Top Des: 09/06/2019

SALLY
Eu precisei ler várias vezes: não foi por se beijarem foi por NÃO se beijarem.
SOMIR
Algo me diz que assim que descobrirem de onde esses homens vieram e a religião que seguem, o caso vai desaparecer…

SALLY
Se todo mundo que se ofende com humor puder calar o humorista, não teremos mais piadas.
SOMIR
O sonho dos lacradores não é igualdade, é se tornar o opressor.

SALLY
Ideologia dura até comprometer o sonho classe média: todo mundo apagando postagens.
SOMIR
Vou lançar o grupo “Trump? Nunca critiquei!” no Facebook.

SALLY
E o povo aí, catando pessoas randômicas, que nojo!
SOMIR
Arraste para a direita para contrair uma DST.

SALLY
Parafraseando Romário ao contrário: quem é bom se constrói sozinho.
SOMIR
“O quê? Manifestação de rede social não impacta de verdade na vida real?”

SALLY
#VemPraRua
SOMIR
Se alguém te der um olhar desaprovador por ter 5 potes no seu carrinho, você pode usar essa notícia!

SALLY
Vai dar merda.
SOMIR
Se eu fosse o governo de Goiás, aproveitaria para gerar turismo!

SALLY
Acho que faltou um R, provavelmente a manchete era SE CURROU.
SOMIR
Fica a minha solidariedade para as pessoas com cérebro nas Filipinas: nós entendemos vocês.

SALLY
Povo alegre, descontraído e de bem com a vida… só que não.
SOMIR
O povo que mais se mata e mais faz plásticas… estávamos dando sinais faz tempo.

SALLY
Vai um humorista persona non grata falar uma coisa dessas…
SOMIR
Depois da explicação eu acho que não é racismo, ele está gagá mesmo.

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Comentários (18)

  • Esquerda brasileira: resistindo contra o imperialismo ianque via iPhone enquanto almoça no restaurante da Disney.

    Lembro de um desses podcasts de viúva do Lula (era Anti Cast ou Brain Cast, se não me engano), em que num bloco estavam falando da “massificação cultural” promovida pelos Estados Unidos, e no outro estavam batendo aquela punheta de nostalgia lembrando sobre como o governo do PT foi maravilhoso com seu dólar a um real, com um deles (tem voz de japonês) falando de como foi maravilhoso fazer um enxoval em Miami indo de loja em loja dirigindo um SUV gigantesco alugado.

  • Quando um europeu legítimo comete um crime na União Européia, em questão de minutos os jornais e portais já estampam um verdadeiro dossiê sobre o fulano: nome completo, foto, endereço, onde trabalhava, perfil psicológico, perfis de redes sociais…

    Agora, na esmagadora maioria dos casos eles tentam esperar pra ver se o assunto morre. Aí às vezes aparece uma notícia, mas sem mencionar o nome nem a motivação. Algumas vezes mencionam que o criminoso é alemão, inglês, francês… pra lá no meio da matéria revelarem que o nome do europeu é “Ahmed Al-Jazeera Sadiq Jaffar”, nascido na europa mas filho de “refugiados”, e ele estava gritando “Deus é grande”, muito provavelmente em árabe. E logo em seguida os jornais já estão falando sobre islamofobia.

    • Pedir Mais Cedo sempre foi cheio dessas. Vasectomia é pouco pra quem usa de artifícios fraudulentos pra levantar recursos pra igreja.

  • Caso das DSTs: não sei se as pessoas sabem que todas essas existem. Sífilis e gonorréia aprendi na escola mas clamídia só fiquei sabendo que existia num episódio daquele seriado ER. Agora imaginem o monte de pobres sem assistência que tem por aí.

    caso Chernobyl: hahaah, deixa, mais uma categoria prêmio Darwin.

  • Eu lembro de ver um povo revoltado falando que a CNN apoia racismo por causa da contratação, acho que só ficariam felizes se o cara estivesse na sarjeta. Falou uma bosta, fica marcado pra sempre na mente desse povo, como se eles mesmos fossem perfeitíssimos, e exigem punição. “Fogo nos racista”

    Mas se traficou drogas, estuprou ou matou pra roubar um celular, é preciso dar uma segunda chance e ressocializar com educação. Vai entender…

  • Uganda conseguiu reduzir significativamente os índices de DSTs com o “ABC strategy”, promovendo não apenas contraceptivos, mas também abstinência e fidelidade. No ocidente qualquer pessoa que sugere isso é recebida com chacota e deboche, como se fôssemos animais que vivem de instinto.
    Lógica ocidental: se os índices de câncer de pulmão aumentam, façam campanhas incentivandos pessoas a não fumar. Se os índices de obesidade aumentam, façam campanhas incentivando as pessoas a não comerem porcaria. Mas se os índices de DST aumentam nem ouse dizer pras pessoas se controlarem, haja o que houver a putaria tem que continuar!!! Dá pra viver com DST, doença é o seu preconceito!!! Ué, epidemia de DSTs? A culpa é do conservadorismo!
    O problema do Brasil não é político, é social e estrutural.

    • Quem escreveu esse artigo aí ou sempre levava bolada na cara ou era o(a) chato(a) que ninguém chamava pra brincar. Fim.

  • Olha até onde está indo esse negócio de “zoar macho”. Uma professora deu prêmio de “macho mais chato” pra um menino autista de 11 anos.
    https://www.nbcnews.com/news/us-news/special-education-teacher-gives-student-autism-award-most-annoying-n1013631
    Imagina a repercussão se fosse um professor zoando uma aluna. Aí depois um piá desse entra numa escola e leva uns 20, vem um bando de viado dizer que “é consequência dos videogames” “culpa do machismo tóxico” e blablablá.

  • Na moral? Que se lasquem. É esse tipo de povo (mulheres e LGBT) que mais milita por imigração descontrolada e chama de fascista quem é contra, ta aí a diversidade que tanto queriam.
    Se fossem britânicos raiz, brancos e cristãos, iriam expor até o nome da avó deles. Aí o povo fica cada vez mais desconfiado da mídia e das instituições, querem culpar a liberdade de expressão na internet.
    Saudade do jornal impresso, pelo menos servia pra embrulhar carne de açougue.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: