Maravilhas vs. Créu

Tudo que é ruim pode piorar. Graças a nossa amada Tom Produções eu trago hoje o que eu considero ser o mais horripilante vídeo das nossas queridas (fazer o quê? Já me afeiçoei…) Bonde das Maravilhas. Nesta maravilhosa obra de arte, nossas heroínas faveladas travam um “duelo” com Mc Créu. Nossa coluna nova começa na forma de Des Cult, já que é a primeira vez e estamos apenas fazendo uma amostrinha, para contextualizar, mas não se preocupem que no meio do caminho ela vira um Des Avisados.


Antes de mais nada, se você vive em algum recanto civilizado desse Brasilzão, deixe eu te contar quem é Mc Créu (pois Bonde das Maravilhas você já sabe, todo mês a gente fala delas). Mc Créu ficou famoso com uma única música de cinco frases chamada… adivinha? CRÉU. Esse povo gasta toda a criatividade com pequenas fraudes como atestado médico falso para faltar ao trabalho ou táticas para furar fila, não sobra muito na hora de compor.

Pois bem, Mc Créu era aquele que cantava que para dançar créu tem que ter disposição, para dançar créu tem que ter habilidade e falava nas cinco velocidades. A Mulher Melancia era dançarina dele. Ainda não ligou o nome à pessoa? Sensacional, favor me informar onde você mora para que eu me mude para lá. Enfim… esse elemento da mais fina nata da favelice carioca resolveu duelar com as nossas Maravilhas, copiando uma prática que é usual entre rappers e outros marginais ostentação internacionais. Só que aqui o duelo não é de rimas, nem de música nem de dança. É de bizarrice. Você já achava meio estranho e de gosto duvidoso o que nossas Maravilhas faziam? Você não viu nada.

Como se não bastasse esse cenário decrépito e poluído, temos cinco Maravilhas (que ocupam cada vez mais espaço), Mc Créu, duas dançarinas de Mc Créu (igualmente com sobrepeso tido como gostosura) trajando roupa de academia e dois dançarinos de Mc Créu com aquelas calças frouxas que deixam o rego de fora. Tá lá a gentalha toda debaixo do viaduto todo pichado. Um rápido olhar te faz pensar que são um bando de cracudos.

Blá, blá, blá… maquiagem cagada, roupa cagada, cabelo cagado, corpo cagado. Vocês sabem, não preciso repetir. Um detalhe: ou eu muito me engano, ou Sbrubles (possível Neca, ainda em análise), que se encontra à direita da vocalista, parece ter embranquecido. O toletinho capilar continua lá, mas a pele… Estaria Sbrubles com vitiligo? Segue-se aquele epilepsia anal que sempre marca o clipe das Maravilhas. O plus é o reverberar do movimento pelas coxas de Sbrubles em câmera lenta. Tá certo que cada uma ali deve ter sete filhos, mas porra, nem eu que tenho o dobro da idade delas tenho a perna tão flácida! E Sbrubles é magra, não era para ter essa perninha de pudim!

A bunda de Karol se fundiu com suas coxas e agora são uma coisa só, a menina parece um frango em pé. Escaralhou, gente. Escaralhou de vez. Pobre é assim, depois do primeiro filho (aos 16 anos) o corpo escaralha para todo o sempre e até os 45 anos (expectativa de vida dessa gente é baixa) elas usarão em redes sociais suas fotos dos 15 anos de idade, época em que seus corpos ainda não pareciam um saco de carne moída. Karol ainda fez uma tatuagem na coxa, que quando era magra deveria ser uma lagartixa e hoje mais parece um dragão. Só fez o contorno, vai ver está juntando dinheiro para preencher. Preenche logo essa bosta, Karol. Sua perna está parecendo uma cruza de Jardim Secreto com bacon.

Mc Créu começa a cantar. Sua cara de maluco drogado não é o pior do layout. O que mais me aborreceu, e talvez alguém aqui consiga esclarecer, é porque caralhos todo pobre tem essa tara por se vestir de branco da cabeça aos pés. Podem reparar. Não sei se é o desejo sufocado de talvez poder virar médico, se é um auto-racismo (não podem se embranquecer, então, vestem branco?) ou se é mais fácil de deixar de molho na água sanitária depois que passam pelo barro da rua não-asfaltada ao voltar para casa, só sei que eles tem essa coisa com branco. E só o pobre alfa detém o direito do branco, reparem que os dançarinos dele estão com roupa escura!

Tá lá o Créu todo de branco com um salpicado de prata na camiseta cagada, provavelmente Armani Exchange, marca favorita da pobralhada. Tem que ter brilho, porque pobre acha que brilho é luxo. Eu culpo Joãozinho Trinta. Óbvio que o relógio é aquela porra brega de Invicta, algo semelhante a uma cebola dourada no pulso. Para completar, bonezinho com o próprio nome. Spoiler: só é possível remover o boné de um pobre carioca com intervenção cirúrgica. Pois bem, este fascinante ser humano lança um desafio às Maravilhas: Quadradinho de Ponte.

Quadradinho vocês já sabem o que é: aquele desencaixar de quadril que mais parece uma displasia coxofemoral. A novidade agora é que tem que fazer o quadradinho enquanto faz uma ponte, aquela posição onde a pessoa se apoia apenas nos pés e nas mãos com a barriga para cima. A Maravilha que tenta fazer, visivelmente não consegue, mas um jogo de câmeras rápido tenta disfarçar. Horrível? Calma que piora. Uma Maravilha faz ponte por cima da outra e ficam tentando fazer o quadradinho. Observem o reverberar das coxas. É como dar um peteleco em uma gelatina.

Elas insistem. Só vinha uma coisa na minha cabeça: aquela cena do filme “O Exorcista”, onde Reagan desce a escada em ponte. Estava vendo a hora que uma Maravilha ia abrir a boca e vomitar sangue. Mas algo me chamou a atenção. Créu se refere a este nobre movimento como “Quadradinho 187” e até desenha um 187 no ar, reforçado pelos maravilhosos (d)efeitos especiais da Tom Produções. Matemática e pobre, esta fascinante combinação! Eu não conseguiria dormir se não descobrisse o fantástico caminho para que Mc Créu chegue a esse numero. Começou minha saga.

São cinco Maravilhas, supondo que cada um estivesse fazendo um quadradinho de 8, teríamos 8 x 5 = 40. Definitivamente, não é o caminho da multiplicação. Talvez fosse uma alusão ao numero de parceiros que a Maravilha que estava fazendo o movimento teve, já que ele começa a falar que “a ponte sobe e desce”.

Corroída pela dúvida, fui questionar ao Somir, às 23h da noite, o que seria esse 187. Ele, muito irritado, sugeriu que seria um artigo do Código Penal que elas violariam enquanto fazem o quadradinho. Cheguei até a pensar em alguma alusão ao corpo humano, onde o tronco simbolizaria o numero 1, os dois buracos (buceta e cu, que o contexto não pede delicadeza) da moça simbolizariam o número 8 e as perninhas tortas o 7.

É isso. Eu passei mais de uma hora pesquisando, tentando entender esse Easter Egg da Favela que deixaram ali sem explicação. Sede por conhecimento é um karma, te pega em qualquer situação. Olha, quando nem o Google sabe responder, fica feia a coisa. Vocês podem pensar que é besteira, mas não é. O que estamos fazendo aqui é neurociência pura, ok? Descobri elos, conexões, exercitar o cérebro linkando todas as informações que você conhece… Descobrir o significado do 187, Minha Gente, é ginástica mental!

Obriguei o Somir a ver o vídeo todo. Como eu não o deixei em paz, ele percebeu que eu não ia parar e se prestou a criar teorias comigo. Sugeriu que 187 fosse uma linha de ônibus na qual elas habitualmente fazem suas saliências, mas porra, se alguém faz AQUILO dentro de um ônibus, o nome do grupo deveria mudar para Cirque du Soleil das Maravilhas.Também pensamos em 187 como gíria americana que indica assassinato. Como é muito usada por rapper, talvez o Mc Créu já tenho ouvido falar. Só não me perguntem o que linka um assassinato com o Quadradinho de Ponte. No caso, minha vontade foi ME matar, talvez.

Após muito tempo quebrando a cabeça, eu desisti. O Bonde das Maravilhas me venceu, plantou um Easter Egg que eu não consigo decifrar. Eu me rendo. Mas não quero morrer sem saber. E é aqui que nasce a nova coluna, a Des Avisados. Eu fiz a minha parte e entrei em contato com todas as fontes relacionadas com as Maravilhas que encontrei, desde elas mesmas, Tom Produções, produtores e até mesmo um infeliz que responde oficialmente por “Rafael Zueira”, elencado no Google como contato delas. Atirei para todos os lados. Deliciem-se com meu e-mail.

Boa noite,

Em primeiro lugar quero parabenizá-los pelo sucesso que é o Bonde das Maravilhas e todos os que estão envolvidos em seus clipes. Sou fã e acompanho as Maravilhas desde o começo de suas carreiras, tanto que decidi fazer um trabalho acadêmico sobre o Bonde.

Estou escrevendo uma tese de mestrado onde traço um paralelo entre a evolução dos quadradinhos do Bonde das Maravilhas e a evolução social, bem como sua importância no movimento de liberação feminina. Compreendi perfeitamente a origem do nome do quadradinho de oito, do quadradinho de borboleta e outros movimentos por elas desempenhados. Porém algo me intriga.

Estou experimentando enorme dificuldade para compreender a origem do nome Quadradinho de Ponte 187, no clipe que a Tom Produções filmou com o Bonde das Maravilhas e o Mc Créu. Se vocês souberem me esclarecer a razão do numero 187, ou me colocar em contato com alguém que possa fazê-lo, serei muito grata, pois só assim meu trabalho acadêmico estará completo.

Desde já agradeço a atenção e lhes desejo cada vez mais sucesso.

Continuei analisando o clipe enquanto esperava pela resposta.

Agora é a vez das Maravilhas lançarem um desafio para Mc Créu Omo Dupla Ação. Ao menos nesse trecho uma frase fez sentido para mim: Thayiyssahh aponta para si mesma e diz “eu sou profissional”. Percebe-se, Meu Bem. Bacana que ela assumiu, espero que tenha deixado de acalentar aquele sonho da faculdade de medicina. Vai ganhar muito mais sendo profissional. Ela completa: “o que vier eu faço”. Também percebe-se. Olhemos o lado bom, ela acertou a pronúncia da palavra “vier”. Se eu ganhasse um real por cada vez que tive que ouvir pobre dizendo “vinher”, estava rica. Ela desafia Mc Créu a fazer o Créu de cabeça para baixo.

Como dignidade ali passa longe, ele planta uma bananeira e começa a fazer movimentos copulatórios de cabeça para baixo. Quando eu vi a cena começando, pensei que seria forçada a ver mais do que queria: calça branca de tecido vagabundo + movimento de quadril? A transparência ou ao menos o contorno seriam inevitáveis. Me encolhi, abri apenas um dos olhos, pronta para ver aquele vulto de tonalidade marrom (de pobre nunca é rosa), mas, para minha surpresa… nada. Tenho para mim que Mc Créu tem o mesmo layout do Ken, o namorado da Barbie. Só isso explica. Para coroar a pobreza, aos 1:31 podemos ver a cueca Calvin Klein aparecendo. Porque pobre é assim, se gastou 50 conto em uma cueca, ele VAI mostrar, nem que vista ela por cima da calça, tipo Superman. Desgosto…

O poder do desafio volta para Mc Créu Eunuco. Ele convida as Maravilhas a fazer quadradinho com flexão. Desta vez seus dois dançarinos favelados se jogam no chão e mostram como se faz. Um movimento que parece bastante com o que acontece quando você joga álcool em uma lagartixa. Lá vão as Maravilhas se roçar no chão sujo. Tudo com o cu para cima, fazem quadradinho com flexão. Parece uma fila de rãs. E, de boa? Não fizeram flexão porra nenhuma, quero ver subir e descer!

A vocalista lança novo desafio a Mc Créu: bater com a bunda no chão. As Maravilhas demonstram como se faz, pois aparentemente (já é quase noite), eles demoraram 12h para entender o que estava sendo pedido quando não havia exemplos. Lá vão essas meninas esfregar a virilha em chão mijado em mais um clipe. Isso não pode ser bom para o joelho… Destaque aos 2:55 para Karol tirando a calcinha do cu. Tá em casa, né?

É tarde da noite, Mc Créu desiste e supostamente as Maravilhas vencem o desafio. O clipe acaba. A tela mostra o endereço de contato de Mc Créu com uma imagem de Sbrubles arrastando o cabelo no chão enquanto faz uma ponte. O Quadradinho de Ponte 187 ainda não saiu da minha cabeça.

Quando vi o e-mail na caixa de entrada eu sorri. A solução para o EasterEgg Favelado estava ali. Abri feliz e comecei a ler.

“Fulana obrigado pelos elogio .

O bagulho aqui e PESADO !!!

Kkkkk , muita correria e fe no Senhor e assim que vai .

Nunca pensei q iam fazerteste de MESTRADO dos nossos videos , isso e pra cala a boka dos comedia q diz que funk e coisa de favela , todo mundo curti pobre ou rico tá ligada ? muito responsa o q vcta fazendo ..

é foda explicar o quadradinho 187 pq é um lance do MC Créu o cara já chegou dando a ideia da dança e as maravilha piraram pq a ideia eram bem outra saka ??

aí na horaelas começaram a fazer um lance pesado da ponte , todo mundo foi na delas e o creu disse que tava ainda mais loko q ele pensou . Kkkkk !!!

É um lance que tinha que ta lá senão não liga msm , mais é de boa a ideiua é 187 msm …. Vai nessa que vc escreve sua tese !!!

Blz ??? beijão e segue nosso insta se n tiver ainda gata

Tipo s quizer a gente marca uma entrevista passa o seu whats pra gente se falar blz

Você sabe o que é o Quadradinho de Ponte 187? Nem eu. Explicação de pobre é uma merda. Mas se quiserem levar adiante a entrevista (deixo inclusive vocês escolherem as perguntas nos comentários), vote para esta coluna ficar. Gostaria de ver Sbrubles me explicando isso e seu próprio nome. Nos vemos na próxima semana com novidades sobre o caso. Ou não.

Obs: Vocês são podres que eu sei. Esta coluna já ganhou.

Para dizer que eu consegui descobrir algo melhor que sexo, para votar alucinadamente no Des Avisados ou ainda para se recusar a deixar o nível do Desfavor cair tanto e votar massivamente no Des Atualizados: sally@desfavor.com

VOTAÇÃO AQUI

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Etiquetas: , ,

Comentários (60)

  • Acho que descobri o mistério, Sally!

    Infelizmente, como Carioca, soube de um tal de “Marcelinho 157″, um traficante de uma das ” Comunidades” ( Se chamarmos de Favela, vem a trupe dos politicamente corretos) do Rio de Janeiro, que morreu. ( Ou foi preso, nem sei. Não gasto minha internet procurando sobre isso…)

    Espero ter tirado sua dúvida.

  • Pior é a incompetência do vagabundo responsável pelos defeitos especiais! Na foto que ilustra o post, se vê claramente que só o número “1” coincidiu com o dedo do marginal no traçado imaginário que ele faz no ar. Pode notar que tanto no “8” quanto no “7” seguintes, o dedo tá a um metro de distância de onde o magnífico efeito digital aparece! Só nessa merda de país mesmo!

  • Gente, mas como Karol se acabou depois de ter filho, socorro!!!
    Aliás, todas elas pioraram muito, haja x-tudo!
    Te falar que esse MC Créu tenta a todo custo voltar à “fama”, está usando nossas meninas!

  • Das quatro, é a melhor coluna. Parabéns! É uma pena que vocês não possam escrever todas…

    Ideia: E se vocês dessem férias prolongadas para as antigas que (talvez) não deem mais tanto prazer em escrever (ou estão obsoletas, com temas esgotados) e substituíssem pelas quatro novas?

    PS: Mandei um e-mail para quando vocês puderem e quiserem ler.

  • O vômito não me deixa comentar o vídeo, então faço apenas um adendo ao maravilhoso texto da mais nova e já adorada coluna do Desfavor (pra mim, já ganhou!): intervenção cirúrgica pra remover boné também pode ser aplicada a toda a chicobentaiada(*) desses interiorzões do brasiu. E, quando ficam mais velhos (ou seja, se tornam uma corja de “bentões”(**) mesmo), a intervenção tem que evoluir pra remover os chapelões de peão fincados até o talo em suas cabeças ocas.

    (*) Definição: Chicobento é qualquer desses moleques (idade <=25) que ficam perambulando sem destino certo pelo interior cheirando a bosta de vaca depois das lidas primitivas do campo, discutindo futebol e/ou dando banda de Saveiro velha rebaixada tocando no talo qualquer lixo sertanejo e/ou eletrônico e com aquele par de adesivos clássicos colados atrás: a silhueta da mina peoa empinando a bunda de um lado e, do outro, a silhueta do peão com um pé na parede e cabeça baixa, puxando a aba do chapelão pra baixo.

    (**) Bento: o pai do Chicobento.

  • Depois da resposta à sua pergunta, eu buguei… Ãh??? Que resposta foi essa, meu filho? Sally, entre em contato com Mc’ Créu! kkkkk

  • Antes de comentar o texto, vou comentar o vídeo, que eu tive a infelicidade de ver e escutar… Não consigo saber o q é pior: As caras de favelado do povo todo, as “coreografias”, se é q se pode chamar assim, a letra da música ou a melodia… Me deu vontade de pegar uma arma e apontar pra minha cabeça… PQP!!! Quer morrerrrrr depois de humilhar meus olhos e meus ouvidos desse jeito!

    • Sim, foi justamente o que o Somir sugeriu. Mas… quais seriam as chances deles conhecerem o Código Penal da California?

    • Uma citação desse link:
      “…tais referências se tornaram frequentes em vários itens de sucesso de toda a cultura mundial”

      Ou seja, Mc Creu pode ter visto uns rappers quaisquer citando o número e também quis colocar na música. Só não sabemos se ele tem consciência do que isso signifique.

      E sobre o e-mail do infeliz: ele não faz ideia do que seja 187 e tentou dar uma enrolada, ou ele sabe o que significa, mas não quis passar atestado de criminoso para alguém interessado em fazer mestrado e tentou dar uma enrolada.

  • Será que ele não quis dizer 157 e acabou se enrolando e achando que era 187? Não sei qual é o artigo 157, mas sei que vários funks citam ele. Acho possível que mc Créu tenha errado por não saber bem do que fala

    • Bianca, aqui no Rio a criminalidade é algo tão banal, que os pobres se referem aos crimes pelo artigo.
      Ex: “Caraca Nem, tomei um 157 ontem na Via Show, dei molin!”. Então, entendendo a sabedoria que essa gente tem pra crime, tenho certeza que MC Créu não se enganou.
      Espero ter ajudado.

        • Diana, sei bem como é, moro no Hell também. Não sabia qual era o artigo por ter péssima memória e não por falta de familiaridade (infelizmente).
          Sally, essa coluna ganhou meu coração. Estava inclinada para votar na DesAtualizados porque duvidei do potencial dos BMs mas, coitada de mim, esqueci que eles nunca decepcionam!
          Deixo aqui o pedido para que, caso a coluna nova não seja essa, sejam feitos Desfavor Bonus nesse modelo! O mundo precisa disso!

  • O Brasil precisa se modernizar. Toda vez que precisam mandar alguém pra representar a cultura brasileira em eventos internacionais, tá lá a porra o Olodum.

    É tempo de deixar os heróis do passado descansarem e mostrar ao mundo algo que representa o melhor do Brasil HOJE: o bonde das maravilhas.

  • Incrível a resposta! Escreveu, escreveu e não explicou nada! Perguntei aqui pros meus colegas, fuçamos no Google e ninguém soube dizer. Deve ser nada só pra criar curiosidade ou artigo penal como disse o Somir.

    • Do codigo penal brasileiro te garanto que não é. Será que esse “cerumano” conhece codigo penal de outros países???

      • será que não mesmo? vejamos:

        CC – Lei nº 10.406 de 10 de Janeiro de 2002
        Institui o Código Civil.
        Art. 187. Também comete ato ilícito o titular de um direito que, ao exercê-lo, excede manifestamente os limites impostos pelo seu fim econômico ou social, pela boa-fé ou pelos bons costumes.

        Os artistas do vídeo possuem o direto de se expressar, mas com certeza excedem os limites dos bons costumes.

        “Bando de sem vergonhas, essas mulheres mostrando a bunda…. querem ser estupradas, só pode…. bons tempos aqueles que as mulheres eram recatadas. E esse moço? Deve ser drogado, bandido, outro sem vergonha….” – assinado algum senhor direitista da terceira idade

          • Pesquisei um pouco e descobri que no código penal da Califórnia, o artigo 187 se refere a homicídio doloso. Alguns rappers por lá citam constantemente o numero 187 em suas músicas

            • Sim, foi exatamente isso que o Somir me disse. Mas você conseguiu realizar essa pesquisa porque SABE LER. Olha para a cara dessa gente, será que eles realmente conhecem o código penal da Califórnia?

  • Eu queria poder gritar: Já ganhou! Já ganhou! Só que não, porque pode votar quantas vezes quiser e deveria ser 1 voto por ip. Não tenho saco pra colar o rabo na cadeira e ficar votando sem parar. Essa é a melhor coluna. Acho muito foda trolar os outros! Deveria ter mais vezes! Pena que vai ser uma vez só.

  • Hahahahahahahahahahaha

    Nunca ri tanto na vida ! Se Gezuis existe, nem ele acreditaria nessa suposta tese, mas esse cara superou todos os níveis de burrice .
    Já ganhou ! Já ganhou ! *Votando nesse minuto*

  • desconfio que o 187 serve apenas como fórmula de rima…

    a ponte sobe e desce
    esse é o quadradinho 187

    mc créu, um poeta

  • Como é fácil iludir as pessoas para arrancar informações que elas sequer percebem que são o objetivo principal do contato…. Não que eu já tenha feito algo parecido (imagina! Jamais! Nun-ca!)

    Alem da diversão, sua coluna tem potencial para ser muito educativa: Um lembrete para os leitores de que qualquer um pode se tornar o babaca da vez. Das maneiras mais inimagináveis…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: