Retrospectiva bizarra: Agosto 2019

O mês de agosto terminou, mas deixou diversos desgostos para a gente usufruir. Nada melhorou, muita coisa piorou, mas tudo continua extremamente engraçado. Vamos dar um passeio pelas piores notícias do mês?

O cuidado e carinho com o qual se criam os filhos continua no mesmo nível do mês anterior. Em Minas Gerais, descobriram que um papai que arrecadou uma fortuna para tratar do filho com uma doença rara (AME) usava o dinheiro para outras coisas menos nobres, como por exemplo, abrir uma casa de prostituição. Em São Paulo, uma criança foi encontrada morta após ser deixada sozinha, pois a mamãe saiu para a balada. Na Inglaterra, uma mamãe foi presa após matar suas duas filhas por motivos de: elas atrapalhavam sua vida sexual. Na Nova Zelândia, uma mamãe achou bacana beber 18 copos de whisky e depois amamentar seu bebê de dois meses, que, obviamente, não está mais entre nós.

No mundo dos esportes, o futebol brilhou. Menino Ney tanto fez que acabou sem conseguir mudar de clube, nem para o Flamengo o infeliz conseguiu migrar. Como se não bastasse, ainda foi xingado ostensivamente pela própria torcida, fazendo com que dirigentes do clube façam as vezes de Neypai e convoquem uma reunião com a torcida organizada pedindo para que “peguem leve” com o jogador. Se há vergonha profissional maior do que essa, não me lembro. Até o pacato Messi anda barraqueando: brigou em uma boate em Ibiza e levou uns cascudos.

Na Flórida, um surfista foi mordido por um tubarão, mas, ao ser resgatado pelos paramédicos, se recusou a entrar na ambulância e ir ao hospital. Em vez disso, achou mais conveniente ir para um bar, comemorar com seus amigos que não tinha morrido. Um jogador de basquete americano foi afastado das quadras ao ser pego tentando fraudar seu exame antidoping: o resultado apontou que ele estava “grávido”, acusando que ele usou urina de uma mulher. E por falar em basquete, a seleção argentina vestiu um uniforme errado e por isso acabou perdendo o campeonato por W.O.

O Rio de Janeiro continua um dos maiores desfavores do Brasil. Um laboratório universitário referência em pesquisas, com inúmeras amostras de vírus e bactérias, foi roubado: levaram o gerador, ar condicionado e outros maquinários que comprometiam a temperatura ambiente. Com isso, todos os experimentos foram perdidos e ainda gerou um risco de vazamento do material. Um casal foi agredido a facadas na frente de policiais, que alegam não ter feito nada por serem vítimas de militantes de direitos humanos depois, com direito a processo, pedido de indenização e perda do cargo.

Uma dona de casa que tatuou um pênis no braço foi à imprensa dizer que estava arrependida pois, graças à tatuagem, veio uma dificuldade inesperada em conseguir um emprego, algo que um carioca não parece capaz de antever. Um traficante tentou fugir do presídio vestido de mulher, com direito a máscara de silicone e peruca. Não deu certo, amanheceu morto no dia seguinte. Policiais do BOPE passaram a atuar com crânios de cabra pendurados em seus uniformes. Torcedores do Flamengo e do Vasco brigam durante a distribuição de alimentos para moradores de rua. Um homem tentou assaltar pessoas fazendo uma arminha com os dedos.

A prestação de serviços, como está? Muito mal, obrigada. Um avião que fazia um voo dos EUA para a Inglaterra teve que aterrissar de emergência por causa de um mau cheiro insuportável que ninguém sabe de onde veio. Casos como este são cada vez mais frequentes, talvez seja hora das Cias Aéreas reverem que alimentos servem aos passageiros. Até na imaculada Disney deu problema: foi emitido um alerta para raiva no parque temático mais famoso do mundo. Em Araraquara um homem foi picado por um escorpião dentro de uma sala de cinema.

Descobrimos que funcionários da Apple escutam os áudios de usuários da Siri e que terceirizados da Microsoft escutam as conversas via Skype. Um terapeuta americano perdeu sua licença após achar oportuno assediar uma paciente que estava se tratando com ele por ser vítima de um estupro.

Depois de sofrer várias acusações de peças de roupa racistas e apropriação cultural, a marca Gucci decidiu criar um “Departamento de Diversidade”, para ver se consegue fazer roupas sem ofender a ninguém. Em um parque aquático na China, uma piscina com ondas artificiais teve uma pane, gerou uma tsunami artificial e feriu 44 pessoas. Um voo doméstico nos EUA recebeu uma visita inesperada: durante o trajeto, um morcego voava entre os passageiros.

O Judiciário continua um aterro sanitário humano. No Brasil, cujo sistema penal se propõe a ressocializar o detento, presos esquecidos nas cadeias que já cumpriram sua pena faz muito tempo tentam, sozinhos, pedido de Habeas Corpus escritos em folhas de papel higiênico. Em Fortaleza, só após cinco anos de prisão perceberam que prenderam a pessoa errada e o rapaz foi solto. Ainda no Brasil, Alexandre Nardoni, condenado e preso por matar a própria filha, foi liberado pela justiça para passar o dia dos pais em casa.

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul absolveu um homem de uma acusação de estupro com o argumento de que a vítima estava bêbada, portanto, não poderia se lembrar se consentiu ou não o ato. Um senador malaio decidiu criar uma lei para proteger os pobres homens que são seduzidos por mulheres e encorajados a praticar estupros.

Consumo consciente? Provavelmente não, mas merda, todo mundo consumiu. Para aplacar a onda de calor europeia, foram lançadas cuecas que resfriam. Deve ser agradabilíssimo andar com o ânus e testículos gelados, parabéns aos envolvidos. Uma empresa americana começou a vender seguros contra abdução alienígena, o que não faz o menor sentido, uma vez que é muito melhor ser sugado para fora deste planeta.

No mundo dos relacionamentos também fomos agraciados com diversas excrescências. Uma moça que se disse cansada de encontros malsucedidos resolveu se casar com o seu cachorro, em um programa de TV, vestida de noiva. Na Índia, um homem apostou a esposa em um jogo de cartas. Após perder, ele permitiu que seus colegas de carteado a estuprem. No Peru, um casal saindo de uma boate resolveu parar em uma ponte para trocar beijos. Como haviam bebido bastante, perderam o equilíbrio e caíram em um belo beijo mortal.

A natureza, como vai? Revoltada. Em Las Vegas uma nuvem de gafanhotos em migração invadiu uma área de cassinos e hotéis de luxo. Nos EUA a polícia foi acionada para remover um Lince que estava no teto de uma lanchonete da rede Burguer King. Um casal de pinguins gays ganhou um ovo abandonado de presente para que possam ser “pais” do filhote. Na Índia, após fortes chuvas e enchentes, um jacaré apareceu nadando e comeu um cachorro no meio da rua. Um peixe gigante natural da Amazônia foi encontrado sem explicação aparente morto na Malásia. Um gato aprendeu a destravar e desligar o celular da dona quando o despertador tocava toda manhã, gerando atrasos inexplicáveis no ambiente de trabalho. Uma jumenta que canta fez sucesso na Índia.

No cenário internacional, o que aconteceu de bom? Quase nada. Mas de ruim, tem um monte. Mais um vazamento nuclear na Rússia, novamente, mal explicado, mas gerenciado e coberto por mentiras. No Quênia, uma forte flatulência obrigou a esvaziarem a Câmara dos Vereadores, interrompendo uma reunião. A Indonésia teve tsunami, terremoto e precisou mudar sua capital, pois a original está afundando. O furacão Dorian promoveu evacuações massivas após crescer para o nível 5, o maior na categoria.

Na religião também vimos algumas novidades. Uma igreja católica que instalou um escorregador para seus fiéis, aparentemente inútil, pois com Deus não se brinca. Um templo budista que passou a utilizar um robô em suas pregações. Também conhecemos a figura do Traficante Evangélico, uma máfia que se dedica a vandalizar templos de outras religiões e o Culto Pet, uma pregação religiosa para animais de estimação.

E as celebridades, como estão? De mal a pior. A cantora Katy Perry foi condenada após provarem que ela plagiou uma música de rap cristão. Além disso, a empoderada também foi acusada de assédio sexual durante as gravações de um de seus clipes. O cantor Aaron Carter despertou fura dos fãs após adotar um cachorro de uma raça cara para colocá-lo à venda

As subcelebridades também vão de mal a pior. O sertanejo Gustavo Lima, que adora posar de politicamente correto, soltou uma frase nada correta para uma moça que lhe teceu uma crítica: “deve estar sem trepar”. Anitta e Pedro Scooby, que viviam de dizer o quanto estavam felizes e se amavam em redes sociais, terminaram o longo relacionamento de três meses e agora a “poderosa”, que de poderosa não tem nada, está deprimida.

Por sinal, Anitta, que vive se dizendo da turma GLS, postou em suas redes sociais um texto em inglês com um termo altamente ofensivo para com o grupo (aquele com F) e apagou depois de ser massacrada e acusada de só querer o Pink Money. Para completar, a cantora se pronunciou de forma desastrosa sobre a questão das queimadas na Amazônia, falando uma pá de merda e virando motivo de chacota. Ah, sim… o criador do Orkut acabou bloqueado no Tinder.

Os anônimos também brilharam. Em Minas Gerais uma noiva decidiu se casar usando um buquê de coxinhas. Na Espanha um homem ficou puto e resolveu jogar uma geladeira e uma máquina de lavar do alto de um penhasco. Foi multado e obrigado a pegá-las de volta. Nos EUA, um ladrão roubou uma garrafa de ketchup, mas depois acabou devolvendo-a, pois disse que ela “dava azar”. Vimos surgir o movimento “sadomasoquismo vegano”, onde é ok espancar humanos, mas sem fazer danos a animais.

Também nos EUA, um homem assaltou um banco declarando que era um assalto por escrito, em um papel. O que o infeliz não percebeu é que o papel usado tinha seu nome e endereço no verso, acabou preso. No Brasil, conseguiram fazer pior: durante um roubo, o ladrão esqueceu seu currículo no local do crime. Uma mulher em Los Angeles resolveu mandar recados desaforados para seus vizinhos pintando enormes emojis nas paredes de sua casa. Um torcedor de baseball morreu durante uma competição para ver quem comia tacos, ao que tudo indica, ele comeu demais.

Um inglês declarou que paga quase 500 reais para levar “cuecão” no meio da rua, pois o ato lhe dá prazer. Na Índia, um jovem jogou uma BMW nova em um rio, após um acesso de fúria, diante da recusa de seu pai em comprar um Jaguar para ele. Força, guerreiro. Uma australiana alega ter visto a aparição de um demônio na orelha do seu cão, a ironia é que a raça do animal: estamos falando de um Pastor. Em Paris, um garçom foi assassinado por demorar muito a trazer um lanche.

Os cientistas parecem estar sempre focados em assuntos relevantes. Nos EUA, um grupo de cientistas resolveu provar que o olfato dos tubarões é muito bom se cortando e entrando em uma região do mar repleta destes animais. Um cientista/ativista francês pediu para que a população permita que os mosquitos suguem seu sangue, encarando isso como um tipo de doação. A NASA está investigando a primeira acusação de crime cometido fora do planeta.

Cientistas também criaram uma vodca feita com material de Chernobyl, para testar a coragem de quem bebe. Também descobrimos que quando o ser humano pisou na lua acabou espalhando tardígrados por lá e não se sabe ao certo se isso pode ou não ter consequências. Decidiram estudar o cantor de rock Ozzy Osbourne e concluíram que ele só sobreviveu a tantos anos de abusos de drogas e álcool por uma mutação genética que possui. Descobriram que, ao contrário dos brasileiros, os Orangotangos conseguem controlar suas vozes. Informação muito relevante.

Política, como sempre, fornecendo material de qualidade. Poket cancelou uma reunião com o Ministro das Relações Exteriores da França alegando uma emergência e depois postou no Facebook uma Live de si mesmo cortando o cabelo – no mesmo horário. Emergência capilar, que chama.

Como se isso fosse pouco, ele também fez uma piada se comparando ao personagem de desenho animado Johnny Bravo. Quando questionado sobre preservação ambiental, sugeriu que quem se importa com isso faça cocô dia sim, dia não, de modo a economizar água.

Ironizou as críticas sobre desmatamento se chamando de “Capitão Motosserra”. Recusou ajuda em dinheiro internacional, mandando inclusive um recado para Merkel: “Pegue esse dinheiro e refloreste a Alemanha”. Brigou com o Presidente da França após críticas envolvendo o incêndio na Amazônia e riu publicamente, em uma rede social, de uma piada que fizeram comparando a beleza da primeira dama brasileira com a feiura da primeira dama francesa.

É isso, nos vemos no final de setembro!

Para dizer que está tão ruim que está engraçado, para dizer que não se importa ou ainda para torcer para que este material seja a fonte de consulta de futuras civilizações para entender como se comportava a raça humana: sally@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Etiquetas:

Comentários (22)

  • Quando fiquei sabendo dessa notícia do orkut sendo bloqueado no tinder e pedindo ajuda no twiter pensei… Caraio, isso é muito black mirror! haha
    Quanto à microsoft e outros ouvirem tudo o que a gente diz, bem… Não é novidade, eu diria, mas ainda assim, é um pouco assustador.

  • “Decidiram estudar o cantor de rock Ozzy Osbourne e concluíram que ele só sobreviveu a tantos anos de abusos de drogas e álcool por uma mutação genética que possui. ”

    Acredito nisso. Li a biografia dele e as histórias são de cair pra trás. Só sendo um “mutante” pra estar vivo até hoje.

    PS: Esse Pedro Scooby deve trepar bem, só pode. Não vejo nenhum outro atrativo nesse cara.

  • Ainda não me conformo que um cara tentou assaltar pessoas fazendo “arminha” com os dedos! Só no Brasil mesmo… E quanto a “torcer para que este material seja a fonte de consulta de futuras civilizações para entender como se comportava a raça humana”, eu acho que a pergunta mais difícil de responder será: “como é que uma espécie tão patética conseguiu se tornar predominante no planeta?”

  • Sally me desculpa falar, mas eu te acho um tanto arrogante. Não é o que você escreve no seu blog, é o fato de que eu falei que queria conversar com você por email e você sequer me respondeu. O email que eu coloco na caixa de comentários é o meu mesmo. Você tem alguma coisa contra mim? Eu já estou em uma fase ruim da minha vida e vem uma pessoa me tratar com desdém e falta de consideração. Você pelo menos deveria ter mais respeito pelas pessoas que te admiram, e não é fácil a gente precisar desabafar e a pessoa ainda vir com egoísmo. Pense nisso! Vê se me escreve caralho, deixa de ser egoísta!

    • Tenho nada contra você não, mas já avisei várias vezes que não consigo responder a e-mail. Infelizmente o desfavor tomou proporções maiores do que aquelas que a gente imaginava e eu recebo mais de cem e-mails por dia. Como não vivo deste blog, preciso trabalhar também, portanto, não há qualquer condição de fazer textos diários, trabalhar e responder cem e-mails por dia, não leve para o pessoal. Se quiser conversar comigo, manda por aqui mesmo, pedindo para que eu apague o seu comentário, que eu responde sem que ninguém saiba o que está sendo perguntado.

  • Avatar

    Geraldo Renato da Silva

    Menino Ney não conseguir ir para o Flamengo… que fase hein!
    Agora criar um “Departamento de Diversidade” foi o máximo da lacração.
    E nosso presidente não consegue controlar a língua…
    Isso mesmo: que venha setembro com todas as suas benesses!

  • Esse mês o Brasil chegou a 210 milhões de vítimas, digo, de habitantes. Os caras dão tiro em bebê na barriga da mãe e mesmo assim a população cresce.
    Ou Deus tá usando cheatcode, ou é confirmação daquela teoria de que mulheres em situações precárias tem mais facilidade pra fecundar, pois o corpo que enfrenta adversidades na sobrevivência prioriza a reprodução pra perpetuar a espécie, o que mais tem aqui é gente fudida

  • Orangotangos mais civilizados que brasileiros. Seria bom se cada brasileiro usasse uma coleira com medidor de decibéis e quando chegasse a um limite que atrapalhe o outro, levassem um choque.

    Se bem que voz alta é o de menos, dá pra se conformar (é um lance cultural, sei lá, faz parte), mas não consigo aceitar é gente que sente necessidade de tocar música em todo lugar (no ônibus, na praia, na puta que pariu) e gente que mexe no escapamento da moto pra fazer aquele barulho de tiro, ainda vou infartar com essa merda. A pessoa gasta tempo e dinheiro pra incomodar os outros, se isso não é uma forma de psicopatia, eu não sei o que é.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: