Quer ser atraente? Pergunte-me como…

Se você é homem e não consegue ser atraente, quão incompetente é você?

A coisa mais fácil do mundo é um homem se fazer atraente. Mulheres são criaturas generosas que conseguem ver atributos no meio de um poço de merda, meus queridos. Para mulher, não resta muita alternativa se quiser ser atraente: seja bonita. De preferência jovem. E magra. Mas homem? Ahhh… como é fácil ser atraente sendo homem. Basta investir um pouquinho em algum aspecto de você mesmo. Acho isso um absurdo, se eu tenho que ter aparência impecável, bem, homem também tem. Mas a média das mulheres é muuuuito generosa. Então, aproveitem, seus idiotas!

Temos essa mania de projetar nosso sentimento nos outros. Assim, como homem, em um primeiro momento, para um primeiro contato, só se importa com uma coisa (aparência), ele acredita erroneamente que mulher se comporte da mesma forma. “Mulher só dá bola para homem com carrão” ou “Mulher só dá bola para homem rico”. Cada qual projeta sua insegurança na condição para que uma mulher se interesse e repete esse discurso como forma de justificar seu encalhe no mercado. Pois não é verdade. Mulher é um bicho muito mais generoso que homem, é capaz de se sentir atraída por qualquer merdinha em um primeiro contato.

Se isso se mantém depois ou não é outra história. Aí sim precisa de um pouquinho de conteúdo. Mas homem que diz que não consegue mulher, que não consegue nem ao menos uma primeira saída com mulher, tá de sacanagem. É muita incompetência. Não precisa de muito.

Qualquer situação de destaque já ajuda. Não precisa ser rico, como muitos pensam, a menos que seu alvo sejam mulheres interesseiras (nesse caso, repense sua vida). Basta ter uma posição de destaque, qualquer destaque. Por exemplo, pode ser um professor, o mais mal pago da instituição, que aquelas duas horas de pé dando aula vão render admiradoras. Qualquer homem que esteja debaixo de um holofote, por pior que ele seja, consegue admiradoras. Até assassinos condenados e presos recebem cartas de amor. Sim, mulher é assim idiota. E mais ainda são vocês de não jogar com isso. Até holofote de internet serve! Tá fodido? Não consegue nada com mulher? Filho… vai dar aula, de qualquer coisa. É bom para você e de quebra você ensina algo a alguém.

Não tem vocação para falar em público? Não faz mal. A generosidade infinita das mulheres te permite outros caminhos. Compra um violãozinho, usado que seja, e faz algumas aulas. Seis meses de aula você já é capaz de tocar um básico, suficiente para despertar a admiração em qualquer festa ou evento. Eu não conheço homem que toque violão e esteja encalhado. Ok, você vai ter que tocar muita música merda, que provavelmente atrita com seu gosto musical, mas o benefício é imediato. Leve seu violão a reuniões de amigos, eventos e até para a escola e constate. Por nada.

E se montar uma banda então… mermão, você tá feito. Nem precisa ser um Fabiano Cambota da vida, conjugando musica e humor, pode fazer só cover que já dá certo. Pergunte aos homens que tem uma banda por qual motivo o fizeram. Provavelmente não foi pelo amor à música. Sempre vai ter algum lugar na noite para tocar de graça e fatalmente muitas admiradoras assistindo. Isso mesmo, entra na balada sem pagar e ainda recebe um holofote enorme a noite toda. Se bobear ganha até a bebida de graça. E se conseguir compor musica então, pode até ter um terceiro olho no meio da testa que não vai faltar mulher para você.

Não tem gosto pela música? Ok, não tem problema. Mulher não exige muito. Dance. Por mais que homens insistam em relacionar homem que dança com gays, mulheres quase nunca o fazem. E homens que sabem dançar são raridade, os poucos que existem vivem cercados de mulher. Não sabe dançar? Meus queridos… isso se aprende, por pior que seja a pessoa. Basta uns poucos meses de aula de dança, um ambiente abarrotado de mulheres loucas por um par para dançar e pronto, você tem uma bela isca para o resto da sua vida.

Se recusa a dançar? Dá uma palestra. Todo mundo tem algo a ensinar a alguém. Não é possível que você seja uma criatura tão desgraçada que não saiba sobre algo acima da média e tenha algum conteúdo útil para passar! Se é, estude para criar esse conteúdo. Depois, se ofereça para palestrar, ainda que inicialmente de graça. Você faz um bem a você mesmo (estuda algo), um bem ao mundo (passa algum conhecimento) e de quebra acaba comendo alguém. Não é tão cansativo como ser professor, você decide a regularidade das palestras, e tem o mesmo efeito.

Não quer estudar? Ok, ainda existem caminhos. Malha. Malha igual a filho da puta, fica com um corpo escultural, durinho, definido. Não precisa ficar um monstro musculoso, basta ficar sequinho. 10% de gordura corporal ou menos. Tá lindo, mesmo que não seja gigante. Vai ter seu público, homem com corpo sarado depois de uma certa idade é uma jóia rara disputada (às vezes literalmente) a tapa. Se tiver mais de 35, o efeito potencializa, pois nessa idade estão quase todos casados com uma barriguinha nefasta e braços molinhos. Não precisa de anabolizante, vocês sortudos tem testosterona de sobra e conseguem resultados rápidos. Basta a disciplina de malhar diariamente e se alimentar razoavelmente bem. Homens acima dos 35 sarados podem escolher mulher a dedo (sem trocadilho).

Agora é a hora que os fora de forma pulam. Mulher que prioriza corpo é fútil, né? Curioso que, para um primeiro contato de aproximação, homens priorizam corpo e não se recriminam por isso. Babaquinhas, vocês. Acreditem, mulher repara. Poucas coisas acolhem a alma mais do que estar jantando com um sujeito e ver um belo bíceps crescer quando ele dobra o braço por algum motivo. Tem um pacto silencioso de não falar, mas no geral, reparamos sim. Corpo é como tamanho do pênis: a gente diz que não faz diferença, porque quase ninguém tem. Somos delicadas, não queremos humilhar ninguém. Mas repara só se tem homem com corpo lindo sozinho.

Não é chegado em academia? Fica tranquilo, mulher consegue aproveitar qualidades em todos os setores. Lidere alguma coisa. Qualquer coisa: um projeto, uma startup, um site, uma campanha, um movimento social ou até um RPG. Não importa quão patético seja o evento liderado, sua liderança te fará atraente para aquele público. Defina seu público alvo e lidere algo relacionado a isso. Independente de retorno financeiro, a liderança em si atrai. Basta ter a capacidade de se projetar de alguma forma, coisa que, com a internet, ficou muito fácil. Nem que seja um projeto no seu setor de trabalho: mexa-se, crie algo e lidere sua execução. A admiração vem e com ela um jantar, uns beijos na boca e, com um pouquinho de competência, sexo.

Olha como a coisa é simples: até mesmo um animal de estimação pode ser chamariz de mulher. Por incrível que pareça, um homem tratando um cachorro de forma afetuosa e atenciosa em um parque pode chamar a atenção de uma mulher. Muito amigo meu já pegou cachorro meu emprestado como isca de mulher e, pasmem, dá certo. É isso aí, nem cachorro precisa ter! Dizem que o mesmo funciona com bebês, que um pai solteiro cuidando de forma afetuosa de uma criança atrai mulheres, não saberia dizer, pois o fator criança me repele.

Não tem nem cachorro nem criança? Tá ótimo. Humor também pode te ajudar. Não conheço um humorista que não tenha vastas possibilidades com mulher. Mas, novamente, um mínimo de investimento é necessário. Ser piadista espanta mulher. Se vai fazer humor, faça direito. Não seja o bobo da corte engraçadão que conta piada na festa. Piada é 1990. Português, papagaio… esqueça isso. Faça humor moderno, observador, ácido. Grava um standup bacana, joga no YouTube. Estuda um pouquinho, escuta o podcast do Leo Lins (Teoria e Prática do Humor), investe minimamente, caso contrário você será apenas um palhação. Uma tirada sarcástica na hora certa já pode te render uma admiradora.

Esta é uma pequena lista das muitas coisas que podem funcionar como estopim para um primeiro contato com uma mulher, onde o homem já entra causando uma impressão positiva, com um facilitador. Sabem qual é o grande problema, homens? Que vocês não querem nada com nada, não querem fazer nenhum esforço. Querem ficar parados e que a mulher descubra, telepaticamente, como vocês são bacanas, porque nem ao dialogar vocês são bons. Para ficar parado e atrair mulher, desculpa, mas só sendo muito lindo. Entra na academia e quando você sair Khal Drogo level, você se dá ao luxo de apenas ser lindo e ficar parado. Caso contrário, sua lesma, vai ter que se mexer ao menos um pouquinho.

Fazer um esforço para causar uma boa impressão no sexo oposto é algo necessário. As mulheres tem que fazer esforço durante toda sua vida para isso. Mulher tem que ser bonita, tem que estar minimamente em forma, para ser considerada atraente e tem que se cuidar. Ninguém aqui está pedindo que vocês se depilem com cera quente não, sabemos que vocês não aguentam. Só estou dizendo que com um esforço mínimo você já consegue um baita facilitador para atrair mulheres em um primeiro contato.

Mulher não. Vai ser gorda e tocar violão. Para de se depilar mas com excelente sendo de humor. Seja feia mas dê uma boa aula. Vira AMIGA, meu povo! É uma vida se cuidando, uma vida malhando, uma vida pensando duas vezes antes de comer algo engordativo. Vocês, homens, não precisam de uma vida de esforço, poucos meses bastam e de um esforço bem pontual. Mas nem isso querem fazer. São uns descansados de merda que, ao colherem os frutos do próprio desleixo, culpam as mulheres dizendo que mulher só gosta de homem rico.

Com esforço zero, vocês não vão chegar a lugar algum. Não existe abordagem mágica que conquiste uma mulher. Façam um mínimo de esforço para ter algum atrativo ou então assumam a própria inércia sem culpar as mulheres pela rejeição. O conceito de conquista, por sinal, em qualquer espécie da natureza, pressupõe impressionar o sexo oposto de alguma forma. Até o pavão é mais competente que alguns homens, pois se dá ao trabalho de abrir uma plumagem bonita para ser notado. Desculpa te dizer, mas você não é tão maravilhoso para, na inércia, impressionar alguém. Pessoas inertes não impressionam, elas nos são indiferentes.

Nada disso vai te ajudar a manter um relacionamento, óbvio. Mas ajuda na aproximação inicial. E, convenhamos, se o homem não tiver uma personalidade repulsiva, consegue um relacionamento sem maiores esforços. Está faltando entender o conceito de “conquista” nessa geração paumolenga. Conquista não se faz em uma conversa de dez minutos, na abordagem de uma mulher. Conquista começa com um investimento anterior. Uma mulher em uma festa não investiu apenas naquele dia se arrumando, ela investiu por meses se cuidando. Façam o mesmo, seus molóides. Conheçam o que atrai seu público alvo e invistam.

Eu te pergunto: se mulher feia, desleixada com sua aparência fizer alguma das coisas narradas neste texto, ela fica atraente para homem? NÃO. NÃO FICA. Mulher só tem um caminho para se tornar atraente nesse primeiro contato: beleza. Então, porra, se uma mulher pode passar sua vida toda cuidando da sua aparência (e de outras áreas também, que fique claro), vocês podem fazer um investimento (muitas vezes gratuito) de poucos meses para atrair seu público alvo. Não quer? Beleza. Se não conseguir mulher, não culpe as mulheres, culpe a você mesmo e à sua paumolescência.

Para ficar puto e agradecido ao mesmo tempo, para me acusar de machismo sabe-se lá por qual motivo ou ainda para dizer que Sally Surtada é coaching-porrada para homem: sally@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Desfavores relacionados:

Etiquetas:

Comentários (40)

  • Você é uma surtada mesmo, aposto que mesmo com todas essas qualidades aí em cima você nunca deu pra esses tipos. Você é só mais uma dessas mulheres caga-regras que dizem palavras bonitinhas do tipo “Ain! O homem deve ter características de um sedutor, tipo um poeta carismático ou músico” mas no fundo é igual ás outras, que se se seduzem por caras destacados, bombados ricos e cafas. E no caso de o cara ter todas essas características citadas no seu lixo de texto mas que é olhado com cara de bosta pela vadia (leia-se mulher no geral) já no primeiro “oi” quando vai conhecê-la numa festa? Ou que é deixado no vácuo num bate-papo do Facebook sem nem ao menos poder se apresentar para a fulana? Na boa, vocês são todas iguais, maquiavélicas e mau caráter, que não sabem valorizar bons homens!

    • Olha só, após ler um texto você traçou um perfil para mim! Deve ser uma delícia ser tão simplório e cheio de certezas. Muito mais fácil que viver em um mundo complexo, não é mesmo?

      • Certezas essas que tirei da vida, com mulheres arrogantes e prepotentes. E um mundo complexo mesmo de mulheres caga-regras e hipócritas, que dizem uma coisa mas fazem outras!

          • É ÓBVIO que é culpa das mulheres e dessa sociedade frouxa que se rendeu aos caprichos feministas e outras ideias patéticas modernetes. Outrora a mulher era consciente do seu papel de ajudar a formar uma família (patriarcal, é claro!), de casar e amar um marido, querendo ela ou não. Hoje em dia aumentaram seus direitos e ficou assim, uma sociedade de mulheres dissimuladas, promíscuas e de mal caráter. Uma sociedade em que homens mal caráter e com posses que podem comer mulheres e o homem bom e trabalhador é rejeitado. Uma sociedade de homens frouxos que não sabem levantar a voz contra essas aberrações de hoje em dia para voltar a segurar as rédeas e não demonstram que o que era bom não devia ser mudado. Tudo graças ao feminismo, á maldita revolução sexual que deu à mulher o inconveniente e indevido poder; o que fez com que ao invés do progresso como todo mundo é alienado a acreditar houve regressão!

            • A culpa está sempre nos outros… Deve ser muito fácil viver assim. Difícil é, em vez de atacar os outros, fazer uma reflexão e reconhecer sua parte no erro.

              • A minha reflexão tá aí. Um homem honesto que sempre respeitou as pessoas e esperava mais das mulheres. Não vejo erro nenhum, o problema são mesmo as mulheres que não valorizam homens de conteúdo. Simples assim, ou você não percebeu?

  • Ok. Mas nada mais fácil que ser mulher. Por mais feia, mais obesa, mais sem sal, SEMPRE tem alguém querendo comer. É a lei da oferta e da procura, e, sem dúvida, o sexo feminino é o produto mais supervalorizado da sociedade. Quer sexo hoje à noite (sendo medianamente bonita) ? Saia sozinha, escolha seu homem e fique olhando fixamente para ele. Se ele não for até você, passe para o próximo.Pronto. Sem necessidade de conquista, de esforço, de nada.

  • De tanta informação que tenho, era pra eu ser o fodao mestre cheio de mulher…
    Mas não consigo colocar merda alguma em prática.
    Sad ;(

    • Ninguém lê mentes. Ninguém vai descobrir quão interessante você é se você não expuser seu conhecimento ao mundo.

      • A questão Sally, é que eu não consigo abordar uma mulher. Já entendo MUITO de psicologia feminina, mas não consigo ABORDAR mulheres. É raridade eu conseguir! Isso está brecando minha evolução… eu acredito ser muito possível um nerd virar um fodão super social e sedutor, mas estou tendo GRANDE dificuldade nesse ponto. Acredito ter medo de rejeição mesmo, mas sempre fico pensando que a mulher deve ser chata e arrogante, ou estou desanimado. Prováveis racionalizações…

        • Não precisa necessariamente abordar. Duvido que se você der uma boa aula ou uma boa palestra em algum lugar depois alunas não te procurem para conversar ou te adicionem em redes sociais. Hoje é comum a abordagem partir da mulher. Você só tem que ser capaz de estabelecer uma conversa decente, segura e adulta.

        • Anônimo, você precisa fazer uma imersão. Mergulhar num mundaréu de mulheres e perder o receio de abordar. Faça umas disciplinas num curso de pedagogia ou de serviço social, que são entupidos de mulheres. Aí você se habitua a conversar com elas sem ser pra tentar comer, passeia com elas, sai pra dançar. Uma delas você acaba envolvendo. Daí pra frente, você deixa de achar falar com mulher uma coisa do outro mundo, como fazer discurso em formatura ou dar entrevista na TV.

  • Um ponto que faltou também, é que tem uns Zé Ruelas que acham que TUDO de ruim se deve a aparência deles. E não é assim não. Como você diz no texto, aparência pode até ser algo pra atrair alguém, mas se fosse assim não tinha gente feia em relacionamentos. O problema é que esses sujeitos geralmente são MUITO chatos, não tem quem se interesse mesmo, não conseguem desenvolver outras coisas que atraiam alguém. Agora a chatice é repulsiva.
    Lembro de um sujeito conhecido que é bonito, mas a personalidade é extremamente repulsiva, já deu em cima de mim e de todas as minhas amigas e nenhuma se interessava porque ele era chato.

    • O que mais tem nesse mundo é barango com mulher. Definitivamente a falta de beleza não é algo irreparável em homens!

  • Faz tempo que não apareço por aqui, e claro, tinha de cair justo num Sally Surtada. Mas desta vez será pra concordar:

    Foi um dos textos mais verdadeiros que li sobre o assunto. Sem auto ajuda barata. A realidade nua e crua.

    Eu mesmo, ignorando completamente a aparência, consegui admiração e convites femininos (e até masculinos (…)) sendo um atuante comentador de blog.

    Outra coisa que a Sally já falou em outras ocasiões, mas não nesta é praticar alguma atividade física aeróbica. Gente saudável parece mais atraente.
    Montei um grupo de corrida e faço uns videozinhos pro facebook. Só recebia mais corações na época do ORkut, rs
    E na rua os contatos visuais (ou outros) também são bastante facilitados.

    Ah…como é fácil ser homem. Adoro ser homem. Se eu fosse mulher seria feminista só pela inveja de ser homem. ;)

  • Só li verdades!
    Tive alguns professores muito feios, porém inteligentíssimos, que jamais ficavam sozinhos. Eram casados e sempre tinham mais de uma aluna apaixonada. Aliás, uma das maiores paixões da minha vida foi um cara super mediano, pobre, sem aparentemente nada de especial, mas com um intelecto enorme. Não era meu professor, mas poderia ser…
    Sinceramente, não consigo conceber como alguém pode dizer que “tem nojo de gorda” numa hora e falar que “mulher que malha é fútil e só liga pra aparência, porque me trocou por um bombado.” Mas já tantos homens falando isso… É muita hipocrisia. Paumolescência, como já dito!

    • Quando uma mulher rejeita um homem vem sempre um discurso generalista e desvalorizando os critérios de escolha das mulheres. Pior: ainda que os critérios dela sejam os mesmos do homem!

  • HAHAHAHAHAHA
    O pior é que é tudo verdade…nunca entendi essa obsessão de algumas mulheres por homens que são vistos com bebê/banda/cachorro/dançando.
    A psicologia certamente explica. Acho que no fundo, como voce disse, a mulher quer alguém que se destaque da maioria, alguém que faz o que os outros não fazem ( por mais merda que seja esse diferencial).
    O bebê certamente me repulsaria. Mas para mães solteiras ou separadas, significa que o candidato a namorado entenderá como é ter um filho e poderá cuidar do seu futuramente, e não há muitos homens que saibam cuidar de crianças por mais de 15 min. O que também pode ser aplicado para o cachorro , caso a mulher não tenha filhos. O homem cuida bem do cachorro? Cuidará bem de seus futuros filhos.
    Os casos da banda/tocar violão/ dançar se encaixam no quadro do holofote realmente, mas também na parte ‘romântica’ da mulher. Ela já imagina o futuro relacionamento, o cara certamente comporá uma música para ela, cantará olhando nos seus olhos, etc. A música tem esse poder de nos conectar, e não sei explicar ao certo, mas cantores podem ser gremlis vestidos como o bozo, as mulheres nem olharão nas suas faces, afinal, a música atinge a alma , e certamente a alma dele é bela.
    Os caras que dançam…então….há um certo limite no quesito estilo de dança. Quem dança axé está completamente fora da lista de pretendentes de várias mulheres, mas há muitas que , não se sabe o porquê, ficam atraídas por esse tipo. Acho na que na verdade o cara nem precisa dançar. Acompanhando sua parceira sem pisar no seu pé, acho que a noite estará garantida pra ele.

    • É bem simples para o homem: pensar no “público” de sua preferência e se dedicar a atividades que esse público valorize. Não tem erro.

    • Também pensava que caras que dançavam axé estavam fora da mira das mulheres, mas depois de entrar numa sala com umas 40 mulheres ensandecidas gritando a cada rebolada que o professor dava repensei…mulher é mesmo muito generosa…

  • Quer me deixar puta é esse papinho de homem Zé Ruela que não se garante de “mulher só quer saber de dinheiro mesmo!”.

    Meu irmão, se fosse por isso, o pobre que anda de ônibus, mas tem mulher, amante e contatinho, tava chorando num canto.
    Toma uma dose de autoconfiança e para de chorar, seu bosta!

  • Funciona mesmo. Até hoje, todas as mulheres que ficaram comigo sem ser por interesse na minha fortuna o fizeram por causa de alguns desses itens que a Sally falou. Já fui professor, ocupei cargos de chefia, liderei movimentos dentro do trabalho, toco violão e tenho um senso de humor moderno. Mas que a concorrência sempre é forte, a Sally não conta. O problema não é arranjar mulher, é coincidir de ser a que você gosta.

    • Este texto não se propõe a ajudar a conseguir A mulher. É apenas para conseguir UMA mulher.

      Para conseguir A mulher, as estratégias são outras.

      Mas vem cá, mulher, qualquer mulher, nunca te faltou, né?

      • Já faltou, já sobrou, já teve na medida. O problema é mesmo a pontaria do meu charme. Dicas são bem vindas!

  • Talvez falte justamente isso: uma cobrança clara. Ou talvez seja um problema de alfabetização básica mesmo. Gente que lê pouco pensa pouco também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: