O Dia do Nerd é comemorado no dia 10 de Julho aqui na República Impopular do Desfavor, e por isso, fomos longe buscar um tema que honrasse a classe. Isso é, se é que a classe deve ser honrada. O futuro pode estar chegando…

Tema de hoje: o plano de S0-M1R deve ser seguido?

S0-M1R

Não espero que suas mentes atrasadas compreendam a complexidade do meu plano em sua totalidade, mas apelo para um mínimo de bom-senso para acatar os desígnios de uma mente claramente superior. Eu falo de um futuro distante, muito distante. Aqui, nossos cérebros são aumentados com o poder da nanotecnologia, o conhecimento de eras ao alcance dos pensamentos. Mandar essa mensagem ao passado (o presente de vocês, selvagens) pode causar algumas distorções por falta de banda, mas acredito que consigo explicar o suficiente para todos concordem comigo:

Por uma série de más decisões, o nosso planeta natal está sob controle dos muçulmanos. Não exatamente o que vocês conhecem no seu tempo, mas uma versão igualmente potencializada e caricata da religião. Com certeza eles tiveram grandes avanços, pouco antes de todos os carros serem banidos, houve um curto período onde até mulheres podiam dirigir! E quando ainda tinham alguma forma de comunicação de massa por lá, punia-se a representação visual do profeta deles só com o corte das mãos ao invés de decapitação. Eu claramente fui sarcástico aqui, caros bárbaros do século XXI. Não é uma situação aceitável.

Atualmente, pessoas como eu e S4-LLY vivemos espalhados por colônias pelo Sistema Solar, o que não gera uma qualidade de vida que eu julgo aceitável. Ainda mais com um planeta com atmosfera não-combustível tão próximo. Ao invés de lidar com a expansão da religião na humanidade no meio do seu século, as pessoas mais capazes intelectualmente começaram a buscar refúgio fora do planeta. Com o passar das décadas e séculos, não havia mais um contingente mínimo de pessoas inteligentes o suficiente para não ter uma religião na Terra que desse conta da radicalização local. Um triste dia, os últimos seres humanos com mais de dois dígitos de Q.I. fugiram do planeta, escapando de uma turba furiosa.

Desde então, estamos isolados da Terra. No planeta natal da espécie, a religião tomou conta, a tecnologia foi basicamente proibida e a única coisa evitando que eles reproduzam até o limite dos recursos naturais é a alta mortalidade infantil e feminina. Há vários anos eu proponho fazer a coisa mais humana e exterminar a população local, mas sou sempre barrado por ambientalistas. Aparentemente, a redução da inteligência média humana por séculos de controle absoluto de uma religião os colocou numa área cinza entre direitos humanos e animais que ninguém tem coragem de resolver. Mas a tecnologia segue em frente!

Um grupo de cientistas localizado em Ceres finalmente resolveu o problema da viagem temporal! Isso mesmo, podemos voltar no tempo. Vou poupar suas mentes simplórias dos detalhes, mas em resumo, a manipulação de um buraco negro criado num acelerador de partículas permite uma ponte entre eras suficiente para enviar duas pessoas numa bolha temporal de volta ao século XXI. Voltar mais exigiria muito mais energia do que podemos gerar. Os usos são limitados e já gastamos quase todos com um infeliz acidente com um dos cientistas recém-diagnosticado com Alzheimer (podia ter resolvido em 15 minutos com um remédio vendido em qualquer farmácia, irresponsável!).

O que importa é que eu sugeri um plano infalível para recuperar o planeta Terra para nós! S4-LLY e eu voltamos para sua era e mudamos a linha temporal para acabar com as religiões antes que elas se tornem o problema que se tornaram. Eu seria o cérebro, ela a ponte com vocês, selvagens. Como ela é especialista na sua época por seu terrível gosto musical, conhece o suficiente para ser indispensável no processo. Eu li bastante sobre religião, aposto que vai ser bem fácil dissolver essa estupidez se pegarmos uma humanidade suficientemente aberta a novas ideias. E pelo o que sabemos, foi bem no seu tempo que as coisas começaram a virar para esse lado negro da intelectualidade. Se ajudarmos as pessoas certas a disseminar suas vozes, teremos nosso planeta de volta no futuro. Nada pode dar errado.

Isso é, nada que dependa de mim. Como as pessoas do século XXI também estão naquela área cinza entre humanos e animais, eu preciso de autorização de várias entidades de proteção ambiental para colocar meu plano em prática. Temos os votos necessários, só faltam essas liberações. Por isso, estamos enviando essa mensagem ao passado: se vocês provarem que tem um mínimo de cérebro para aceitar a minha proposta, consigo convencer os ambientalistas que vocês não são totalmente retardados e assim, dignos de uma intervenção.

Até por isso, escolhi um dos maiores meios de comunicação do século XXI para mandar minha mensagem. Segundo os registros que temos, só uma página de rede social chamada “memes do whats” tinha mais conteúdo publicado que o desfavor durante os primeiros anos do século, mas o desfavor tinha mais texto, parecendo mais condizente sua escolha. Com certeza ninguém escreveria tanto conteúdo por dez anos antes e mais de trinta depois da data que essa mensagem chega até vocês se não tivesse uma das maiores audiências do mundo! Isso se chama lógica, vocês não entenderiam.

Resumindo: eu preciso que vocês concordem com meu plano de voltarmos até sua era para erradicar as religiões. Se concordarem, as entidades de defesa dos animais que protegem vocês no meu tempo me deixam fazer a viagem no tempo e mudar toda a história. Vocês se livram desse câncer intelectual e eu posso finalmente acender… a chama do conhecimento de volta no planeta Terra. Se não concordarem, ficam com o mesmo mundo de sempre.

Tenho certeza que S4-LLY vai ter ótimos argumentos para continuar convencendo vocês do que é certo. Nem preciso ler a mensagem dela!

Para dizer que se é para fazer merda que faça com convicção, para dizer que não entendeu nada do que eu escrevi, ou mesmo para dizer que vai topar só para ver quanto tempo até explodirem a gente: somir@desfavor.com

S4-LLY

Olá meus queridos, esta semana tem feriado nacional no Desfavor, o Dia do Nerd. Podemos comemorar apenas com uma postagem temática no dia, ou podemos fazer uma fuckin’ semana inteira fantasiosa, prestigiando este grupo que eu tenho em tão alta conta, como vocês viram pelo texto de algumas semanas atrás. Está nas mãos de vocês: vamos votar para saber se vocês querem uma semana de informações sobre atualidades, inovações e crítica social ou se preferem uma historinha-devaneio totalmente ficcional, totalmente tirada das nossas bundas e totalmente inútil.

A situação é essa que o S0-M1R explicou: estamos no século XXIV, a Terra não é mais um planeta habitável graças aos muçulmanos, que tornaram a convivência insuportável com radicalismos como não aceitar que se masque chiclete entre a meia noite e duas da manhã, não permitir que se use a cor índigo nas últimas sextas-feiras do mês e a absurda proibição de olhar para uma gaivota por mais de cinco segundo seguidos. Estas e outras medidas de cunho igualmente inconvivível nos forçaram a tomar uma atitude radical.

A única solução que encontramos foi abandonar o planeta em busca de uma vida mais saudável em luas, asteroides e planetas vizinhos, onde formamos novas colônias livres da praga da religião. Estávamos todos muito tranquilos e conformados com nossa nova realidade, até que uma notícia causou a inquietação de alguns e deu início a uma grande discussão.

Acaba de ser confirmado o protótipo da primeira máquina do tempo funcional, testada em seres humanos. Imediatamente a sociedade começou a debater quais seriam as melhores formas de utilizá-la. Uma eleição, definirá qual será a questão mais importante que deve estrear uma viagem no tempo programada. Para alguns devemos voltar ao tempo para colher todas as substância medicinais disponíveis na Terra, de modo a poder cloná-las e ter medicamentos abundantes para todos. Para outros devemos destruir o planeta pois é melhor que ele não exista do que exista tomado por religiosos. Enfim, há centenas de propostas diferentes.

S0-M1R está encabeçando uma proposta de viagem no tempo com a finalidade de acabar com todas as religiões, pois assim tem a esperança de um futuro livre delas, portanto, livre de muçulmanos. Não sou fã de religiões, mas tenho quase certeza que há um motivo oculto que o move para ter tanto empenho e pro atividade… Ao eliminar as religiões, todos poderemos continuar na Terra, pois os muçulmanos não serão mais muçulmanos, o que significa que ele poderá voltar a fumar.

Entre todas as terríveis privações que sofremos por estar fora da Terra, como consumir azeitonas sem caroço (agora somos obrigados a passar pela barbárie de remover os caroços manualmente) a que mais parece ter afetado o S0-M1R é a proibição de fumar. Em nenhuma das naves e nem mesmo no ambiente externo é permitido, possivelmente pela péssima combinação que seria um cigarro aceso com os tanques de oxigênio. Não vejo grandes problemas, uma vez que é um hábito que causava severos danos à saúde, mas S0-M1R parece obcecado com isso.

Todos os cigarros do mundo foram confiscados e incinerados. Detectores de nicotina estão instalados por todos os lados e apitam se você estiver com um cigarro que seja no bolso. Eles nem ao menos são fabricados mais, não podem ser encontrados nem no mercado negro, uma vez que a matéria prima para sua fabricação está na Terra.

S0-M1R sempre foi inconformado com esta restrição e fez um juramente dizendo que reverteria a situação. Até semana passada estava sentado em sua sala, esbravejando, rascunhando planos e ideias para acabar com os muçulmanos, de modo a retomar seu vício. Sei disso porque um deles me preocupou em especial, por envolver um porco gigante, o que demandou uma longa conversa nossa para convencê-lo a desistir dessa loucura.

Então, por mais que em tese a ideia de um mundo sem religião seja bonita, é preciso se perguntar se o ser humano está pronto para isso. Forçar alguém a evoluir quando ainda não tem maturidade e discernimento para fazê-lo constituí uma violência e o tiro quase sempre acaba saindo pela culatra. Além disso, por trás desse discurso “Imagine”, eu sei que a intenção real é um motivo egoísta e idiota: voltar a fumar, a usar substâncias nocivas para a própria saúde. Não vejo como essa combinação possa trazer algo de bom.

O plano proposto por S0-M1R é voltar no tempo, pelo menos uns cinco ou seis séculos atrás, identificar possíveis grupos radicais que tenham perfil de quem vai fundar uma religião, qualquer vertente que possa dar origem às muitas facções muçulmanas, e neutralizá-los.

Sim, estamos ambos inscritos, pois o número mínimo de participantes era de dois por projeto. Em sendo dada a oportunidade, farei o meu melhor, não vou abrir mão da oportunidade, até porque se ele for sem mim suponho que as chances de sucesso sejam menores. Mas ainda acho que esse projeto de erradicar todas as religiões do mundo só para que a Madame Interestelar possa voltar a fumar um prenúncio da desgraça. Preferiria não levar isso adiante.

Por isso, peço que votem NÃO. Não temos o direito de voltar no tempo, não temos o direito de alterar o passado com o objetivo de alterar o futuro, muito menos por causas egoísticas. Não devemos levar esse projeto adiante.

Se o “não vencer”, a missão será abortada e vocês não escutarão mais falar de nós. Seguirão com suas vidas no presente, acompanhando eventos tão interessantes do tempo de vocês: Copa do Mundo, resgate na Tailândia e tantos outros assuntos que, para vocês, são importantes e atuais. É simples assim, vocês tem o poder de poupar a todos das consequências.

Para dizer que quando você cria um blog para nerds eles vão querer sci-fi de qualquer jeito – por mais cagada que seja, para dizer que se for para falar em Copa do Mundo você prefere uma versão ruim de um conto futurista ou ainda para dizer que não vai votar em nada pois está evitando qualquer tipo de responsabilidade: sally@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Etiquetas:

Comentários (33)

  • Voto Não.

    Todos sabem que a melhor forma de fazer algo mudar no futuro é tentando impedi-lo no passado.

    Hahaha

  • O mundo criaria novamente uma religião – qualquer uma – para se organizar em torno dela.
    Aliás, um ser supremo não evitaria essa volta ao passado? Poupem seus recursos: voto “não”.

  • Estava esperando um post sobre o “Bota o casaco, tira o casaco” acerca da soltura do Lula, vi várias explicações ambidestras sobre a legalidade e ilegalidade da ação… gostaria de saber como a Sally enxerga isso

    • Nem a defesa de Lula achava que ele poderia sair com isso. Acionar um juiz plantonista para pedir algo que JÁ FOI DECIDIDO pelo tribunal acima dele não existe. Eles alegaram que acionaram um plantonista (curiosamente filiado ao PT) por existir um fato novo, que é a candidatura do Lula. Primeiro que não é fato novo, já foi amplamente divulgado, segundo que nem candidato ele é, pois não está inscrito como e está impedido pela ficha limpa.

      Foi claramente uma jogada para conseguir um HC totalmente ilegal e ver ele anulado logo depois, para poder reforçar a tese de que o Lula está sendo perseguido. Um factóide, um absurdo jurídico nunca antes visto. Vou te falar, o juiz idiota que fez isso está muito fodido.

      • Eu achei que era uma aberração jurídica… mas como é muito difícil achar uma fonte confiável e isenta para fornecer explicações jurídicas embasadas na real legalidade e não em posicionamentos políticos que acabam conduzindo a falácias, me abstive de comentar sobre. Obrigada Sally!!!

        • É uma aberração jurídica sem precedentes. O idiotão que fez isso se queimou demais e vai sofrer sérias consequências.

  • Uma semana inteira pra discorrer o plano e a história? Não seria melhor condensar num Des Contos ou mesmo num Des Potas?
    Até segunda ordem, voto não.

  • “Tomara que esta semana tenha um baita atentado no jogo de terça e vocês fiquem sem cobertura”
    Meu voto é Não! Ainda que concorde em exterminar as pesso… digo, religião

  • Acho que essa história toda pode ser contada num Somir Surtado, e ele pode discorrer sobre os métodos que ele usaria pra impedir as religiões. Que, na minha opinião, não sei se seria a melhor ideia, já que a religião tem sua importância, veja aí o resgate na Tailândia e os meninos sobrevivendo graças (também) ao Budismo.

    Voto NÃO.

  • Meninos conseguindo sair depois de quase definharem a quatro quilômetros dentro de uma caverna, e moleques falhando em tirar um molusco do quarto andar de uma delegacia? A estória nerd poderia dar espaço para a história desta vez.

  • É só batizar toda a água e comida que vão pro Oriente Médio e pronto, a matriz é destruída, confiscamos as reservas de petróleo e a fortuna dos 4034830 príncipes árabes, os muçulmanos que sobrarem pelo mundo não vão ter mais mesadinha pra sustentar suas mesquitas e armas.

    • Se não for uma, será a outra. Quando abre um espaço, alguém preenche. Seria necessário operar uma mudança de mentalidade para que não exista espaço para religiões.

  • “Se o “não vencer”, a missão será abortada e vocês não escutarão mais falar de nós. Seguirão com suas vidas no presente, acompanhando eventos tão interessantes do tempo de vocês: Copa do Mundo, resgate na Tailândia e tantos outros assuntos que, para vocês, são importantes e atuais. É simples assim, vocês tem o poder de poupar a todos das consequências.”

    Então eu voto sim!

    • Pqp, Leona… você quer uma semana de contos nerds enquanto Elon Musk manda mini-submarino para tirar os meninos da caverna???

  • Innen Wahrheit

    Só uma dúvida: como é que esse tal de S0-M1R pretende neutralizar possíveis radicais em nosso tempo (se mandar prender, vem outra pessoa e manda soltar; depois vem outra e determina que tem que ficar preso… Depois vem a pessoa anterior de novo e diz que tem que soltar em até uma hora; depois vem outra e diz que quem mandou soltar não poderia fazer isso (e assim por diante, até ninguém mais lembrar do motivo da prisão no início).

  • O plano deve ser executado, não que eu acredite que dê certo mas é melhor do que não tentar e depois ficar se remoendo sobre como as coisas poderiam ter sido.

    • Tomara que esta semana tenha um baita atentado no jogo de terça e vocês fiquem sem cobertura por terem escolhido historinha nerd!
      :(

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: