Power Pilha – Edição 9

Mais um dia de Power Pilha. Estou em severa privação de sono? Sim, com certeza, a porra da Record começa este bosta cada vez mais tarde. Isso está fazendo nascer uma esquizofrenia onde eu discuto comigo mesma em uma vibe Smeagol/Gollum sobre a eliminação do Pilha, para que eu possa ter mais que quatro horas de sono por noite? Certamente. Mas o show tem que continuar!

Pilhão não está se achando, está se tendo certeza. Continua estrategistão, cheio de certezas e dando fora em todo mundo. Ontem ele descobriu que alguém riscou a foto dele com a Aline que estava na porta do quarto, na altura do pescoço dele, como se o estivessem degolando. A foto estava arranhada, parecia que alguém tinha passado a unha ali. Óbvio que ele capitalizou: “Você acorda de manhã com um corte no pescoço, o que que é isso? É uma brincadeirinha?”. Não sei, Pilha, às vezes é um garfo, me diz você, que está tarde e eu estou com muito sono para charadas.

A edição do programa sabe quem é, tem câmera ali 24h, mas babacamente não mostraram. Deveriam ter mostrado, ter reunido os participantes e exibido o vídeo com a pessoa arranhando a foto, na presença do Pilha. Seria bom para o programa, um crime em um reality show faria aumentar a audiência. Deram mole, Pilha faria algo além de legalidade, com toda a certeza.

Sala de apostas, esposas apostando nos maridos. Tenho a impressão que os olhos do Justus estão se distanciando um do outro, ele está adquirindo um aspecto de peixe que muito me repele. Em breve cada olho estará atrás da orelha correspondente. Cabelo branco, sobrancelha preta e olhos com um palmo de distância um do outro, que ótimo. Além de dormir pouco, agora vou ter pesadelos no pouco tempo que estou dormindo com a fish face do Justus.

A prova dos homens era um mix de aptidão física com observação: os homens tinham que pedalar um monociclo em uma corda metros acima do chão enquanto pescavam com uma corda e um gancho os pratos favoritos de suas esposas, que estavam dispostos no chão na forma de cubos, misturados com muitos outros pratos. Aline não levou muita fé no Pilha, apostou apenas 9 mil. Realmente, ver o Pilha em um monociclo nas alturas é uma cena que eu achei que fosse morrer sem ver.

Fez bem em apostar pouco, os pratos eram muito bizarros. Coisas como “Frango”. Porra, frango não é um prato, é um alimento! Eu gosto de frango preparado de algumas formas mas não gosto de frango preparado de outras! Assim não ajuda muito. E os homens tinham que acertar o pacote completo: bebida, entrada, prato e sobremesa.

Pilhão foi habilidoso no monociclo. Escolheu vinho como bebida favorita da Aline – errado. Passou a prova toda fazendo cara de mau, mas parecia a Formiga Atômica com o capacete que estava usando. Ele fez uma segunda tentativa e escolheu suco como bebida favorita da Aline – errado novamente. Tá de parabéns, viu? Hora de escolher a entrada. Ele escolheu salada e acertou. No prato principal, escolheu frango (acertou também).
Na hora de pescar a sobremesa, começou a ventar violentamente e Pilha não conseguia pescar o cheesecake. Estava certa, era essa, mas o vento o impediu de ter precisão. Ele ficou balançando a corda feito um maluco, em vez de descer a corda parada com o gancho reto. Não sei que encosto “Galera de Cowboy” ou que Exu “Galera de peão” deu nele, mas ele tentou laçar o troço como se fosse um rodeio. Obviamente, perderam a prova. Felizmente a aposta foi baixa.

Pilha colapsou, usando como álibi o risco que fizeram na sua foto, na altura do pescoço. Socou parede, quebrou parede, quebrou copo e deu um show. Aline, em inércia contemplativa, apenas miava “Para amooor”. Oi? Tá quebrando o cenário do reality que ele foi para provar que era uma pessoa equilibrada e sensata e a mulher apenas pede para parar? Fosse eu, pegava pelos testículos e sussurrava no ouvido “vamos calar a boquinha?”. Um absurdo Aline deixar que o Pilha protagonize essa cena.

Pilha estava indócil: “Não gosto de ficar em um lugar tendo que aturar pessoas que eu não suporto!” e “Sabe o que se chama esta porra aqui? Isso se chama ameaça”. Ele convocou a casa toda e resolveu fazer uma acareação para descobrir que riscou sua foto. Tal qual delegado investigando crime, apresentou as provas e analisou os suspeitos, criando um climão na casa. Ficou perguntando quem foi que fez isso e dizendo que era um gesto de violência e uma ameaça.

Para quem tinha ido ao programa para mostrar um lado leve e sensato, Pilha está falhando miseravelmente. Começou a insinuar a ocorrência de um crime. As pessoas foram perdendo a paciência com o ar inquisitório do Pilha, até que começaram a refutá-lo. Obviamente ele ficou ainda mais puto. Pegou raiva de algumas pessoas, sendo o foco principal, Mocréia-Fé.

Pilha flagrou ela de papo na cozinha e presumiu que estava falando dele. Pronto. A coisa mais gentil que ele gritou foi que queria enfiar uma espada nesse dragão. Pegou uma faca e uma colher de pau para ilustrar como gostaria de “cortar a cabeça dessa cobra” e simulou uma degola. Para quem se ofendeu com uma unhada em uma foto encarando isso como uma ameaça e como violência, não parece inteligente ameaçar com esse tipo de gesto. Me ajuda a te ajudar, Pilha? Tá tarde, tá difícil para mim argumentar a seu favor, seu maluco da porra! E a molóide da Aline assistindo a tudo, em vez de dar um tapa forte na nuca dele e mandar calar essa boquinha derretida!

Os comentários em redes sociais variaram muito. Desde gente se perguntando por qual motivo Pilha não está internado em um hospício até gente xingando compulsivamente. Está estabelecido o vilão desta edição. Parabéns, Pilha. Você tinha ido ao programa para limpar seu nome, agora a Sonia Abrão vai ter que escrever um segundo volume da sua biografia só com as cagadas que você fez no Power Couple! É por isso que a gente te ama, Pilha! Você sempre sai melhor do que a encomenda, você sempre consegue a proeza de entregar mais do que a gente espera de você – e olha que a gente espera muito de você!

Pilha ficou bradando ameaças e xingamentos politicamente incorretos pela casa. Apelidando, provocando e até assustando os participantes, que começaram a questionar sua saúde mental. Era possível ver o medo nos olhos de alguns participantes enquanto o Pilha se descontrolava. Aline, passiva, de vez em quando miava algo, mas não parecia surpresa ou espantada com a reação dele. Falta culhões nessa casa. Se eu estivesse lá, ia enfiar uma camisinha em cada dedo e chamar o Pilha para a porrada (hepatite é contagioso, é preciso cuidados).

Mais uma prova. Agora as mulheres tinham que reconhecer quais roupas eram dos maridos no meio de um monte de roupas de estranhos e leva-las até os maridos para que eles a vistam. Não deve ser difícil reconhecer as roupas do Pilha, basta olhar para a etiqueta: quando for de loja infantil, pode pegar que é dele. Apesar do jeito peculiar de se vestir, tipo um mini maloqueiro do Bronx, não foi tão fácil.

A merda dessa prova é que os homens tinham que esperar de cueca enquanto a mulher pegava suas roupas. Só tem gente cagada nesse programa. Ter que ver essa gente mole e barriguda, com aquele umbiguinho triste, caído pela banha, me transtornou. Pilha de cueca também não foi um mar de rosas: uma barriguinha que parecia ter sido mastigada e cuspida de volta, um corpinho de Bob Esponja… Talvez esta imagem possa ser aproveitada pelo Ministério da Saúde como forma de conscientizar os jovens a não usarem drogas.

Aline se enrolou na hora de reconhecer as roupas do Pilha, que por sua vez, proferia palavras de incentivo como “Já era, já era”. Ao final, o coitado do Pilha completou a prova apenas usando tênis, cueca e uma toquinha de lã. Ficou sensualizando de brincadeira, foi quando me passou pela cabeça e ideia de que eu poderia estar dormindo, mas não, era meia noite e eu estava vendo o Pilha sensualizar de touca de lã e cueca. Totally worth it!

Ao que parece, o descontrole do Pilha aumentará no próximo episódio. Quinta tem mais Power Pilha, se eu não tiver um colapso por falta de sono…

Para dizer que o nome do programa deveria ser Corpo Escroto, para dizer que o nome do programa deveria ser Normal e Acima da Média ou para dizer que o nome do programa merecia ser Desfavor mesmo: sally@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Etiquetas: ,

Comentários (5)

  • Um antigo sonho meu é ver o Pilha e a Lu Schievano (a louca da Fazenda 6) no mesmo reality. Chego a sonhar acordada com os dois surtando. A casa ia pegar fogo!

  • O Pilha mandou um recado assim pra nós “Beijooooo ! Carinhoso sempre . Te amamos viu ?! E assista q as previsões se cumprirão … raraeaeaea”

    Ontem na live disse que a forma que a Mocreia Fe saira do programa será uma das coisas mais humilhantes. E quem são amiguinhos agora, vão tretar feio daqui pra frente. Pediu também pra nós prestarmos muita atenção nessa quinta-feira dia 18 de maio no programa. Que apartir desse dia as profecias Pilhianas vão se concretizar.
    Viu como se faz uma live, Lorena cara de buceta mal lavada?
    Fim da fofoca

  • “Me ajuda a te ajudar, Pilha? Tá tarde, tá difícil para mim argumentar a seu favor, seu maluco da porra!”

    Hahahahahaha! Adoro a Sally perdendo a esportiva no meio do texto!
    Mas depois logo volta o amor!

    Super me identifico! Hahahah!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: