Pilha na Fazenda – 1

Segundo dia do programa “A Fazenda”. Não tem muito o que falar, pois a casa está abarrotada de idiotas e a edição do programa não parece compreender a importância do Pilha para o programa e para a humanidade. Ele está dividindo holofotes com esses ignóbeis e acaba sendo ofuscado pela tonelada de imbecilidades que essas pessoas vazias e burras falam o dia todo.

O grau de desinteressância dos participantes é assustador. O vocabulário é de dar medo. O uso excessivo de palavras como “tipo assim”, “ranço” e outras gírias que não condizem com ninguém acima de 18 anos foram usadas exaustivamente. Perdi uns 30 pontos de QI vendo esses animais dialogarem. Plural? Não existe. Concordância verbal? Raramente. Todos falam com tom de autoridade, cheios de certezas, mesmo sem conseguir concluir uma frase com coerência.

Começou a cobrança com os participantes. Pela primeira vez tocou o despertador em um horário obsceno, para que os infelizes comecem a cumprir suas tarefas diárias. Pilha acorda todo encasacado, com uma touquinha de lã na cabeça, uma espécie de versão hardcore do Zé Gotinha, um espermatozoide marrento. Não mexam com o Pilha na parte da manhã, eu vi o demônio naquele olhar.

O choque maior foi ver o Pilha batendo um papo sem camisa. Ele está todo rabiscado, parece um bloco de notas com pernas. Tem uma tatuagem no peito, enorme, com letra de convite de casamento escrito “FAMÍLIA”. Crucifixos e outros símbolos povoam o pequeno e castigado corpinho do nosso herói. Tem uma lateral que é do tamanho de uma redação do ENEM, não consegui ler, fica a missão para o próximo programa.

Apesar de não ter muito destaque, por causa daqueles pedaços de carne com QI de ameba que lotam o programa, o Pilha já chegou botando ordem na casa, mandando que os outros aprendam a acender o fogão à lenha. Um dos energúmenos argumentou que queria tomar banho primeiro e o Pilha mandou na lata “eu quero que o seu banho se exploda”.

É assim, né? Quem tem liderança conduz o rebanho. Pilha é alfa e isso flui nas suas veias, ao menos até aquele bando de lutador sarado resolver espancar ele, aí vai começar a fluir do lado de fora do corpo mesmo. Uma expulsão por violência sempre anima um reality show, estamos no aguardo.

Pilha também praticou a arte do auto-elogio. Conversando com o humorista do pânico ele disse ser “um cara inteligente e bacana”. O Ministério da Saúde adverte: drogas aumentam sua autoestima. Não que seja novidade, afinal, ele já se referiu a si mesmo com “astro do rock”, “uma das maiores personalidades do Brasil” e “a alma do Polegar”, mas é sempre lindo de ver o Pilha pregar a palavra. Ele também disse que não se aguentava ver no Power Couple. Nenhum de nós, meu anjo. Por favor, performe melhor neste.

Para minha tristeza, nesta edição, ao que tudo indica, não há avestruz. Uma pena, ave grande, agressiva, seria bastante divertida. Também não tem búfalo, animal pesado, com chifres pontiagudos. Assim fica difícil do espectador se divertir. O bicho mais perigoso que tem é uma égua chamada “Ding”. É isso, sinto desapontá-los, mas, a menos que esses ignóbeis se esfaqueiem, o máximo que teremos é uma mordida de cavalo.

A primeira tarefa designada ao Pilha foi cuidar do lixo da casa. Uma pena, o lixo não revida, vai ser uma semana parada. Mas não se preocupem, à medida que esses imbecilóides forem saindo e sobrar o Pilha com mais meia dúzia, a diversão de verdade começa.

Para dizer que está torcendo para o Pilha sair na primeira semana para esta palhaçada acabar, para dizer que está torcendo para o Pilha sair na primeira semana para restaurar minha rotina saudável de sono ou ainda para dizer que está ocupado tretando sobre política: sally@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Etiquetas: ,

Comentários (4)

  • Sally, vim sedenta aqui no blog assim q começou o programa, nada como a maior fã de Pilhinha pra esmiuçar essa alma incompreendida para os relés mortais q não tiveram o prazer como nós, de serem contemporâneos do astro do rock no auge
    Te amo e obvio q indiquei seu blog pra uma amiga q caiu de paixões por ti

    • Helena, tá no começo, tem muita gente, a coisa vai ficar sem graça um tempo. Mas acho que da metade do programa em diante vai ser épico!

  • Vindo aqui para dizer que quero que Pilha saia na primeira semana, porque dormir pelo menos oito horas por noite é fundamental. Fora Pilha, Fora a Fazenda.
    Obs.: sou pé frio e ele vai ficar até o final, para a sua diversão.
    Obs.2: Skylab na Fazenda ia dar um bom participante, imagina acordar cedo e em vez de bom dia, receber um “dedo, cu, língua, buceta”?!

    • Sei lá, Skylab anda tão monotematico e empenhado em defender o PT que eu não ia aguentar ele falando por muito tempo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: