Prêmio Pilha 2018

Prêmio Pilha: a maior honraria que você não quer receber. Estamos mais uma vez ao vivo do Teatro Municipal Tuca Nonaps, em Paramaribo, capital do Suriname, para apresentar os indicados e vencedores do ano de 2018! Sem mais delongas:

TROFÉU PARABÉNS, BRASIL!

Prêmio destinado ao pior vexame protagonizado pelo Brasil no ano de 2018, aquele que mais sujou o nome do país, nos envergonhou e nos fez querer ter nascido no Suriname.

Manobras de toda natureza para impedir a punição dos réus da Lava Jato: Executivo, Legislativo e Judiciário tentaram com todas as forças criar jeitinhos para colocar bandido corrupto na rua impune.
Barracos infinitos e polarização em redes sociais e na vida real por causa das eleições presidenciais, indo perturbar organismos internacionais, tanto de um lado quanto do outro, com suas visões extremadas e histéricas, culminando na vitória de Bolsonaro.
Incêndio do Museu Nacional, por total descuido de administração, queimando boa parte da história do Brasil e também do mundo, de forma irreversível.
  • VENCEDOR

    INCÊNDIO DO MUSEU NACIONAL

    SALLY: E a gente se perguntando se seria possível que o Brasil fique mais queimado internacionalmente… se queimou, queimou coisas dos outros e ainda se portou de forma patética e incompetente durante todo o processo pós-tragédia.
    SOMIR: Aparentemente o aparato de segurança local também fazia parte do acervo histórico. Continua abandonado agora que a notícia perdeu a graça, daqui uns 200 anos quem sabe os escombros viram peça de museu?

TROFÉU ABORTO JURÍDICO

Decisões judiciais mais ridículas e absurdos do ano de 2018.

Adélio Bispo, o homem que tentou matar Bolsonaro, ser considerado um lobo solitário apesar de estar seguindo ele e sua família faz tempo, ter computador, celular, arcar com deslocamentos e hospedagens, ter bom advogado particular pegando jatinho para defende-lo, mesmo sendo um desempregado.
Colocar um estuprador na mesma cela que mulheres apenas por ele se declarar transgênero, culminando no estupro de quatro mulheres.
Tentativa bizarra de, aos 48 do segundo tempo, liberar todos os condenados em segunda instância por crime de corrupção com uma canetada.
  • VENCEDOR

    ESTUPRADOR PRESO COM MULHERES

    SALLY: Ainda bem que o sistema penitenciário brasileiro é tão lotado e zoneado que nem é possível fazer essa divisão detalhada por categoria de presos e… ops.
    SOMIR: Quando a gente diz que a indústria do lacre não tem nada a ver com o bem estar das mulheres, são essas notícias que vem na mente. Se não fosse o medo dos lacradores, NUNCA que teriam colocado esse cara numa cela com mulheres.

TROFÉU SOB NENHUMA DIREÇÃO

Para situações onde líderes falharam e sujeitaram a população ao caos, tomando decisões absurdas que tornam a sociedade pior, desfavorecem o povo e contrariam a realidade.

Greve dos caminhoneiros: um país de dimensões continentais que prioriza transporte rodoviário com péssimas estradas acarretou desabastecimento e caos em uma greve rápida.
Aumentos seletivos: Não tem dinheiro, tempos de austeridade, mas é possível aumentar o teto de STF (impactando funcionalismo público de todo país), dar aumento a funcionário público, dar aumento ao STF e ainda conceder auxílio moradia.
Marielle Ausente: quase um ano depois, ainda não se conhece o mandante do crime e o assunto caiu no esquecimento. Se um crime com esta repercussão fica impune, quem dirá um crime contra uma pessoa comum.
  • VENCEDOR

    GREVE DOS CAMINHONEIROS

    SALLY: Um bando de marmanjo sem diploma parou o país via WhatsApp. Para 2019 espero completos analfabetos com um fêmur na mão ditando regras.
    SOMIR: Escancarou a total falta de estrutura do país, fez o Temer parecer ainda MAIS bundão (um feito), deixou a gente todo fodido sem gasolina e alimentos, e tudo o que os caminhoneiros ganharam foram uns dias de férias, porque tudo o que foi prometido já foi desfeito.

TROFÉU DESFAVOR PIORES MOMENTOS

Para os piores momentos de nossa existência no ano de 2018. Sim, sabemos que todos os momentos foram péssimos, mas sempre tem alguns que são ainda piores do que o normal.

Ausência do Somir por todo o mês de outubro.
Cobertura da Fazenda 10.
Bloqueio de leitores no Dia do Troll.
  • VENCEDOR

    AUSÊNCIA DO SOMIR

    SALLY: Somir é como menstruação: se vem, chateia, mas se não vem preocupa e causa ainda mais dor de cabeça.
    SOMIR: Podiam pelo menos ter fingido que sentiram minha falta, seus putos. O pior é que a Sally vai jogar isso na minha cara pelas próximas décadas toda vez que eu sugerir férias…

TROFÉU PRISÃO DO ANO

Prêmio para a prisão mais espetacular de 2018.

Lula: com direito a comício, padre rezando e plágio de frase do Osho.
Garotinho: com direito a esperneio (novamente) e às vésperas de uma eleição onde provavelmente venceria.
Pezão: Completando a última figurinha que faltava no Estado do Rio de Janeiro: Governador Preso, Ex-Governador preso, presidente da Assembléia Legislativa preso e Secretários presos.
  • VENCEDOR

    LULA

    SALLY: Também conhecido como dia e hora do óbito da esquerda. Descansem em paz.
    SOMIR: Show de horrores, e o mais triste é que se não fosse essa prisão, ele seria o presidente eleito.

TROFÉU CARAS

Para as subcelebridades que fizeram de tudo para aparecer, elevando a um novo nível o patamar de humilhação pública ao qual normalmente sujeitam suas vidas.

Os barraqueiros que protagonizaram os escândalos, agressões e tentativas de suicídio oriundos da Fazenda 10.
Leticia Almeida, atriz global, engravidou do namorado da irmã de seu marido enquanto ainda era casada, ela conseguiu a proeza de ter uma filha com seu concunhado.
Kanye West tretando o ano todo e dizendo coisas como “escravidão foi uma escolha”!
  • VENCEDOR

    A FAZENDA

    SALLY: Nunca mais haverá uma Fazenda como esta, você sabe que um programa é muito maravilhoso quando ele continua rendendo barracos deliciosos mesmo quase um mês após seu término!
    SOMIR: Foi o vencedor porque NEM AQUI a gente ficou livre disso. Quando o grau de barraco é poderoso ao ponto de contaminar o desfavor, é porque a coisa é grave. Sugiro trocar o nome do prêmio para Troféu Fazenda em 2019.

TROFEL JENIALIDADE

Destinado às mentes mais brilhantes do ano.

PT: se recusando a compor com outros partidos e ceder poder, insistindo na candidatura de Lula mesmo preso e repetindo o discurso de perseguidos, conseguiram um dos piores resultados da história em eleições. !
Tite: Jogou em um esquema furado, com escalação duvidosa, um capitão faniquiteiro e levou um pau na Copa em clima de “já ganhou”.
Refugiados que tentam invadir os EUA: Avisam que vão cometer uma ilegalidade em um local policiado por pessoas fortemente armadas e ainda levam os filhos consigo para o evento.
  • VENCEDOR

    CARAVANA DE REFUGIADOS

    SALLY: É a era do “Eu tenho direito porque eu quero”. Felizmente ela está acabando e dando lugar à era do “É o caralho”.
    SOMIR: Invadir o país com o maior exército do mundo depois do presidente ser eleito por promessas anti-imigração. O que poderia dar errado?

TROFÉU O PLANETA TE ODEIA

Prêmio para o desastre natural mais impactante de 2018.

Calor do cão que está tornando um inferno a visa de metade do planeta.
Aumento na quantidade e na intensidade de furacões.
Aumento na intensidade dos terremotos.
  • VENCEDOR

    CALOR DOS INFERNOS

    SALLY: Vai logo, Tio Elão, acelera essa expedição para outros planetas, neste aqui não dá mais.
    SOMIR: Tá bom, eu paro de usar canudos, mas DESLIGA ESSA PORRA DE SOL!

TROFÉU LACRE VIOLADO

Para celebrar os resultados da virada do pêndulo e as besteiras e vergonhas que os lacradores estão nos proporcionando durante o ano.

Pablo Vittar: a falta de talento fez com que fosse desaparecendo lentamente dos holofotes, sobrando apenas a casca de travesti mais famosa do país. É a nova Rogéria, mas sem nada pra dizer. Numa tentativa desesperada de manter o lacre, colocaram ela na disputa de mulher mais sexy do ano, mas ficou só em 13º lugar, provando que só recebeu voto de outros lacradores.
#elenão: o movimento de histéricas saiu pela culatra, aumentando o número de mulheres que votaram no Bolsonaro. Mais uma vez, o lacre prova que não tem a menor ideia de como as pessoas estão pensando, e coloca o berro e o circo na frente de qualquer objetivo político.
Fernanda Lima: cheia de pose com seu programa lacrador na Globo tomando porrada de audiência toda semana e provando que o povo não quer ter um show de horrores enfiado goela abaixo. Agora chora porque não sabe se vão renovar o Amor e Sexo, que não dá dinheiro, e vai culpar a sociedade machista opressora.
  • VENCEDOR

    #elenão

    SALLY: Não posso negar que o movimento #EleNão me atendeu muito bem: elegeu o Bolsonaro. Valeu galera!
    SOMIR: Se o mundo real ligasse para hashtags e sovacos cabeludos coloridos, não precisaria fazer a marcha, né?

TROFÉU PILHA DE EXCELÊNCIA

Prêmio máximo conferido às pessoas que tiveram a capacidade de trilhar os passos do Mártir Transcendental da República Impopular do Desfavor.

Elon Musk: Tio Elão surtou em 2018. Afirmou que usava drogas mesmo e foda-se, chamou mergulhador que resgatou crianças da Tailândia de pedófilo para baixo quando ele criticou seu mini-submarino, usou imagem sem pagar direitos autorais em campanhas, foi acusado de escrotizar funcionários, propagar racismo, assédio e outras cositas más. Além disso, foi expulso do board da própria empresa por acusação de manipular mercado de ações, o que assumiu e achou engraçado logo depois.
Neymar: Passou o ano todo esbanjando, ostentando e evadindo sua privacidade e quando chegou a hora de mostrar trabalho só caiu e fez drama na Copa, culminando com um desabafo patrocinado pela Gilette.
Kéfera: Da Youtuber mais influente do Brasil passou a uma coadjuvante de novela da Globo, feminista embarangada e detestada em qualquer lugar que não seja o PROJAC. Fez vergonha o ano inteiro, desde postar vídeos aos prantos pela vitória do Bolsonaro incitando o medo até ser grosseira e mal educada em programa de TV destilando ódio aos homens.
  • VENCEDOR

    ELON MUSK

    SALLY: Tio Elão, o drogado camarada, está em processo de Pilharização. Será que em breve vamos vê-lo na Fazenda?
    SOMIR: Há um Pilha no coração de cada um de nós, basta saber encontrá-lo. Elon encontrou o seu e está colocando em risco bilhões de dólares numa sequência de loucuras que trazem muita alegria para nossos corações (podres). Um Pilha bilionário é tudo o que a humanidade precisa.

Mais um ano, mais um prêmio distribuído. Ano que vem estamos de volta, esperando que 2019 seja menos bizarro, mas esperando sentados, porque do jeito que a coisa vai…

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Etiquetas:

Comentários (7)

  • Outra categoria disputadíssima o Lacre Violado!

    A forçação de Pabbllo Vittaminaddo atingiu níveis alarmantes (que são sinal de que a onda está passando e elx está a caminho do ostracismo). O cara sem maquiagem parece o Freeza do Dragon Ball e tem uma voz anasalada grasnante insuportável, mas já teve prêmio de música do ano e foi indicado como mulher mais sexy do Brasil. Se muito, vai ficar um tempo naquele programa de enterevistas e depois vai sumir definitivamente.

    Helenão com dois fronts que o brasileiro médio tem nojo: as feministas e abominações universitárias que fazem cagaço, mijaço e enfianocuzaço com fotos do Bolsonaro, e as artistas globais milionárias posando de resistência. Realmente, tinha tudo pra dar certo.

    Fernanda Lima, morando nos Estados Unidos e que anda com duas babás negras que têm que se vestir à caráter posando de resistência foi uma versão mais light dos horrores do Helenão. Era questão de tempo até cancelarem o programa, que nasceu meio subversivo mas não era tão forçado, e a essa altura já tinha se tornado um circo com peladões esfregando emponderamento na cara do povo, muito lacre e seje menas.

  • Disputa acirradíssima para o prêmio de Jênio do ano.

    A campanha do PT foi uma calamidade e o Andrade só teve a votação que teve porque era literalmente todos, incluindo a Globo, contra o Bolsonaro. Já começou atrasado porque insistiram em mostrar o Lula como candidato mesmo o puto estando na cadeia (deve ter sido lindo ter que explicar pro amigo gringo o que caralhos estava acontecendo). Então, quando finalmente a candidatura dele é oficialmente indeferida, o PT começa a trabalhar em dois fronts – um divulgando 0 Arde Arde como candidato fantoche, e outra, em áreas mais pobres, produzindo milhões de santinhos em que o Lula ainda é o candidato pra ver se engana o povão mais simples. E para finalizar, aquela vergonhosa campanha de segundo turno em que viram um 180º e de um dia pro outro trocam o vermelho por verde e amarelo, o Lula some, o Radarde e a Larissa Manoela vão à missa, e causam aquele destrambelho todo dentro do partido. Foi um espetáculo.

    No futebol, não sei se indicaria o Tite por insistir na formação “Neymar Futebol Clube” que já mostrou que bastou enfrentar um time europeu com alguma tradição que rapidinho o “futebol moleque, futebol de várzea” esfarela; ou indicar o Pop Superstar Neymarketing com a jenial estratégia de encenar mergulhos cinematográficos com a porra do VAR filmando todos os ângulos o tempo todo. Realmente ele foi o alvo nº1 dos adversários – porque eles sabiam que se o Neymar saísse, o resto do time desmontava – mas não só ele já tinha a fama de cai-cai como ainda reforçou ela em quase todos os jogos da Copa. Daí é lógico que o juiz vai ter o pé atrás na hora de marcar as faltas. Troféu El Divo para aquela bambeada tosca que ele deu na área pra tentar cavar um pênalti e aquela rolada pião da casa própria.

    Depois, os imigrantes, que concordo que vence pelo desfavor dos pais arrastando os filhos pelo deserto pra depois chegarem na fronteira, mostrar as crianças morrendo de febre, fome e sede e culpar o Laranjão.

  • A saga do Lula sambando em cima do caixão da mulher foi e continua sendo o maior desfavor carcerário que eu já vi, e duvido que alguém supere.

    No velório, o cara transformou o caixão dela num palanque, entre outras coisas, soltando aquela pérola de que a Lava-Jato matou a mulher. Depois, em TODO SANTO DEPOIMENTO, a coisa se desenrolava assim:

    Procurador: “Sr. ex-presidente, em relação a isso…”
    Cachaceiro: “Isso aí era a Dona Marisa que via. Não sei de nada.”
    Procurador: “Sr. ex-presidente, quanto àquela questão da…”
    Cachaceiro: “Não sei, acho que a Dona Marisa que tava vendo isso aí.”
    Procurador: “Sr. ex-presidente, sobre aquele ponto…”
    Cachaceiro: “Não estou sabendo, é possível que a Dona Marisa tenha falado sobre isso com alguém.”
    Procurador: “Tudo bem, então. Quanto à senhora Marisa Letícia…”
    Cachaceiro: *começa a lacrimejar* “olha dotô, é muito fácil o sinhô falar da Dona Marisa aqui, agora que ela está morta, MORTA, e não tem como se defender, sabe?”

    E claro, o Grande Evento, a “Showmissa” que o PT tirou do cu, com direito a padres fazendo discurso de resistência e lambendo o Lula (e sendo advertidos pela arquidiocese depois) e o Grande Astro Lula enchendo o cu de pinga ao vivasso e sendo aplaudido enquanto falava merda.

    Sério, impossível superar isso.

  • Ah, nem vem que dia do troll e cobertura da fazenda fazem parte dos piores momentos!
    Semana do troll, semana do cu, semana fitness, aquele texto da circuncisão foram os melhores momentos!
    Menção honrosa para o texto da anomalia magnética (que pelo título eu achei que ia ser chatão e me surpreendi).
    Piores momentos com certeza foram sumiço do Somir, mimimi por causa do encontro de leitores que fez com que a gente ficasse escutando meses depois e o momento mais bizarro e inacreditável quando foram perguntar de horário de texto.

    • É quando tem a minha ausência em qualquer categoria, a disputa é desnecessária. Mas bem lembrado do dia que vieram cobrar horário de texto… acho que nem passou pela nossa cabeça porque foi resolvido no próprio dia e (até onde eu sei, não se repetiu), então entrou na categoria de caso arquivado.

  • Pior que a hashtag #elenão só aquelas frases de efeito cafonérrimas que começaram a usar depois que o Bonoro ganhou. “Serei Resistência”, “Ninguém solta a mão de ninguém” – tão Jardim de Infância isso.

    E a prisão do Lula realmente me surpreendeu. Achei que não viveria pra ver esse acontecimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: