Pilha na Fazenda – 38

Conforme previsto, quarta-feira morta, apenas fazendo tempo para que mais e mais pessoas votem para eliminar a Esquenta.

O Humorista do Pânico envergonhou a si mesmo lambendo o cu do Smeagle. Depois de detoná-lo por ter escrotizado a Loira Paranoica, o que culminou na agressão física e consequente expulsão da moça, ele vinha falando mal do Smeagle o dia todo. Só que é um frouxo, aquela pessoa incapaz de confronto, aquela pessoa insegura que quer agradar a todo mundo.

Foi só o Smeagle virar fazendeiro que o discurso mudou: “Eu não gostaria de gostar de você, mas infelizmente eu gosto”. Fuén, acabou de reduzir suas chances de ganhar o prêmio. Por sinal, a Loira Paranoica tinha declarado publicamente sua torcida para ele, será que ela mantém essa torcida depois de escutar uma coisa dessas?

Mais gente peidou. João Snow foi de desculpar com Smeagle pelos comentários feitos na brincadeira de segunda-feira, onde teria dito que o que ele fez com a Loira Paranoica foi covarde. Impressionante como basta que a pessoa tenha poder, ainda que temporário, para que a maior parte das pessoas comece a lamber o cu de quem quer que seja.

A grande atração da noite foi a égua Ding parindo um portinho, na verdade, uma fêmea. Pilha olhando emocionado, Stronda olhando com cara de nojo. Por algum motivo decidiram colocar nome de atriz pornô na potrinha: Antonela. Graças a este evento, está encerrada a baia: peões não terão mais que descer e dormir na baia, fica todo mundo o tempo todo na casa.

Como novo fazendeiro, Smeagle distribuiu as tarefas entre os participantes. Obviamente colocou o Pilha na tarefa mais pesada, que é cuidar da vaca. Tem que acordar cedo, tem que limpar bosta, tem que lidar com um animal enorme que dá coices. Tá tranquilo, Pilha é disciplinado.

Na quinta-feira tudo melhorou. Dia de eliminação, clima tenso no ar, diversão garantida. É aquilo que falamos na semana passada, esta Fazenda não tem suspense algum, no minuto da formação de roça a gente já sabe quem vai sair, mas, mesmo assim, bate recorde de audiência pois o povo quer ver os pau no cu escorraçados. Hoje o Brasil ligou a TV sabendo que a Esquenta seria escorraçada.

E olha que as histéricas eliminadas prometeram grandes campanhas para ela ficar, acionar seus milhões de seguidores para votarem pela permanência da Esquenta. É nessas horas que você vê que a pessoa comprou milhões de seguidores falsos, pois cinco ex-participantes juntas, todas com milhões de seguidores, não conseguem dar nem 30% de aprovação para a Esquenta. Aliás, o lacre tem cada vez menos voz ativa, cada vez menos poder de voto. Até a cantora Anitta declarou torcida pela Esquenta e, ainda assim, ela continua com índices ridículos.

Mais difícil do que lidar com a pulseirinhas que o Mion estava usando foi lidar com a histeria da Esquenta nervosa. Normalmente já é uma voz estridente, uma arrogância sem fim e uma mediocridade nunca vista ao formular frases, nervosa então… Disse ao Mion que se não saiu na primeira roça ela chega até a final. Coitada.

Durante o dia, fizeram uma prova de rastejar na lama bastante nojenta. O Pilha pontuando para seu grupo e dançando funk (“dança da minhoca”, realizem) foi uma cena única. A prova fica melhor se você assistir sem som, para abafar os gritos agudos histéricos da Esquenta. Por sinal, foi o ótimo desempenho do Pilha que garantiu a vitória ao grupo, assegurando um prêmio de baixíssimo orçamento: pizza e cerveja.

Ao que tudo indica, Stronda começou a perder a paciência por ser sucessivamente criticado e esculhambado pela Esquenta em público. Ela o criticava enquanto ele tentava solucionar o impasse. Chegou um ponto onde ele percebeu que não havia diálogo possível, simplesmente levantou e foi para o quarto ficar sozinho. Ela foi atrás, feito um cachorrinho e ficou no quarto, apesar de ser solenemente ignorada. Empoderadona, hein?

Ela é rude, é mal educada, é grosseira. Falta um mínimo de verniz social na convivência, falta cuidado, carinho, tato nas pequenas coisas. Conviver com gente assim é muito cansativo depois de um tempo, pois todo santo dia pequenas faltas de educação e cuidado com o outro começam a acumular e pesar. Some-se ao fato de que ela não aceita críticas, se acha dona da verdade e é uma desempoderada traumatizada com síndrome de vira-lata. Questão de meses para o Stronda chutar ela lá fora.

Stronda não está mostrando quem ele realmente é: uma pessoa reservada, centrada, que preserva sua privacidade, ao contrário dessa favelada (estado de espírito), que não se preserva, sem medida, sem noção de nada. Semanas atrás quem tem a versão paga viu o Stronda botando o freio e dizendo que não iria fazer sexo com ela lá dentro, por uma questão de respeito, com ela e com a família dele aqui fora. Ela deu um show dizendo que era mulher para assumir seus atos e queria fazer sim e foda-se o mundo. Esse evento deixou bem claro o tipo de pessoa que cada um deles é.

Quando o Mion pediu para que a Esquenta defenda sua permanência no programa para convencer o público, a mongoloide falou com sua voz estridente e falsa de criança surda-muda. Em vez de cativar o público e pedir votos, ela ficou se auto-exaltando e falando das suas qualidades. Quer dizer, as qualidades que ela acha que tem, já que ela tem uma autoimagem totalmente equivocada sobre ela mesma.

É muito comum em pessoas com passado de privação, criam como mecanismo de defesa uma “persona” fodona para encobrir seu complexo de inferioridade. Errou o timing, tinha que ter entrado na Fazenda cinco anos atrás, quando o vitimismo estava no auge. Infelizmente para ela e felizmente para nós, o pêndulo virou. O que ela é hoje é motivo de repulsa, não de aplausos, como ficou provado com a votação do público.

Mostraram os melhores momentos das Miss Urina que estão na roça e a discrepância foi gritante: a Paquita Joelma fazendo e acontecendo, desempenhando mil atividades, interagindo, faxinando, cozinhando… Aí chegou a vez da retrospectiva da Esquenta. Pausa para rir. Mion já apresentou ela como “O terror dos tímpanos humanos”. Basicamente mostraram ela deitada, sentada, dormindo e barraqueando, que é tudo que ela sabe fazer.

O público escolheu o Poder da Chama desta semana: o dono do poder pode escolher entre a imunidade à indicação do fazendeiro ou imunidade à indicação da casa. Ou seja, grandes merda mais uma vez. Eles disputam essa prova amanhã, que por sinal, vai ser uma mega prova envolvendo o grupo todo. O grupo que vai fazer é o grupo com mais integrantes, ou seja, o do Pilha, pois o grupo dos lacradores foi dizimado e atualmente conta com apenas duas pessoas.

Segundo Mion, todos os integrantes do grupo ganharão alguma coisa, na proporção do seu desempenho. Sabemos que o Pilha fica virado do samurai nas provas, então, não surpreenderia que ele fosse o grande vencedor desta prova, que marca o meio do programa e uma nova etapa: depois desta prova os grupos estão desfeitos e é cada um por si em todas as atividades e na votação.

Na hora de anunciar a eliminação a Paquita Joelma estava plena, serena, sorridente. Ela sabe que tem um histórico de eliminar lacrador e mulezinha histérica. Já a Esquenta Que Mija no Chão estava visivelmente nervosa. A pose, a banca de barraqueira, a intimidação que ela tenta praticar de forma recorrente (e que lhe garantiu muita coisa na vida, até mesmo passar de ano) desapareceram. Mion fez um discurso colocando panos quentes, pois sabe que os ânimos já estão exaltados lá fora com a Esquenta.

Foi lindo de se ver a Esquenta de cabeça baixa, realizando que ela não é a pessoa mais foda do mundo. Mion foi conversar com ela e a primeira coisa que ele disse foi “por essa você não esperava, né?”. Como sempre, falou mal, mal pra caralho, muito mal articulada, errando concordância, sem conseguir concatenar uma frase coerente. Entendo um passado de escolaridade precária, só não entendo é pessoa ganhar dinheiro e investir em bens materiais em vez de usar para se instruir de forma decente.

Quando a Paquita Joelma voltou, Stronda caiu em prantos. Vai ser bom, Leo, quem sabe agora você volta a ser o velho Stronda em vez dessa geleca melosa castrada e adestrada. Mais uma vez o Pilha, lá do lado de dentro, sem ter acesso a nada, previu o que estava acontecendo. Ele é o único com cérebro suficiente para ter uma clara visão do jogo lá dentro.

Mion anunciou que amanhã a Paquita Joelma, o Humorista do Pânico, o Lutador, o João Snow e o Pilha (grupo Terra) farão a prova de fogo especial que vai premiar a todos e marcar o fim das equipes. Avisou que todos serão premiados, mas o grande vencedor leva os poderes da chama e um carro. Avisou também que acabou a baia.

Voltamos a aquela teoria de sempre: quando uma treteira sai, outra emerge e toma seu lugar como treteira alga do grupo. Não sei quem vai ficar no lugar da Esquenta nas tretas, até porque, não tem mais mulher histérica. Talvez um dos homens se rebele e comece a faniquitar. Talvez migremos da era da histeria para algo mais masculino, como a era da porrada, o que seria especialmente divertido. Saberemos nos próximos dias. Agora é torcer para que o Pilha ganhe a porra toda amanhã, quanto mais dinheiro ele tiver, maior será seu potencial em 2019.

Para dizer que quer ver as mentiras que a Esquenta vai inventar para si mesma para justificar a eliminação, para dizer que quer que o Pilha ganhe a porra toda ou ainda para dizer que está se deliciando com a virada de pêndulo: sally@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Etiquetas: ,

Comentários (9)

  • Avatar

    Rinaldo Demétrio

    Que frase: vou levar para a vida:
    “só não entendo é pessoa ganhar dinheiro e investir em bens materiais em vez de usar para se instruir de forma decente.”.

  • Nossa, Sally, essa Luane é muito chata. Não sei como arrumou alguém na casa.
    Falando nisso, o Stronda cedeu ao apelo dela de transar na Fazenda?
    Fiquei na dúvida se ele ficava falando que não transaria lá por causa da família ou porque ela não é muito fã de banho.
    Já pensou as partes íntimas de uma pessoa (sendo homem ou mulher) depois de dias sem banho?

  • Porque Antita deu voto pra preguiça, é porque pobre vota em pobre? E aquela história que o namoradinho da preguiça falou mal dela, não conta? E por falar nisso, meses pra ele terminar com ela, não seriam dias?

    • Anitta adora se vincular a uma minoria. Na hora de afinar o nariz e alisar o cabelo ela quer ser bem branquinha, vive se dieta, quer ter corpo mainstream. Mas anda com gordas, negras e minorias no geral. Nos outros ela acha lindo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: