Power Pilha – Edição 12

Pilha continua meio estressado. Ficou andando em círculos em volta da piscina falando mal de Mocreia-Fé. Disse coisas pouco gentis como “se fosse homem eu já tinha voado no pescoço” e “vontade de pegar uma faca e cortar o pescoço dessa jararaca”. Infelizmente a edição do programa optou novamente por não dar destaque para os rompantes do nosso herói.

Adoro que o Pilha é como eu: quando pega birra com uma pessoa, se excede no que fala, perde o discernimento e simplesmente não consegue ignorar a pessoa. Humano, demasiadamente humano. Pilha todo se emputecendo sem freio foi uma das coisas mais humanas que eu já vi.

Hoje era a prova final que decidia qual casal volta da repescagem em definitivo para o programa, e, apesar de serem três casais desconhecidos, sem carisma e sem expressividade, a edição optou por focar nisso. Uma dica rápida aos editores do programa: quando um participante surta por vários dias seguidos e diz, entre outras coisas, que quer pegar uma faca e cortar o pescoço de outro participante (metaforicamente ou não), o foco do programa tem que ser nessa pessoa.

Neguinho tem na mão um astro do rock ensandecido que perdeu completamente o filtro do que fala, sendo que ele ainda está puto com a mulher mais barraqueira da casa, que desrespeita até o homem que diz amar, quem dirá o que não faz com estranhos. E, em vez de botar esta combinação maravilhosa para explodir, largaram o detonador e foram focar em quatro desconhecidos eliminados. Quão merda é um programa desse?

Na prova que definia qual casal voltava, o cara de mendigo se machucou e foi parar no hospital. Rompeu um ligamento do pé e voltou enfaixado. Pilha surtou e teve uma crise de choro inexplicável, já que o cara de mendigo o esculhambou de diversas formas, o empurrou e o xingou. Pilhão totalmente alterado pelo confinamento e pelo jogo e esta bosta de produção do programa não sabe aproveitar uma chance de ouro como essa. Me dá a direção desse programa para vocês verem se eu não extraio o que há de melhor no potencial do Pilha!

Finalmente revelaram, depois de muito suspense barato, quem é o casal que fica. Ficaram, supostamente, os mais fracos: o rapper e a esposa. A Panicat e a Cara de Buceta saíram, com direito a draminha pelo pé machucado do mendigo. E foi só isso a porra do programa, não teve prova para os participantes normais, não teve DR, não teve casal eliminado esta semana, ou seja, eu me fodi com apenas 4 horas de sono por noite para nada.

Além de desejar um severo caso de câncer no cu para todos os envolvidos com esta forma burra de conduzir o programa, gostaria de avisar que quando o programa foi uma merda como foi esta semana, vou fazer postagem cobrindo Live do Pilha em vez de cobrir o programa. Lamento muito, se a porra da Record não sabe fazer televisão (novidade!) eu vou procurar quem sabe.

Para dizer que a privação de sono está afetando meu humor, para dizer que prefere a Live que o Pilha faz, ou ainda para dizer que viu o Pilha mandando beijo no Twitter para uma impopular: sally@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Etiquetas: ,

Comentários (3)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: