Top Des: 10/06/2018

SALLY
Brasil tomando de 4.
SOMIR
O Brasil é uma armadilha que fica progressivamente mais difícil de escapar.

SALLY
Você só tinha um trabalho: se mexer.
SOMIR
Cada dia que não trabalhamos em digitalizar nossas mentes é um dia perdido.

SALLY
Quando o Bono Vox faz é machismo reclamar disso.
SOMIR
Todo mundo tem seu Trump.

SALLY
Quem disse que o Brasil não lidera nenhum ranking internacional?
SOMIR
Se futebol fosse jogado com armas, teríamos ganhado todas as copas!

SALLY
Desfavor pesquisarem com base em orientação sexual, hein?
SOMIR
Virando opressão tratar de AIDS em 3, 2, 1…

SALLY
Mostra o empoderamento que é lavar uma roupa mijada no tanque…
SOMIR
Pffft, a pornografia bizarra chegou bem antes de você.

SALLY
Tá mais fácil ser preso do que ser casado…
SOMIR
Ressocializados na monogamia! Aleluia!

SALLY
Parece uma boa punição ter que assistir e comentar, não é mesmo?
SOMIR
Negro e deficiente! Chupa, Pantera Negra!

SALLY
Gezuiz-Crocodilo.
SOMIR
It’s involution, baby!

SALLY
Interessante pelo lado “nada é sagrado”, triste pelo lado “tudo é esculhambado”.
SOMIR
Esse é o Brasil que dá certo!

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Comentários (16)

  • Uns tempos atrás tinha uma imagem de meme comparando os folclores. Tipo o folclore nórdico com vikings, deuses e valquírias, etc. etc., até chegar no Brasil, com a foto de um saci e a legenda com algo tipo “um negresco perneta que fuma pedra e azeda o leite da sua casa”.

  • Essa do mijo emponderado me lembrou duas campanhas que o 4chan organizou anos atrás, e ambas deram resultado.

    A primeira foi a “Free Bleeding”. Inventaram que absorventes eram uma marca da cultura patriarcal e usar eles seria como usar as algemas do machismo. Criaram perfis falsos, editaram fotos, escreveram textões sobre como se sentiam emponderadas ao desfilarem na rua com as calças molhadas de sangue, forçaram nas redes sociais e pouco tempo depois tinha um monte de gente andando menstruada e postando fotos da obra pra entrar no Trending Topics e até portais e blogs feministas incentivando a prática.

    A segunda foi o #PissForEquality, literalmente o mijo do emponderamento. Inventaram uma causa bisonha (tinha a ver com mulheres que urinavam enquanto eram estupradas), forçaram no Tuíster do mesmo jeito da primeira, e teve o mesmo resultado: pouco tempo depois tinha um monte de gente se mijando pra entrar no Trending Topics e até portais e blogs feministas incentivando a prática.

  • Brasil quebrando recordes de número de homicídios, e isso porque usam uma matemágica escabrosa pra maquiar os dados. Para entrar na taxa de homicídios a vítima tem que morrer na hora (morreu no hjospital não é homicídio), tem que ser registrado um B.O., latrocínio não figura como homicídio, mortes causadas por policiais não entram se for alegada resistência ou troca de tiros, e por assim vai.

    E nem fale de analfabetismo. Consegue desenhar o próprio nome mesmo sem identificar as letras? Parabéns, não é analfabeto.

  • Se o dólar chegando nos 4 reais de novo é assustador, esperem só os Estados Unidos começarem a subir os juros de verdade. E se calhar do Lula conseguir se candidatar por liminar, e começarem a publicar aquelas pesquisas eleitorais duvidosas com ele ganhando em todos os cenários… aí meua migo, 2015 vai parecer fichinha.

  • Apostam quanto que o HIV vai sofrer uma mutação muito mais letal e teremos um reboot dos anos 80?
    Continuem com a libertinagem sim.

    • Libertinagem “de quase luxo” nunca vai “ser baile funk” e sequer a Zika espalhou !

      Reboot biológico é “uma ova” !!!!!

    • Acho que isso nem deve ter necessariamente a ver com a libertinagem ou falta de informação, e sim falta de medo das gerações mais novas, que não viram os Cazuzas da vida e acham que HIV é algo simples.
      Mesmo nos tempos em que os câncervadores juram que havia moral e bons costumes, já existiam orgias e todo tipo de putaria que você imaginar. Procura por Clube Hellfire no Google.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: