Power Pilha – Edição 14

A porradaria entre Pilha e Mocréia-Fé continuou nesta quinta.

A mulherzinha casada com a Mocréia-Fé disse “o cara fica chamando a minha mulher de Jararaca na minha frente, eu vou fazer o que?”. Qualquer coisa menos choramingar a respeito. Ou ignora, ou toma uma atitude. Ela, é claro, jogou a culpa da falta de respeito que cometeu no Pilha: “Ele consegue tirar o meu pior”. É sim, a culpa é dele, que estava quietinho na arquibancada assistindo a prova. Quietinho não, com seus tiques nervosos, mas estava em silêncio. É sempre “o outro” que te tira do sério, “o outro” que desperta seu pior. A culpa é sempre do outro.

Mocinha Blau Blau juntou forças do fundo do seu útero e resolveu xingar o Pilha: “Esse… esse… anão de jardim”. Vejamos, xingar alguém por uma característica física que a pessoa não pode mudar? Queria ver se tivesse chamado alguém de “negro”, “cabelo crespo” ou outros, da mesma forma pejorativa que se referiu á altura do Pilha. Sairia preso. Mas como pessoas verticalmente prejudicadas não são intocáveis, não houve reação. Curioso isso, né? Cor de pele não pode ser alvo de brincadeiras mas altura sim.

A prova do casal foi tenebrosa: homens tinham que dirigir com os olhos vendados, sendo guiados por sua parceira, que ficava no banco do carona. O objetivo era completar um circuito sem derrubar obstáculos. O casal que fizesse o menor tempo ganharia. Meu coração se encheu de amor: Pilha dirigia desde pequeno, mesmo sem carteira, dirigia drogado, dirigia nas condições mais adversas. Essa prova era dele! Só que não.

Pilha dirigindo na velocidade da luz, quase cantando pneu. Era uma prova para fazer devagar, mas o Pilha é essa pessoa destemida maravilhosa que todos aprendemos a amar. Bacana o depoimento da Aline: “Ele anda muito rápido na rua, normalmente”. Não façam isso em casa, crianças. Aliás, Aline maravilhosa nessa prova, só faltou esbofetear ele na cara, comeu ele tanto no esporro que em determinado momento ele disse “desculpa, meu amor” em voz baixa. Aline se transformou, soltou palavrões e gritou com o Pilha.

O mais engraçado foi o Pilha cruzando a linha de chegada e, em vez de parar, acelerando feio um lunático. Nem ele nem Aline tinham percebido que já tinham cruzado a linha de chegada e quando o Justus gritou “TEMPO!” para ordenar que parem o cronômetro, pois a prova estava concluída, Pilhão pensou que o tempo estava acabando e acelerou com força. Quase bateram de frente em um muro.

Porém, aparentemente não é uma boa ideia e não dá certo dirigir em alta velocidade com os olhos vendados. Pilha e Aline ficaram em último lugar, o que os colocou na DR com Mocréia-Fé e sua esposa. Bichinha Blau Blau bravateou e disse que essa DR seria a hora que ele estava esperando para falar tudo que tinha que falar. Depois ficou falando em educação e respeito, como se mostrar o dedo médio para alguém pelas costas fosse lindo.

Essa situação é claramente péssima para o Pilha. Se você estivesse em uma competição, quem eliminaria como concorrente: uma baranga velha e gorda que não consegue concluir prova nenhuma direito e sua esposa bichinha que também não consegue fazer nada, ou um astro do rock, bem disposto, carismático e com raça para brigar? O fim está próximo, meus queridos.

Enquanto isso, no Twitter, o perfil do Pilha nos contou algumas coisinhas sobre Mocréia-Fé e sua esposa:

Como a gente ama uma pessoa verdadeira. Pode ter o defeito que for, mas é verdadeiro. Isso é raro nos dias de hoje. Não faz política, não é falso, não mede palavras. Quer dizer que essa mulher bota essa banca toda e é uma costureira que banca o marido? Rindo até depois de amanhã!

Costureira-Fé ficou olhando para o Pilha de cara feia. Sabem o que ele fez? Ele começou a dançar de forma debochada para ela. Depois esclareceu que estava usando apenas 1% do seu psicológico e que se usasse 10% o outro casal estaria chorando e pedindo para sair. Já Mocréia-Costureira disse que respeita Aline pois “para ser casada com um duente infernal é preciso ser muito mulher”. Bichinha Blau Blau teve um siricotico emocional e começou a chorar: “Eu choro porque eu preciso de vocês, cara, eu gosto do Rafael”. Lamentável.

Enquanto o Pilha planejava dar um tiro de 12, a esposinha de Mocréia-Costureira chorava feito uma moça na TPM. Minha Senhora, se tem que ser muito mulher para ser casada com o Pilha, tem que ser é muito macho para ser casada com uma bichinha frágil, incompetente e que chora feito uma criança quando a mãe do Bambi morre. Acha a vida da Aline ruim? Bem, pelo menos ela tem um macho ao lado. A Silvinha? Pode cortar as bolas e pendurar no retrovisor do seu carro, pois ele não usa para nada.

No meio da porradaria, um ex-Pânico passou mal, teve uma arritmia cardíaca que o obrigou a ficar hospitalizado em repouso. Ele e sua esposa Barbie tiveram que abandonar o jogo. O casal foi eliminado. Acho que ele votaria contra o Pilha, então, talvez seja uma providência divina. Sim, isso mesmo, eu estou falando de Deus. Se Deus existe certamente ele passa seus dias admirando a peripécias de sua mais ousada criatura. Se eu fosse Deus, eu não fazia nada da minha vida, apenas acompanharia a vida do Pilha, e, ao que parece e por tudo que acontece no mundo, é só isso que ele faz mesmo.

Diante desta saída, qual seria a lógica? Anular esta DR, ninguém sair e deixar o Pilha tretando com a Costureira-Jararaca mais uma semana. Mas estas pessoas tem visão? Não, não tem. Não sabem fazer televisão, por isso dão traço de audiência e tem que vender publicidade para Goicoechea Diabetex, pois nem creme para hemorroida quer anunciar na bosta que é a Record. Mantiveram a DR em vez de cancelar.

A cara de nojenta de Costureira-Jararaca durante toda a DR foi nefasta. Favelada que usa arrogância para camuflar complexo de vira-lata. Tudo fica pior graças a sua sobrancelha de Krusty, o Palhaço. Não consigo parar de olhar para essa curvatura excessiva e inadequada. E esse marido dela, que bem para decoração serve, pois decoração não atrapalha a vida de uma pessoa. Palmas para ela, se isso foi o melhor que ela conseguiu como homem, sofrerá eternamente o peso de ser o macho da relação. Vida de merda que ela deve ter.

Começou a DR. Pilha fez um belo discurso chamando a atenção casualmente para o fato de que se Mocréia-Costureira sair, alguns casais sobem algumas posições no ranking. A Jararaca estava usando a camiseta FÉ que lhe rendeu o apelido Mocréia-Fé. Machista do caralho, ela disse que Pilha deveria ter defendido a esposa junto ao marido dela e não tomando satisfação com ela. Oi? Quem apontou o dedo foi ELA, que porra é essa de agora se esconder atrás da bicha frouxa do marido? Mas olha… Cadê o tal do empoderamento feminino? Ela faz uma babaquice e o Pilha tem que ir discutir a babaquice com o MARIDO dela? Assuma responsabilidade pelos seus atos!

O Marido Sem Testículos, que ia falar, fazer e acontecer, apenas acusou o Pilha de agredir sua esposa e o chamou de rato. Não força a amizade, Princesa. Quem agrediu foi a Mocréia-Fé, mostrando o dedo médio. A atitude do Pilha foi REAÇÃO, não ação. Ir tomar satisfação é agressão? Ele deve ter esse pensamento equivocado mesmo, pois nunca toma satisfação de nada, principalmente das humilhações conjugais que sofre, sempre enfio o galho dentro. Parabéns, humilhado para todo o Brasil ver, destratado, desacreditado como homem.

Mocréia-Fé pode espernear, pode esbravejar, pode reescrever a história, pode se dizer fodona, pode até eliminar o Pilha do programa, mas, quer saber? A vida dela é e sempre será uma merda. Casada com um homem fraco, banana, incapaz de prover um mínimo financeiro e emocional. Isso tem um nome: solidão a dois. Ela tem marido com o qual não pode contar para nada, pois é um molóide desestruturado despreparado para encarar as pancadas da vida. E isso, meus amigos, isso sim é sofrido, principalmente quando se mora fora do seu país. Sofrimento não é estar com um homem que vira bicho quando te mostram o dedo médio, sofrimento é estar com um homem que não dá para contra para nada.

Obviamente Pilha e Aline foram eliminados, inclusive por voto de assim ditos amigos do casal. Simplesmente todos os presentes votaram para que eles saiam. Era possível ver satanás no olhar do Pilha. O argumento de todos foi o mesmo: Pilha foi incorreto por “colocar o dedo na cara de uma mulher”. Mas que caralho de pessoas machistas, hein? Acham que divergência de homem com mulher tem que ser resolvida entre o homem e o marido da mulher? Os ignóbeis dizendo que não gostariam que um homem coloque um dedo na cara da sua esposa. Gostariam que alguém mostre um dedo média para ela?

Os deixo com as últimas palavras do Pilha: “Silvinho Blau Blau me chamou de rato, mas ele esquece que nos veremos novamente, na final. Acho bom ele ir com um segurança, pois eu vou capotar ele de soco”. É desse tipo de pessoa que a gente gosta. Sem mais. Acaba a cobertura desta titica de programa aqui, e só voltamos na final se o Pilha arrancar os dois olhos da Mocréia-Fé e pendurar no retrovisor do seu carro.

Deixo apenas um último e humilde pedido: Pilhão, amor da minha vida, chuta o balde. Senta com sua madrinha e escreve um novo livro “Botando Pilha no Super Couple”, contando todos os bastidores, tudo que é combinado, todas as baixarias. Detona, descasca, desnuda esse programa e essa máquina de moer reputações que é a televisão. Vai vender pra caralho e vai limpar seu nome. No aguardo, pois a sua biografia já está acabando e eu preciso de outro livro seu para comentar.

Para dizer que a privação de sono estava mesmo me fazendo mal, para dizer que Pilha agiu bem pois foi falar com o macho da relação ou ainda para dizer que Pilha conseguiu exatamente o contrário do que era seu objetivo ao entrar para o Power Couple: sally@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Etiquetas: ,

Comentários (14)

  • No programa de “hoje”, casal Blau Blau foi desmascarado e massacrado.

    Silvinho tentou roubar na prova. A prova consistia em 18 perguntas sobre os homens que elas teriam que responder, com direito a apenas 3 erros. Silvinho fez um cola com suas respostas e colocou na caixa do óculos dela, mas o jênio deve ter esquecido que tudo é gravado e obviamente a produção descobriu.

    Justos deixou pra desclassificá-los no momento que iriam iniciar a prova, supostamente pegando a Jararaca de surpresa com a atitude de seu marido. Mas o intrigante é que a julgar por como ela tratou o infeliz durante todo o programa, o esculachando por qualquer coisinha boba, dessa vez foi estranhamente compreensível com ele, o que sugere a possibilidade, também levantada por outras pessoas na casa, deles terem armado a roubalheira juntos.

    Depois o funkeiro desenterrou uma história de que a Jararaca havia feito fofoca sobre uma suposta combinação de votos entre alguns casais, que faria o casal BBB não ter chances de ficar na casa na DR que participaram. Se queimaram mais ainda. Lembrando que ela encheu a boca pra falar que se tinha uma coisa que ela não fazia e nunca fez nessa vida, essa coisa era fofoca.

    Silvinho levou esporro do funkeiro por retomar esse assunto mesmo eles tendo combinado que era pra deixar morrer entre eles. E sofreu bullying dos outros homens pelo episódio da cola, que passaram a chamá-lo de senhor Enem e cantar musiquinhas de deboche. Comprovando mais uma vez sua feminilidade, Sr Enem chorou e implorou pra que parassem com a brincadeira.

    Pilha deu entrevista no Porchat e disse entusiasmado que essa semana muita coisa seria revelada no programa e que suas previsões iriam se cumprir.

    Lorena Buero tretou com a Jararaca no twitter, intimando pra final assim como fez o Pilha com o Silvinho Enem.

    Enfim, escrevi isso tudo mas a verdade é que resumo melhor não há: #Pilha tinha razão.

    • #PilhaTemSempreRazão

      E, olha, vou te falar uma coisa: morram amigos dele, as pragas do Pilha são poderosíssimas…

  • Quando o carinha lá e sua mulher tiveram que sair do programa, abri um sorriso de orelha a orelha, certo de que usariam isso pra manter o Pilha no programa. Pilha era quem dava vida àquilo ali, só ver a grande repercussão de sua saída no twitter em comparação com todos os outros episódios.

    Lamentei quando o Diego Cristo saiu e não voltou na repescagem, a interação dele com o Pilha certamente renderia muito mais. Dois malucos obrigados a conviver no mesmo recinto, 24 horas por dia, não tem como dar em coisa boa. Depois Pilha seguiu carregando o programa nas costas contando com a rivalidade com a jararaca. E agora que ele foi eliminado acabou, nada mais pode ser feito.

    Mas valeu a pena dar uma boas risadas com os textos aqui e, sobretudo, ter a oportunidade de apreciar a sabedoria do Pilha em rede nacional. Tendo em vista que cada curta frase do Pilha, se bem compreendida, concentra o conhecimento de uma página inteira de um livro (estimando por baixo aqui), espero que muitas pessoas tenham se tornado seres humanos melhores ao assisti-lo.

  • Se alguém tirar sarro da minha altura eu vou lembrar do segundo parágrafo do teu texto Sally. Pilhão não tem culpa de ser baixinho, mas aquele Blau Blau tem muita culpa de ser frouxo!

    • O que se convencionou no mundinho pau no cu politicamente correto é: não fazer piada de uma característica da pessoa que ela não pode mudar. Logo, não deveriam fazer piada sobre altura, hipócritas do caralho.

    • Power Ex Couple. Seria um programa muito mais interessante, ter que botar exs para competir juntos. Realiza o tamanho do barraco!

  • ‘Se eu fosse Deus, eu não fazia nada da minha vida, apenas acompanharia a vida do Pilha, e, ao que parece e por tudo que acontece no mundo, é só isso que ele faz mesmo.’
    faz sentido essa teoria, Pilha vivo depois de tudo que aprontou, engoliu, fumou e injetou na vida; tem gente por aí morrendo por muito menos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: