta notícia (e as cifras que estão sendo oferecidas). Será que o Flamengo e tantos outros clubes que vem cometendo o mesmo erro não aprenderam nada com o episódio do goleiro Bruno?

Nem me atrevo a falar em moral e ética, porque estas são palavras que passam longe do futebol brasileiro faz muito tempo. Não vou me aprofundar no mérito da indecência que é contratar pessoas que cometem crimes para servir de exemplo para as massas, para ser objeto de admiração de crianças. Seria perder meu tempo. Vamos falar de questões práticas, daquilo que interessa para esse povo: dinheiro. Contratar jogador problemático e criminoso é perder dinheiro. Quanto vocês acham que o Flamengo perdeu com a não-venda do goleiro Bruno, com a retirada das camisas dele das lojas e com todas as outras medidas que tiveram que ser adotadas quando ele foi preso?

Vagner Love já foi pego em escuta telefônica da polícia falando o que não deveria, já foi flagrado em festa de bandido na rocinha e em muitas outras situações delicadas. Vagner, se quiser me processar por crime de calúnia (imputar um crime a alguém), fique a vontade. Você tem ligações com tráfico. Só toma cuidado porque o crime de calúnia admite uma coisa chamada “exceção da verdade”, ou seja, se eu conseguir mostrar que existem fatos concretos que levam a crer que você realmente cometeu os crimes imputados, eu sou absolvida. Já pensou? Ser declarado bandido por sentença? Por muito menos do que isso Belo foi culpado por financiar o tráfico. Fica esperto, Vagner Love. Você saiu do país com a recomendação (equivocada) de deixar “a poeira abaixar” e tá achando que vai voltar sem risco nenhum. Não é bem assim. A coisa pode ficar ruim pro teu lado, tão na tua cola.

Vejo muita gente que pensa da seguinte forma: “Que se foda se ele tem ligações com o tráfico, se joga bem eu não me importo”. Que se foda? Você contrataria alguém que tem ligações com o tráfico para trabalhar para você? Que se foda É O CARALHO, EU QUE DIGO: QUE SE FODA se ele joga bem, se tem ligações com o tráfico eu não quero! Ainda mais sendo jogador de futebol… estamos no Brasil, quase todo mundo joga bem futebol. Tá cheio de moleque querendo uma oportunidade. Não precisamos dar essa moral para alguém que por mais de uma vez apresentou comportamento criminoso. Se você soubesse que o médico que vai te operar amanhã passou a véspera em uma festa de um famoso traficante na Rocinha regada a bebida, mulher e droga, você continuaria sustentando esta opinião?

Fazer o trabalho direito não é aval para comportamento socialmente desajustado, criminoso ou irresponsável. Fazer o trabalho direito não é mais do que obrigação da pessoa. Uma pena que isso só recaia em mim e em você e deixe ilesos os jogadores de futebol. Contratar alguém que sabidamente tem participação no crime é VERGONHOSO, é se dizer tão bandido quanto o contratado. Patrícia Amorim, ao acordar, vista um saco de pão com dois furos no lugar dos olhos antes de sair de casa, porque a VERGONHA que você vai passar é algo sem precedentes.

Tudo bem, eu não sou inocente de achar que a Patrícia Amorim decide tudo sozinha. Mas porra, é o nome dela que tá na reta. Os filhos, sobrinhos, afilhados e parentes dela estão vendo a contratação de pessoas ligadas ao crime com o seu aval. É esse o exemplo que você quer passar, Patrícia? Ok, diz que não se importa. Uma pena, uma vergonha. Tem gente que cobre o próprio nome de merda por muito pouco! Contratar Vagner Love é tolerar o crime. Sério que quem tem Ronaldinho Gaucho precisa rolar na bosta desse jeito?

E se, amanhã ou depois, um desses processos aos quais ele responde ou vai responder sai do controle e ele é preso? Vai ser bom para o Flamengo? Tudo bem, o Flamengo tem poder. Lembram das fotos do Adriano que eu falei que existiam e muita gente duvidou? O Fantástico tentou jogar no ar mas acabou sendo abafado. As fotos só vieram a público depois que Adriano saiu do Flamengo! Abafar o Fantástico não é para qualquer um não! Mas mesmo assim, um dia a casa cai. Já pensou se Vagner Love, tomado da certeza da impunidade que acomete amigo de traficante no Rio de Janeiro, decide fazer alguma besteira tipo matar uma ex-namorada ou coisa do gênero? Vai ser bom para o Flamengo? Não deu para abafar o Bruno, né? E olha que ele já estava vendido por um valor absurdo. Não dá para trabalhar com gente assim. Pessoas assim são uma bomba relógio. Não sei qual é a graça ou a necessidade de trabalhar sentado em um barril de pólvora.

A torcida gosta dele? Claro. Mas isso não é motivo para contratação. Faz-me rir que o Flamengo faz alguma coisa pensando na torcida. Até porque, vamos combinar, eu sou Flamenguista mas tenho que admitir que a torcida do Flamengo não é exemplo de alfabetização e cultura. A torcida do Flamengo não tem discernimento. Muitas vezes a torcida pediu e não foi atendida, então, chega dessa covardia de colocar a contratação do Vagner Love na conta da torcida.

Só no Brasil mesmo um profissional bem (muito bem!) remunerado é flagrado de mãos dadas com o tráfico de drogas e continuam a chover propostas de trabalho para ele! Que merda, hein? E não é exclusividade do Flamengo esta babaquice não. Adriano, o Imperador da Chatuba acabou de ser contratado pelo Corinthians (agora que invadiram o Alemão, o que ele ia fazer aqui no Rio, né não?). Cada vez mais começo a achar que o tráfico é financiado por grandes empresários DO FUTEBOL. Já pararam para pensar nisso? E se for o dinheiro DO FUTEBOL que viabiliza o tráfico? E se for o dinheiro das contratações, dos salários e todas as demais cifras astronômicas que bancam a compra de drogas e armas?

É um investimento e tanto. Lucro de aproximadamente 300%. Você dá X para o traficante comprar drogas e depois que ele vende, o lucro é tanto que ele te devolve uma quantia absurdamente maior do que a que você emprestou. Todos ganha! (vai lá nos comentários falar que eu errei a concordância, vai…). Talvez isso justifique a vida de abundância de jogadores e empresários do meio e também justifique porque continua jorrando dinheiro para traficantes comprarem drogas. Nada disso me espanta, o que me espanta é que alguém seja SEM VERGONHA NA CARA E BURRO O SUFICIENTE para mostrar o focinho assumindo a autoria dessa bosta toda. Eu não contrato gente ligada a traficante para trabalhar comigo. Vergonha de você, Patrícia Amorim. Se seus filhos caírem para esse caminho de crime e drogas, nem 500 anos de terapia vão conseguir aliviar sua culpa. E sim, você vai ter uma parcela de culpa nisso, porque fez parecer que esse tipo de conduta não é tão recriminável assim, a ponto de recontratar um de seus maiores expoentes.

Você está dizendo, Patrícia Amorim, não só a seus filhos como a todos, que uma pessoa pode ser fora da lei e ainda assim ser ótimo profissional e merecer um salário alto. Pode freqüentar festas e redutos do tráfico e ainda assim ser uma pessoa com a qual você quer trabalhar. Você MERECE que seus filhos se afundem até a alma nas drogas, Querida. Vai se benzer que as minhas pragas pegam. E como pegam!

Para você que acha que não tem nada de mais só freqüentar uma favela, eu te esclareço que Vagner Love faz muito mais do que isso. Ano passado foi convocado pela polícia para depor e explicar porque estava sendo escoltado por traficantes. O engraçado é a quantidade de blogs que achei defendendo Vagner Love dizendo que ele não vende drogas. DÃÃÃÃRRR. Dementes! Evidente que ele não vende drogas! O cara é RICO, não vai ficar oferecendo cocaína por aí! Não é assim que a banda toca! Dar dinheiro ou recursos de forma direta ou indireta ao tráfico também é crime, não precisa vender drogas. Pergunta pro Belo! Mesmo que não tenha fins lucrativos. Se Vagner Love tá soltando dinheiro para esse povo, mesmo que seja por apadrinhamento, pode passar alguns muitos anos atrás das grades.

E mesmo que não esteja, um profissional que vai a festa de traficante e se deixa escoltar por traficantes portando armas ilegais de forma pública (ele foi filmado e foi exibido pelo Fantástico) é um MERDA de profissional que caga para normas sociais e para a lei. Boa bosta não se pode esperar de uma pessoa dessas em matéria de responsabilidade e bom senso. No mínimo, é um péssimo exemplo, que infelizmente vai servir como referência para muitas crianças brasileiras.

Patrícia Amorim, muita vergonha de você e das bostas que você faz com o Flamengo. Jogar bem não basta. Para ser um bom profissional são necessárias outras qualificações. Jogar bem é o MÍNIMO. Pelo salário que ele vai receber, ele tem que dar o máximo.

Para dizer que foi praga do Somir porque eu ri dele quando o Adriano foi para o Timão, para dizer que você vai a uma festa do Nem na Rocinha escoltado por traficantes com armas ilegais e vai tentar explicar ao delegado que acha isso super normal e que não é crime para ver o que te acontece ou ainda para dizer que o Vagner Love é a cara da torcida do Flamengo: sally@desfavor.com