Top Des: 21/07/2013

topdes_85

  • Playboyzinho ferindo manifestante. FONTE

SALLY: Não faz mal, a questão já foi resolvida à moda da polícia carioca: a vítima foi incriminada e detida com um flagrante forjado de maconha.
SOMIR: Se não tem pão, que comam cinzeiros!

  • Sonegando informações: conta antes que te matem! FONTE

SALLY: E eu aqui me desdobrando para pensar em temas de postagens… INFORMA EU!
SOMIR: Fale agora ou cale-se para siempre.

  • Revanche previsível. FONTE

SALLY: Luta com resultado anunciado: aproveitem para apostar e ganhar um dinheiro fácil.
SOMIR: Nova camiseta: Anderson Knows… How To Make Money.

  • Intocáveis de olhos puxados. FONTE

SALLY: Até então, eu cagava para essa gente de olhos puxados, mas agora faço questão de falar mal.
SOMIR: Escolhi essa notícia para que todo mundo possa ver o vídeo! Vamos valorizar a trollada arte.

  • Apesar de tudo, Dilma ainda venceria uma eleição presidencial no Brasil. FONTE

SALLY: Não adianta fazer merda e depois sair na rua reclamando. Fica o alerta para os movimentos sociais: ou dá um tiro nos cornos dela, ou ela volta. Mexam-se!
SOMIR: O pior vandalismo é o feito nas urnas.

SALLY: Defina “adultos”.
SOMIR: Wall-e não era para ser um manual de instruções…

  • 700 mil para morar na FAVELA. FONTE

SALLY: Quem precisa de esgoto, de coleta de lixo e de correios? Em vez de pegar esse dinheiro e comprar uma bela casa em outro Estado, paga caro e mora mal no Rio!
SOMIR: Realmente o problema das drogas está fora de controle nas favelas cariocas.

  • Juízes e Desembargadoras sem concurso, apenas por serem filhas de Ministros do STF. FONTE

SALLY: Pedigree Jurídico: aquilo que te difere entre uma escritora falida de blog ou uma Desembargadora.
SOMIR: Incrível como tanta gente do Judiciário parece ter faltado no dia da aula sobre nepotismo…

  • Policiais que dispararam TIROS contra manifestantes negam o que todo mundo viu. FONTE

SALLY: Vândalo é quem quebra uma lixeira de plástico, quem atira com armas letais é bacana.
SOMIR: Equipamento padrão: Eram apenas balas de efeito mortal.

SALLY: Deus não curtiu isso.
SOMIR: Se religião fosse remotamente difícil, não seria tão popular.

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Comentários (2)

  • Se a casa na favela ta assim, imaginem no asfalto. Outro dia, uma amiga procurando casa ali pelo Méier, achou uma que ficava numa transversal da Dias da Cruz por módicos R$ 1.000.000,00. Isso mesmo: no Méier.

    • Tudo no Rio está a um preço proibitivo. Pior: para ter NADA em retorno, porque atualmente o único diferencial da cidade são as belezas naturais. Não fode, pagar muito mais caro em tudo só para ter mar, montanha, lagoa e planta por perto? Não, obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: