Primeiro Turno

Olá meus queridos, vamos fazer um balanço geral da Festa da Democracia? Mal organizada, violenta e com muita gente feia, ela foi a cara do Brasil!

Como o próprio PT está chamando, esta eleição foi um “massacre”. Olha, para que o Lula, criatura mais soberba e arrogante do partido, reconheça uma derrota, eles levaram um pau muito, muito feio. Normalmente o molusco se apegaria ao segundo turno para dizer como o PT está forte, mas dessa o estrago foi tão grande que Voça Majestadi Silva I enfiou o galho dentro.

Pudera, tirando o Nordeste, que sabemos ser um reduto de voto de cabresto, baixa escolaridade e de eleitores de baixíssimo grau de consciência, o PT performou muito, muito mal. Mesmo figurinhas famosas, que se contava que seriam eleitas, como a Dilma, por exemplo, ficaram de fora. Deu ruim, hein galera? Não vai ter foro privilegiado, vão responder aos processos da Lava Jato como qualquer pessoa comum. Não vai ter foro, vai ter Moro!

Já o partido do Pocket, o PSL (Partido Social Liberal), que sempre foi nanico, elegeu com força, direta e indiretamente. Só para que vocês tenham uma ideia do patamar de crescimento do PSL, em 2014 o partido elegeu apenas UM parlamentar. Este ano a coisa mudou drasticamente: só de deputados federais, elegeram 52. Tudo isso alavancado por um único homem: Bolsonaro, que sozinho representa o partido. Gostando ou não, estamos diante de um fenômeno. Bolsonaro tem hoje o mesmo Toque de Midas que Lula tinha nos bons tempos.

No Rio, as pesquisas davam como certa a vitória do Eduardo Paes. Pois bem, foi só o Bolsonaro apoiar outro candidato que Dudu da Portela foi jogado para escanteio. Wilson Witzel, praticamente um desconhecido, quase levou no primeiro turno e virou Governador do Rio. Pocket ganhou em quase todas as urnas do Rio de Janeiro, terra de puta e viado, que normalmente não votaria de jeito algum em um conservador moralista. É o desespero das pessoas para sair do PT, já elegeram um Bispo da Igreja Universal como Prefeito para fugir do Freixo, agora vão de Pocket.

As pesquisas, por sinal, foram uma vergonha à parte. Erros grotescos, sem precedentes, que extrapolaram muito qualquer margem possível, foram cometidos. Dilmão que, pelas pesquisas, ficariam em primeiro lugar, acabou em quarto. O curioso é que não houve qualquer explicação. Erraram quilômetros além da margem prevista de erro e nada foi dito nem cobrado.

Se este fosse um país decente, institutos de pesquisa que divulgassem dados fora da margem de erro deveriam ser punidos com multa, com cinco anos sem poder fazer pesquisa ou até com seu fechamento. Mas nada vai acontecer. Que sirva para reforçar o que estamos dizendo desde 2014: nunca acreditem em pesquisas.

Um pessoal que está pendurado na Lava Jato não conseguiu se eleger, portanto, não terão foro privilegiado, portanto poderão ser julgados e condenados por um juiz comum que não é da panelinha deles e pode não inocentá-los. Gente grande, como Dilma, Lindbergh, Requião, Beto Richa, Pimentel e outros. Gente que investiu muito pesado em dinheiro, em campanha e em compra de votos para salvar sua liberdade não chegou lá. Isso é um avanço. Pequeno, porém um avanço: mais da metade dos alvos da Lava Jato não conseguiram se eleger, portanto, estão sem foro privilegiado.

Outro avanço foi ver as crias das ratazanas não se elegendo. Muitos filhotes de Filhos da Puta não conseguiram um cargo, como por exemplo os filhotes de: Sergio Cabral, Eduardo Cunha, Jorge Picciani, Fernando Collor e Crivella. Aliás, nem o filho, nem a ex-mulher nem a ex-cunhada do Collor se elegeram, acho que dá para comemorar só um pouquinho, né? Precisamos comemorar, pois geralmente quem tem pedigree político acaba se elegendo no Brasil.

Dinossauros da política também ficaram de fora. Aquela mesma gentalha que sempre fazia as coisas do mesmo jeito, com o mesmo discurso. Gente que você olhava e pensava “Putz, já deu, né?”. Suplicy, Chico Alencar e muitos outros que esquentavam a cadeira por décadas ficaram de fora. Os Sarney perdendo no Maranhão, minha gente! Vai dizer que isso não é uma mudança? Vamos ver se agora, com este resultado prático, as pessoas se tocam de que os tempos mudaram e quem ficou parado na mentalidade antiga vai ficar pra trás.

Mesmo dinossauros influentes ficaram de fora. Romero Jucá, Presidente Nacional do seu partido (MDB), seis mandatos (mais de 20 anos no poder), não se elegeu. Eunício Oliveira, Presidente do Senado, também não conseguiu. Edison Lobão e Lúcio Vieira Lima também estão de fora. Todos eles com possibilidades reais de sofrerem as consequências da Lava Jato. Não sei o que vem pela frente, mas é um sinal claro de que algo mudou. O Senado teve menor índice de reeleição desde 1989, o que é ótimo, pois em vez de merdas velhas, colocamos merdas novas no poder. A renovação ainda é baixa, mas já está maior do que de costume.

Percebam que não estou aqui comemorando que o povo votou “certo”. Isso é um mundo muito distante na nossa pirâmide de Maslow eleitoral. Comemoro algo mais primal, mais básico: todas essas raposas velhas, principalmente as que estão na mira da Lava Jato e precisavam de foro privilegiado para não serem presas, fizeram o diabo para conseguir se eleger. Pode ter certeza que tentaram comprar votos, fazer todo tipo de aliança, fraudar urna, vender a alma ao diabo e… não conseguiram. Gente que até hoje, por décadas, conseguiu se eleger fazendo as piores coisas, não está mais conseguindo.

Isso quer dizer que o Brasil virou o jogo e se tornou um país honesto? Pausa para rir: HAHAHAHAHAHAHAHAHA. Não, claro que não. Nem tão cedo o Brasil vai ser um país honesto com esse povinho corrompido e hipócrita. Isso quer dizer que surgiu um predador, mais forte que eles, que os impediu de colocar em prática velhos esquemas de tomada de poder. Isso quer dizer que eles tentaram velhas táticas desonestas que sempre funcionaram e agora, algo os barrou. Finalmente surgiu um predador maior do que eles.

E é isso, apenas isso que eu comemoro. Esses canalhas não deixaram de se eleger porque o povo ficou esperto, deixaram de se eleger porque seus esquemas foram neutralizados. Por heróis bonzinhos? Negativo, por pessoas igualmente filhas da puta, que também vão fazer esquemas e bandalhas e que em tempo algum pensarão no bem-estar do povo. Porém, acabaram de chegar, são mais fáceis de derrubar se for preciso. O país demorou quase vinte anos para se livrar de um onipresente PT, essa raça ruim é difícil de extirpar. Sempre vou comemorar que o poder esteja nas mãos daquele que seja mais fácil de derrubar. Inclusive, como oposição, o PT é impecável, vai ser divertido de assistir o inferno que vão causar se não se elegerem.

Outro efeito novo, que a gente cantou a bola muitos meses antes, é a popularidade não mais atrelada à TV, propaganda eleitoral, mídia ou dinheiro. Alckmin (que por sinal contava com muito tempo de propaganda eleitoral) e Meirelles concentraram 76% dos gastos da corrida eleitoral (cerca de 104 milhões de reais) e levaram um pau, enquanto que o Cabo Daciolo, que gastou com sua campanha R$ 750 ficou na frente de gente grande, com mais nome e tradição, inclusive na frente do próprio Meirelles, da Marina e do Boulos. Glória a Deux! Ux tempux mudaram irmãox!

O lacre, como de costume, só faz barulho na sua bolha virtual e não tem qualquer relevância da vida real. Rodrigo Amorim, aquele candidato que quebrou a placa em homenagem à Marielle, foi o mais votado no Rio de Janeiro. O sujeito que estava ao lado dele ajudando quase virou Governador no primeiro turno. Tá claro o recado ou querem que eu desenhe?

Marielle presente? O carioca está CAGANDO para todo o lacre feito em torno da Marielle e a resposta veio muito clara nas urnas: estão tão de saco cheio que elegeram em peso um sujeito que representou isso fisicamente, quebrando uma placa que foi ação de lacradores que queriam chamar a atenção. Taí a resposta, nas urnas, conforme esquerdinhas tanto bradavam que ia acontecer. Aconteceu, mas foi contra eles. Surpresaaaaa!

O Bolso-Filho (Eduardo, ele tem um monte) foi o Deputado Federal (por São Paulo) mais votado da história do Brasil. Não apenas destas eleições, mas de todas as que já existiram. Quase dois milhões de votos. Alias, um outro Bolso-Filho, Flávio, foi o Senador mais votado pelo Rio de Janeiro. Sim, meus caros, a resposta vem nas urnas, como o Lula bradou enquanto estava sendo preso. As pessoas não aguentam mais. Mas é um grau de não aguentar mais desesperador, que leva a esse tipo de atitude, a votar nessa família.

O PT é um câncer, um veneno, um parasita altamente nocivo que se recusou a largar o poder mesmo tendo feito uma tsunami de merda. Se você tem que derrotar um bicho grande, forte e filho da puta, é natural que as pessoas escolham para combate-lo outro bicho grande, forte e filho da puta. E se teve alguém nestes dez anos que chegou perto de conseguir fechar de vez o Desfavor, foi o PT. Quem perseguiu, censurou, mandou matar e mandou bater foi o PT.

Falem o que quiserem do Bolsonaro, que eu vou concordar, mas uma coisa não se pode negar: no meio da intimidação pela gritaria do lacre, ele nunca abaixou a cabeça, sempre gritou mais alto e bateu de frente. O povo viu ali um adversário capaz de peitar o PT. E ele tolera que falem qualquer bosta dele, e ainda acha graça. Ele é tudo de ruim que vocês quiserem, mas sabe rir dele mesmo. Na prática, não muda em nada a condução do país, mas para meu trabalho faz toda a diferença.

Quando, em um show ao vivo às vésperas das eleições o Danilo Gentili disse que “Bolsonaro é tão homofóbico que aposentou o próprio cu” (por causa da bolsinha de colostomia) ele postou uma foto sua assistindo ao show e rindo, e seus filhos fizeram o mesmo. Fosse o PT, era processo, era agressão, era ameaça. As pessoas cansaram disso. Eu cansei de viver de ameaça de Ministério Público isso, de processo daquilo, de notificação para tirar tal postagem do ar cada vez que tem um texto falando uma linha do PT.

Chega. CHEGA. Ninguém aguenta mais ser silenciado. Ninguém quer regulação da imprensa. Ninguém quer mais ter que aplaudir calado para não ser perseguido. Nem que pra isso se entregue o país a um orangotango cocainômano, a um papagaio maconheiro, a um jacaré bipolar. Eu topo tudo para poder escrever um texto e não receber notificação mandando tirar do ar. E pelo visto não sou só eu, no geral, os brasileiros topam TUDO, T-U-D-O menos o PT. Ficou claro nas urnas.

Agora vamos falar de Ciro… Ahhh… Cangaciro, coitado, incorreu em um erro básico: achar que a turma do lacre rende alguma coisa fora da bolha virtual onde vivem. “Vira Ciro” não consegui nem 1% de votos a mais para ele, a única coisa que Ciro virou foi piada. Macaco velho, com dinheiro de sobra, com todos os recursos e infraestrutura e não conseguiu nem ir para o segundo turno.

Boa Cirão! Parabéns para você e para sua equipe! Volta lá pro Ceará e responde aos 70 processos por agressão, difamação, abuso de autoridade e tantos outros crimes que você responde, tá? Aproveita e manda sua militância enfiar no meio do cu as ameaças de processo pelo texto sobre você que escrevemos. Só tomem cuidado para não machucar a próstata no processo, ok?

Claro, nem tudo são flores. Foram eleitas pessoas que não tem condição de ser nem síndico de prédio, como Alexandre Frota, Jorge Kajuru, Tiririca, Bebeto (sim, o jogador de futebol), Danrlei (sim, o goleiro), Leci Brandão e até um príncipe Orleans e Bragança. Porra, se era para eleger esses despreparados, porque deixaram Dr. Rey de fora? Tadinho, ele não se elegeu. Eu queria Dr. Rey trazendo transparência para a política brasileira, com aquelas suas blusinhas de tela.

A Festa da Democracia foi mal organizada. Filas enormes para votar, mesários usando camisetas a favor ou contra candidatos, urnas com problemas muito suspeitos, pessoas exaltadas demais. O termo ZONA eleitoral define bem o que aconteceu. Além das brigas clássicas, onde eleitores de partidos opostos trocam porrada, tivemos alguns eventos exóticos que ilustram muito bem como anda a saúde mental do brasileiro.

Teve bala na Festa da Democracia, e não me refiro ao doce. Em alguns locais a urna eletrônica foi recebida a tiros. Outros destruíram a urna a marretadas. Teve feminista perdendo a linha, tirando absorvente sujo de sangue, esfregando na urna e depois quebrando a urna enquanto gritava “Lula Livre”. Depois não sabem porque estão levando uma sova nas urnas… o povo tá de saco cheio disso. Lacre é bonitinho na internet, na vida real irrita e tumultua a vida das pessoas. Tivemos também o auge da brasilidade nagô: um elemento que entrou na cabine, abaixou as calças, cagou no chão e, com suas mãos, esfregou merda na urna enquanto bradava palavras de defesa ao PT. Uma coisa não se pode negar: o sujeito soltou o Lula dentro da cabine.

Tentativa de fraude teve aos montes, mas isso, meus amores, nem adianta falar. Por algum motivo viralatístico, o povo brasileiro tem o maior orgulho de suas urnas eletrônicas. O Japão, o fuckin´Japão que tem tecnologia de ponta para tudo, vota no papel, mas Brasileiro HUE é fodão e tem urna eletrônica segura pra caralho. Não dá nem para começar a argumentar. É mais do que evidente que o TSE não vai fazer nada. Tá joinha, se Dilma não se elegeu, é porque apesar das fraudes, tem gente forte o bastante para barrar fraudes também ou fraudar mais ainda. Ruim? Péssimo, mas pelo menos desta vez tem dois lados atirando.

E, na boa? Se você odeia o Pocket, torça para que ele seja eleito. Tudo, TUDO que acontecer de ruim no país, mesmo que tenha sido uma sementinha plantada pelo PT, vai cair na conta dele. TUDO. E vai ser cobrado muito caro. É provável que ele saia escorraçado, mal falado e que o rebote seja tanto que venham outros tantos anos de PT. Então, se você é petista, encare o Bolso como uma caderneta de poupança e pare de se estressar.

Não vai ter guerra civil, não vai ter ditadura, não vai ter nazismo, não vai ter golpe, não vai virar Venezuela não vai NADA. Vai continuar a mesma merda, com Poker ou com Andrade, só vai mudar o tom da condução do país. Nas leis, quem manda é o Congresso, ou seja, Alexandre Frota e Tiririca. DISSO ninguém tem medo? Tão com medo da coisa errada, hein?

A Abstenção bateu recorde: 20%, uma das maiores da história do país. Pudera, ninguém se sente representado por esses candidatos, ainda por cima tem que perder horas em uma fila desorganizada para votar e, para piorar, ainda se corre o risco de apanhar, ter que meter a mão em sangue ou em merda. Você culpa que não foi votar? Eu não culpo. Deveria existir um mecanismo onde a maioria da população pudesse dizer que um candidato não os representa, de modo a convocar novas eleições com novos candidatos.

Eu sinceramente só lamento que essa palhaçada não tenha terminado no primeiro turno, agora serão mais três semanas de brigas, dedo no cu e gritaria. Acredito que estejamos todos de saco cheio dessa palhaçada, das mentirinhas alarmistas de ambos os lados, do medo que tentam plantar, da agressividade e do ridículo de ver babaquinhas com político de estimação.

Mas beleza, vamos tentar sobreviver a estas três semanas com graça e elegância, rindo e fazendo rir, porque não se envolver com as polaridades, não se deixar aborrecer e ver o circo pegando fogo comendo pipoca é a melhor coisa para sua vida.

Vejam pelo lado bom: continua nossa série de postagens de fotos humilhantes dos candidatos. A política brasileira é muito patética para ser levada a sério. Eu os proíbo de se aborrecerem ou sentirem medo por causa de uns bostas que no final vão todos se aliar e distribuir cargos entre si. Saiam do medo. Repitam comigo o mantra: NADA SIGNIFICATIVO VAI MUDAR, NADA TRÁGICO VAI ACONTECER.

Para contar algo bizarro que você tenha presenciado na sua votação, para dizer que há indícios claro de qual caminho isso vai tomar ou ainda para dizer que ganha quem conseguir fraudar mais urnas: sally@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Etiquetas:

Comentários (79)

  • Curiosa hoje a proposta da Katia Abreu: o artigo 77 da CF permitiria Haddad desistir da disputa para colocar o Ciro em seu lugar, por ter sido o único com chances de bater o Pocket de acordo com as pesquisas. Nem sei o que dizer…

  • O momento é grave. Por mais que violência e estupidez sejam nosso cotidiano, há uma certa conivência silenciosa e consentidora do Estado neste momento para que os civis se matem. Muita coisa pior está por vir.

    • Há uma polarização onde as pessoas estão reativas e agressivas, mas se não for por política, será por outra coisa. Está nas pessoas ser assim.

      Basta não se envolver com isso, não ficar ali, olhando, acompanhando, se envolvendo. Deixa que quem está mal de cabeça se estresse.

  • Que mico que a Marina, o Álvaro Dias e o Meirelles acabaram pagando! Olha o que aconteceu com esses três: tanto dinheiro gasto, tanta experiência política, tanto corpo-a-corpo com o eleitorado, tanto tempo perdido em reuniões… E pra quê? Pra terminarem o primeiro turno das eleições com menos votos até do que um maluco desconhecido que usa a Bíblia como desodorante – sempre debaixo do braço – e exclama “Glória a Deuxxx!” a cada cinco minutos…

    • Sim, eles são irrelevantes politicamente hoje, apesar da trajetória e do dinheiro, pois não souberam se atualizar.

  • Sobre a derrota do Coroné, só gostaria de dizer: estou rindo e não é pouco. Rindo do momento que ele, a empáfia em pessoa, teve que lidar com essa derrota ridícula, e os cirominions ficaram sem ter onde enfiar a cara, depois de passar semanas enchendo o saco sobre “ele vai ganhar as eleições, sendo um cara tão inteligente e diferenciado”. Não sou da turma do fanatismo político, mas estou até agora rindo da derrocada dessa figura desprezível que é o Ciro

  • Wellington Alves

    Tivemos duas mulheres recordistas de votos ao legislativo, a Joice com 1 milhão e a janaina com inéditos 2 milhões, e nenhum piu das feministas a respeito. O deputado mais votado do Rj foi o Hélio negão e idem. Ah é, pertencem ao partido do machista e racista.
    Bolsonaro moeu a narrativa da lacrolândia nessas eleições!

    • A Lacrolandia distorce e persiste com narrativas. Ambos os lados estão cegos e surdos, só escutam o que eles próprios berram

  • Só lembrando que a Janaína Paschoal e a Joice Hasselmann foram as deputadas mais bem votadas do país e eu não vi nenhuma feminista comentando isso ou criando hashtag empoderada comemorativa no Twitter (não queriam mais mulheres na política??? E a tal da representatividade???).

    Mais uma vez as “manas” provando que não é sobre as mulheres, e sim sobre ideologia.

    O bom dessa eleição foram as inúmeras máscaras que caíram e estão caindo.

  • Sally, o que você disse é EXATAMENTE a mesma coisa que eu tenho falado pros meus amigos eleitores do Bolsonaro mais convictos, achando que o PT e o “comunismo” foram derrotados. O PT vai fazer da vida desse homem um inferno, e vai voltar como uma fênix nas próximas eleições se o governo dele não for no mínimo maravilhoso, o que não vai ser. Se ele não conseguir frear esse trem desgovernado que é o Brasil hoje, acho que os eleitores mais fanáticos, os que realmente acreditam que vai ter alguma mudança, vão ser os primeiros a exigir a cabeça dele. Ia ser no mínimo hilário ele chutar o Paulo Guedes e ter que “chamar o Meirelles” no meio do mandato, depois de tudo isso. Acho que ele vai acabar se arrependendo de ter deixado a tranquilidade da Câmara, onde poderia se re-eleger pra sempre sem fazer nada, e agora ter que lidar com essa piroca gigante que é governar o Brasil. Mas delicioso mesmo é ver o MDB murchando e o PSDB se desmanchando completamente por dentro, tendo que torcer pro Dória perder em São Paulo. Isso sim é simplesmente maravilhoso.

    • Sim. O PT vai tentar voltar com força. Porém, quatro anos é muito tempo. Até lá muita coisa vai acontecer, não dá para afirmar que vão se reeleger ou ficar com medo disso.

      Algo me diz que uma nova opção vai surgir.

    • Até a próxima eleição, metade do PT estará na cadeia, enquanto a outra metade estará tentando renovar, mais uma vez, o foro privilegiado. O mesmo acontecerá com PSDB e (P)MDB.
      Acredito, assim como a Sally, que uma nova opção surgirá. Espero que seja uma opção relevante, pra que aqueles que entram hoje como renovação não tenham tempo para se adaptarem ao sistema.

      • Sempre que abre um espaço, ele é preenchido. Havia um espaço vago para “salvador da pátria”, como falamos no anos passado, e foi preenchido pelo Poket (pausa para chorar). Quando/se o Bolso for eleito e decepcionar, essa vaga abre novamente. Vai aparecer alguém.

  • “Pudera, ninguém se sente representado por esses candidatos” Estou assim nesse segundo turno, com os eleitores do Haddad, pra variar pagando de bonzinhos tentando convencer a quem votará nulo que “quem é omisso fica do lado do fascista”. E ainda tem o lado do Boçalnaro, em que seus fãs eleitores ficam numa encheção de saco com suas fake news, uma idolatria ridícula como se esse cretino fosse salvar o país. Além disso, se as notícias não forem falsas, muitos desse pessoal parece que está colocando as asinhas de fora, com seus preconceitos e agredindo os contrários ás suas ideias. Parece que esta foi uma das eleições mais sem noção da história do Brasil. Posso ser um ignorante político, mas minha consciência fica limpa em não escolher nenhum desses dois candidatos.

  • Sally, vc acha mesmo q o pt volta daqui a 4 anos ? Pensei q essa geração psdb / pmdb/ pt estivessem agonizando.

    • É intuição, portanto, sem qualquer fundamento: acho que em quatro anos surge uma nova opção que une diferentes tribos

  • Você deve apoiar o Amoedo e seu NOVO, não falou uma linha dele. Deve ser da turminha neoliberalóide/ anarcomiguxo…

    • É que ele não tem relevância, meu anjo. Na arte de depreender, você fracassou. Vai em outro lugar antagonizar. Aqui eu não vou permitir polaridade, ok?

  • Confesso que fiquei um pouco surpresa com a rejeição às múmias congressistas (tipo Jucá) e às candidaturas hereditárias (tipo Sarney) ao Senado. Uma pena que isso não tenha se repetido com a mesma força em relação aos deputados federais e estaduais, onde se reelegeu muito da mesma merda.

    Agora, se vocês ainda não deram boas risadas hoje, recomendo fortemente a leitura do artigo de opinião da Carta Capital (sim, Carta Capital), cujo título é “Haddad não vencerá Bolsonaro com imagem colada ao Lula e ao PT). Dentre diversas pérolas, dá pra ler argumentos surpreendentes como o seguinte: “para vencer, Haddad precisa descolar sua imagem de Lula e do PT com urgência. Mesmo muitas pessoas com viés mais progressista não querem ver o velho PT governando.” Ou seja, finalmente descobriram o que está acontecendo… com seis meses de atraso (considerando só o tempo de prisão de Lula). Imperdível.

      • Andrade começou a ser intelejumento. Pediu no twitter pra não falarem mal do Pocket e divulgarem suas “propostas”

        • Agora, aos 48 do segundo tempo, ele quer se desvincular do Lula, desvincular o PT do radicalismo… É triste ver essas gambiarras de neguinho que só aprende a nadar quando a água bate na bunda

    • Eles não farão nada. Lula manda no militante comum, aquele que segura a bandeira para o Partido. Quanto ao Haddad, como bom pau-mandado, aceitará quieto e voltará a dar aulas depois da eleição.

  • Foi um dia muito produtivo. Acho que as pessoas estão se preocupando em verificar a ficha limpa ou suja antes de votar. Tem até aplicativo na Google play pra isso. Sou do RJ, fiquei feliz com a vitoria do Wilson e afundar os petistas pelo país afora é algo que não tem preço!

  • O que me cativa no Bolsonaro é a sinceridade. Ele não se vende, não tem fotinhas abraçado com nenhum político da corja, não ficou se vitimizando depois de levar a facada. Aliás, foi extremamente inocente ao deixar de se aproveitar da tentativa de assassinato. Poderia ter aparecido nos debates de cadeira de rodas e balão de oxigênio, pois o brasileiro adora uma vítima, venera o sofrimento. Mas ao contrário, ele fez questão de não ficar batendo nessa tecla. Se recuperou, e voltou pra luta. Não mendigou nenhum apoio para o segundo turno.
    Acredito que ele tenha boas intenções. Agora, ele sentiu o peso da responsabilidade que foi colocada sobre ele, onde milhões de brasileiros bancaram a campanha dele do seu próprio bolso. Além disso, ele tem o nome da família a zelar, pois os filhos também seguem a carreira política. Ele é um estúpido sem noção? Sim. Mas acredito na sinceridade dele. Tomara que não me engane

    • Eu acredito que ele tenha boas intenções sim, todas as barbaridades que ele fala ele acredita. Ele é aquele tio-avô racista, homofóbico e de cabeça pequena, que acha saber como melhorar a sociedade…

      • Meu pai muito provavelmente votou e provavelmente vai votar no Bolso no segundo turno. O argumento dele é que o país ta tão fodido que talvez o que a gente precise é de um louco como o Bolso pra começar a botar as coisas em ordem.

      • Ele é o “tiozão do pavê”, a contradição em pessoa: valoriza a família, mas tem dois casamentos e assume como seu o filho da mãe solteira; faz comentário homofóbico, mas dá presente para o casamento do sobrinho gay; tem um arsenal de piada racista mas adora o genro responsável – que chama, carinhosamente, de “meu negão fdp”.

        Bolsonaro é a síntese do país que vai para frente justamente pelos seus defeitos. Ele é o anti-herói, bem melhor do que o “Trudeau falsificado” no qual Haddad se tornou.

        • Sim, você vê nos atos do Bolsonaro que o discurso dele é apenas fruto de uma obtusidade, de uma burrice extrema. Todo mundo tem um pai, um tio ou um avô que, mesmo bem intencionado, ainda se porta de forma machista e racista, que fala coisas como “é um negro de alma branca” achando que está elogiando, etc. Não sei porque tanto estranhamento, é uma figura muito comum na família brasileira: o retrógrado incapaz de se atualizar contraditório em seus atos.

          • Francamente, prefiro elogios como “negro de alma branca”, cujo significado é evidente para quem pensa um pouco, do que estrangeirismos como “empoderamento” – cujo significado é obtuso demais para o ser humano comum.

            O brasileiro médio evolui, mas do jeito dele. Simples e tosco – mas evolui.

  • Não sabía que essa placa da Marielle era ilegal e nem q o futuro governador estava junto.
    Um amigo meu pm falou q esse tal EJF era super corrupto e q protegia o traficante Nem. Realmente, essas mudanças foram uma surpresa, mas não tenho a menor esperança de algo bom.

    • Também acho que nada vai se resolver, para resolver seria preciso mudar estruturas. Mas já estou feliz de ver um predador grande, que vai impedir o PT de reinar sozinho.

  • Eu tenho dó desse povo achando que Bolsonaro vai melhorar o país, parece que o cérebro do brasileiro diminui com o passar do tempo.
    É mais do mesmo, só muda com uma reforma política de verdade.
    E não existe direita no Brasil!
    Agora até aquela mulher que tem 5 filhos e vive de bolsa família se diz de direita…
    O povo achando que poderá ter arma, francamente…
    O mesmo povo que apoia ele hoje, daqui 4 anos, vai estar revoltado denovo, felizmente vou viajar e só volto depois do segundo turno. boa sorte pra quem fica!
    E não, não apoio a turma do LuLadrão!

  • Essas pragas nordestinas elegem o PT e depois vem aqui por sul/sudeste procurar trabalho (além de procriar e construir favela, claro). A gente não tinha mais é que deixar entrar! Que fiquem no buraco de merda que eles mesmo cavam. Querem civilização? Vão fazer por onde! Queria ser ditadora pra providenciar a remoção física do Merdeste do Bostil e jogar pra fora do planeta.

    • Não tem como cobrar que pessoas com esse nível de educação, cultura e oportunidades pensem de uma forma não voltada para a própria sobrevivência imediata.

    • As vezes eu queria que o Bolsonaro fosse mesmo esse monstro que eles dizem só pra ver esse gado maldito sofrer e muito nas mãos de um ditador fascista.

  • “o Nordeste, que sabemos ser um reduto de voto de cabresto, baixa escolaridade e de eleitores de baixíssimo grau de consciência” Gente que recebe ameaça e não tem acesso à informação não julgo, mas aquele povo ativista de faculdade é caso de terapia. A pessoa escolheu apoiar lixo mesmo tendo informação.
    Criminalidade, crise, mil e um problemas de 3°mundo, eles só se importam com o trio Machismo, Racismo e Homofobia. E acreditam piamente que são uma espécie de profetas que vão iluminar o Brasil, mas no fundo só pensam em cu. Sem trocadilhos.
    Haddad prometeu várias atrocidades no plano de governo (mesmo que não cumpra já é um desfavor por si só), seu partido apoia e financia ditaduras, tem um plano econômico duvidoso, ameaçou controlar mídia, tirar liberdades civis, admitiu que o presidiário vai dar as cartas no governo… “Ain o Bonoro é nazista porque não aplaude gay” O MUNDO NÃO GIRA EM TORNO DO SEU CU, POLÍTICA NÃO É SOBRE CU!!
    E você não é o único com medo de morrer na rua, qualquer brasileiro tem medo disso, a violência é democrática.

      • Mais um aqui. E também acho curioso as pessoas desse “povo ativista de faculdade”, como o ominona bem definiu, que vivem falando de mudar o mundo mas não conseguem nem mudar as próprias vidas e arranjar um emprego…

        • Mentalidade infantoide. Sabe quando vão amadurecer? Quando os pais morrerem e tiverem que encarar a vida lá fora sem uma rede de segurança…

  • Se não fraudarem as urnas pro Haddah vencer, é provável que o governo Bolsonaro provoque um efeito rebote e venham mais anos de PT, e o mapa das eleições seguintes vai ficando cada vez mais vermelho. Brasileiro nunca aprende e tem memória curta. Esta década vai ficar marcada como O Grande Golpe nos livros de História do MEC e só vai aumentar a demonização da direita. Capaz até de dizerem que o Maduro era de direita, porque a esquerda é linda e cheirosa e nunca faz merda. Que desgraça ter nascido neste país.

    • Se o PT pudesse fraudar urnas com tanta facilidade, Dilmão não tinha ficado sem foro privilegiado em quatro lugar, não acha?

      • Eu tenho uma teoria de que eles deixam algumas derrotas acontecerem pra não ficar tão na cara, mas sei lá. Espero qualquer coisa deste país.

          • Concordo com Anônimo, não se surpreendam quando Haddad “virar o jogo” e for eleito no segundo turno, eles tem que fazer a fraude parecer legitima, fraudar 10% dos votos é uma coisa fraudar 30% dá muito nas vistas, como segundo turno só tem dois candidatos é mais fácil fingir que os votos de TODOS os outros migraram para o Haddad.

            O sistema é frágil mesmo, para quem duvida eu convido que assistam as entrevistas do Prof. Diego Aranha, professor esse de que tão cansado de denunciar a fraude sem reação nenhuma das autoridades, saiu do Bostil e foi morar na Dinamarca.

            • Se não tivesse um predador do PT muito forte dificultando fraude, aquele bando de peixe grande petista que precisava desesperadamente de foro privilegiado teria entrado…

        • O PT tem cometido tantas decisões e atitudes equivocadas que eu também fico imaginando que eles estão se autosabotando propositalmente pra perder estas eleições e voltarem em 2022/2026 com o discurso pronto de “vamos consertar o péssimo legado dos governos Temer e Bolsonaro”.

  • Os dois lados são sujos, os dois são violentos iguais, os dois são baixos iguais.

    Pois os dois lados ficam do mesmo lado: do lado de dentro do Brasil.

    Quem garante que agora os perseguidos não serão os criadores de conteúdo canhotos? Pode aliviar pra vcs do Desfavor, vamos aguardar se não vai apertar pro outro lado, por mais tentador que pareça, não vou achar bonito se ocorrer somente uma inversão.

    O pêndulo que vcs tanto falaram de fato está mudando. E acho que o movimento será brusco.

    • Ninguém garante nada se o outro lado ganhar. Mas há garantias de perseguição e restrição à liberdade de expressão se o PT ganhar. Prefiro dar uma chance ao desconhecido.

      Ao que tudo indica, o pêndulo vai virar com força este ano.

  • Vocês viram que teve uma youtuber chamada Kefera, que é muito famosa nesse nicho adolescente e até virou atriz da Globo, que fez um vídeo chorando descontrolada falando que Bolsonaro é Hitler, vai todo mundo morrer, o medo vai vencer, blá blá blá. E ela cortou relações com a própria mãe por ela apoiar o Bolsonaro. É esse tipo de gente que milhares de jovens assistem, um deles pode ser seu filho.
    É surreal ver essas gerações mais novas, muitos dispostos a xingar parente de nazista, bloquear das redes sociais, espalhar boatos, inventar historinha, promover linchamentos virtuais, rasgar título de eleitor, se fechar ao que não for da bolha progressista. Tudo por causa de uns marmanjos de terno. Que tipo de adulto vai sair disso aí?

    • Sim, eu vi e achei não apenas patético, como também um desfavor para o país. Já é bem adultinha para dar um piti desses.

      Francamente, depois que virou feminista, vegana e etc (o combo-lacre) a Kefera está, além de feia, muito neurótica e chata. Ela saiu de um extremo para incorrer no mesmo erro e cair no extremo oposto. Esta mulher (porque sim, é adulta) precisa de equilíbrio.

    • Vi e morri de vergonha alheia. Quando vejo uma merda dessas minha vontade de ter filho só diminui. A mãe carrega 9 meses na barriga, dá a luz, cuida, faz tudo pelo filha pra ela crescer e virar “isso” aí.

      Nunca achei a Kéfera lá essas coisas, mas depois que aderiu ao kit-lacre virou uma insuportável (como TODOS dessa laia aí).

  • “O lacre, como de costume, só faz barulho na sua bolha virtual e não tem qualquer relevância da vida real”

    Essa turminha do lacre definitivamente só repete oque elas ouvem, e não vou cansar de dizer isso, mas ambientes universitários estão insuportáveis. A suposta elite intelectual do pais não consegue enxergar nada além do que falam para repetir, então realmente o gasto energético para conseguir enxergar vários pontos de vista e cair em uma área cinza deve ser absurdo.
    Mostrei aquele seu texto sobre Ciro, já fui prontamente chamado de burro e assumido bolsominion. A histeria do medo está absurda, pessoal achando que vão começar a fuzilar minorias e ter agressões em massa.
    Essa bolha virtual do lacre nunca ficou tão clara como agora, eita povo barulhento da poxa. E que porcaria virem aqui ameaçar de processo hein..

  • Sobre o que a Sally disse sobre haver muita gente que topa qualquer coisa pra se livrar do PT e que está tão de saco cheio, mas tão de saco cheio… Que quer eleger o Bolsonaro: há um texto circulando por aí que, apesar de vir desse esgoto da internet chamado “redes sociais”, achei bem interessante e peço licença para transcrever aqui. Esse texto chegou até mim através do meu irmão e é atribuído a um tal de Daniel Figueiredo, que não sei quem é. Diz assim: “Eu vejo o Bolsonaro como uma quimioterapia forte para combater um câncer metastático muito agressivo. O câncer é o PT e as metástases são a corrupção, politicagens, populismo, bolivarianismo, sexualização de crianças, aborto e incentivo ao crime. Toda quimioterapia é ruim, amarga, dá vômitos, traz queda de cabelo e emagrecimento, mas é a única chance do paciente (Brasil) sobreviver. Talvez ele não seja ótimo, nem bom. Talvez seja péssimo. Mas merece uma chance pois é ele ou a volta do PT (câncer). Não existe um caminho do meio nessa história! “ É triste, mas temo que tenha que concordar com o que esse texto diz. E, claro, tenho que concordar com você também, Sally.

    • Não acho o Poket uma quimioterapia não, não o acho capaz de tratar nada, inclusive acho que no poder ele vai aliar com o PT.

      Como eu vejo: tem um parasita gigante sugando meu sangue no meu intestino, ele está lá há 20 anos e está enorme, pela 10kg. Vou fazer a remoção dele e colocar um novo parasita filhote, pequeno, que, apesar de ser parasita, por ser novo, não tem a capacidade de me sugar tanto.

      • Meu problema com o Tripa Solta não é nem tanto o lacre ou anti-lacre (se bem que defender tortura eu não consigo aceitar), mas as merdas que ele pode fazer em áreas sensíveis como Meio Ambiente, Saúde e Ciência e Tecnologia. Incompetência nessas áreas traz dano real e irreversível para o país. Tipo uma epidemia de Zika.

        • Tortura o PT também defende, abraçando e justificando Venezuela e Cia.

          Poker não vai poder fazer nada que o Congresso não aprove. Plano de Governo é pra inglês ver…

  • Chama, chama que o povo quer
    Chama, chama que o homi da jeito
    chama que é bom
    bolsonaro nos braços do povo…

    hahahahah!

  • Ainda bem que viajo na sexta e só volto dia 29. Vou sair completamente da internet. Só entro mesmo pra ler o Desfavor.

  • Quanto as pesquisas: Já viram como é a amostra? 2000 pessoas em centenas de cidades. Ou seja, meia duzia em cada lugar. O pesquisador deve ligar para todos os parentes e perguntar em quem vai votar.

    Quanto ao tempo de TV: tá, ela pode não ser mais decisiva. Mas que é injusto o tempo não ser dividido igualmente pelo número de candidatos é.

    Saco essa história de Marielle. Está certo que é errado matar alguém e os culpados devem ser presos, mas parece que não existem outros casos para se resolver. Até em receita de comida tem que falar dessa mulher.

    Ei, Sally, teve ameaça de processo no texto do ciro e você nem colocou aqui pra gente ler… assim não tem graça! Estou rindo de todo mundo que não conseguiu entrar.
    Meu sonho é que a urna eletronica quebre para votar no papel. Adivinhe em quem…

    • Não vou dar ibope para ameaça não, nesses dez anos nunca publiquei nenhuma. Me recuso a da voz, a dar dimensão para isso. Deixa essas pessoas na escuridão, sem ter voz aqui dentro.

      Sobre o caso Marielle: é ilegal mudar uma placa com nome da rua na marra, sem o devido processo administrativo. Fizeram uma coisa arbitrária e tomaram uma resposta na hora, curta e grossa. E, ao que tudo indica, daqui pra frente a tendência é que seja assim: tentou lacrar no grito leva uma bolacha na cara de volta. Eu ri, eu ri muito alto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: