Decidindo no Segundo Turno.

A Festa da Democracia continua, meus queridos. Agora temos a maravilhosa tarefa de escolher entre o Pocket e o Andrade, olha que delícia! Pela ideologia, pelos valores e pelo Plano de Governo de cada um deles fica muito difícil, eu teria até receio de passar um desses Planos de Governo na minha bunda e eles sujarem mais do que limparem. Então, o que fazer? Há! Desfavor tem a solução!

Desfavor te convida a decidir seu voto através de um critério inovador: qual deles é melhor em clichês? Foda-se como vai cuidar da segurança, sempre que escolhemos por esses critérios racionais votamos mal, então, desta vez, a pergunta é: como come pastel? Foda-se o que pretende fazer pela educação, que tal ver como se sai em fotos com crianças? Novos critérios, meu povo. Precisamos de novos critérios!

Depois deste período eleitoral e de pesquisar muitas fotos para esta coluna, percebi que temos um referencial em matéria de foto de campanha. Um Mestre, um Jedi, uma Lenda: José Serra. Por isso, acabo de instituir a Escala José Serra de Desempenho em Fotos. Vamos comparar os concorrentes com José Serra na mesma situação, sendo Serra o expoente da nota máxima alcançável naquele quesito, e vocês pontuam os candidatos utilizando o Master Supreme das Fotos como referencial. O candidato que alcançar a nota mais alta na escala joseserrística, é o que deve ser votado. Pronto. Simples. Agora sim o Brasil vai pra frente!

Vamos à avaliação dos nossos candidatos, quesito a quesito.

QUESITO 1 – COMENDO PASTEL

Todo candidato que se preze tem que comer pastel na rua. Aquele bem sujo, feito com carne de pombo. Aquele fritado no óleo onde também se fritou batata, sardinha e, porque não, acarajé. O pastel vem com um after-taste de peixe. O pastel pinga óleo, queimando os dedos e a boca. E o pastel é quase sempre enorme, de modo a ser ainda mais torturante e interminável para nossos heróis, sobreviventes da campanha eleitoral.

Eis o Mestre Supremo comendo pastel:

Observem a empolgação, a vitalidade, a clara vontade de estar ali fazendo aquilo. Serra acaba de lançar um contraponto à técnica Mindfulness: a Mindemptiess, ele parece permanentemente ausente. É uma pessoa que atingiu o Nirvana do foda-se, ele está alheio ao mundo, ele está no universo pessoal dele, soberano. Obs: Alguém sabe me explicar porque idoso quando vai comer alguma coisa sempre coloca a língua pra fora da boca?

Agora vamos ver os aprendizes. Qual destes homens vocês diriam que sabem comer pastel melhor, de forma mais espontânea e graciosa?

Vamos começar pelo Andrade. Obviamente temos o dedo mindinho onipresentemente levantado. Certeza que ele toma café sorvendo bolhas de ar junto e fazendo barulho. Ele tem cara de quem rouba saquinho de adoçante do estabelecimento, olha a cara de desclassificado desse animal. Percebam que ele está enrolando para comer, parece estar assoprando o pastel. Sabe criança quando a mãe manda comer espinafre e ela fica jogando a comida de um lado pro outro do prato? Eu quero crer que é isso, porque se esse biquinho de cu de galinha for uma prévia da mordida que ele vai dar no pastel, este homem não está apto para governar o país.

Falemos agora de Pocket (Bolso, em inglês, apelido carinhoso que os cariocas deram para o candidato). Olha o Pocket, com o combo Pastel + Caldo de Cana. Olha a cara do Pocket. Não parece quando você é obrigado a comer dobradinha na casa da sogra, que tem que sorrir e dizer “Mmmmm… está uma delícia” mesmo com aquela lágrima de gorfada contida escorrendo? Toda a musculatura do corpo deste homem está contraída em uma única tarefa: não vomitar. Aproximei a foto e pude perceber uma lágrima se formando no olho direito dele (que, na foto, está à sua esquerda). Não sei como ele aliou com a bancada evangélica, está bem claro no olhar dele que Deus o abandonou.


QUESITO 2 – FOTO COM CRIANCINHA

Foto com criancinhas durante a campanha é outro clássico. Mas não subestimem este quesito, ele pode ser bastante revelador. Assim como os cães, as crianças pressentem pessoas ruins e não se acanham em deixar transparecer suas reações mais primais. Tem muita criança por aí com mais feeling sobre candidato do que o próprio eleitor adulto.

Aqui vai a foto referência do Mestre Supremo:

Todas as exigências da categoria estão cumpridas: a criança visivelmente não está gostando da foto, o político está totalmente alheio à criança, preocupado apenas em sair bem e o político segura a criança como se fosse uma embalagem de exame de fezes. Percebam, na segunda foto, como ele tenta descontrair e brincar com a criança fazendo “caretas”. Eu mesma teria medo disso. Se eu vou beber água no meio da noite e encontro isso no corredor da minha casa, mato a pauladas.

Agora vamos ver como nossos aprendizes se saíram?

Bônus para Andrade, que conseguiu contrariar não uma, mas quatro crianças, talvez cinco, não sei, não dá para ver direito a expressão da que está no colo ali no cantinho. Gente, olha a cara de pavor dessas crianças, vejam como elas pedem socorro com os olhos! Andrade acocorado com esse chupa-cabra de brinquedo olhando para as crianças, enquanto elas desviam o olhar em pré-choro buscando por ajuda. Sensacional, sensacional. Reparem no câmera de blusa vermelha, a cara de “irmão, tá mandando mal” que ele destina ao Andrade. Calma, crianças, podia ser pior, podia ser o Alckmin, aí vocês ficariam sem merenda.

Agora vamos analisar o rival. A criança visivelmente não está gostando da foto – check! O político está totalmente alheio à criança, preocupado apenas em sair bem – check! O político segura a criança como se fosse uma embalagem de exame de fezes – check! Pocket pontuou em todos os quesitos, ele joseserrou a foto! Percebam a cara da criança de “Sério pai? Sério que você vai me colocar nas mãos desse sujeito?”. Olha os dedinhos tensos, retesados, da criança tomada pelo medo. Esta criança merecia ter porte de arma para se defender de uma violência como essa!


QUESITO 3 – PÚBLICO GLS

É importante que o candidato se mostre aberto, respeitoso e representativo para com minorias, como por exemplo o público GLS. Quer dizer, dependendo de quem seja, pode até chamar Pelotas de “polo exportador de viado” que não pega nada, mas em se tratando desses dois, é preciso se mostrar integrado e confortável com a comunidade LGBT.

Vamos observar o Mestre:

Não acho necessário comentar, só quero deixar registrado que se algum dia este homem sofrer de problemas cardíacos, provavelmente está relacionado à taquicardia que passou neste dia.

Vamos ver os aprendizes:

Observem como Andrade está confortável, descontraído e à vontade. Não passa um Bóson de Higgs pelo cu, não é mesmo? Tenso, tenso, tenso demais. Esta alegoria que está ao seu lado, que, devido às infinitas siglas atuais, não sei classificar, está adorando os cinco minutos de fama, mas provavelmente também está colapsando por dentro ao ver a combinação de jaqueta de tactel com camisa polo do Andrade. Então, de certa forma, acho que é possível dizer que ele agrediu a comunidade LGBT. O que é esse sorriso de derrame do Andrade? A boca meio aberta, meio fechada, fazendo o Stallone? Sabe porque não vemos a mão esquerda do Andrade? Porque ele está tapando o cu, com medo que alguém ali coma.

Agora vamos analisar o Pocket. Ele está recebendo todo o afeto alegre de Amin Khader suado. A última vez que vi um sorriso tão amarelo e desconfortável foi quando o Pilha entrevistou a Juma Marruá em um velório. Na primeira foto Amin agarra o Pocket com vontade e ele visivelmente tira o corpo, para ter o menor contato possível. Na segunda foto o Pocket dá uma inclinadinha de rosto ao receber um beijo, para assegurar que Amin não chegue nem perto da sua boquinha hetero. Na terceira foto ele parece estar pedindo para pelo amor de Deus sair dali, por estar com urticária. Mas sempre sorrindo, aquele sorriso que criança de cinco anos dá quando a mãe briga e manda sorrir para a foto. Certeza que ele saiu dali, tomou banho e passou pomada de testosterona pelo corpo todo.


QUESITO 4 – FUTEBOL

Futebol é paixão nacional e, considerando a má fase da seleção brasileira, o desempenho de amadores não fica mais tão vergonhoso. Candidato que se preza tem que saber jogar futebol para ter identificação com o povo. Tem que ter domínio de bola, saber chutar e dibrar, porque “drible” é elitista demais. Candidato bom não dribla, ele “dibra”.

Observem o Mestre:

Serrão foi chutar uma bola, em um esforço hercúleo, gastando a última energia vital do seu corpo e… acabou perdendo o sapato. É esse tipo de coisa que o povo quer ver, candidato se despindo dos bens materiais em nome de um objetivo. Ele foi jogar bola em um campinho de terra de sapato social e suéter? Sim, mas ele deu o sangue (e provavelmente toda sua capacidade pulmonar) nesse chute. E seu sapato.

Agora, aos discípulos:

Andrade ficou no gol, uma escolha muito questionável, e ainda levou um frango e caiu feito um jaca podre. Porém ele segue a escola joseserrística e vai jogar bola de sapato e camisa social, o que lhe rende alguns pontos extras. Percebam que o reflexo do Andrade é seriamente comprometido, a bola já beijou a rede, na altura do seu peito, e ele está todo se jogando pro lado, com a mão baixa. Parece mais um passo de jazz do que uma defesa. Ou ele, assim como seu amo, bebe pra caralho, ou tanto tempo de vida acadêmica atrofiou sua destreza física. Destaque para a cara de desprezo do popular que passa ao fundo, observando a posição de garça com câimbra do Andradão.

Esta imagem do Bolso é um clássico, garanto que todo mundo já viu… a versão bonitinha, onde aparece ele chutando o Pixuleco no horizonte. Porém, a realidade não é tão bonita. Enquanto Bolso-Pai exerce seus dons futebolísticos com um boneco do Lula, o Bolso-Filho o segura pelas calças para que ele não despenque. Achei curioso que o Pocket levanta os braços também quando chuta. Intenso. O chute também foi desferido com sapato e camisa social e, ao que tudo indica, ele tem o mesmo equilíbrio e destreza física do Andrade, só que sem doutorado para justificar isso.


QUESITO 5 – SAÚDE É COISA SÉRIA

É de interesse da nação que o povo se cuide, que esteja em dia com sua saúde. Para isso é fundamental que os candidatos incentivem a população a procurar por médicos, já que brasileiro tem o péssimo hábito de evita-los. Fotos em postos de saúde e em ações voltadas para a prevenção de doenças são um clichê, mas nossos homenageados de hoje levaram a coisa à última instância.

Vamos começar pelo Mestre:

Seu filho tem medo de vacina? Mostre esta foto do Serra para ele, ele vai deixar de ter medo e… passar a ter PAVOR. Serrão todo se cagando, parece que estão amputando seu braço. Um belíssimo incentivo à vacinação. O brasileiro médio olha essa foto e pensa “nem fodendo que eu passo por essa dor, prefiro a doença”. A cara do Serra tá tão ruim que parece que não estão injetando, estão tirando todo seu sangue do corpo.

Vamos ver o que nossos candidatos conseguiram?

Observem o aparato de guerra para pingar uma gotinha na boca de uma criança. Dois marmanjos mais uma senhorinha segurando a coitada. Não querem amarrar logo as quatro patas, feito bezerro de rodeio? O tiozão segura a cabeça, a vovozinha as pernas e Andrade o maxilar da criança. Sério, eu vacinava Pit Bull e Rottweiler sozinha, quão terrível tem que ser uma criança para precisar de tudo isso? Quão pavoroso deve ser para a criança ser segurada desta forma por dois estranhos? Onde estão as pernas do Andrade, ele está levitando na horizontal?

Esta foto do Pocket… sem palavras. Parece um mosquito da dengue saindo da aula de ballet. Aplaudo o bom humor, eu, quando passei por essa cirurgia mal conseguia me mover no pós-operatório, mas esse tipo de foto, todo entubado, todo cheio de penduricalhos feito uma árvore de natal doente, não colaboram para tirar o medo que brasileiro tem de médico e hospital. Bolso parece uma fada sapatão atropelada, uma versão Chilly Beans da Cinderela, é um retrato das indignidades que podem acontecer com você caso precise ser hospitalizado.

E aí, qual dos dois pontuou mais na Escala José Serra de Desempenho em Fotos?

É isso, meus amores. Espero que estes novos critérios os ajudem a elucidar o melhor candidado. Agora vai, agora, com estes critérios, o Brasil muda!

Para dizer que quer uma versão igual mas com os infelizes que não se elegeram, para dizer que se foto elegesse alguém o Serra teria sido presidente ou ainda para dizer que assim dá gosto em falar do segundo turno: sally@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Etiquetas:

Comentários (35)

    • Não sei, mas certamente não tem ninguém mais imbecil do que aquele que não gosta da gente mas, ainda assim, perde seu tempo comentando aqui.

  • Wellington Alves

    A assessoria dos políticos precisa conhecer essas postagens. Tenho certeza que será uma revolução no marketing das campanhas!

  • Salu, vc viu a “tática” do PT no segundo turno? Tratam as pessoas como retardadas né , depois de afirmar q Haddad é Lula querem quase q esconder isso rs.
    Acho q é um sinal de desespero, nem sabem mais o q fazer.
    Gostaria q perdesse até no Nordeste . Será q é pedir muito ?

    • Tudo indica que vai ganhar, mas não podemos esquecer que é uma situação inédita: o cara tá convalescente, sem poder fazer campanha na rua.

      • O número de votos pro Bolsonaro vai aumentar assim que ele tiver tempo suficiente na TV e no rádio, que são os principais meios de informação do interior do Nordeste (essa gente vive uns 10 anos atrasada em relação às cidades maiores). E como ele está falando o tempo todo que não vai cortar o Bolsa Família, acho que o Bolsonaro só perde pra uma fraude, mesmo.

  • Nem se Amin fosse hétero aquela agarração ficaria menos desconfortável; obviamente houve um exagero deliberado (talvez até mal-intencionado). Os olhos enviesados do Andrade passam uma impressão ora de deboche, ora de dissimulação e ele tem um jeito que lembra um pequeno lorde inglês acostumado a ser servido de chá Twinnings pelo mordomo todos os dias, que por algum motivo está sendo obrigado a conviver com gente dos trópicos.
    Sally, “te respeito pra caramba”, ainda mais nestas últimas postagens; sua energia é perceptível.

  • Vou votar no Pocket
    Ponto duplo para ele fazendo arminha no hospital
    Para ele sendo beijado pelo viado
    E ele jogando futebol

    O fake Lula não me convenceu e está muito deprimido. Melhor ele sair do armário logo antes q seja tarde .

  • Meu sonho ser igual o Pocket que come pra caralho e não engorda. Deve ser por isso que ele é imortal, devido aos anticorpos das tranqueiras que come. Tem uns vídeos no YT só na barraquinha de comida mandando pra dentro! Me deu dor no coração ver ele só no soro, sem.poder comer as gordices. Comam, meu povo!

  • Maya, a viada da bike

    Dá vergonha de admitir, mas até que eu acho o Andrade bonito de alguns ângulos… Os posts políticos do Desfavor maravilhosos e engraçados como sempre hahahahahahahaha

  • hahahahahaha!! chutando o pixuleco e tomando vacina foram as melhores.

    1-Nem vem, que isso é frescura do Serra com o pastel. Olha a cara da mulher no fundo da foto, parecia que queria um pedaço. Radad (é, eu chamo ele assim, duvido que esse H seja mudo, esse nome é o que, libanês?) está muito gay com esse pastel. Então ponto pra ele.

    2- ponto pro Radad. A coisinha feia no colo do Pocket não parece tão assustada, está mais perdida. Se duvidar ele está com essa cara por medo da criança.

    3- ponto pro radad também. A figura que o acompanha ajudou neste quesito. Está chamando mais atenção.

    4- ponto pro pocket. Quase caindo foi ótimo.

    Então é isso aí, Fernando Serra no 2 turno!

  • Sally, Sally… Só tu mesmo com todo seu sarcasmo e ironia pra nos fazer rir em tempos de histeria coletiva! Muito bom! haha

    Off: sdds somir! Manda um bjo pra ele!

  • Detalhe – menor mas não menos “interessante” – da foto da vacina no Serra: ele não tem cabelo na cabeça mas tem no ombro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: