Desfavor Explica: O lado negro da gravidez.

Não venho aqui para fazer campanha contra ou tentar convencer alguém a não ter filhos. Tenho certeza que, para quem quer e para quem tem a estrutura econômica e emocional necessária, deve ser ótimo. Vocês, mulheres que optaram por ter filhos, certamente terão alegrias que eu jamais sonharei… em compensação, meu cu tá inteirinho, sem uma hemorroida. A vida é feita de escolhas.

Agora falando sério, quer engravidar? Vai fundo. Mas SAIBA o que te espera, porque a sociedade é canalha, ela só te conta o lado bonito e romantizado da gestação. As derrotas ninguém conta. É uma espécie de clubinho secreto do mal, uma Maçonaria de Útero. Mulheres que engravidam não falam ao mundo sobre o lado negro de sua gestação. Talvez porque a alegria de ter um filho seja de tal tamanho que depois que passa você esquece aqueles momentos ruins, talvez porque sejam coisas realmente humilhantes. Talvez ambos.

Mas eu vou falar de cada detalhe indigno deste período “mágico” da sua vida. Falar sobre isso é libertador, pois te permite ficar puta, revoltada e reclamar. Chega desta merda de querer convencer o mundo que tudo são flores na gravidez. Não, eu não tenho filhos, mas tenho convivido bastante com amigas grávidas, então, eu tenho as informações toscas mas não tenho a alegria transbordante necessária para esquecê-las. Prepare-se, você vai conhecer o lado negro da gravidez que ninguém conta. Sabe aquela foto de uma atriz linda, sorridente e serena com as mãos na barriga? Pois é, esquece. Vamos à verdade. Nua, crua e sangrando.

Seu corpo não te pertence mais. Não interessa o que você quer, o que você quer está condicionado ao que é bom para o bebê, a começar pela sua alimentação. Você terá que comer algumas coisas, goste ou não e deixar de comer outras (adivinhe só? as gostosas). E mesmo assim, vai ser um festival de arroto e peido que vão te obrigar a amarrar os lençóis na cama para que eles não voem enquanto você dorme. Você já teve azia? Prepare-se, mesmo que tenha uma alimentação adequada, grandes chances dela dar as caras com frequência.

E tem também os enjoos, que podem estar ligados ao cheiro do marido, ao cheiro da casa, ao cheiro do carro, ao cheiro do seu perfume ou ao cheiro de qualquer merda. O que quer que seja, você vai ter que se afastar enquanto o enjoo não passa. Isto é, se for possível. Se não vai viver alguns meses enjoada. E quando o enjoo estiver relacionado a comida, podem vir os vômitos.

Sejamos justos, nem todas as mulheres experimentam enjoos alimentares, mas as que os tem, vomitam em jatos como a menina do Exorcista. Não se trata daquele vômito que dá tempo de reflexão mental, onde você consegue pensar “Mmmm… acho que vou vomitar” e corre para o banheiro. No segundo “m” você está soltando jatos de vômito. Acostume-se a andar com o cabelo preso, vai ser melhor para você. Mas prende com um elástico que não danifique os fios, porque eles vão cair e quebrar de um jeito como você nunca viu. As unhas e os dentes também poderão ficar enfraquecidos. E além do enjoo (ou talvez por causa dele), você vai ser vítima de uma super-salivação. Isso mesmo. Ou cospe ou engole muita saliva. E quando for dormir, toalha no travesseiro, porque você vai babar.

Seus pés e pernas vão inchar e você não vai mais usar salto alto. Varizes provavelmente aparecerão. Você também não vai usar sapatos bonitos, vai usar aquelas bostas estilo alpargatas ou qualquer merda da marca Moleca. E mesmo assim, vai incomodar. Mas não são apenas os pés que incham. Seus mamilos vão ficar do tamanho de um ovo frito e de brinde, pode ser que vaze um pouco de leite, o que te obriga a andar na rua com um absorvente de mamilo (sim, isso existe), que nem sempre dá conta do recado. Em alguns casos o pé pode aumentar de tamanho para sempre, fazendo com que você tenha que jogar fora todos os seus sapatos e comprar um número maior. Isso não acontece por causa do inchaço e sim por causa de um hormônio que ajuda a “amolecer” seus ligamentos, para que sua bacia abra na hora do parto. Só que arromba os ligamentos do pé e eles podem alargar em definitivo.

SE você puder fazer sexo, porque muitas grávidas não podem fazer por alguma peculiaridade médica da gestação, o número de posições vai ser muito limitado. Seu médico te disse que você vai poder fazer sexo “normalmente”? Coitado, na casa dele ele só deve fazer sexo de ladinho, ele não deve ter outro referencial. Sem contar que você vai ficar cansada por qualquer merda, não vai ter tanto pique como antes e provavelmente seu marido vai cortar um dobrado para conseguir te comer quando você tiver o tamanho de uma vaca holandesa (ele vai te dizer que você está linda, mas repare na ereção meia bomba) somado ao fato de dar um nó na cabecinha tosca de estar metendo o pau na casinha do filho. Sexo será estranho, contraditório e pro vezes constrangedor.

Diga adeus às suas noites de sono bem dormido. Sim, mesmo antes do bebê chegar ele já vai paunocuzar seu sono. Além de câimbras medonhas e formigamentos, você provavelmente vai fazer xixi 347 vezes por noite e só vai conseguir dormir em uma ou duas posições. Algumas mulheres no final da gravidez só conseguem dormir sentadas. Se você é como eu e adora dormir de barriga para baixo, vai se preparando porque mais cedo ou mais tarde você vai ter que dormir “A La Snoopy”. Sua mobilidade no geral ficará comprometida, em alguns casos você pode até precisar de ajuda para conseguir levantar da privada. No final, você se arrastará como uma foca para começar a se locomover quando estiver deitada.

A bexiga nervosa não ocorre apenas no período noturno. Acabou aquele papo de estar com vontade de ir ao banheiro mas decidir esperar para chegar em casa. ACABOU. Ou mija onde está, ou mija nas calças. E às vezes quando ri, mija nas calças sem querer. E quando tosse também. E quando espirra também. Acabou essa graça de andar com calcinha pura, Carefree é item obrigatório, um na calcinha e dez na bolsa. Controle da urina é um luxo ao qual você pode não ter mais acesso, mesmo depois do parto, dependendo como as coisas se desenrolem.

Além de engordar você vai reter líquidos, o que vai fazer com que você tenha um aumento significativo de celulite e suas extremidades inchem. Prepare-se para não usar anéis. Ah sim, grandes chances de você conseguir ver o lado de dentro do seu umbigo. Sua barriga vai ficar parecendo a barriga daquelas criancinhas africanas com vermes, cujo umbigo pula para o lado de fora. Umbigo 3D é tendência entre grávidas. E por causa dessa barriga, suas roupas não vão mais caber, daí você decide se quer pagar caro por uma roupa feia para gestantes que só vai usar poucos meses na vida ou se quer passar os próximos meses com as únicas três roupas que ainda servem em você. Ambas as opções uma merda.

Você não vai poder se expor ao sol. Não digo ir à praia e ficar torrando, digo não se expor ao sol Michael Jackson Level, tipo guarda chuva na rua em dia de sol, ou então toda melecada de protetor solar. Ou ambos. Ou então aceita com serenidade que vai ficar com a pele toda manchada. Também pode ser que apareça uma linha escura na vertical cortando sua barriga ao meio. Ah sim, também tem boas chances de nascerem pelos na sua cara. E seu suor pode ficar com um cheiro que nem o desodorante mais forte do mundo vai segurar. Tem também dores de cabeça e um estranho gosto na boca que algumas grávidas descrevem como “um gosto metálico” mas minhas amigas dizem ser “gosto de porra de girafa”.

Tem todo um TOC com toxoplasmose. Não come carne crua, não come salada, manda o gato para a casa da cunhada. Mesmo sem fundamento algum, você é uma mãe desnaturada se não tiver TOC com toxoplasmose. Também poderão surgir coceiras na barriga e nas pernas e dores e sangramentos na gengiva. Aliás, a dor será uma amiga constantemente presente, pois há aumento de sensibilidade, o que vai de fazer sentir mais dor em tudo e provavelmente vai te impedir de se depilar com cera. Tudo bem, você deve estar pensando, raspa-se as pernas e a virilha. Minha Amiga, foi mal mas da metade da gravidez para a frente você não vai FUCKIN´ alcançar! Opções: a) permanecer peluda b) fazer seu marido raspar c) use camisinha.

Tem também um brinde anal: hemorroidas (para informações técnicas sobre hemorroidas ler Desfavor Explica: Cu). Ela surge em função de uma confluência de fatores, uma piada de mau gosto da mãe natureza. Durante a gestação, com a expansão do útero, os vasos da região pélvica são comprimidos dificultando o retorno venoso, que por sua vez, causa a dilatação desses vasos. Como Deus é sádico e ficar com as veias do cu inchadas era pouco, também tem o aumento do hormônio progesterona relaxa a musculatura do intestino e acaba causando prisão de ventre, já que a bosta não transita na velocidade correta porque seu intestino está frouxo (para maiores explicações sobre prisão de ventre, Desfavor Explica: merda)

Assim, a bosta passa mais tempo do que deveria no seu intestino e consequentemente mais água é absorvida do seu bolo fecal. O que acontece? Ele fica seco e você tem que fazer uma força a ponto de quase ter um derrame para cagar uma pequena mamona. Força maior + bosta seca + veias inchadas = hemorroida. Não é só sua buceta que vai ter perda total quando essa brincadeira acabar, seu cu também pode sair muito danificado. Cuide bem da sua boca se quer continuar casada, porque vai ser o último refúgio sexual inteiro.

Daí vem o grand finale, o parto. Mas não pense você que será nove meses depois, pois gestação se conta em semanas e os médicos acham aceitável que uma gestação dure entre 37 a 42 semanas, ou seja, você pode ficar grávida mais de nove meses. Sobre o parto se fala um pouco mais, tudo bem, as pessoas comentam que dói e tal, mas tem uns detalhezinhos que ninguém conta. Primeiro que SE DER TEMPO vão raspar seus pelo pubianos antes de fazer o parto, com sorte será uma mulher a realizar essa tarefa, mas pode ser que seja um homem. Depois, também SE der tempo, vão fazer uma lavagem intestinal em você antes do parto (para maiores detalhes Desfavor Explica: Sexo Anal).

E torça para dar tempo, se não, quando você estiver fazendo força para sair o bebê, sairá também um monte de merda, na frente do seu marido, que se bobear filmará tudo. Os músculos utilizados para empurrar o bebê são os mesmos que usamos para cagar, mas como a mãe natureza é uma tremenda filha da puta, só para garantir que você vai se cagar no momento mais feliz da sua vida, quando o bebê está saindo temos um plus: ele empurra o reto pelo lado de dentro, “espremendo-o” e fazendo com que a merda que estava ali, por menos que seja, saia. Sério mesmo, homem que entra com filmadora na sala de parto deveria ter a filmadora enfiada no próprio cu por decisão judicial.

Se for parto normal, me sinto na obrigação de te dizer que Deus só pode ser homem, porque se fosse mulher, tinha feito a buceta em um tamanho que comportasse a saída de um bebê. Mas não fez, então, SE der tempo, vão fazer um corte na sua buceta para que o bebê passe sem rasgar. Se não der tempo, vai rasgar. Nove em cada dez mulheres sofrem um rasgo na vagina na hora do parto, inclusive alguns vão de ponta a ponta, da vagina até o ânus. Mas o lado bom é que o parto dói tanto, mas tanto, que muitas grávidas relatam nem ter reparado no rasgão ou no corte. Em ambos os casos, costurarão sua buceta e cada vez que você tiver que mijar você verá estrelas tamanha a dor e ardência.

Daí você pode pensar; “Então vou fazer uma cesariana, eles me apagam e pronto!”, só que como tudo envolvendo gravidez, também há coisas que não são ditas sobre a cesárea. Para começo de conversa, ninguém te apaga, porque se sedar a mãe, seda o bebê junto, então, você vai ficar bem consciente e sentir muita coisa, só não vai sentir dor, mas vai sentir uns empurrões e puxões pelo lado de dentro que podem ser bem apavorantes. Quero dizer, não vai sentir dor na hora, porque depois vai doer sim e você não vai poder se entupir de remédios porque estará amamentando.

Você vai ser sondada, ou seja, vão enfiar uma mangueira pela sua uretra até a sua bexiga e assim você vai permanecer, mijando no saquinho, mesmo depois da cirurgia. Você também vai sentir claramente o cheiro da sua carne sendo queimada pelo bisturi elétrico, é um cheiro particularmente desagradável que você nunca mais vai esquecer. É provável que você sinta enjoo durante e depois e que tenha frio e tremedeiras depois. Você não vai poder levantar com facilidade nem carregas peso ou o seu bebê com total liberdade de movimentos por um tempo.

Neste ponto, você, Amiga Calcinha deve estar pensando que o final da gravidez é complicado, mas pelo menos os primeiros meses são tranquilos (os Cuecas certamente estão pensando “puta que pariu, ainda bem que eu não sou mulher”). Não, não são. O grande baque hormonal se sente no primeiro trimestre. Além dos vômitos você oscila entre choro por qualquer merda e uma fúria assassina com vontade de matar pessoas. Também vai ter sensações de angústia, como se algo de muito ruim fosse acontecer. Vai ter muito medo e angústia que exista algo errado com seu bebê. No começo tem também a formação da placenta, que causa uma sequência de cólicas nada agradáveis. Quando os hormônios começam a melhorar, a barriga fica enorme e os demais desconfortos surgem.

Vale lembrar que os problemas não acabam com o parto. Em nenhum dos casos, nem parto normal, nem cesariana, sua barriga volta ao normal. Você volta para casa com uma barriga do tamanho correspondente a seis meses de gestação e pode continuar sentindo cólicas e sangramentos por um tempo.

Também não custa lembrar que todos os desconfortos experimentados ao longo da gestação tem que ser suportados na raça, pois grávidas devem evitar ao máximo tomar remédios. Também não esquecer que depois de todo esse período extenuante vem noites de sono mal dormidas, um bebê que quando não está mamando (de duas em duas horas, tá bom para você?) está cagando, quando não está cagando está mijando, quando não está mijando está sendo colocado para arrotar e por aí vai.

Meu mais sincero parabéns a aquelas mulheres que, CIENTES disso tudo ainda assim vão encarar a maratona. E meus mais sinceros xingamentos para os homens que pensam “Mas são SÓ nove meses”. Vão se foderem, queria ver se a palavra “só” seria usada se fosse com eles! Homem não aguenta desconforto nem por 9 horas sem fazer disso um evento.

Em resumo, gravidez é coisa de bicho. Boa sorte para as que encararem o desafio.

Para dizer que este texto deveria ser distribuído nas escolas públicas como forma de controle de natalidade, para resumir tudo a frescura ou ainda para dizer que tudo que foi escrito aqui é tão horrível que você vai optar por acreditar que é tudo mentira: sally@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Etiquetas:

Comentários (3.294)

    • Porque não aconteceu com você, quer dizer que é falso? Entendi. Se não aconteceu COM VOCÊ, é porque NUNCA, JAMAIS PODE ACONTECER COM NENHUM SER HUMANO DA FACE DA TERRA. OK.

      • Sally, quanto chorume você soltou nesse texto. Francamente? Você é uma desonra à todas as mulheres da face da terra.

        • Claro, porque se você discorda, deve ser ruim. Universo Umbigo. O que está aqui está em livro de obstetrícia, vai lá dizer a eles que é chorume…

        • Avatar

          Neusa Fernandes

          Não acho q seja uma desonra coisa nenhuma ao contrário ela foi mto corajosa em relatar tdo isso , sou mãe e digo com precisão , é tdo verdade o que diz o texto , o que não aconteceu comigo se passou com amigas minhas , tenho uma amiga que recentemente se livrou do gato por conta da gravidez.

      • Kkkk, tudo verdade isso aí, eu estou grávida e muitas coisas descritas neste texto eu já tô sentindo…. É a vida é assim mesmo, nada é cem por cento bom, assim como nada é cem por cento ruim. A fase não é fácil, mas é de alguma forma tolerável. Tem mulher que tem uma penca de filhos, não é? Então, pra algumas não é tão ruim assim… Hehehe

    • Nossa tudo verdade ,estou na última semana de gestação,amo meu filho mas ninguém comenta essas coisas ,mas quando penso em tudo que passei a vontade de ver o rostinho do meu bebê me faz pensar que valeu a pena,pagar o preço é umas das poucas coisas na vida que vale o sacrifício hoje consigo ver minha mãe com outros olhos e compreender coisas que não compreendia.

  • quanta merda, claro q vai ter enjôo, dores e nao vai ser um mar de rosas, mas isso ai já é uma grande bosta! cai deixar de comer guloseimas, obvio q nao, além
    disso tu se alimenta melhor pq quer um filho saudável nao? gravidez é coisa de animal? e somos oq? robôs? imagina agora dizer q agora medicina é horrível vão vomitar em vc, vai ver gente morrer e o salário é oq sobre tudo –” a pelo amor de deus q frescura!

    • 99% das pessoas que escrevem Lol não sabem o que significa a abreviatura Lol ou sequer sabem que é uma abreviatura, são meros macaquinhos de repetição.

  • Kkkkkkkk. Que pessoa escrota. Essa dai quando engravidar vai ter filho pelo cú. Nossa sem noçao nenhuma da vida. Deus ta vendo em minha filha, se vc é sapatão e nao quer construir familia ñ fica dando uma de louca viu querida. Vai procurar oq fazer kkkkkkk. Revortada kkkkk

      • Qual é a teoria? Gostaria de saber…. Eu tenho um preconceito quando vejo KKKK, depois leio outras coisas que a pessoa diz e…. era um pós conceito, a história sempre se repete e confirma o que previamente temia.

    • Acho que tu que ta revoltado meu filho u.u Já pariu alguém pra saber se isso ai é vdd ou não? E ”sapatões” também podem querer ter filhos e construir uma família. Beijos de luz <3

    • Isso vai da escolha de cada um, do que cada um deseja para sua vida. Por isso sou favorável a uma decisão CONSCIENTE, sabendo dos prós e dos contras.

    • Isso é o que as pessoas não entendem: não é porque a sua gestação não é linda, perfeita, cor de rosa que você não vai amar seus filhos. Tudo na vida tem um ladro negro… não quer dizer que não valha a pena passar por ele.

  • Acheio texto bem divertido e quase tudo é bem verídico. Só acho que a parte dos “danos” na perereca deviam ser retificados. O que acontece é que ainda temos uma conduta equivocada de grande parte dos obstetras no Brasil que fazem o temido corte no períneo desnecessariamente. Mas as tentativas de humanização do parto vem questionando condutas como esta e a perereca “sofre” apenas o necessário, sem danos irreparáveis.

    • Suenia, conversei com uma obstetra que me disse que às vezes o dano é tanto que ela tem dificuldade em refazer a vagina da mulher de tantas pontas soltas que ficam, mesmo com o corte. Tambem me disse que nao raro o rasgo é tao violento que junta buraco do anus com o da vagina, o prineo vai embora…Sei lá, eu nao me arriscaria a isso nao…

      • Continuo gostanto do seu texto, mas a Suenia tem razão. Muitas das práticas de parto no Brasil pioram o problema, já que não respeitam o tempo da gestante para ter o parto. Aplicam hormónio para acelerar as contrações, sem o corpo estar pronto, ajudam com a mão a empurrar a barriga da gestante, fazendo a expulsão do bebê ser muito violenta e machucar o períneo.
        Em partos humanizados, dificilmente existem lacerações grandes. Eu mesma não conheço ninguém q tenha tido este problema e olha que trabalho com mulheres a anos (velhas, novas, médias). Inclusive tenho senhoras que trabalham aqui que tiveram mais de 7 filhos de parto normal e está tudo bem.
        Se a mulher teve problemas e machucou o períneo é porque a orientação que recebeu provavelmente foi inadequada. Esta obstetra que você consultou deve precisar melhorar suas práticas.
        De qualquer forma, seu texto continua divertido. Estou de 8 meses agora, e tem coisas que são complicadas mesmo. E o parto vira um dragão aqui no Brasil, porque os médicos não tem paciência para esperar o tempo da mulher, só querem o $$ rápido no particular e passar para a próxima paciente no SUS.

        • Pode ser que o acompanhamento e a orientação tenham sido inadequadas, isso eu não tenho como saber. O que os obstetras me falaram é que deixar uma criança nascer de parto normal hoje é uma temeridade por questões de infraestrutura: dependendo do dia e hora que a criança decida nascer podem não haver bons hospitais ou maternidades disponíveis e eles não querem se arriscar a trabalhar em um local precário ou mal aparelhado. Por isso uma cesárea, apesar de ser muito mais invasiva, acaba sendo o indicado. Não sei se isso é tecnicamente correto ou não porque não sou médica, apenas estou reproduzindo o que me falaram.

  • Avatar

    MARIA JOSÉ NIA

    Excelente texto, parabéns!!! Deveria ser matéria escolar e assim essa mulherada idiota parar de fabricar tanta gente, pois o planeta não aguenta mais, está abarrotado de tanto lixo de gente que não serve para nada e ainda perturba, rouba, estupra, sequestra e mata gente de bem, dá sérios prejuízos ás pessoas conscientes e cidadãs, digo isso porque as que mais fazem filhos são as irresponsáveis, e tem tantos quanto suas “bucetas aguentam, absurdo! Controlar a natalidade é responsabilidade sédria do governo e da sociedade justa, porque se vem ao mundo tem que ter direito á vida, assim como os animais. Passou da buceta, tá vivo, viva, tem que ter vida digna, e não bandido como a maioria se torna, principalmente se for do sexo masculino. CONTROLE DE NATALIDADE JÁ, AINDA QUE TARDIO!!!

    • Botar filho no mundo é fácil, criar é que eu quero ver. Botam filho no mundo e passam o dia inteiro fora de casa trabalhando. Quem cria acaba sendo a televisão ou a sogra. Uma bosta, botar filho no mundo para só vê-lo no café da manhã e na janta cinco dias por semana é IRRESPONSABILIDADE E EGOÍSMO, muita raiva desses “pais de final de semana”

    • a culpa ñ é de quem pariu ou engravidou ou quem vai engravidar o importante e que se de uma boa educação e EDUCAÇÃO VEM DE CASA e ñ de escolas conheço pessoas quem tem 7 filhos e tem mais educação e respeito que vc e essa sua boca suja com uma coisa que e linda tem suas desvantagens ate pra ficar gostosona tem sacrifícios (ESTICAR OS CABELOS,FAZER DEPILAÇÃO,FAZER AS UNHAS,ANDAR DE SALTO ALTO,COLOCAR UM REBOCO NA CARA PRA FICAR COM CARINHA DE BB,FURAR AS ORELHAS PRA COLOCAR BRINCO ………..) tudo na vida tem preço ate pra ganhar dinheiro aposto que ninguém consegue isso de graça tem sacrifícios ou vc acha que nasceu de um peido

  • E esse povo que diz que só pelo fato de não ter filhos, não pode falar obre gravidez. Se é assim o que esses homens que comentaram estão fazendo aqui? Se a Sally não pode falar sobre gravidez por não ter filhos, homem pode menos ainda porque né? nem engravidar um homem pode.

    Além disso, não preciso provar açúcar pra saber que é doce.

    • Carla, por esse raciocínio, um homem não pode ser obstetra, pois o que se lê em livro não vale nada, tem que vivenciar para poder falar…

  • Se uma gravidez de um único bebê pode gerar tudo isso ou até um pouco mais (pouco para ser boazinha, pode gerar tudo isso e MUITO mais), imaginem só uma gravidez de gêmeos que já é de risco por natureza ou de trigêmeos, quartúplos….Aff, me arrepia os cabelinhos da bolacha só de pensar…

      • As consequências pós-maternidade até que sim, mas os sintomas da gravidez, dizem, multiplicam-se à medida do número de bebês a barriga. Imagine só, se carregar um só pode acontecer tudo isso relatado no texto e até mais, imagine dois, três, ou quatro de uma vez? Não há cu que aguente sem explodir toda a couve-flor para fora além dos outros nada agradáveis sintomas ficarem super, hiper, mega piores.

      • Essas mulheres não conhecem MESMO a Sally kkkkkkkkkkkkk
        Elas também são muito românticas, quando grávida eu tive vários desses sintomas. Eu e meu marido já precisamos sair às pressas de um jantar porque eu estava passando mal. Uma vez quase vomitei no meio da rua. ainda deu tempo de ir num banheiro, ainda bem. Eu queria filhos mas realmente DETESTEI minha gravidez. Para os analfabetos funcionais: Isso não quer dizer que eu detesto meu filho, eu o amo.
        De qualquer forma, gostei bastante do texto. Finalmente alguém com cérebro nessa internet…

    • Achei legal. Tem analfabetismo funcional, é lógico (até porque a autora é uma das que “viu no Twitter”. Mas tem VÁRIAS mulheres dizendo que leram até o final e que concordam com o texto (embora algumas reclamem da linguagem). Em proporção tem mais gente lá que leu e entendeu do que aqui.

  • O texto fala apenas verdades: algumas mulheres tem alguns sintomas e outras, sintomas diferentes. Tenho agora 21 semanas de gestação e nunca vomitei, apenas sinto um pouco de azia. Quanto ao corpo é obvio que ele muda, mas creio que alguns pequenos cuidados podem aliviar muitos sintomas e fazer com que ele se restabeleça após o parto. De qualquer modo, não vejo motivo para tanta indignação, acho que a autora utilizou bom humor e não notei tentativas de persuadir ninguém a não ter filhos, mesmo por quê para ser influenciada a tomar uma decisão tão séria baseada num texto da internet, a mulher precisa ser muito desprovida de opinião própria.

    • Rosana, parece ser o caso da maioria das mulheres que vieram aqui me xingar, algumas inclusive dizendo que desistiram de ter filhos por causa do texto. Muito triste que um texto de uma completa estranha influencie em uma decisão tão importante da vida da pessoa, não?

  • tá doida ! Eu não sabia isso, acho que estou gravida. Mas tenho certeza do medo que estou sentido kkkkkkkkkkkkkkkk. loucura, loucura,loucura………………….

  • Nossaaaaaaaaa, meooo nunca ri tanto por tanto tempo e tao alto, estou gravida de 8.5 meses e esse texto parece que foi feito pra mim, pois já me aconteceram alguns maus bocados…( coitado do meu esposo) ri demais mesmo, é claro que não tive todos esses problemas, mas estou certa do que me espera, e cada gravidez é diferente, e cada mulher é diferente, mas é nítido que todos esses acontecimentos são reais, parabéns por essa opinião taão acrescida de detalhes que compõe o que realmente acontece numa gravidez e depois dela. Aproveito para expressar minha vontade em ter mais 4 filhos…, amei demais todo o texto!!!
    Parabéns!!!

    • Elaine, obrigada por não se ofender. Muita gente se chateou e me xingou. Fico feliz em saber que ainda sobram pessoas com um pouco de senso de humor no mundo…

  • Fala sério…. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Não terminei de ler porque estou com uma preguiça maior que tudo…. e porque? Estou gestante! Costumo a falar para minhas amigas que estar grávida me dá a mesma sensação de estar subindo a montanha russa, você pensa : ” Que merda estou fazendo aqui???” Antes de engravidar pensava que seria aquela coisa linda, ia ficar radiante como as modelos de comerciais, e etc…. ISSO NÃO EXISTE!!!!!!!!!
    Toda minha beleza acabou quando os vômitos chegaram na minha vida!!! É uma coisa muito mágica sim, tipo, acabo de comer e já coloco pra fora, É LINDO DE VIVER! kkkkkkkkkkkkkk
    Nunca imaginei que ficaria tão estranha, pareço um bicho… Não me reconheço!
    Pois é, cada um escolhe o que quiser, e escolhi gerar um filho, então eu e todas as gestantes que aguente as consequências!!!! E tem gente que fala, “Nossa vai fazer alguma coisa, se anima, gravidez não é doença”, Ah minha querida, não é doença mas é bem parecido!!!!

    • Bruna, não vejo problema algum em admitir que tem um lado negro. Isso não desmerece a gestação nem tira seu lado bom. Parabéns pelo bom humor de admitir isso em vez de ficar posando de mamãe Johnsons, como se a vida fosse um perfeito comercial de TV!

  • Que lixo de opinião, li só os dois primeiros paragrafos e decidi jogar essa bosta de opinião no lixo.

    Se nunca teve filho, fecha essa boca.

    kkkkk really!!

  • Ahahaha, ri alto aqui, com a descrição do sexo na gravidez. Ótimo texto. Estou gravida e bem, mas acho que isto se deve a suporte médico e familiar também. Gravidez não é contos de fadas. Trabalho em escola e o que eu já vi de criança estragada por família desestruturada e gravidez não planejada. Acho que o mundo seria muito melhor se só fosse mãe quem escolhe conscientemente (sabendo das merdas e dificuldades) este caminho. E está história de que a mulher só se realiza com filhos é a maior merda que existe. A maternidade pode ser uma dádiva ou um castigo. Mulher pode fazer sua contribuição ao mundo de outra forma: trabalho, descobertas científicas, arte. Filho é escolha. Eu por exemplo se me pagassem para ser mãe teria uns 10 e seria tudo bem criado, de parto normal, bem educado. (Mas essa sou eu e o caminho de cada um é diferente)

    • Pois é, se engana quem pensa que um filho une o casal. Se não estiver tudo muito bem estruturado, ele acaba separando. O que tem de homem traindo a mulher na gravidez não é brincadeira! Além disso, esse pensamento de “ficar juntos pela criança” é exclusivamente feminino, homem não pensa assim e frequentemente larga a mulher com um bebê de colo!

  • Adorei o teu texto..ri muito…tenho 46 anos…tive 2 filhos, a primeira com 17 o segundo com 22 e agora aos 46 estou tentando uma FIV – FERTILIZAÇAO IN VITRO, a primeira tentativa nao deu certo…e daqui um mês irei para a segunda e ultima..se der certo bem, senão paciencia…
    Quanto ao texto é de uma inteligencia real e voltada para o lado humoristico…gostei muito..parabéns…tudo verdadeiro..
    Tao real que a gente se identifica com ele em algum ponto…é táo terrivel mas tão compensador que vou tentar de novo nesta idade…corajosa eu né???kkkkk…Aos 46 anos sobrará de mim quase nada…kkkk…nas primeiras gravidez somente tive pressáo baixa e hemorroidaaaaaaaaaaaa…kkkkk…imagina agora…mas vamos la…..vamos em frente que atras vem gente….SUCESSO PRA VC QUE TENTA MOSTRAR A REALIDADE NUA E CRUA DE MANEIRA ENGRAÇADA E BRINCALHONA…BJS

  • Ri demais do seu texto! Seu realismo é comicamente chocante! Apesar de saber de tudo isso, pois sempre quis ser mãe, sempre quis parto normal, também sempre procurei saber tudo (pra poder fugir da ditadura da cesária imposta pelo comodismo médico). Hoje estou quatro meses e algumas semanas de gestação, senti várioooos incômodos, tenho mta enxaqueca, dores nas costas, enjoos e nada disso é agradável… mas eu estava ciente e eu escolhi gerar uma vida!!!
    Todas as mulheres deveriam ler seu texto!! Todas nós deveríamos nos informar mto sobre gestação (pois a sociedade cobra da mulher que ela seja mãe, mas ninguém se oferece pra me substituir no meu turno de trabalho nos dias em que estou muuuuito indisposta e tenho passar o dia com cara de paisagem no trabalho, pq se eu reclamar eu seria uma mole )… enfim… é mta coisa pra falar e vc disse mta coisa com maestria e bom humor…
    Parabens!!!

    • Pois é, Claudia. Acho que o número de mães deprimidas e angustiadas com uma expectativa irreal diminuiria se todos soubessem o lado ruim que ninguém conta, pena que a maior parte das pessoas que comentou não entendeu a proposta do texto e se dedicou a me xingar…

  • Ola

    Muito divertido o texto, ri muito. Na verdade estava meio puta porque ninguém conta pra gente este lado negro da gravidez, somente as coisas boas e dai as coisas vão acontecendo e voce vai pesquisando e descobrindo que faz parte hahaahah mas estou muito feliz com a gravidez, apenas gostaria de ter sido informada sobre estes episodios ahahah

    • Rojane, você é a prova viva do que eu sempre defendi nos comentários deste texto: não sou contra gestação, se a pessoa que engravidar eu dou a maior força, mas porra, que o faça SABENDO o que vai acontecer! Essa foi minha intenção com o texto. Aparentemente incomodou muito mais do que ajudou…

  • Pode me chamar de anta! Pois estou na segunda gravidez. Não te conhecia, mas a partir de hoje vou procurar conhecer suas “obras”, quero ler mais, me diverti muito. Achei seu texto sobre gravidez praticamente perfeito, eu acrescentaria alguns itens: 1) que algumas mães perdem efetivamente os dentes, digo, os dentes caem da boca pois o bebê “xupa” o cálcio de nossos corpos; 2) sobre tudo ficar mole, tudo fica mole mesmo, a mulher vira uma “gesTONTA”, pois derruba tudo que está segurando, esbarra em tudo, pois não conseguiu prever o espaço devido a barriga de melancia! e pra pegar qualquer coisa do chão só deitando 3) os peitos incham durante a gravidez, dão aquela turbinada, os bicos escurecem e as auréolas ficam maiores, mas depois murcham e CAEM! Ah… e os bebês MORDEM seus mamilos (chega até a sangrar) quando os dentinhos dos anjinhos começam a crescer dentro da gengiva… eles usam os seus bicos como “mordedores” hahaha super divertido né . 4) Como eu tive parto cesárea, a minha obstetra orientou eu usar cinta pós-cirúrgica, pergunta se isso dói, dói pra caralho! apertava tudo, a barriga e os pontos, que a propósito inflamaram, posso te garantir que você continua sentindo os pontos durante no mínimo uns 3 meses e lá pelo 4º mês você até já se acostuma com os pelos que começaram a nascer e encravar na pele devido a cicatriz de uns 10 cm que ficou em você! 5) E não menos importante, seu marido tá na “SECA” e você sabe que se não der logo pra ele, mesmo cansada, mesmo cheirando a leite azedo que vazou do seu peito, mesmo sem forças pra aguentar o sacode-sacode devido os pontos da cirúrgia, você vai ter que dar conta do recado, senão é chifre! Então ser mãe é coisa para poucas!!! Não sei como as mães de antigamente tinham mais de 10 filhos?!!! (Obs.: Não tive hemorróidas!) Também não consegui emagrecer os 15 quilos que ganhei, só no 1º mês perdi 5 quilos, que era o peso do bebê + placenta + líquidos + etc., o resto até hoje eu não consegui perder e sei que muitas mães também tem a mesma dificuldade, mas enfim, bola pra frente.

    • JJMimi, fico muito feliz que você não tenha se ofendido. Fui muito mal interpretada e recebi mais de mil comentários ofensivos por causa desse texto. Bom saber que ainda tem gente com senso de humor duvidoso como o meu! Dá um passeio aqui pelo blog, torço para que você goste e fique!

  • Nossa! Que coisa horrível!!! Seu texto é de meter medo em qualquer mulher que queira engravidar. Estou tentando faz tempo, mas não me importo com esses sintomas, pois uma vez tive um acidente de moto, meu intestino ficou para fora durante meses, eu cagava em bolsa de colostomia, usava sonda para fazer xixi durante meses também, tinha vomitos, dores de corpo e alma. um ano para eu me recuperar… Sendo assim, os sintomas da gravidez é nada perto de tudo isso.

  • Nossa, como tem gente ignorante nesse mundo!!! Adorei o texto, ri horrores!!! estou grávida e é assim mesmo, alguns tem uns sintomas, outros tem outros sintomas e assim vai….Gente é só um texto engraçado e escrito com muita inteligência! é verdade sim que ninguém conta o lado ruim da gravidez….mas atacar a autora, a faça mil favor! quanta ignorância! parabéns pela coragem! mundo hipócrita mesmo!!! dizer que gravidez é difícil não quer dizer que ter filhos é ruim!

    • Obrigada, Patrícia, por restaurar um pouquinho minha fé na humanidade. Foram mais de mil xingamentos no estilo “sua mãe deve te odiar para você ter escrito um texto desses”. Fico feliz em ver que ainda tem gente que aprecia meu humor fora do convencional…

  • Texto arretadíssimo. Caricaturado mas muito divertido. Claro que Sally elevou a enésima potência o lado obscuro da gravidez que não anula em nada o prazer de construir uma família, possibilitar uma vida e acreditar que a partir dela dias melhores poderão se desenhar. Sally? Ficar com a buceta rasgada, vomitar horrores, sentir sono, são sentimentos beeem menores que a um determinado momento passam imperceptíveis se se misturam ao prazer de quando o bebê mexe, quando responde a um estímulo, quando tua alimentação balanceada é por vc e por ele, etc. Mas acho muito válida a tua sátira, funciona como uma alerta. A diferença entre mim (nós gestantes) e você, é simples: Você escreveu o texto sozinha e eu (nós) com a nossa fonte de inspiração, com nosso bebezinho também se divertindo horrores com a tua falta de experiência. Talvez a sua mãe também tenha sentido prazer ao ter te gerado, ou foi cômica como você.

    Parabéns pela produção

    Abraços,
    Joselita

    • Toda mãe experimenta lados bons e ruins ao ter um filho, e estou certa que os lados bons compensam, caso contrário a humanidade estaria extinta faz tempo. O que não pode é querer mostrar só os lados bons e omitir o lado ruim…

      • Sally… Seu texto não é um desserviço para a humanidade, o contrário, contribui porque vai na contramão dos sites que vendem sonhos de uma gestação perfeita rsss Ele inclusive, atende a sua proposta de satirizar esse momento romântico, que muitos creditam a gestação. Não é genérico, nem pode. No entanto, sua fala como podemos observar nos comentários, contempla a muitas mulheres. A mim em determinada medida inclusive. Embora meu sentimento seja o oposto do que relatas. Não ojerizo dormir em apenas duas posições rsss até amo. Dormir do lado esquerdo porque é desse lado que o sinto mais confortável dentro de mim, é saber que minha vida vai além da minha. Entende? Bem, posso dizer que ri muito com sua fala. Seu humor sagaz é o diferencial. Tenho um amigo que diz: Experiencia se vive. Você espertamente não viveu esse horror que pinta da gestação mas tocou em pontos fundamentais, que disse ter aprendido com amigas.

        Nesse caso, mais uma vez parabéns pela proposta.

        PS: Posso divulgar em meu facebook e brincar com os teus ditos?

        Abraços
        Joselita

        • Pode divulgar sim, serei muito grata.

          Olha, quando eu escrevi o texto, pensei que estava fazendo uma coisa boa, levando informações com humor. Daí passaram mais de mil pessoas aqui para me xingar, algumas inclusive dizendo que deixariam de ter filhos em função das coisas que eu havia escrito. Daí eu fiquei me questionando se não havia, na verdade, prestado um desserviço. Mas logo depois ponderei e pensei que uma pessoa que toma uma decisão de vida importante como essa com base no que uma desconhecida escreveu na internet realmente não deve passar adiante seus genes idiotas. Melhor que não procriem.

  • KKKKKKK… Adorei o texto, eu não sou gestante e tambem não tenho filhos, mas pretendo sim, acho que as mulheres deveriam passar pela experiencia de ser mamãe pelo menos uma vez na vida; concordo com você sim, a gravidez real não é nenhum conto de fadas e cada mulher tem os seus sintomas, particularmente a parte de não dormir mais uma noite tranquila me incomoda… Mas, é a vida, nascemos mulheres, somos seres humanos e temos o livre arbitrio não é mesmo? Parabéns Sally, teu texto é muito divertido.

  • Achei super, mega, ultra arrogante.
    Estou grávida de 3 meses, já engordei, já tive inchaços, um milhão de espinhas por todo corpo, não posso mais usar meus shorts e calças que tanto gostava, sinto muita dor, não consigo comer, vomito todos os dias (sim, “como a garota de O exorcista”, não tem hora nem lugar, simplesmente vem e não há nada que eu possa fazer), já perdi peso por conta disso, já tive gases, arrotos frequentes, prisão de ventre, noites sem dormir, perdi meus sutiãs, e outras mil e uma coisas que são inexplicavelmente desanimadoras. Mas, apenas 3 dias em 3 meses dolorosos fizeram tudo valer a pena. As 3 ultras que fiz até aqui. Ver meu bebê crescendo, formando orgãos saudáveis, ouvir o coração dele.. Eu não deixo cair sequer uma lágrima de desespero ou dor nos momentos ruins, mas é só aparecer a imagem na tela durante o ultrassom, que choro horrores. E esse choro, pode apostar, é de pura felicidade e emoção. Nada faz com que isso não seja superior. É abominável uma pessoa escrever um texto desses, talvez influenciando mulheres que desejam ter um filho e sonham com um período mágico. Eu, graças a Deus não me deixo influenciar por opinião tão insensível como essa. Estou tendo todos os sintomas ruins que uma grávida pode ter e ainda assim afirmo: O amor que sinto, o desejo que tenho pelo meu bebê, é indescritivelmente maior. ;)

    • Abominável é alguma mulher ter uma cabecinha tão de merda a ponto de se deixar influenciar por um texto de internet de uma autora totalmente desconhecida, Minha Filha. Não tire os outros por você, ninguém dá tanta importância ao que lê na internet.

  • Ótimo texto, Sally.
    Baita vontade de mandar o link pras pessoas que estranham o fato de eu não gostar de crianças e não querer uma pra mim.

  • Avatar

    Juliana Rodrigues Dos Santos

    Amei seu texto, passei por tudo isso durante minha gravidez, claro que amei ter um filho mas vendo o lado ruim foi muito divertido!

    Parabéééns

    • Juliana, fico feliz que você não tenha se ofendido como tantas outras que passaram por aqui, saber rir de si mesma é prova de inteligência!

  • Que babaca, totalmente louca. Se a sua gestação foi merda problema seu. Não ache que todo mundo vai ser assim. Vc fala do assunto como um horror, uma coisa abominável. Procure um psiquiatra, sua maluca.

    • Rayane, você é uma denúncia ambulante da crise educacional no Brasil. Exemplo clássico de analfabetismo funcional: pessoa que consegue ler um texto, mas fracionado, sem compreender boa parte dele e sem compreender o contexto geral. Nunca tive filhos, deixei isso claro no texto, mas você não entendeu, não é mesmo?

      Procure você um professor que te ensine a ler e interpretar textos, quem sabe assim melhora um pouco esse seu problema cognitivo.

        • Porque incomoda. Porque pega em um nervo sensível, porque desmascara a hipocrisia. Só aquilo que dói incomoda, e se doeu, é porque tem algo bem mal resolvido, caso contrário a pessoa apenas fecharia o texto e nunca mais voltaria aqui. O texto desperta reações tão violentas que a pessoa tem que comentar, tem que xingar, tem que desabafar. É uma honra, mesmo sem nome e sem rosto, conseguir arrancar esse tipo de reação de desconhecidos, apenas com a palavra escrita.

      • Avatar

        Sally sua puta =)

        Vadia nojenta vc tem mais e que ser emrrabada por 3 negão de que a soma da piroca deles da 4 kilo sua puta meu cu está inteirinho olha a bosta q tu fala espero q caia sentada num cabo de vassoura se eu ouvisse isso da sua boca ia fazer vc engolir os dentes sua otaria tenha sorte de eu n encontrar teu endereço a e alias tua mae te cago ????pra vc falar tanata merda assim…

        • Eu sou ateísta e child free, logo… :)

          ADOREI o texto. Sempre ouvi reclamações das amigas próximas e só lia maravilhas sobre a maternidade. É tabu falar dos problemas – o que dificulta ainda mais a vida para as mães! Ou seja, você vai se foder, mas se reclamar será taxada como monstra..

          • Obrigada, Gisele! As pessoas parecem não entender que expor os lados negativos não quer dizer que eu esteja querendo convencer alguém a não ter filhos muito menos falando mal das mães. Acho importante que a pessoa saiba o que PODE acontecer, até para estar mais preparada e passar por isso com mais serenidade. Quem sabe se a coisa não for tão idealizada não tenha tanta depressão pós-parto.

  • Adorei o texto. Estou grávida e eu reclamei exatamente disso que você falou milhões de vezes com a minha mãe de PQ RAIOS ELA NUNCA FALOU A MERDA QUE ERA ESTAR GRÁVIDA. Espero que as coisas melhorem um pouco com o desenvolver da gravidez mas eu me sinto a menina do exorcista com os vomitos e azia, e não consigo dormir as vezes… cara… PQ não falam disso?? Mas de qualquer forma já estou nesse barco. Segurar a onda e o mimi e botar para fora o moleque com o máximo de dignidade que sobrar uhahuahuauauha Enfim, obrigada pelo texto. Ri muito.

    • Não que alguém vá deixar de engravidar por causa disso, afinal, é um preço pequeno a se pagar pela alegria de ter um filho. Não sei porque não falam. Esse pacto de silêncio, de insistir que tudo é lindo, perfeito… Um tremendo desfavor! Se a mulher souber que també, tem um lado negro pode se preparar melhor.

  • A-do-rei o texto! Ri demais ao ler sobre estes ALEGRES INCONVENIENTES!!! Estas coisas acontecem sim (graças a Deus que, nunca ouvi relatos, não acontecem todos de uma vez; senão seria um carma terrível! ) pois minha formação é voltada para a GO e isto é comum.
    Estou grávida e meu “óstio anal” não está danificado, não estou como uma vaca holandesa MAS, no auge dos meus 24 anos!, minha barriga está dominada por estrias e se não existisse o KY, nem de ladinho não daria! Kkk
    E duas pequenas correções: nem todo parto normal leva a laceração do períneo e/ou necessita do “cortezinho” na pepeca e não é este tipo de parto que leva a incontinência urinária mas sim o sobrepeso (a maioria das mulheres que engravidam utilizam deste pretexto para “se entupir” de comida) e a falta de exercícios dos músculos vaginais e anais levam a essa “frouxidão” fatal.
    Infelizmente a hipocrisia, o recalque, a fantasia e a ausência na aula de interpretação de texto encheram de comentários desnecessários sua caixa de e-mail. Mas é isso que acontece com os honestos e realistas!
    Parabéns pela cara de pau em escrever este “desfavor”! ;)

  • Estou na segunda gestação, a primeira não tive nada disso, passou batido, tudo lindo, já a segunda… Vamos ser sinceros de todos os sintomas tive 90% deles, não é fácil, amo meu marido, mas na hora H sempre sobra pra mãe!
    Pra concluir, achei interessante o texto, parabéns pela escrita, foi bem radical e honesta. Se um dia você se arriscar a ser mãe lhe desejo sorte, porque no final, tudo que passamos vale a pena!

  • chorei de rir , e q alivio achei q realmente a gravides era magica e só eu tinha passado por tantos desconfortos , é claro q amei ser mae por tres vezes e seria denovo se fosse possivel , mas tenhoo o pé no chao , gravides é a pior época da vida de uma mulher e pior ainda quando é sozinha as popular mae solteira, este texto devia ser lido por todas jovens mulheres , pra q elas pudessem fazer a escolha certa afinal gravides é a mudança para sempre na vida de uma mulher. obrigada Sally.

    • Porra nenhuma! TODO MUNDO PASSA, mas ninguém conta. Todo mundo bota fotinho feliz sorrindo em rede social enquanto o cu explode. Não tem que cair nesse conto de que tudo é um mar de rosas não!

      • Nossa, seu texto parece um conto de horror. Tive 3 filhos, minhas gestações foram maravilhosas, meu esposo acompanho todos os momentos, e até os partos.
        Não tive nenhum problema de cu explodindo, só tive enjoos.
        Todas as minhas gestações foram planejadas, isso alivia bastante pois a maioria das meninas hoje estão gravidas sem maridos. Faça desfavor ao sexo na adolescência, transar com vários…

        • Milly, em momento algum eu digo que tudo vai acontecer de uma só vez em todas as gestações. Algumas coisas vão acontecer, outras não. Sorte sua que só teve enjoo, mas posso ser sincera? A gente esquece o grau de mal estar que passou com o tempo… Se você tentar lembrar com calma certamente vai se recordar de outras coisinhas, tipo azia, gases, dificuldade para dormir…

  • Este autor está tão inserto sobre suas supostas convicções que precisa a todo custo, escrever sobre isso para ele mesmo ver se convence a si mesmo sobre coisas que ele nem tem certeza que acredita.
    provavelmente um mal amado(a), que vive de um perfil falso e não deve dormir sem tomar seus remédios de tarja preta.
    Alguém que julga que não precisa de ninguém, mas quando a velhice chegar vai simplesmente estar sozinho e então vai perceber que sua vida foi uma droga.

  • estou com suspeita de gravidez e normal vim sangue e uns farelos tipo areis. por favor me ajuda a tira esta duvida

  • Sally,
    Obrigada pelo texto! Me senti menos só nesse mundo falso e cheio de hipocrisia.
    Da mesma forma que a sociedade engana todo mundo dizendo que casar é bom e legal, também enganam dizendo que gravidez é um estado de graça. Graças à Deus que passa! A merda é que demora uma eternidade!
    Amo minha filha, mas essa gestação tá acabando comigo e com meu casamento! Meu marido simplesmente não entende que eu to me sentindo uma merda, que por mais que eu faça por onde melhorar pele, cabelo, peso, disposição, dores, etc, etc, etc… NADA ADIANTA!!! O puto ainda diz que eu tenho uma vibração ruim… Que ódio!!!
    Quem nunca passou por isso, atire mil pedras em quem concordou com o texto e saia correndo, pq vão cair todas na testa!

    • Eu queria ver é se homem engravidasse e tivesse que parir. Por uma gripe eles já ficam para morrer. Queria só ver se o seu marido estivesse no seu lugar se ele estaria bem humorado, sorridente e saltitante. A “vibração” dele estaria muito pior!

      Olha, sobre as mil pedras, acho que já atiraram, pois aproximadamente mil pessoas passaram aqui para me xingar…

  • Adorei!

    Simplesmente!!!
    Não tive alguns desses sintomas!!! Thanks God meu c*#$ tá inteiro! Não tive prisão de ventre!!

    Mas vomitei como a menina do exorcista por 4 meses inteiros!!! Já corri pro banheiro, e quando cheguei a porta tava fechada, não deu tempo de abrir e vomitei no chão! kkkkk

    E tô levantando umas 800 vezes pra fazer xixi por noite! E vivo tendo que entrar em banheiros de botecos e lojas e shoppings!

    Estou enorme, com 8 meses de gestação e preciso do meu marido pra abotoar minhas sandálias pq simplesmente não alcanço meus pés!

    Enfim!!

    Gestar é uma tarefa muuuuito difícil e sim, o qua nos faz aguentar é a alegria da chegada dos nosso bebezinho! Não há magia na gravidez!! kkkk

    • Carol, bacana que você, ao contrário das mil pessoas que passaram aqui para me xingar, tenha entendido a proposta do texto. Gravidez não é esse mar de rosas que vendem, o que não quer dizer que não valha. Tem gente que acha que ver defeito é um ataque.

    • kkkkkkkkkkkkkkkkkk, adorei seu texto, gravidez é bem isso mesmo, não gosto nem de lembrar, pior é que quase apanho quando digo isso, tem pessoas que me dizem que morrem de saudades da barriga, e quando digo que não sinto nem um pouco já acham que não amo meus filhos, isso mesmo filhos, pq tenho 3. Quando eu estava grávida do meu segundo filho e quase morria de tanto enjoar e vomitava até sangrar a garganta, me disseram que eu estava rejeitando o bebê, como se estar grávida fosse a coisa mais mágica do mundo. Affffff, mas ainda assim, amei ter cada filho que escolhi ter, e para tê-los em minha vida passaria por tudo de novo, mas daí dizer que é maravilhoso estar grávida, ah por favor, sejamos honestas>

      • Jane, que pensamento burro achar que porque teve mal estar na gestação não gosta dos próprios filhos! Como tem gente com dificuldade de raciocínio no mundo! Socorro!

  • Nossa, to gravidinha de 32 semanas e chorei litros de tanto rir! menina na hora que vc falou da vaca holandesa tive que parar e respirar pois quase fiz xixi nas calças rsrsrs tudo que vc falou é a mais pura verdade, acho que quem entende como ofensa não tem o mínimo de humor. Parabéns pelo texto. Realmente a gravidez não é mesmo um mar de rosas, mas com vc disse, sou tomada pela alegria de ter um bebê, então tudo isso são detalhes rsrsrs

  • Nossa, sua mãe tbm pensa assim? quanta coisa feia e ruim vc escreveu, uma mulher pode ate ter alguns desconforto mas isso tudo ai não, vc é muito esculachada, um dia vc tera filhos e vai ser trigêmeos.

    • Bacana sua mentalidade, você acha que ter filhos é uma praga que está rogando para a pessoa. Você deve ser uma ótima mãe!

      • Sally, ameeeeeeeeeeeeei, ri tanto, estou grávida do meu segundo filho, tô péssima!!
        estar grávida, pelo menos pra mim, não é um mar de rosas, e acho que se eu engravidar mais umas 5638 vezes será pior à cada vez!! Me adiciona no facebook, adorei seu texto e me identifiquei demais! Obrigada por alegrar minha noite e me mostrar que eu não sou uma péssima gestante, por querer a cada segundo que meu bebê saia daqui! beijoooooos!

        • Desirée, que bom que você entendeu! Não é porque a gravidez não é um mar de rosas que alguém não goste do seu filho ou que as mulheres não devam engravidar! Elas apenas tem que saber que podem acontecer algumas dessas coisas.

          Não tenho Facebook ou qualquer outra rede social, mas podemos conversar por aqui!

      • kkkkkkkkkkkkkk a melhor resposta, Sally! Gente ignorante e hipócrita!!! Amei o texto e mesmo não tendo filhos ainda, já imaginava que era assim, e realmente, as pessoas escondem isso e cismam em passar adiante que é uma magica! Ah vá!! Ainda quero engravidar, mas sem a pretensao de que será um mar de rosas. Acho que deveriam existir mais pessoas iguais a você, pois tristemente vivemos em um mondo hipocrita onde as pessoas vivem de aparencias! Obrigada pelo texto!

        • As pessoas não entendem que apontar o lado ruim não significa fazer campanha contra. Povo bobo, romântico e radical!

  • Sally, escreva sobre você. Descreva como fica seu ânus ao ter uma diarreia, descreva de como vc come igual uma porcona, descreva a xerecca da sua mãe, descreva o bundão do seu pai se é que vc sabe quem é. fale como seu corpo tem defeitos, fale da sua feiura, fale das vezes que vc mijou e nao lavou as mãos, fale dos caras que te fuderam e nao te quiseram depois…para de falar de gravidas e negros. vc é uma pessoa fedorenta deve ser gorduxa e ter inveja ate da mama brusketa. vai se fuder vc e suas teorias embasadas em nenhuma experiência a não ser a da porca da sua mãe. aquela cu cheio de vermes e hemorroidas kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk fedida feia abestalhada.

  • Nossa, que coisas horrendas vc escreveu ai, tive 2 filhos e estou gestante do 3 e muito feliz, a unica coisa que tive foi enjoo, mas nunca vomitei em ninguém, minhas pregas estão inteiras nao tenho nenhum problema, coitada da mulher que tiver tudo isso, ela morre e não faz mais nada na vida. bem fantasioso seu texto pq tem bilhões de mulheres que engravidam e trabalham fora etc, doutoras, advogadas, professoras etc. imagine se tudo isso fosse verdade, elas jamais teriam outros filhos. vc é um imunda deve ser sapata e tem inveja das mulheres que querem ter filhos, aposto que vc ja tem corpo de velha e vai perder as pregas de odio da vida. kkk se toca monstrinho!

    • Querida Analfabeta Funcional, em momento algum no texto eu disse que a mulher teria necessariamente TODOS esse sintomas em uma gestação. Recomendo que você processe por danos morais a escola que supostamente deveria ter te alfabetizado, você vai ganhar um bom dinheiro!

  • Ei, minha mina tah gravida e eu queria saber se vc sabe como encontrar uma partera pa tira o feto, ela nao que toma sitotec pq tem medo e eu tbm. foi uma falha e tbm nao somo a favor de gravides. moro em sp osasco. se alguem aqui saber onde arrumo a partera agradeço. fora gravides, num quero se pai de ninguem pq nao tenho dinhero pa sustenta e so tenho 25 ano so muito novo.

  • Mulheres e seus dramas!
    Primeira coisa que quero expor, é que gravidez é um milagre concedido pelas boas energias!
    Sally, seu texto é uma anomalia em forma de escrita. Todas essas mulheres que te apoiam nessa ideia, são umas mães sem escrúpulos e sem amor, na certa a maioria fez filho para agradar algum macho ou para ganhar pensão.
    Uma mulher só deve ser mãe quando ela quer, visto que é ela que vai carregar a criança e criar, cabe ao homem ajudar e manter a família. Filhos são frutos do amor entre homem e mulher, não entre macho e fêmea. Para ter filhos o casal deve ter estruturas psicológicas e financeiras, o mundo já está repleto de crianças mal amadas e com mães arrependidas igual essas que escreveram ai em seu blog. Acredito que existam mesmo metade desses sintomas, contudo não é assim tão exacerbado, se fosse jamais uma mulher teria mais de um filho, não existiria gravidas de segunda viajem! Minha magnifica esposa, teve três gravidez, em todas elas, eu curti passo a passo, desde consultas mensais até o parto, e vou lhe dizer uma coisa: Hoje eu a amo mais que tudo nesse mundo! Ela ficava linda com aquela barrigona enorme, enjoada…eu fazia chá para ela e massagem em seus lindos pezinhos. Ela estava carregando no ventre nosso filho…curti cada gravidez dela com alegria e muita calma, pois sou homem não macho, e sei das dificuldades e ansiedades que uma mulher sente nesse estado. Hoje em dia, eu sou grato pela família que ela me deu, pois eu dei o esperma e ela me deu um lar feliz e com maravilhosas crianças.
    Minha esposa esta linda de corpo, fez academia e está melhor que nunca, suas partes intimas estão maravilhosas, normal! Penso que você viu em sua família alguma mulher com hemorroida e com a vagina laceada e atribuiu isso a gravidez. Sendo que hemorroida é uma patologia que afere qualquer humano homem ou mulher. Estrias, celulites e essas coisas todas até meninas de 14 anos tem, gordura é questão de hiperfagia e tem como tratar. Só não existe cura para sua linha de raciocínio que é baixa e sem muita experiência.
    Você, claro deve dar muito e ter algum machinho para te pegar as vezes, mas duvido que encontrará um homem que te ame e queira ter um filho com você, e, envelhecer ao seu lado! Isso é só para mulheres, não para você fêmea.

  • Eu li todo o texto e concordo que alguns sintomas são verdadeiros, outros nunca tive. O que me incomodou mais que as coisas ruins que voce falou sobre gravidez foi sua vulgaridade, seus palavrõs, poderia falar de forma mais educada, só isso.

    • Márcia, se você se incomoda com grossera e palavrão, seu lugar não é aqui. Os termos são propositais, justamente para afastar gente chata, moralista e sensível como vocêr, gente que a gente não quer por perto.

      • Claro que meu lugar não é aqui, só entrei mesmo pra responder uma pergunta do Yahoo Respostas. Eu pelo menos sou gente, já isso aí que me respondeu a pergunta é pior que bicho, merece sofrer muito mesmo e ter 10 filhos, só coitados dos filhos. Adeus trem. Nem responde treco.

        • Não vejo COMO seja necessário entrar aqui e comentar para responder uma pergunta no Yahoo respostas, em todo caso, sugiro que você faça terapia, pois com essa sensibilidade histerica de se ofender com palavras rudes e palavrões você não sobrevive nesse mundo, minha filha. Vai se calejar, se não em breve você vai estar com depressão ou síndrome do pânico por não aguentar o rojão.

  • Sally, você pelo visto não terá filhos, acho que nenhum homem também vai lhe querer por muito tempo. Você deve ser muito amarga, gorda e feia. Sabe, depois de uma certa idade o ânus tende a lacear, portanto suas pregas não serão eternas…a parede muscular de sua vagina vai amolecer…sua charanga vai ter pelos brancos e ficar murcha igual uma couve flor, Seus seios, aposto que já não são tão duros, pois a lei da física não perdoa ninguém!
    O conteúdo se seu texto pode até acontecer, mas, não com todas as mulheres. Minha esposa teve meus filhos, ela continua linda e maravilhosa, eu a desejo todos os dias, quero envelhecer ao lado dela. Sou homem e adoro ser pai. E banco minha família, pois não gosto de ninguém fora eu e minha esposa educando nossos filhos. Você vai ficar cada dia mais feia, amarga e preocupada com suas pregas, talvez vice vai até começar a abrir sua bunda em frente ao espelho e começar a contar quantas preguinhas você vai perder até uns 50 anos…Se você casar-se, teu esposo fará filhos fora do casamento, pois chega uma hora que todos queremos ser pai. Com uma mulher chata, cretina e murcha igual a você, ninguém vai mesmo querer se misturar com seu gene. Penso que sua mãe deve defecar e mictar por toda a casa, pois ela gerou uma cabeçuda feito você! Infelizmente navegando pela net, encontramos muitas paginas iguais a sua…com esse tipo de conteúdo que não traz nada de informação, e sim repudio, da forma que você escreveu uma mulher jamais vai querer ser mãe. Penso que tu analisou muitas vaginas por ai, para falar tanto de vagina e ânus, a pessoa tem que ficar atenta e ver de perto como fica. Acho que você observou muito bem a de sua mãe!!! Você não é mulher, é depósito de esperma…

  • Tive que vir comentar esse texto porque não tem uma semana que alguém não esteja respondendo a ele. E o pior, fazendo comentários toscos, me dei ao trabalho de ler todos (sim, eu sou maluca) para ver a causa da polêmica. Eu achei o texto interessante, não entendi o motivo, destas sim loucas, estarem xingando a Sally, é no mesmo estilo de vários do blog. Se quiserem me xingar também fiquem a vontade pois não responderei, lembrando que eu não a conheço, logo não tenho motivos para defendê-la. Acho que eu nunca li tanto lixo em minha vida, já estava com vontade de bater em alguém. Sei que não escrevo bem, nem tenho os melhores comentários, mas tem limite pra falar bosta.
    Gente dizendo que o texto é criativo, como se ela não inventou nada? Olha Sally, eu não acho que você tenha errado a mão, elas que devem estar brincando de mestre mandou e mandaram arrumar confusão aqui, então vieram.
    Outras dizendo que é inveja, do que? De umas burras que não sabem interpretar? Tem que ter paciência para ler isso e contestar a todos. Gostei de umas respostas engraçadas, tipo, dizer que filho não é caderneta de poupança. Parece que não saíram da 7ª série e ainda vem dizer que estas informações são amplamente divulgadas.
    Nunca foi dito que todas sofreriam todos esses sintomas. Essa história de enjoo vemos até em filme. Achei preocupante a parte do sapato aumentar de número definitivamente. A parte do cocô durante o parto eu já sabia desde que tinha 8 anos. Uma menina da minha sala dizia que a mãe dela contava que isto aconteceu quando sua irmã nasceu. E todo mundo ficou em dúvida se o bebê fazia cocô lá dentro, se saia pelo mesmo lugar…
    A parte da prisão de ventre vão dizer que não acontece todo mês quando não estão grávidas?
    Gente hipócrita reclamando do palavreado, interessadas se ela está fazendo sexo ou não, cada justificativa maravilhosa, metendo Deus no meio. Nojo fiquei eu de imaginar que um filho teria que conviver com essa favelice, pessoas como vocês é que não deveriam ser mães e passar toda essa idiotice adiante. Ai,ai sally tinha que ter um filho sim, para dar continuação ao desfavor no futuro.
    Desde pequenos aprendemos que os seres vivos nascem, crescem, reproduzem e morrem, talvez por isso as pessoas queiram filhos. Lembro que tinha uma prof de química na escola que era casada e não tinha filhos e o pessoal achava muito estranho, (até porque ela era bem antipática). Sei lá, não acho necessário, hoje em dia tem a união estável.
    Acho difícil as pessoas ignorarem o que desprezam, muitas vezes elas mesmas não percebem que este é o motivo de serem ignoradas.
    Mas essa foto que vocês escolheram está nojenta hein, dá até nervoso de olhar.
    Desculpe pela resposta imensa.

    • O que aconteceu foi que uma blogueira/twiteira dessas “formadoras de opinião” se emputeceu com o texto, me chamou de “lixo humano” para baixo (gastou vários tweets me xingando) e fez o favor de colocar um link para o texto repudiando. Conclusão: vários leitores dela, todos brasileiros médios, passaram aqui para dizer que nem leram mas me xingar, pois vieram com o comando dado e são incapazes de questionar, de formar seu próprio juízo de valor. Ela divulgou o link para este texto com os dizeres “Texto que fala mal das mães”.

      Me entristece saber que essas pessoas burras (não por discordar de mim que isso não faz de ninguém burro, e sim por não compreenderem o sentido de um texto) votem e façam filhos. É por isso que o Brasil se emburaca cada vez mais.

      • Agora fez sentido.. Eu tb devo ser que nem a Leona e fui atras tentando descobrir pq tanta hostilidade com você. Não vi NADA demais e se a pessoa se ofende com palavrões você já disse: não precisa ler. Vá embora! Adorei e acho que você não se incomoda (nem deve se incomodar) com esse povo que vive dentro duma caixinha. Exponha sua opinião que eu e outras pessoas continuaremos lendo e rindo ^^

        • Nydia, não me incomodo com as ofensas nem com a raiva, mas me entristece perceber que vivo em um país onde gente assim é maioria. Essas pessoas medíocres votam e criam filhos, fazem do mundo um lugar pior.

  • MINHA NAMORADA TAH GRAVIDA, EU TV PROCURANDO COISAS DE GRAVIDEIZ E CAI AQUI LI TUDO. AS MINAS NAO QUEREM SER MAES FOI O QUE EU PERCEBI PQ SO FALAM MAL DA GRAVIDEIS E POR ISSO VOU COMPRAR REMEDIO E DAR ADEUS NA GRAVIDEIS DELA. NAO QUERO UMA MULHER TRISTE PQ VAI PASSAR P TD ISSO
    VCS MULHERES DEVIAM DOAR SEUS FILHOS PQ NA VERDADI NOIS HOME NEM GOSTA DE SER PAI GOSTAMOS MEMO E DE COMER SEM TER QUE ENGRAVIDA MAIS AS MINAS NAO SE CUIDA E FICAM TUDO ESPERANDO SUGADORES MALDITOS DE LEITI E ISSO AE E PA VCS QUE TEM FILHO MEUS PEZAMES PQ DEVE SER A PIOR COISA D MUNDO INDA BEM QUE SOU MACHU

    • Rai, faça um favor ao mundo: pega esse remédio e toma VOCÊ, dê adeus à sua vida, que o mundo vai ficar bem melhor sem a sua presença ignóbil. Campanha Desfavor: SE MATA, RAI, POR UM MUNDO MELHOR!

      • mocreia vc memo aconselha ninguem te filho com esse seu txt falando tudo isso ae ce acha que as mule vai qure ingravida lendo essas coisa? e nem acredito nisso tudo pq se fosse assim as mule que tem varios filhos tariam tudo cas tripas caidas pelo rabo vc escreve essas coisas e que flor? se liga mindinga vc deve ser feia gorduxa e mal cumida e nunca vai ter filho pq vc eh egoista e tenhu do da sua mae pq ela deve ta arregaçada pq te pariu kkk ja que vc gosta de mete a lingua tome tbm sua isiota

          • Sally, você deve ser amarga igual jurubeba! gorda igual melancia…ruim igual agua salgada! Onde já se viu, você escrever e descrever como ficará o ânus de uma mulher que deu a luz. O moço está certo, você deve ser especialista e ânus, tripas e xexecas. Ou como ele escreveu você via a de sua mãe.
            Olha, mulher deve ser mãe quando ela quiser e não deve ligar para esse teu texto imundo, pois está nojento demais. Tive muitas mulheres que já tinham filhos, todas perfeitas e lindas. Acho que você é viciada e ânus e pregas, para ficar escrevendo isso em uma pagina na internete. Se fosse tão monstruoso assim, nenhuma mulher teria mais de um filho. No interior ela tem filhos em casa, nem por isso ficam frouxas e sem pregas. Só na tua cabeçona mesmo.

    • concordo com vc man. as minas so qrm saber de rebolar dar xupar e tals, so que ficam buxudas dae querem sossa pensão. eu tbm tive uma periguete q ficou gravida mas comprei remedio e acabei logo com aquilo pq eu nunca quis q ela pegasse filho ma dai ela engravidou. as mulheres axam que so ela sofrem mas nos sofremos tbm. nao queremos ser pai nem sustentar ninguem gostamos mesmo e de ter varias mulheres para variar. ja que elas tam aqui falando a verdades nos podemos falar tbm. homens odeiam quando vcs mulher ficam gravidas nos odiamos ter filhos pq temos que sustentar e isso e um inferno. para o bem de toda naçao vcs deveriam abortar ou matar os filhos de vcs, seus namorados amantes e maridos vam ser mais felizes assim, falei a verdade

        • Entao axo qe vc é mal amada!
          E se vc nao saabe nao prescisa ter um filho para ter hemorroidas! Tudo tem s eu lado ruim mais nao é td isso qe vc diiz ate porqe vc nao em filho pra falar tantas besteiras!
          ah tive um bebe a 8meses e nao tenho hemorroidas e meu corpo esta como era antes e so se cuidar, tem muitas mulher aiqe nao tem filho e ta bem acabada qe deve ser seu caso!

            • Avatar

              Hugo Madeira de Lei Aroeiro

              Concordo. Eu mesmo já tive filho e não tive nenhum dos sintomas que falou.

              Nem engordei e continuo com minha barriga tanquinho.

              Vc é muito mal amada é a UNICA explicação pra ter escrito tanta besteira. Basta olhar pra mim.

                • Avatar

                  Hugo Madeira de Lei Aroeiro

                  Eu não disse que pari. Eu disse que tive filho – o que é verdade. E que não tive nenhuma das consequencias relatadas no texto – o que também é verdade.

                  Ignorância…’oche’.

                  #sallybocasuja

                    • Avatar

                      Hugo Madeira de Lei Aroeiro

                      Olha ai uma vantagem de ser homem: Podemos ter filho e não nos estressarmos e e xingar muito ao ler seu texto. ;)

                    • Nunca que homem se daria ao trabalho de ler QUATRO PÁGINAS que discorda e ainda perder tempo preenchendo comentário, dando atenção para alguém que despreza. É uma contradição tipicamente feminina.

          • Pode até estar com o corpo que tinha antes (de baleia), mas o cérebro pelo jeito diminuiu.

            /mode ‘querendo ver sangue’ on/

    • Seguinti, amigo vc esta certo! elas querem vara damos vara e elas arrumam ninhada para nos segurar! Duvido que uma mulher queira ter filhos ficarem gordas e narigudas, pezudas e ter hemorroidas. a sally ta falando que elas ficam feias e com o cu arrebentado mano! se é assim mesmo so posso pensar uma coisa…mulher tem filho para segurar nos homens, e para serem sustentadas…acho que essa é que é a realidade. só que tem homens que sofre de hemorroidas tbm, meu tio é um…tem mulher sem filho que é feia e baleia…ja comi mina nova sem filhos larga e que peidou no meio da trepada, uma mina que eu peguei ela ja tinha tido 2 filhos, e era coisa boa, tudo lindo apertadinho..intao acho que nao e todas que ficam assim, mesmo pq mulher depois dos 25 nao e mais minazinha gostosinha as tetas ficam moles. acho que o negocio e continuar comendo todas mas usando capinhas para nao fazer diabinhos gastadores. o problema nao e a mina ficar gravida e a criança, so tem gasto e acaba com a paz dos adultos, choram muito, eu tenho vontade de pegar um bebe e por no forno e assar. pensando bem essas mulher ai gravidas e maes que nao queriam ter filhos deveriam matar eles, assim elas seriam felizes. kkkkkk sally seu cu com a idade ficara aberto pq véios peidam e cagam sem ver ta ligada? kkkkkkkkkkkkkkkk

  • SOU A FAVOR DA CASTRAÇÃO DE MULHERES POBRES. ELAS NÃO TEM TEMPO PARA CRIAR SUAS CRIAS E FAZEM MARGINAIS TODOS OS ANOS…POBRE NÃO TEM FILHOS TEM CRIA, SOMENTE PESSOAS BONITAS E RICAS DEVERIAM PROCRIAR. O RESTO DEVERIA SER CASTRADOS. ESSA É MINHA OPINIÃO!

    • Bom dia! Eu sou a favor da castração em massa! Principalmente de mulheres pobres e feias. Somente as lindas deveriam ter filhos, e ricas também. Pois o mundo se assustaria menos com gente feia, as pessoas seriam mais educadas, não nasceriam tantos marginais para nos assaltar e sequestrar. Todo homem rico se casa com mulher branca, loira e bonita, isso é um fato! Logo terão filhos lindinhos rosadinhos e futuramente educadinhos.
      As feias de periferias e pobres, só fazem filhos para ganhar bolsa família, votam em canalhas que acabam com nosso pais. As nortista são mães de 7…10 filhos, e esses filhos da pobreza crescem matam e roubam, pois não tem lugar para pessoas feias, pobres e analfabetas em nossa sociedade. Eu sou noiva de um médico ortopedista, e vou sim ter meus lindos filhos, quero dois. E quero que eles sigam a profissão do pai e avô, médicos. No meu caso, me cuido bem, e tenho dinheiro para fazer uma hemorroidectomia e uma perineorrafia caso aconteça alguma coisa comigo durante a gravidez. Para mulheres com dinheiro isso é nada, pois da para consertar. Já as feias e pobres…coitadas só arrumam homens pobres e sem grana para cuidar delas. Logo elas não ficam felizes em serem mães! Eu vou ter filhos e ser feliz…pois tenho condições de me arrumar depois. Já para o resto, recomendo genocídio!!!! É minha opinião.

        • tudo bem que tem muita gente feia por aí, mas depois nasce uma Rafaela Justus e aí eu quero ver. Eu já vi gente que dizia ser filho de médica ser mais favelado que morador do morro.

  • Se fosse tão ruim assim as medicas não teriam filhos….. Tudo tem seu inferno e céu. De tudo isso citado no texto, o pior mesmo é saber educar e formar um cidadão ou cidadã na sociedade. 9 meses é nada perto do sofrimento de ver um filho matar, roubar, estuprar ou fazer mal ao próximo. Creio que o aborto deveria ser legalizado no Brasil. Toda gestação tem incômodos, assim como o câncer tem seus sinais e sintomas. A diferença e que ao final de cada gestação nasce um ser lindo, e no câncer o final é triste, sobra um fiasco de humano e vem a morte! Resumindo…tudo que tem luz projeta sombras…

    • Mas quem disse que é tão ruim a ponto de deixar de engravidar? Certamente eu não fui! Muito pelo contrário, repeti EXAUSTIVAMENTE nos comentários que é um grão de areia comparado com a alegria de ter um filho. Só não acho correto que vendam como um mar de rosas, pois tem um lado negro sim.

  • Volta e meia volto nesse texto só pra ver os comentários novos, morro como rende até hoje kkkkkkkk Foi com esse texto q me tornei adepta do Desfavor porque fala exatamente tudo o que eu penso. Odeio crianças, até a voz me irrita. Esse negócio de perder a liberdade q amo e prezo, estragar o corpo que tanto cuido e tantos outros empecilhos além dos descritos no texto pra ficar o dia todo em função de uma coisa q só chora, mama e caga definitivamente não é pra mulheres como eu. As pessoas sempre me vem com essa de “Já pensou se sua mãe pensasse assim?” Se a minha mãe pensasse assim eu simplesmente não ia existir e jamais ficaria sabendo, ora.

    • Quem tem que ter vergonha é pai e mãe que coloca filho no mundo para depois terceirizar a educação e deixar o dia todo na cheche, com babá ou com os avós e só ver o filho no café da manhã e na janta. Se essa é a rotina de vida, lamento informar, não pode ter filho porque não vai ter tempo para educar.

      • Acabei de escutar uma dizendo que vê o filho “por meia hora. Isso quando ele ainda está acordado. Fazer o que?”.

        COMO ASSIM “fazer o que”??? Será que a cegonha deixou o filho na casa dela sem que ela pedisse????

        E depois sou eu que “não gosto de criança”…

        • Fazer o que:

          a) Se planejar e só ter filho se tiver tempo para criar
          b) Se já teve, se reprogramar para estar em casa e educar o próprio filho ainda que isso implique em uma redução do padrão de vida, afinal, educação do filho deve ser prioridade
          c) Parar de tentar se convencer e convencer os outros que hoje em dia só dá para ter filho assim, vendo poucas horas por dia
          d) Parar de usar o auto-perdão de que “se for assim ninguém tem filho”, porque tem sim muita gente que se programa e consegue ficar em casa educando o próprio filho
          e) todas as respostas acima

    • OS bebês crescem, não ficam p\ sempre chorando e precisando trocar as fraldas, eles viram adultos, seria impossível alguém se anular completamente por causa do filho, a vida ela continua com filho ou sem filho..
      E quando você se casar e seu marido querer ter filho oque você vai fazer? Filhos não seguram um casamento, mas a falta deles faz com que o homem resolva buscar fora oque não tem dentro do relacionamento.
      Se eu fosse você iria repensar sobre isso.

      • SOCORROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!

        EU QUERO IR EMBORA DO BRASIIIIIIIIIIIIIIIIIL

        SOCORROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!

  • me desculpa, MAIS É ABSOLUTAMENTE RIDÍCULO O TEXTO. respeite sua mãe!!!!
    Graças a Deus por eu ser mulher e poder dar a luz a dois meninos MARAVILHOSOS!!!!
    eu durmo a noite, e sempre dormi. quanto a isso não tenho o que reclamar pois tinha que acordar meus filhos para mamar, rsrsrsrsr. não engordei quase nada , meus filhos são lindos e saudáveis . eu não tive desconforto e muito menos tinha ardência na hora de urinar , minha barriga voltou ao normal. eu amadureci muito, deixei de ser egoísta e meu corpo ainda é meu !!!! é você não pode ver só o lado ruim das coisas, e se for assim. . . SE M A T A ! porque a vida tem muitos lados ruim, lado ruim de um relacionamento. lado ruim de ser filha de ser mae de ser irmã de ser sobrinha de ser neta de ser inteligente de ser burra de cagar de mijar de fazer sexo de um monte de outras coisas OU MELHOR RESUMINDO DE VI-VER. PELO MENOS FOI O QUE SENTI COM SEU BLOG !!!!

    • Este texto não falta com o respeito a ninguém, se você é imbecil de não perceber isso, por favor, não volte, aqui a gente seleciona quem a gente quer que participe e quem não. No caso, sua burrice te excluí. Tenha amor próprio e não volte, assim eu não preciso te banir.

    • Olá Gé
      Eu concordo inteiramente com você, acho que tem toda razão, pois tudo na vida tem os prós e os contras.
      Mas o que mais deixa intrigada é a maneira como foi exposta a idéia da escritora, faz parecer imposição de idéias!!!!!

    • Nossa, que distorção, eu amo minha filha e nem por isso fui “feliz” na gravidez dela, tive “tudo” que ela publicou, só as pregas que ainda estão aqui, estou grávida do segundo bebê e estou igual um rinoceronte, por eu odiar isso eu não sou uma boa mãe, eu não sou mais dona do meu corpo não, pelo menos até antes dele nascer não sou mesmo.. haha
      Esse bebê decidi oq eu posso, ou não fazer, to enlouquecendo, to com apenas 5 meses e parece que estou com 12 meses de gestação, estou em um relacionamento sério com o xixi, e o sexo? Oq é sexo? sempre que “tento” o meu baby trata de arrumar um jeito de empatar tudo, rsrs… Ela só mostrou oq muuuuuuuuuuitas grávidas passam e outra podem não passar, não vi nenhum tipo de desrespeito, e olha que era pra eu me sentir ofendida, pq tô mais sentida que não sei oq… Saiba interpretar texto, ainda mais antes de expôr sua opinião equivocada :/ beijos de muita luz!

      • Concordo demais com vc. Meu filho vai fazer quatro anos e eu o amo muito e passaria por tudo de novo pra ele estar aqui comigo. Tive tudo isso que sally falou e acrescento ainda os mamilos em carne viva e o mau cheiro do leite em cima de mim, e estou cuidando da hemorroida até hoje kkkk. Sério.
        Hoje quando alguém me pergunta: – Quando vai ter outro?
        Respondo: – Não tenho mais essa coragem não!
        Mas apesar de tudo vc sente uma felicidade sem explicação, acho que é isso que nos ajuda.
        Enfim: A vida é feita de escolhas…

        • O fato de ter pontos negativos não quer dizer que não valha à pena, afinal, tudo na vida tem pontos negativos. O que esse povo nervoso que veio em massa me xingar não percebe é que apontar os defeitos não é fazer campanha contra e sim tentar deixar a mulher mais bem preparada para o que pode estar por vir.

  • Gostei em partes, não gostei em outras, concordo em quase tudo q disse. Só tendo passado por isso pra saber o que é, antes de engravidar eu tinha total noção ao que eu estava me sujeitando, mas, quando senti na pele… Você radicalizou em algumas partes acho muito difícil alguem ter tudo isso de uma vez na intensidade que vc diz cada gravidez é única, não tive metade do citado acima . É claro que tem seus desconfortos mas logo passa e vem coisa pior que é ter alguém que dependa única e exclusivamente de vc… haja psicológico e financeiro bons pra isso. Mas como tudo na vida, se vc for pensar em tudo não se faz nada e também apesar dos pesares não há amor maior que um filho. E parabéns vc escreve muito bem.

  • Nossa eu adorei esse texto, minha comadre que esta gravida me enviou.
    Eu tenho um filho de 2 anos e sempre que vejo uma gravida eu me pego falando para se prepararem p n dormir mais e elas ainda dizem que ja n estao dormindo, realmente as pessoas n contam o lado ruim da historia, eu fiquei neurotica quando meu filho nasceu, sabia que ter filho n era facil, as pessoas falam isso, mas ninguem me disse essas coisas, um texto desse iria me preparar mais rs, sério, um filho muda muito a nossa rotina e realmente n é mil maravilhas, é um amor imenso, amor que n se mede, mas que é punk é, é foda, é o maior desafio de um ser humano, é o que eu acho, é um desafio e uma responsabilidade muiiito grande. Acho um trabalho muiiito dificil ser mãe, mas ser mãe mesmo, de verdade. Amo ser mãe e quero ter mais, mas tem q ter muita paciencia e saber que é loucura loucura loucura ter mais de um filho kkkkkk. Ainda assim eu quero mas hoje ja sei o que me espera. É foda mesmo, com F maiúsculo. Antes de alguem ter filho deveria existir um lugar p vc passar no minimo 3 dias sem dormir, sem comer direito, sem tomar um banho demorado, sem ter tempo de nd, com alguem machucando o bico do seu seio, com um peso de 3 kilos no colo praticamente o dia todo. tipo essas coisas e outras mais. Acho que isso iria evitar muita depressao pos parto.

  • Esta foto é de uma mulher que fez fertilização e tem oito bebês na mesma gravidez, por isso esta aparência um pouco “desfavorecida”

    Quando fiquei grávida achava que tinha uma barriga imensa, mas quando vi a barriga de Nadya Suleman, a mulher que deu à luz a óctuplos (8 bebês) no dia 29 de janeiro de 2009, fiquei de queixo caído, a maior barriga que já vi.São 6 meninos e 2 meninas, pesando entre meio quilo e um quilo e meio.

    A moça é a segunda mulher a ter óctuplos nos Estados Unidos, o primeiro parto de 8 gêmeos ocorreu em Houston, no Texas, em 1998. Na ocasião, foram seis meninas e dois meninos, mas infelizmente uma semana depois uma das criaças morreu.

    Sua gravidez foi concebida através de fertilização in vitro e seu caso está causando uma grande controvérsia nos Estados Unidos, muita gente não concorda com o ato de Nadya chamando-a de irresponsável, pois ela já tinha seis filhos também concebidos por fertilização. Já outras acham que a mãe solteira tem o direito de fazer o que quiser de sua vida.

    Nadya criou um site o Nadya Suliman Family pedindo ao público doações on-line de apoio à sua extensa família de quatorze filhos.

    Veja fotos dos gêmeos e da enorme barriga de Nadya.

    http://bocaberta.org/2009/02/oito-bebes-e-uma-barriga.html

  • Simplesmente adorei!
    Estou na 26ª semana de gestação e estou muito feliz pois escolhi tudo isso, mas nada do que foi citado no texto é mentira. Descobri que estava grávida devido aos vômitos (eu não passei direito nem pela fase dos enjôos, foi direto ao vômito mesmo, bem da maneira como foi escrito, eu não tinha tempo nem de pensar e já estava esguichando vômito mesmo sem ter comido nada), passei os 4 primeiros meses da minha gestação morando no banheiro. Tive crises de riso ao ler o texto, pois a minha sensação inicial foi de revolta quando passei por tudo isso e meus pensamentos eram “ninguém nunca me falou que seria assim”. É claro que a parte onde o bebê se mexe, faz com que por uns instantes eu pense que todo esse esforço é compensado pois eu sempre quis ser mãe, mas acho completamente errado esconder “o lado negro” da gestação. Parabéns, você foi muito feliz em cada palavra, mesmo sem ter passado por uma gestação conseguiu descrever certinho como funciona. Haha

    • Franciele, é justamente isso que as pessoas não entendem: pode ter todo esse lado negro e ainda assim ser bacana. Boa sorte para você!

  • Olá
    Acho desnecessário esse tipo de informação, como uma mulher pode ser pega de surpresa que PODE passar por essas situações “menos boas”, se toda mulher sabe o que acontece numa gravidez! Podemos perguntar a qualquer mulher e inclusive adolescentes o que acontece com a pele por exemplo na gravidez, e ela responderá: pode-se ter estrias se não tomar os devidos cuidados, são coisas lógicas, coisas que TODO MUNDO SABE, que já estão mais do que repetidas na sociedade.
    Outra coisa um pouco fora de “órbita” que a “escritora” menciona, é o fato de um ginecologista ter dito isso tudo a ela, convenhamos que isso é um pouco fantasioso, na minha opinião acho que um ginecologista jamais daria este tipo de opinião e ainda mais com uma entonação de palavras como as que foram usadas no texto. Dão a impressão (com as palavras que descrevem o texto) que todas as mulheres que estão, ou pretendem ficar grávidas vão passar por aquilo, orque nem sempre diz la: “pode”, muitas vezes menciona, você vai ter, você vai passar por isso ou aquilo. São afirmações!!!!!!!!!

    Esta frase por exemplo : “mas as que os tem, vomitam em jatos como a menina do Exorcista”, a escritora não sabe mesmo do que fala, e o ginecologista menos ainda (que supostamente estudou medicina geral antes de fazer especializaçao em gineco”, vômitos a jato só são experimentados por aquelas pessoas que tem determinadas doenças, como a meningite por exemplo.

    Mas pronto, são opiniões diferentes e temos que respeitar o entendimento de casa um, o que não estou de acordo é a menção que o texto traz, só isso, agora a escolha, isso é cada mulher que escolhe o que quer pra si, se acha bem ou se acha mal é com a própria mulher!

    • Tânia, acredito que cada gravidez é diferente, pelo que eu li sally comentou sobre acontecimentos de gravidez diferentes, de suas amigas, por esse motivo juntou tantas coisas ruim, mas na minha gravidez eu tive quase todas essas coisas ruins q foi dita aqui, algumas q eu n tive eu identifiquei em amigas minhas, minha comadre tomou pavor do cheiro de cachorro, e a cachorra dela n podia entrar em casa pq ela tinha enjoo ao cheiro, ela n vomita e eu na minha gestação vomita a jatos exatamente como exorcista, eu vomitada tudo que comia praticamente, nem tomava o remedio de enjoo pq eu vomitava entao era dinheiro jogado fora, hoje quando me sinto mal eu vomito facil porque se tornou algo normal na minha gestação, um mes eu emagreci um kilo de tanto vomitar na minha gestação, eu fazia xixi milhares de vezes e meu marido ate dizia q n gostava de sair comigo por causa disso, pq era xixi o tempo todo, presao baixa e vontade de desmaiar na rua era direto, estrias eu tenho muiiiitas na barriga, meu seio rachou, sangrou e empredou meu leite e secou, tive quase uma depressao pos parto justamente por achar q ter um filho era a coisa mais maravilhosa e feliz do mundo. Maravilhoso n é nem aqui nem na china, nem com 5 pessoas em casa p ajudar, pq vc q tem leite no seu peito p dar, vc que tem q acordar, vc n consegue dormir com medo que seu filho morra sufocado no leite, e sempre vai achar que ninguem cuida melhor que vc, entao digo e repito, ter filho é um amor que nao se mede, é o melhor sentimento do mundo, mas também é o maior desafio de um ser humano, maior trabalho e maior responsabilidade que se pode ter. Muito mais foda do que um trabalho fora de cama, os homens acham q cuidar de filho é facil, parir entao eles nem valorizam, mas ter filho é foda mesmo. Esse texto deveria ser distribuido na rua, evitaria muita depressao pos parto. Pq quando um bebe nasce é um choque de realidade e isso é bem dificil.

    • Jura que são coisas que “TODO MUNDO SABE” e “que já estão mais do que repetidas na sociedade”? Jura mesmo? Eu não sabia nem da metade do que foi publicado aqui! E por favor, Tania, não tente querer se mostrar “culta/intelectual” escrevendo palavras “bonitas”… Vc escreve MAL PARA CARALHO! Seu texto é extremamente incoerente e cheio de erros ortográficos! ;)

  • matem seus filhos pq eles seram bandidos, se nao querem matem! eu apoio vc por veneno em mamadeiras ou afogarem seus filhos. kkkkkkkkkkkkk

  • Sally, o que tenho a dizer é que estou com 36 semanas, feliz e traumatizada….me sinto na missão mais difícil de toda minha vida….chego a chorar de azia e dores nos pés e punhos…tive enjoos terríveis náuseas indescritíve……Não tenho estrias nem hemorróidas, mais para compensar mal consigo respirar.Tudo que eu mais quero é minha filha nos braços e meu corpo de volta…..Já avisei meu marido que irmaozinho só se for adotivo, filho do coração.Gravidez, nunca mais!

    • Thais, eu imagino que seja um desconforto grande, mas todas as pessoas que conheço que tem filhos dizem que depois de um tempo você esquece e que isso é um grão de areia perto da felicidade que é ter um filho. Força aí, que já já isso passa!

  • tudo que foi dito ai no lado negro da gravidez é verdade passei por tudo isso e varias pessoas que eu conheço tbm passaram

    • Eu sei que é verdade, Jane. Tive a consultoria de um obstetra para escrever esse texto. Mas infelizmente tem gente que ofende com a verdade…

  • Sinceramente, adorei o texto!! Se alguém souber onde está essa magia da gravidez, por gentileza me avise, e se possível vou pedir por delivery, pois a minha vontade de levantar da cama – que já não existia- sumiu de vez. Estou de 28 semanas, e não vejo a hora de tudo acabar, isso pq num tive nem a metade do que vc descreveu. Adoro quando ela se mexe, pois a sensação é bem louca, mas não curto quando ela cisma de ficar o dia todo enfiada nas minhas costelas kkkk. O ruim é que não posso expressar essa minha opinião em lugar nenhum, pq se não vão cair de pau em cima de mim. Não esperava ficar grávida, mas já sabia como seria quando ficasse, então não reclamo. Ri muito alto com a dramatização da coisa, é tipo isso mesmo. E meus parabéns por se dispor a escrever essa maravilha, não conhecia o blog, mas agora vou ler tudo! Até mais!!

    • Michelle, é horrível não poder falar o que a gente pensa porque vem meia dúzia de patrulheiras da felicidade e começam a acusar de ser uma pessoa horrível, uma péssima mãe, etc. Tudo tem que ser lindo, perfeito. Se alguém fizer alguma crítica ou apontar algum lado negativo é porque é mal amada, porque queria ter filhos e não pode, porque tem trauma com a mãe… Olha, eu estou de saco cheio dessa hipocrisia social!

      • É verdade! Fora que você tem que “aceitar” tudo o que te falam, pq se não é chata, anti-social ou arrogante, é incrivel como as pessoas gostam de se meter em tudo que diz respeito ao outro, igual aquele monte de chá que vc TEM que fazer, ou aquele album enoorme de fotos de vc gravida. Eu to me sentindo horrivel e sem grana, tenho que montar quarto e comprar enxoval, e a pessoa ainda vem te dizer que vc TEM que fazer tudo isso, se não vc é errada. Se for citar tudo de ruim que existe na gravidez, as vezes os sintomas passam até despercebidos, ainda mais pra quem é mais racional e prático que é o meu caso, graças que meu marido é como eu, não liga muito pra essas coisas. E no fim acabo ignorando tudo que me dizem mesmo, poucas coisas são úteis na real.

        • Faz muito bem em ignorar, Michelle. As derrotas ninguém conta! Todo mundo teve uma gestação linda, tranquila, maravilhosa. Todo mundo tem um marido amável, prestativo e fiel. Todo mundo tem filhos lindos, educados e inteligentes. Todo mundo adora ostentar felicidade em rede social, mas a verdade é que a grande maioria não passa de uma cambada de fudidos e frustrados tentando desesperadamente parecerem felizes. Desculpa o desabafo…

  • Gostei bastante do texto, as pessoas pensam q tda mulher tem que engravidar, q é lindo e q após a gravidez vc se tornar uma pessoa melhor, sério, não acredito nessa historinha. Sou casada há 2 anos e td mundo me pergunta qdo eu vou engravidar, qdo digo q não qro ter filhos tds me olham e pensam q sou o bicho papão. É só a minha escolha.

    • Tem bons e tem maus momentos, como tudo nessa vida. O problema são essas mulheres xiitas querendo a todo custo convencer o mundo que só tem coisa boa, que é tudo lindo. Qual é o problema de ter coisas ruins também?

      • as pessoas deveriam ler os blogs anônimos sobre “eu odeio ser mãe” . Procurem em inglês no Google. Vão se surpreender como a maternidade NÃO MUDA ninguém, a maioria piora. Mães que odeiam seus filhos. Tem gente que acha que é impossível…..toda mãe fala que ama ser mãe, que ama os filhos, pq se disser o contrário serão queimadas na fogueira da inquisição como as “bruxas” da idade média.
        Claro que não é toda mulher que tem filhos que os odeia, mas não podemos negar que isso existe.

        • A partir do momento que ninguém tem coragem de verbalizar, não existe. Essas pessoas não conseguem conceber nada que saia daquilo que elas tem idealizado e que é vendido pela mídia. O mundo deve mesmo ser mais confortável quando a gente se apega a padrões seguros e agradáveis. Não tente tirar isso destas pessoas, elas ficam muito furiosas e perdidas.

  • Querida Sally, gostei muito do seu texto !!
    Tive 3 meninas, duas por cesária e depois uma por parto normal.
    Não tive nem 10% das coisas q vc descreveu no post… kkkkk
    Mas é claro q ñ acontece tudo para todas !!!
    Só queria deixar uma contribuição às mães q irão ter um Parto Normal.
    A taxa de “rasgo” no nascimento dos bbs não é 90%, e sim 10 % !!
    Os médicos costumam cortar pelo “procedimento”, mas caso não façam a episiotomia, a chance de rasgar naturalmente é em torno de 10% só (e dentro desses 10%, acredito q o “rasgo completo vagina-cu” não chegue nem a 1%)… e em um rasgo natural e não cortado, a cicatrização é mais rápida !!

  • Que belissimo p teu resumo e muito sincero pelo visto,sem frescurisse de ”beleza de gravidez”deis de pequena minha mae foi muito sincera e nos dizia muitas coisas que ela sofreu pra ter a gente.E eu ficava espantada,pois pra ter filho hoje em dia qualquer idiotinha q n tem nem merda no cu pra cagar faz,axa q é so dar e pronto n pensa nas consequencias n so financeiras mais o q vai passar.Minha mae se rasgou,ficou com estrias pro resto da vida teve hemorroidas e sabe se lao q mais q ela n nos disse…tenho 31 e nem pensava em ter filho agora entao….depois de ler isso nem pensar!sai fora o q eu gasto com filho gasto comigo!

    • Corpo é o de menos, porque corpo volta ao normal. A questão é a angustia que uma mulher sofre quando acha que tudo será um mar de rosas e se depara com algumas dessas coisas. As pessoas precisam ter acesso a todas as informações, as boas e ruins.

  • Oi Sally, parabéns pelo artigo, confesso que alternei em quanto lia entre (rolar de rir e soluçar de chorar). Estou grávida do meu primeiro filho(a), ainda não sei o sexo. Estou com 21 semanas… e adorei a descrição… realmente até agora muita coisa relatado aqui aconteceu, talvez não com tanta intensidade, mas se vc não colocasse assim não seria cômico. Não ligue para comentários maldosos, as pessoas sempre vão te amar por vc dizer o que pensa e outras irão te odiar pelo mesmo motivo. Quem se sentir ofendida, que não leia e ponto. Tudo tem seu preço, e se para ver a carinha do meu anjinho (fruto de muito amor) preciso passar por isso.. rsrsr que assim seja… são ossos do oficio. Beijinhos!!!!

    • Rose, muito bacana você ter o senso de humor de compreender e rir de uma coisa pela qual está passando. Juro que eu não me ofendo com o que dizem, mas eu sempre argumento porque tenho esperança que as pessoas reflitam. Sou uma romântica…

  • Nunca li tanta asneira na minha vida.
    Quem não tem filho, não deve nem dar palpite, nem sabe o que é a maternidade, então recolha-se a sua insignificância.
    Quero fazer uma OBS: Não se deixa de comer NADA que se gosta quando esta gravida, pode-se SIM comer de TUDO.
    Enjoos…alguém aí conhece Dramin?
    O enjoo provém de um hormônio produzido durante a gestação, e os enjoos são controlados por medicamento….DRAMIN
    Isso é só uma amostra que você não tem a mínima noção do que esta falando.
    Va se aprofundar no assunto para não vir aqui falar asneira. Sério chega a dar até pena.
    Gases…você que não é gestante ou nunca foi…também sofre de gases queridinha, todos temos isso.
    E não é a gravidez que faz o teu corpo ficar feio, é o teu descuido.
    Ninguém vai ter o corpo perfeito para sempre, é a lei da gravidade querida.
    Olha quem escreveu este texto deve defecar o cérebro todos os dias.

    • Taís, eu preciso levar uma facada para saber que sangra? Eu preciso dar a volta à Terra para saber que ela é redonda? Escrevi esse texto com a ajuda de um obstetra, então, desculpa mas não tem nenhuma besteira aqui. Abra um livro de obstetrícia se quer saber o que acontece, não precisa engravidar para isso.

      Grávida pode comer de tudo? Seu obstetra deve ser trabalhar em uma açougue. Pergunta para qualquer médico se grávida pode comer CARPACCIO? E SASHIMI, pode? Cafeína pode? Pode tomar QUALQUER TIPO DE CHÁ? BEBIDA ALCÓOLICA, pode? AMENDOIM, pode? Quem não tem noção do que está falando é você.

    • QUERIDA, SAIBA QUE DRAMIM, NÃO É PARA QQR UMA, NÃO SAO TODAS QUE PODEM TOMAR, ENTAO NAO DE CONSELHOS OU RECEITE MEDICAMENTO, QTO A COMER DE TUDO, OU VC NUNCA FOI GESTANTE OU SUA GESTAÇAO FOI A OITAVA MARAVILHA DO MUNDO, POIS TODAS Q SAO OU FORAM GESTANTES SABE Q NAO SE PODE COMER OU BEBER DE TUDO, ENTAO NAO FALE ASNEIRAS VC.

    • Enjoos… Alguém aí conhece Talidomida? A mãe da Taís “kiridinha”, provavelmente!

      Porque gente burra gosta de soltar um “querida” no meio de suas tentativas de argumentação?

      Estou me divertindo lendo os comentários, principalmente os das pessoas especialmente sensíveis no quesito “corpo arregaçado”.

      • É impressionante como quem vem xingar delata exatamente onde foi que doeu. Cada vez que vem uma aqui afirmar que não teve hemorroida eu tenho certeza de um belo cu arreganhado em uma couve-flor. Porque convenhamos, que tipo de pessoa perde seu tempo se justificando para uma estranha sobre o estado do seu cu? Brasileiro é uma raça que eu nunca vou entender…

    • Exatamente Taís. Quem não tem filho não deveria sequer dar opinião. Eu parei de ler quando a cidadã aí escreveu que não tinha…aliás, pra que se preocupar em escrever sobre um universo que não curte nem conhece né? Deve estar mal resolvida com essa não maternidade. haha Não, não acho que toda mulher tem que ter filho, nem pensar. Tenho amigas super bem resolvidas com essa decisão e pronto. Mas esse não parece ser o caso da moça aí..

  • Amei o texto,muito bem dito sobre tudo o que rodeia uma gravidez,até quem fim encontrei alguém que fale a realidade e não somente faça desse assunto um mantra da Gravidez… Eu estou gravida de 36 semanas,e venhamos e convenhamos não tem sido esse mar de rosas que as mulheres dizem não….. E eu que achava que era louca por achar as gravidas mentirosas….. Ta ai a realidade cruel… Sentir o bebe mexer é bom não nego,mas quando ele enfia o pé na sua costela ou te faz mijar sem ao menos avisar é um saco.. Graças que eu não tive enjoou nem sono nem azia muito menos estou inchada.. e quem na imensa looucura disse que mulher gravida é bonita, algumas podem ser mas na realidade são todas feias,gordas inchadas cabelo cabuloso e o jeito de andar parece uma pata…..
    Enfim estar gravida é um saco a unica recompensa será ter meu filho comigo…..

    • Não tenho dúvidas que, para quem ter filhos, vale a pena. Mas as pessoas tem que parar de mentir, de querer fazer parecer que tudo é um mar de rosas. Isso faz mal. A mulher que engravida e espera que tudo seja lindo tem um choque de realidade que pode acabar mal, entre outras coisas, em uma depressão. Chega dessa mentalidade de que para ser legal tem que ser perfeito. Gravidez tem seu lado negro sim, mas isso não quer dizer que ninguém tenha que engravidar.

  • Talvez voce diz tudo isso, porque a unica coisa que vc deve ter de valor é o corpo, e ‘se’ for tao valorozo assim, mas querida peitinho bundinha tudo um dia murcha e vai para a terra comer, o que fica verdadeiramente, são as nossas heranças, são o que deixamos de valor aqui e provavelmente vc não ira deixar nada de valor, baseando se nestas palavras tão bobas futeis e desmerecedoras de perder tempo lendo……

    • Talvez você seja limitada demais para entender que eu disse tudo isso PARA O BEM de quem quer engravidar, para que a pessoa SE PREPARE em vez de viver um ilusão de comercial de fralda. Sou gorda e não ligo a mínima para corpo. Passar bem.

    • Herança de c* é rol@ Leia Larissa!
      Herança?
      Deixar seres humanos pra destruir o planeta é herança boa?
      Deixar um ser humano psicopata, serialKiller, estuprador, ladrão pra apavorar o mundo pode ser uma herança boa? (Filho é loteria, ele pode dar certo ou NÃO, nunca se sabe)
      Deixar um parasita na terra não pode e não tem como ser uma herança boa.
      Minha filha, cague quantos filhos vc quiser nesse mundo, mas não queira convencer ninguém que isso é bom, que isso é ser melhor que os outros. Cagar filho não faz de vc melhor que ninguém. Cagar eles no mundo é fácil, quero ver fazer dele um ser humano decente. Nem sempre é possível.
      Vá procriar e deixe os outros em paz.
      É tão bobo o texto que vc veio aqui ler, né?
      Vaidade quem tem é tipo de gente igual a vc, que acha lindo encher a casa de filhos, só pra se auto proclamar uma pessoa melhor porque foi capaz de parir.
      Vá cagar.

      • Interessante que vêm dezenas de grávidas comentar, dando seu apoio ao texto (dezenas porque só vi os primeiros comentários, acredito que dever ter algumas centenas), relatando suas próprias experiências e dificuldades, e aí aparecem algumas antas, sem nenhum argumento sólido, repudiando tudo o que foi escrito aqui.
        Legal a linha de raciocínio “você nunca pegou fogo, então não sabe se dói e não deve falar no assunto”. E receitar remédios então, nem se fala!
        Quanto à questão da herança, parir alguém pra sofrer no mundo não é mérito nenhum. Criar um filho decentemente, EDUCAR no bom caminho, isso sim é algo a ser valorizado, o simples fato de botar no mundo não quer dizer nada, e é o que a maioria das “mães” faz, infelizmente. Além disso, por mais que criar um filho e torná-lo bom cidadão seja um feito e tanto, quem disse que é a única contribuição e herança que alguém pode deixar para a humanidade?
        Enfim, não dá pra esperar muito de quem argumenta na base do “você só tem seu corpo pra oferecer” sem nem conhecer a pessoa a quem se refere.

        • Engraçado esse raciocínio de só saber o que se passa na gravidez se você já tiver engravidado, acho então que HOMENS obstetras não devem saber absolutamente nada sobre gravidez e suas consequências!

  • ok! entendido!!! cada pessoa tem livre arbítrio… para acreditar ou não no que quiser né!!!
    mas vou dar uma olhada…

    • Parabéns a você, Elaine, pelo seu bom humor. Fico feliz que tenha rido, a maior parte das pessoas que leu acabou se ofendendo…

      • Porque as pessoas se ofendem quando alguém fala sobre a realidade da vida,isso tudo é real e informativo .rapadura é doce mais não é mole não kkkkkkk

        • Meire, não me pergunte, eu ainda não entendi porque se ofenderam tanto. Vai ver essas pessoas tem algo muito mal resolvido nessa área, de modo que qualquer informação que quebre com a mentira romantizada da gestação cor de rosa as desestrutura e as tira do sério. Sempre que uma pessoa tem uma reação tão exacerbada ela deve ser perguntar do porque se importar tanto com aquilo. As coisas não nos incomodam tanto em vão, é sinal de alguma coisa.

      • kkkk ri altoo mto bom seu texto
        muitas novinhas deveriam ler ou até mesmo passarem essas imformaçoes na escola.
        nada contra mãe novinhas mais crianças gerando crianças se pra um adulto é dificil .
        filho é um presente de deus mais tem seu preço e é caro ..

  • estou grávida de 24 semanas (5 meses e meio) e confesso que dei mtaaaa risada ..
    nem tudo ai toda grávida passa mas quase tudo é verdade ..
    eu ri mto na parte dos vomitos pq eu passei mtoooo mal .. vomitava igual a menina do exorcista mesmo kkkkkkkkkkkk e sim sempre com o cabelo preso … mas depois passou e agora esta tudo certo!
    mas mto bom seu texto …

    • Juliana, muito obrigada por sua grandeza e senso de humor de não se ofender com meu texto. Seja muito bem vinda ao Desfavor!

  • Eu estou grávida de 27 semanas (6 meses? huahauh). Engravidei ciente de QUASE tudo isso (sabia uns 90%, vai…) e é realmente tudo isso aí mesmo!

    Claro que você pode não passar por tudo, mas é sorte! Totalmente aleatório! Não passei pelos vômitos exorcistas do primeiro trimestre, e ainda tem uns 3 meses pra eu passar no qual eu posso ter muita coisa do que está aí em cima =P Mas como estou convivendo com muitas grávidas eu vejo acontecendo de tudo isso aí com muita gente =P

    Mas interessante que a mãe natureza é bem filha da puta mesmo, a ponto de te produzir OCITOCINA, que tem seu pico no trabalho de parto e é responsável pelo amor incondicional que você sente pela criança! Ou seja, o bebê está arrotando, cagando e soltando pum… e você está achando o arroto o som mais lindo do mundo, o cocô super cheiroso e o pum cheio de purpurina =P

    No final eu engravidei por que queria, estou muito feliz com a gestação e com o fato de ter um filho… mas é PUUUUUNK T.T

    • Viviane, é isso que eu venho dizendo nos comentários: narrar sintomas desagradáveis não é campanha contra gravidez, é apenas informação para que a mulher possa estar preparada quando aconteça. Se alguém for idiota o bastante para deixar de ter um filho por causa de um texto que leu um um blog, daí francamente, melhor se matar…

  • eu só acho o seguinte: a autora do texto acima, deve ser tao feia, amargurada e mau amada que, por isso, não tem quem engravida-a, e todo esse papo sobre as amigas dela, dever ser uma inveja ridícula por ver todas elas felizes com seus maridos, sendo amadas, cuidadas e recebendo a atenção e carinho que ela gostaria de receber pois, SE ela tem um marido, namorado ou o que seja, deve ser totalmente infeliz e mal amada e por isso quer acabar com os sonhos das pessoas que querem construir família e fazer aquilo que o Criador nos ordenou: multiplicarmos. Que o Espírito Santo possa te convencer da verdade, pois somente ela irá te libertar querida.

      • era só isso que faltava!!
        Dizer que Deus obriga alguém a ter filhos.
        Meu querido, Deus disse isso quando a Terra precisava ser povoada.
        Hoje em dia precisa que morra mais gente, principalmente os pobres de interpretação e cagadores de regras e gente que pensa que todo mundo é igual, por exemplo pessoas como vc, seu cretino.

        • Deus obriga as pessoas a ter filhos? mal comida? em qual momento eu disse exatamente isso? e você ainda diz que o pobre de interpretação sou eu!? se liga vai! me faz um favor, vai ler a bíblia pra depois vir me dizer algo sobre multiplicação e necessidade de gente pobre de interpretação, como você, morrer ok? e se ser amada, pra você, só depende de “ser comida” imagino a citação em que você se encontra, minha cara…. nem sei ao certo porque estou me rebaixando te respondendo, mas fazer o que, né? gente pobre de espirito como você me enoja. mas fique com Deus, espero que Ele não te obrigue a ter um filho, como “eu” disse. good bye honey.

    • Mike, vc acha que a Sally é mal comida?
      Diga-nos: quem te comeu tão bem pra vc estar tão certo de que tudo na vida é rosa?….

    • HAHAHAHAHHAHAHAHAH…. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHA… HAHAHHAHAHAHAHAHAHHAHAHA… Foi a única coisa que pude expressar! AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA…

    • “Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a. Dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todo animal que rasteja sobre a terra”. Gn 1:28
      Cara, a ordem “multiplicai-vos”, tem um objetivo bem claro: encher a terra, de modo a dominar sobre toda a criação. A terra já está cheia (e, graças à queda e da consequente péssima natureza que temos, dominamos a criação de modo perverso), então esse objetivo já está cumprido. O fato de alguém ter filhos, hoje, não se traduz necessariamente me “fazer aquilo que o Criador nos ordenou”. E mostrar as dificuldades e obstáculos desse processo também não significa “acabar com os sonhos das pessoas que querem construir família”, pelo contrário, com essas informações as pessoas podem se preparar melhor pra um passo tão importante na vida.
      E tem outra coisa:
      “Não julgueis, para que não sejais julgados. Pois com o critério com que julgardes, sereis julgados; e com a medida com que tiverdes medido, vos medirão também.”
      Tenha muito cuidado com as conclusões que você tira sobre as pessoas. Entenda como um conselho, não como um ataque.

      • (Sally, sei que você é atéia e te respeito. Esse blog é seu. Se você não quiser aprovar minha resposta acima vou entender. Só gostaria de ter algum jeito de responder àquele rapaz)

        PS: por favor, não aprove esse aqui, é um comunicado direto a você.

  • Pessoal, deixa de amargura!
    Ela não disse que todas as mulheres terão todos os sintomas,mas TUDO que foi escrito pode acontecer.Claro!Ela simplesmente compilou todas as possibilidades em um texto!
    Eu estou grávida, sou Psicóloga especialista em saúde materno-infantil e dei boas gargalhadas com esse texto.

    • Fren, obrigada pela Tecla SAP, as pessoas estavam mesmo precisando dessa tradução. O transtorno quando você mexe com o “sagrado instituto da maternidade” é tanto que as pessoas ficam cegas de raiva!

  • POXA,POR MAIS DURO QUE SEJA,TENHO QUE CONCORDAR QUE A GRAVIDEZ É MESMO TERRÍVEL….ESTOU GRAVIDA E TENHO SOFRIDO MUITO COM ESSES ENJOOS CONSTANTES,NÃO AGUENTO MAIS GENTE.E SEI QUE ISSO É SÓ O COMEÇO.

    • Taiane, se você quer muito ter um filho, esses desconfortos não são nada perto da alegria que essa criança vai te trazer. O que não quer dizer que não existam…

      • Me lembrei hoje de outro fato NEGRO pós-gestação que você se esqueceu de mencionar no seu texto: a dor lascinante de amamentar. Esqueceu de dizer o quanto a mulher sofre para amamentar, que o bico do seio racha inteirinho e sai até sangue, deixando a mulher com febre e dores horríveis além de correr riscos de infecção. Ahh,mas muitas podem pensar: “Eu não vou dar de mamar, dou mamadeira, leite em pó, qualquer outra coisa”, maaaaaaaaaas aí o que vai acontecer: o leite vai empedrar nos seios e vai causar dores a mesma coisa e febre também se não for retirado. E as últimas alternativas nesse caso são, ou retira com bombinha e coloca na mamadeira ou não fabrica filho nenhum, a segunda alternativa eu acho a melhor ainda.

        • Cara Maria,
          Amamentar realmente não é um fato fácil, para aquelas que não sabem!
          O bebê tem que pegar o seio da maneira correta, e ai sim poderá amamentar sem dores, se a pega não for correta acarreta dor e rachaduras.
          Mas também para estes problemas existem cuidados, na minha primeira gestação tentei amamentar minha filha, mas não tive leite, então desisti, mas não sofri com o problema de empedrar o leite nem febre, nada disso, apenas tirava leite pelo menos uma vez por dia “quando saia”.
          E os ginecologistas também aconselham pegar sol nos seios para fortalecer a pele dos mamilos, comigo funcionou.
          Não acho que a autora esteja errada em relação a citação, mas poderia também mencionar, os cuidados para evitar ou amenizar tais problemas.
          Por isso, estes problemas todos dependem de mulher para mulher, de cada organismo, e do cuidado que a gestante tem com o proprio corpo.
          Obrigado

    • Porque o brasileiro médio se fica mais na FORMA como se fala do que no conteúdo que está sendo dito. Você pode mandá-lo até à merda, desde que seja com muita educação. Povo bobo…

      • vcs que pensam que não xingam.
        Faço parte de 2 grupos Childfree e vcs nem imaginam como as pessoas são criativas na hora de xingar quem pensa diferente delas…..uhauhuahhauauhauhaa

  • Bom eu achei esse texto legal,
    Realmente vc sente muito desconforto na gestação, nos 3 primeiros meses eu enjoei tudo até aguá, uma vez eu sai do ônibus vomitando horrores, sentei na minha escada e terminei de vomitar com minha cachorrinha olhando, kkkk outra vez tive que procurar algum lugar para mijar, fui em um banheiro horrível não tinha papel, resumindo não me sequei,kkkk é não é fácil não, mais não me arrependo minha gatinha é linda, saudável e birrenta, mais a amo demais ela é tudo para mim, …… a sem contar na amamentação fiquei uma semana chorando pq meus seios racharam.

    Bom para muitas pessoas esses texto não foi legal, mais a realidade é q algumas mamães passam por isso sim, a detalhe meu parto foi cesárea, não quero nunquinha ter um parto normal, ….e ….. não sou menos mãe q as outras.

    bjs

    • Rafa, as pessoas se ofendem como se falar de contratempos desagradáveis de uma gestação fosse uma campanha para não ter filhos. Muito pelo contrário, a mulher vai saber levar uma gestação de forma muito mais preparada se ela souber o que PODE vir a acontecer. Nada pior do que todo mundo romantizando e a pessoa ser pega de surpresa.

  • Santa Virgem Maria que está no céu ao lado de Jesus Fucking Cristo!
    Eu tenho uma prima de pouco mais de 30 anos que GOSTA de engravidar. Ela tem mais de 10 filhos já e não mostra nenhuma intenção de parar. Ela já teve cirurgia marcada para operar e deixar de ter filhos, mas ela NÃO QUIS. Depois deste texto, então, tenho duas conclusões: eu devo ter nascido com o sexo errado, e minha prima não é deste planeta.

  • Acredito que quem esta gravida ou tem filhos pode dizer exatamente oque sente ao contrario de alguém que esta vendo tudo “por fora” .Porém sou obrigada a concordar com muita coisa que foi escrita , estou vivenciando esse momento e não é um mar de rosas como quase todos dizem.Não vou criticar de forma pejorativa a autora do texto visto que ela tem uma forma unica de ser expor , talvez eu diga que seja uma forma até cruel mas é a verdade , ela esfrega na cara oque todas as mães não querem aceitar . Obvio que nem todas tem todos esses sintomas mas que a gravidez tem esse lado negro tem mesmo. Estou gravida e poderia ainda acrescentar varias coisas ao texto , claro que tudo pode ser amenizado, contornado e passado por cima.Agradeço pelo texto e parabenizo por expor a realidade dessa forma tão transparente .

    • Ana, quem está de fora pode saber sim o que se passa. Por exemplo, eu não tenho pênis mais sei exatamente quais são os sintomas de um câncer peniano. É para isso que servem anos de estudo de medicina, para que as pessoas não tenham que necessariamente experimentar desconfortos para saber que eles existem.

      O problema é que as pessoas confundem uma narrativa de desconfortos com uma campanha “contra” a maternidade. O fato de esclarecer que muitos destes desconfortos podem aparecer não é e nunca será uma campanha para que as pessoas deixem de ter filhos. Tem quem quer, mas que faça a escolha ciente do que pode estar por vir.

  • Cara que texto maravilhoso! Foda-se todo esse povo chato. Sim eu tenho uma filha, sim eu quero outros filhos, sim meu parto foi sofrido pra cassete mas ainda assim eu achei e continuo achando o dia mais lindo da minha vida (Julguem-me, kkk), mas sim eu concordo com cada virgula desse texto. Não tive todos os sintomas, mas tive muitos dos descritos aqui e outros mais….kkkkkk Adoro o seu blog, mas geralmente não comento. Faltam mais pessoas como vc nesse planeta, estamos na era que tudo é preconceito, não se pode falar, expor opinião que vc ja está sendo “recalcada” como esse povo costuma nos intitular. E concordo quando vc diz que não precisa passar por uma gravidez pra saber como é….os livros e estudos estão aí pra isso, não preciso passar por uma crise de pedras nos rins pra saber que dói pra cassete. Enfim só posso te dar parabéns pelo excelente texto.

    • Eu imagino que Freud se retorce no túmulo cada vez que alguém manda um beijo pras recalcadas!
      Recalque não é sinônimo de inveja, não entendo de onde esse povo tirou isso.

      Engraçado como até hoje esse texto ainda rende!

      • Incomoda demais, né? Acho que rende porque a mesma pessoa passa aqui quatro ou cinco vezes para dizer que me despreza e que nunca mais vai voltar aqui…

    • O seu comentário bate quase totalmente com o que eu penso!
      Acrescento ainda: tive pedra nos rins e parto normal, as dores da contração, pra mim , são a pior coisa q já senti na vida!!!! Nada se iguala e EU NÃO ESQUECI, como dizem as ‘mamães de aço” de plantão!
      Estou grávida de novo(depois de 15 anos!- olha o tamanho do trauma- hahahhaha) e tive quase todos os sintomas do texto e, em geral, as pessoas ficam horrorizadas qdo eu digo que: NÃO GOSTO DE ESTAR GRÁVIDA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Um bando de bobo alegre, com essa mania imbecil de ser feliz nos piores momentos, eu sofri muuuuito na gravidez e não recomendo!!!!!!!!!!!! E ainda fico puta da vida qdo alguém fala que eu estou LINDA! Parecendo um hipopotamo, com a cara toda manchada, o pé enooorme e o cabelo quase grisalho!!! Maaaaaaaaas depois vale tudo qdo a gente ve aquela carinha mais linda do mundo e o cheirinho mais gostoso de todos!! Mulher se fode mesmo!! PQP!!!!

      • As pessoas não concebem que gravidez possa ser desagradável em alguns aspectos mas que ainda assim valha a pena ter um filho. Uma pena…

  • Sua mãe deveria ter levado tudo isso em consideração antes de te colocar no mundo, né?
    Aposto que ela se arrependeu.

    Guria grossa, mal educada, se acha estudada mas responde com farpas e ironias idiotas quem lhe é oposto. Analisando sua fala me parece que sofre de alguma desordem psíquica. Confunde irreverência com falta de educação..se esconda atrás dessa tela mesmo, nota-se que faz o tipo pessimista, massante… se nem aqui dá pra aturar, imagine pessoalmente.

    Você está certa, não se reproduza. Imagine só o estrago que ia ser replicar esse DNA por aí…Quase uma bomba biológica.

    Perdoe-me a ignorância, mas já vi que você é chula e adepta, acabei me sentindo tentada a responder ao seu nível, então lá vai: Você é ridícula, infantil, negativista… suas ideias são pobres e vazias. Vai tentar viver de outra coisa, pois se for depender disso aqui morrerás de fome.

    Grande abraço e boa noite.

      • Vários… “chula e adepta” (de?????)…

        Poderia passar a noite respondendo para essa pessoa. Os argumentos são tão desconexos que seria até divertido. Pena que tenho que trabalhar (mais).

          • Sally, quando eu ficar grávida vou passar por aqui só pra te chamar de mal-amada, mal-comida, e todas as coisas lindas q te falam… Ainda rio dos comentários… Ignora esse zé povinho! Não vale a pena nem responder!
            Ahhh, um adendo nada a ver com esse texto, mas como eu não me lembro em qual deles a gente tava falando sobre escrever o português errado (ou se eu sonhei isso), fui obrigada a cortar relações com a família do meu querido papai por que eu corrigi a mulherzinha dele que escreveu a palavra “curço”… Paciência me falta as vezes!

              • Sim! Ela tinha terminado o “Curço” de alguma coisa… E eu, numa leve indireta, escrevi: “Depois de ler a palavra “curço”, vou dormir q ganho mais”… A pessoa se doeu! Vieram uns 10 BMs da minha família (incluindo meio-irmão e primas) defendê-la, eu saí como a vilã da história, que aliás rendeu muito pano pra manga, graças ao simples comentário, e acabou q excluí a merda do face, já q não tenho liberdade de expressão nem lá!
                A internet decaiu com a introdução do BM no cybermundo!

                  • Foi um pior q o outro! Uns dizendo “não liga não, mãe, isso aí é tudo Enveja”… Pq claro, eu morro de “Enveja” daquele bando de caipira sem estudo! Mas o pior argumento foi: “Nem liga, tia! Essa pessoa escreve anCiedade com C”… Fiz ela procurar onde é q eu, uma jornalista formada que fez trocentas aulas de português na faculdade, fora q sempre gostei da matéria na escola, leio pra “caraleo” e amo escrever, havia escrito anCiedade… Ela não achou, óbvio! Falácias…
                    Aí depois de ler que era “muito chato ficar corrigindo os outros”, eu peguei minhas coisas e fui embora de lá!

    • Luciana, eu não divulguei este texto em lugar nenhuma. E desocupada é você, que ao ler e discordar em vez de me ignorar e ir tocar sua vida perde seu tempo tentando deixar um comentário ofensivo aqui. Beijos

    • O que tem uma coisa a ver com a outra, Aline? Coisa mais fraca argumentar atacando o interlocutor em vez de atacar os argumentos apresentados. Tudo que está escrito aqui passou pelo aval de um obstetra e também está escrito em livros médicos. Lamento se a verdade te doeu.

        • Aline, como pode eu querer ibope se nem ao menos divulgo a postagem? Em todo caso, você continua sendo burra, se eu quero ibope, não sei se você percebeu, mas você está me dando…

  • O quê? Uma criatura que NUNCA engravidou escreveu isso? O texto perdeu totalmente a credibilidade. Minha contribuição: tive uma gravidez maravilhosa, sem enjoos, sem vômito nenhum, meus pés incharam sim no final da gestação mas não me impediu de dançar no ano novo. No último dia de gestação, com 40 semanas, minha bolsa estourou, cheguei no hospital com 5 dedos de dilatação, em 5 horas tive minha filha, num parto normal e SEM DOR! Nós duas trabalhamos juntas naquele momento, criando uma conexão que só quem engravida conhece. Sou completa, realizada e infinitamente feliz apenas por ser mãe.

    • Daiane, se engravidar fosse requisito para entender de gestação, obstetra só poderia ser mulher. Escrevi o texto orientada de perto por um obstetra, não tirei nada da minha cabeça.

      • [/sem paciência]

        Nossa… tá uma enxurrada de “comigo blablabla”, “comigo não aconteceu”…

        Se experiência pessoal valesse alguma coisa, leite estaria proibido no mundo (dado que EU não posso tomar leite).

        E esse povo mente que nem sente, né? Esse monte de arrombada falando que parto normal não dói nada????!!!! Passa uma porra de um bebê de 4 ou 5 quilos por um buraco que segura OB e a pessoa não sente??? Isso é desfavor para quem está grávida e quer se preparar para o que PODE acontecer no parto… Se é esse o argumento, experimentem bater barras de ferro na cabeça. Eu fiz e não doeu nada.

        • É um mix de burrice com egocentrismo usado como mecanismo de defesa, pelo fato da pessoa ter uma vida e profissão irrelevantes. A pessoa acaba achando que se não aconteceu com ELA, não vai acontecer com mais ninguém em toda a humanidade. Pior é a burrice de nem perceber que este é um argumento falho e sair vomitando isso como se fosse uma verdade inexorável. É por causa de gente assim que o PT vai continuar mais 200 anos no poder.

  • Concordo com algumas coisas escritas, mas é uma besteira achar que todas as mulheres tem TODOS os sintomas. Eu estou na minha segunda gestação. Na gestação do meu primeiro filho, ela foi tranquila até 6 meses, não tive NADA de enjoo, nada de nada… quando chegou aos 6 meses tive o ciático incomodando que me impedia de andar, resultando numa lerdeza e engordei além da conta. Mas tirando isso, não tive nada dessas coisas, levei a gravidez até 38 semanas e não tive hemorroida e muito menos prisão de ventre.. Não fiquei com pele manchada, nem todas essas coisas que colocou. O primeiro parto foi cesariana, não senti nada de dor, senti movimentarem o bebê, mas não foi nada assim tão apavorante (exagerou aí no pavor amiga). Depois da cesariana eu andei normal, e a dor que eu sentia era de gases. Ao falar com as visitas a gente junta gases e eles doem muito, a cirurgia, pelo amenos a minha, não doeu nada. Porém, sempre tem um porém,.. meu filho ficou na UTI e por essa razão não amamentei ele, e não estimulei o leite.. e fiquei muito estressada depois, por não ter leite.. Nessa nova gestação, 8 anos depois, está sendo tudo diferente… Eu vomitei 4 meses que nem a menina do exorcista, é verdade.. Por conta disso estou no sexto mês e não engordei nenhum kg para o bebê, mas passados os enjoos, estou apenas com a “moleza” da grávida, é uma indisposição generalizada, como se fosse o cansaço de um dia de trabalho de estivador, mesmo que não tenha feito nada.. Então concluo que acima você citou todos os fatores ruins já relatados por grávidas, sendo que nenhuma grávida tem todos os sintomas juntos. Acabou por assustar as grávidas, sendo que quem engravidar terá alguns, não todos… Ou seja, você está apavorando mulheres a toa; Um dia será mãe e verá que terá alguns, mas não tudo isso junto. E quem sabe tome uma sábia decisão, deletar esse poste de cunho “engraçadinho”, porque verídico ele não é, ou a mulher teria que ser muito azarada para ter todos.. Quem sabe não seja você né kk, a azarada.. seria bom, pelo menos na mesma medida que apavorou meio mundo de mulheres, sentiria também toda essa dor que tanto falou; Estou aqui viva, passando pela segunda gestação e digo que isso não existe…

      • Dei uma olhada nessa matéria, e na verdade não me surpreendeu, pois já passei por várias gravidez, e hoje tenho 4 netos e 1 bisneto, e sei perfeitamente o que é ter filhos. O que na verdade me chamou a atenção é ver que desde o início de 2013 você está relutando para impor suas idéias e opiniões aos demais leitores, e pelo que você já escreveu, vi que nem filhos você tem e escreve como se fosse uma especialista no assunto. Quem sabe o dia que você for mais “madura” e mais vivida, você poderá tecer opiniões mais adequadas à uma realidade da qual você ainda não conhece.
        Tenha uma boa sorte.

        • Vovó, isso aqui existe desde 2008. Não quero impor porra nenhuma, tem filhos quem quer. Para ser especialista no assunto gravidez precisa ter filhos? Então acho que todos os obstetras homens não entendem nada sobre isso né?

          Acredite, não é filho que amadurece uma mulher. Eu sou bem mais madura que você, pois sei ler uma opinião contrária à minha sem por isso necessariamente desmerecer o interlocutor.

          • Vixi!!! 2008!!! Não vai me dizer que você está a quase 6 anos batendo boca inutilmente!!!
            Com essas suas idéias “podres”, realmente dá pra perceber que você tá é “passada de madura”!!!

          • O mal do ser humano é nunca respeitar as opiniões dos outros e achar que somente seu ponto de vista é o correto, rotulando quem pensa ao contrário como tapado, ignorante, etc. Gente assim nem pode ler qualquer texto dissertativo que contrarie suas opiniões ou algumas delas que já vão ficar com ódio e querer matar o interlocutor em vez de discordar somente do argumento. Faça -me um favor, é por isso que este país não vai pra frente…

  • Eu tenho 4 filhos !! Tive um nascido prematuro de parto normal e faleceu 10h depois… depois de 7 anos engravidei.. tudo lindo!! ele é lindo!! depois de 4 anos uma menina… linda.. uma boneca.. e depois, para me surpreender uma gestação gemelar!! lindos.. enomes.. saudáveis.. um casalzinho.. 3 cesáreas e 4 filhos!! Glória a Deus por tê-los!!

  • Avatar

    Zaq (o cahorro!)

    HUAHUAHAHAUH!!!! Muitos AHUHAUHAUHAU!!! Vou mostrar para a minha mulher! Nada como um banho de verdades verdadeiras!!

  • Hahaha..mto bom,achei oq eu queria..acabei de descobrir minha gravidez mais já me sinto horrivel..eu sempre ativa to uma porca q so come e dorme…e os outros só vem me dizer q é lindoo..avá to vendo nada de lindo por enquanto..nada contra o amor do meu filho mais gravidez é uma bosta!!!Tenho medo até de fazer coco nessa situação :P

    ADORei super sincera vc!!

    • Glaucia, quando seu filho nascer tudo vai passar e você vai ver que todos os desconfortos são um grão de areia perto da alegria de ter um filho… mas até lá, muita força para aturar esses “sintomas” hediondos!

  • Ola pessoal.
    Eu li o texto inteiro, mas não concordo com tudo.
    Estou passando pela minha segunda gravidez, está tudo ótimo.
    A primeira foi melhor ainda, não senti absolutamente nada no inicio, engordei apenas 6 kg e não tive estrias, optei por fazer cesareana, porque acho que não tem necessidade da mae sofrer se nao quer, a minha correu bem, não senti dores, não senti empurroes nem nada, depois da operação foi tudo bem, não poderia ter sido melhor, acho uma boa opção para as maes que tem medo do parto.
    Agora estou com quase 6 meses e esta tudo ótimo, não tenho inchaços e até o momento só engordei 2 kg, não tenho grandes problemas, e já planejamos a cesarea.
    Eu respeito a opinião de todos, mas não podemos generalizar e dizer que se voce ficar gravida isso ou aquilo vai acontecer, pois tambem depende de muitos fatores, genéticos, fisicos, hereditários, etc.
    As mulheres não são todas iguais e nem todas terão os mesmos sintomas.
    Um beijo a todas e força para as que estão gravidas e sorte para as que querem ter um bebe, é verdadeiramente indescritivel.

  • Hahahahahahahaha!!!!!!!!!!!!!!!!! Amei o texto!!! Estou sofrendo há 8 meses com essa porcaria e é tudo verdade, bem do jeito que está descrito. Além de ter toda essa merda, o sofrimento que eu estou passando é involuntário. Ou seja: pra mim, isso está sendo o inferno do começo até o fim.

    • Tenho certeza que quando o bebê nascer tudo isso vai ficar pequeno perto das alegrias que você vai ter. Mas que esse inferno existe, ele existe…

  • Q pena de vc…por tras de tantas palavras só revela uma mulher triste e vazia, pois não pode senti nem o lado bom e nem o ruim da gravidez.

    • É mesmo, Ana? Essa é a sua explicação para quem discorda de você? Atacar o interlocutor em vez de se ater aos argumentos apresentados? Também tenho pena de você, talvez você não seja vazia, mas eu acordo tarde, não limpo merda e não me aborreço. Enquanto você paga mensalidade de escola eu viajo, enquanto você atura choro eu ouço música clássica e enquanto você gasta dinheiro com filho eu me dou ao luxo de comprar o que quero para mim. Se isso é ser vazia, quero morrer vazia. Chamar de vazia quem pensa diferente de você é muito medíocre.

      • Sério que você fez essas comparações, e se acha privilegiada com os seus “luxos”??
        Realmente sua vida é muito vazia, e acho que você nem se dá conta disso! Espero realmente que você acredite no que fala e escreve, deve ser menos doloroso.

        • Andrea, não compreendo porque minha opinião te interessa ao ponto de vir aqui contestá-la. Você não tem nada melhor para fazer não?

          • Já ouviu falar em COMPAIXÃO?

            É… eu imaginei! ;)

            Seja feliz nesse seu mundinho, é o que eu desejo sinceramente!

            • Compaixão é o eu sinto quando eu vejo uma pessoa tão vazia, com prioridades tão pequenas e com essa inversão de valores.
              E foi isso que fez eu perder o meu tempo, como você diz, pra vir dar a minha opinião aqui! (melhor explicar já que desenhar não é o meu forte :D )

              Mas sou muito sincera quando digo que espero que vc seja feliz!

        • Vazio é quem põe suas escolhas e felicidade nas mãos de outra pessoa. Poder escolher (qualquer que seja a escolha), não é luxo, é inteligência…

          Vamos para uma discussão mais legal? Por que vocês PRECISAM ter filhos? Por que vocês se sentem TÃO incomodadas ao falar do lado ruim dessa escolha? Ou não foi escolha?

  • Porra, achei um máximo oque vc escreveu, dei muita risada !!
    Eu sou mulher e passei por metade dessas coisas, amo meu filho… mais mesmo por isso não digo que tudo é lindo e gostoso ! é porra nenhuma, mulher sofre, eu odeio ser mulher e foda-se quem fala ao contrario, só quem passa, só quem vive sabe como é … mulher é igual um bixo, os exames faz com que ficamos expostas a pessoas que nunca vimos, que nos pegue ou nos meta o dedo (exame de toque) e ainda tem que achar tudo normal !!

    Amiga adorei as palavras kkkkkkk

    • Eu tambem adorei.saber que ainda existem pessoas com senso de.humor.como você. Muito chato esse povo caga regras que baixou por.aqui!

      • kkkkkk adorei o texto …ri demais! A mais pura verdade! E olha que falo de cadeira: mãe de uma menina de 7 anos e com mais um a caminho. Daria um belo episódio de “A Vida como ela é”. Abraços!

        • Anne, você não sabe como eu fico feliz quando vem uma pessoa aqui neste texto RIR em vez de me xingar. Me enche de esperanças na humanidade, ainda tem gente que capta meu senso de humor em vez de se ofender com ele…

    • aff quem escreveu essa merda toda,de ser uma recalcada…ter um filho não tem preço ou salto e enjoo q pague…vc deve ser louca pra ter um e não arruma um macho pra fazer e assumir!!
      um corpo com gordura qualquer academia ajuda,mais a felicidade de ter um filho fdp nenhuma tita de uma mãe…kkkk vc deve ser retardada e muito monga…aff vc ouvi um rock desgraçado ne monga?

  • Nunca planejei ser mãe, mas aconteceu. Estou no 9º mês de gestação e a minha pergunta nos 04 primeiros meses foi a mesma: quem disse que a fase da gravidez é prazerosa? Tive enjôos seguidos de vômitos, perdi minhas roupas no 2º mês, pois minhas calças, shorts, saias e vestidos eram todos 36, não podia ir pra balada pq só dava vontade de dormir, cheiro de restaurantes me enjoavam, tive que tomar todas as vacinas de novo pq perdi minha carteirinha, fiz exames dolorosos, minha imunidade despencou,… A parte boa é que não tive estrias na barriga e seios.
    A primeira vez que fiquei feliz de fato, foi quando essa fase acabou e senti o bebê mexer dentro de mim pela primeira vez, é uma emoção inexplicável.
    Agora, estou na fase do desconforto para dormir, na dor pélvica, que é o corpo de preparando para o bebê nascer, da azia que sem sabia o q era antes de ficar grávida, não posso mais dirigir, fico dependendo das pessoas ou tenho que ir de ônibus…
    Meu bebê ainda não nasceu, a previsão é que ele chegue ainda essa semana, mas se me perguntarem: vale a pena? Eu digo com toda certeza: VALE MUUUITO A PENA!!!!
    Imaginem só quando nascer….
    O texto é bem interessante, porém vale lembrar que nenhuma mulher passa por tudo isso, é uma junção de experiências que cada uma teve, até pq, se alguém passasse por essa soma, só teria um filho na vida….rs

    • Vale a pena PARA QUEM? Para você vale, dá para ver que você está muito feliz e acho muito bacana. Mas nem sempre o que você sente é o que todo mundo vai sentir.

      Os desconfortos certamente são passageiros e nem se comparam à alegria de ter um filho, o problema é achar que toda mulher vai amar ter um filho. Nem todas amam.

      • Avatar

        Hogro Mariatti

        Minha muié quando engravidou achou que ia deixar de fazer tudo o que fazia antes e estava desesperada. Ela realmente deixou de fazer um monte de coisas mas nem se importa mais com isso, devido ao filho.

        Acredito que as mudanças durante a gravidez não sejam apenas físicas.

        Alem do mais, pra aliviar o fardo, garanti que depois de uns 30 anos os filhos saem de casa, e teremos nossa vida de volta!

        • “garanti que depois de uns 30 anos os filhos saem de casa, e teremos nossa vida de volta!”

          Gostaria muito de compartilhar de seu otimismo, tentei muito isso, mas simplesmente não consigo. Os filhos saem, mas voltam trazendo os netos. E, com isso, você vira creche, babá, motorista…e, muitas vezes, neca$ de ajuda dos filhos, sobretudo quando escolhem uma profissão romântica para viver.

          • Avatar

            Hogro Mariatti

            É o ciclo da vida…

            Mas parece que cada geração anda mais ‘folgada’ e dependente dos pais do que a anterior…

            Ps.: De qualquer forma estou rindo por me chamar de otimista nesta situação. É tragicômico…rs

            • Do jeito que os imbeciloides que tem baixado por aqui se importam com o que os outros pensam, ja ja tem gente se suicidando

              • “Mas parece que cada geração anda mais ‘folgada’ e dependente dos pais do que a anterior…”

                Sim, tendo a acreditar que isso cada vez mais independe da criação dada aos rebentos. A Receita se antecipou à isso e vai permitir dedução com gastos dos filhos que ainda não saírem de casa até 28 anos com educação (32 se for pós-graduação)

                Penso nos Darnonis nessas horas. O pai, advogado tributarista, era quem bancava a família do filho e, muito provavelmente, a pensão da mãe da Pisanella, Enforcaella, Batenella, Espancaella, Jogaella, Nãomateiella… Mas agora os problemas deles acabaram, a Peroba vai sair da cadeia e virar pastora evangélica.

                E isso é longe de ser um exemplo extremo…conheço gente tão parecida com eles que, além dos próprios netos, leva até a própria roupa suja pros velhinhos lavarem toda semana, rouba a diarista dos velhos, recebe mesada aos trinta e tantos anos, mora no mesmo prédio deles, para ficar mais cômodo buscar os rebentos depois…é, depois falam que a velhice é a melhor idade. Só rindo mesmo.

                Nesse sentido, os pais da Suzy von Killmother sairam até ganhando… a filha fez um favor matando-os, pois a morte deve algo bem melhor do que sofrer com a filha (não tão) brilhante juntar-se a um aeromodelista burro e vagabundo, ter que sustentá-los e a seus rebentos, além do patrimônio de toda uma vida acabar consumido em prol de descendentes nada brilhantes. Foi um ato de misericórdia dela. Não consigo vislumbrar ato maior de amor do que esse.

                De qualquer forma, já que sou mais velha que vocês dois, poderia escrever o “lado negro de ser avó” um dia…hahahaha

                • Avatar

                  Hogro Mariatti

                  Me sinto tão arrependido dos entraves que tivemos.

                  Vc parece ser uma pessoa madura e que tem muito a trocar.

                  Um dia quero ser seu amigo…rs

                  • Lembre-se que os entraves foram para te ajudar.

                    De qualquer forma, amigos ou não, não queria estar na sua pele agora. É muito triste alguém ver o filho ou filha bebê de qualquer um se transformar paulatinamente nesse ser cada vez mais folgado, dependente e despreparado que você descreveu, estendendo sua adolescência dos 20 aos 30 anos. Quando seu filho for mais velho, você vai entender o estágio que me motivou a escrever aquilo lá em cima, até porque a convivência diária tira essa percepção. Minha bagagem de nada adiantou.

                    • Avatar

                      Hogro Mariatti

                      Tentarei ser otimista. As vezes é só questão de uma percepção diferenciada.

                      Ou aproveitar antes da fase ruim..rs

      • Para você com certeza não vale apena e acho que até está certa em não querer ter filhos, pois, ninguém no mundo mereceria uma psicopata como mãe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: