Retrospectiva bizarra: Outubro 2019

Acabou o mês de outubro e com ele a obrigação de escrever sobre temas escolhidos pelos leitores. Foi um prazer, surgiram muitos temas interessantes, mas agora retomamos a nossa rotina habitual. O que não quer dizer que vocês não possam deixar sugestões nos temas, nós atenderemos sempre que for possível.

Retomando a dinâmica normal do blog, vamos fazer um apanhado do que houve de mais grotesco no mundo no mês de outubro. As notícias mais exóticas, estranhas e inesperadas, resumidas em um único texto.

A religião sempre rendendo notícias que dão o que pensar. Um romeiro que estava indo para Aparecida para agradecer uma graça alcançada morreu atropelado por um ônibus de uma banda católica. O que será que Deus quis dizer com isso? Parte do teto da Basílica de São Pedro, a igreja mais importante do mundo, desabou durante uma missa do Papa. Entenderam o recado agora? Um incêndio destruiu uma capela centenária em Diamantina.

Os pais de uma criança de sete anos recusaram tratamento médico para seu filho alegando que rezariam e a criança melhoraria. Assim o fizeram, e a criança morreu. Acho que Deus estava muito ocupado. Em São Paulo, homens armados invadiram uma igreja e roubaram não apenas a igreja como todos os fiéis que estavam lá dentro. É, de fato Deus está muito ocupado para cuidar de seus fiéis.

O Rio de Janeiro sempre fazendo vergonha. O Governador afirmou que o Rio de Janeiro é a segunda cidade mais segura do Brasil. Faz sentido, desde que a outra cidade seja: todas as outras. Ele também disse que estava em tratativas com a Disney para trazer um de seus parques para o Rio. Foi rapidamente desmentido pela assessoria do Mickey. Uma juíza resolveu medir as saias das advogadas com uma régua e barrar a entrada daquelas que considerava inapropriadas.

Após receberem críticas por estarem sempre militando por algo, globais encabeçadas por Paula Lavigne se manifestam através de “biquinaço”, postando diversas fotos de si mesmas de biquinis em redes sociais. Vereador flamenguista injuriado com o que ele considerou injustiças, apresentou um projeto de lei para barrar o VAR em jogos na cidade. A caipirinha foi declarada patrimônio imaterial do Estado do Rio de Janeiro. A temperatura chegou a 44° na cidade.

E por falar em Rio, vamos dar uma olhada no mapa da criminalidade? Em Curitiba um cidadão estava praticando um assalto com uma faca, quando foi surpreendido pela polícia e decidiu fugir. Só que ele tropeçou e caiu de cabeça na própria faca, falecendo pouco tempo depois. Em São Paulo, assaltantes estão usando maquininhas que lhes permite roubar no débito ou no crédito. Achei empreendedor.

No Rio Grande do Norte um homem invadiu uma casa para assaltá-la, mas antes resolveu tirar uma sonequinha no sofá da sala. Acabou preso. Nos EUA, um Papai Noel embriagado foi preso após invadir uma igreja. No Espírito Santo, um tetraplégico foi preso comandando o tráfico de drogas de uma região deitado em sua cama. Marcos Valério apontou Lula como o mandante do assassinato de Celso Daniel, algo que qualquer pessoa do ABC paulista já sabe faz tempo.

Brasil também conseguiu marcos memoráveis. A Petrobrás está na lista das maiores poluidoras do mundo. Em uma obra, com a presença de um engenheiro, destruíram as pilastras de sustentação de um prédio em Fortaleza, que desabou na hora. Uma ave brasileira foi reconhecida como o animal com o canto mais alto do mundo… tinha que ser! Em um hospital de São Paulo, vítimas de estupro que tinha autorização legal para fazer um aborto foram agredidas e impedidas de entrar.

A Turma do Alfabeto, como está? Nervosinha, como sempre. Um médico com mais de 30 anos de profissão perdeu seu emprego depois de se recusar a chamar um homem trans de “ela”. Um russo está processando a Apple, dizendo que um iphone o fez virar gay. Os LGBTwhatever estão se mobilizando para conseguir cotas nas universidades. Fico me perguntando como se comprova ser gay.

Os relacionamentos estão cada vez mais saudáveis. Um homem mandou uma foto não solicitada de seu pênis para uma estudante na Escócia, o que ele não sabia é que, na verdade, se tratava de uma trans. Resultado: a moça mandou em resposta uma foto do seu pênis para ele. O Tinder afirmou que um dos principais fatores para match de pessoas no Brasil é a orientação política. Uma mulher foi presa por mandar mais de 9 mil mensagens para um homem que ela conheceu online.

E por falar em mulher, a violência contra a mulher, essa vítima indefesa, continua terrível. Em Brasília uma mulher foi agredida pela companheira, teve 90% do seu corpo queimado e morreu. Na Espanha, uma moça pediu a uma amiga que guarde uma caixa para ela. A amiga confiou e guardou, até ser surpreendida pela polícia e ter que explicar por qual motivo havia uma cabeça em decomposição dentro. No Rio de Janeiro uma mulher incendiou seu marido e mesmo depois de constatar sua morte, disse que não se arrependia.

Duas alemãs foram condenadas por cinco tentativas de assassinato do namorado que dividiam. A vice-diretora de uma escola nos EUA foi presa por forçar relações sexuais com um aluno do estabelecimento de ensino, que tinha metade da sua idade. No Espírito Santo uma mulher confessou ter cortado o pênis de seu marido e posteriormente assassiná-lo. Nos EUA uma babá foi condenada por estuprar um menino de 12 anos do qual ela cuidava. Detalhe: ela acabou engravidando dele.

No mundo dos esportes a falta de noção também esteve presente. Teve Ganso berrando com técnico, teve técnico demitido dizendo que Greta Thunberg já tinha idade para apanhar. Tite deu uma entrevista dizendo que ninguém tem privilégios na seleção e, horas depois, Neymar deu outra dizendo que ele tem privilégios sim e que acha isso justo pois carregava todo mundo nas cotas. Logo depois o Brasil empatou com a fortíssima seleção do Senegal. Teve diarreia na Fórmula um após uma comidinha mexicana duvidosa com escassez de banheiros para os necessitados. Deu merda… literalmente.

A medicina como vai? De mal a pior, obrigada. Na Coreia do Sul um médico confundiu as pacientes e fez um aborto na mulher errada. Funcionários de um hospital de São Paulo foram flagrados enchendo uma ambulância de cerveja, usaram o veículo para levar a bebida para uma festa. Criaram um banco de dados com fotos de cocôs do mundo todo para ensinar uma inteligência artificial a diagnosticar doenças.

A ciência continua com prioridades estranhas. Pintaram vacas como zebras para tentar evitar a picada de insetos. Um pesquisador nos EUA gastou 200 mil dólares destinados às pesquisas em um strip club. Tio Elão informou que os clientes Tesla poderão personalizar o som da buzina dos seus carros com barulhos atípicos, como o som de um pum ou de uma cabra. Criaram uma Testicuzzi, uma jacuzzi para testículos. Uma pesquisa nos EUA ensinou ratos e dirigirem pequenos carros e constatou que eles gostam de fazê-lo.

Como está o comportamento humano no geral? Péssimo. Nos EUA uma mulher conseguiu burlar a segurança do zoológico, entrou na área onde estava um leão e ficou provocando o animal. Uma equatoriana criou sorvetes com os sabores “Porquinho da Índia” e “Besouro”. Funcionários de um asilo nos EUA foram condenados por promover um “Clube da Luta” de idosos. O olho de uma mulher britânica explodiu quando ela o estava secando com uma toalha, após o banho.

Um chinês está respondendo por homicídio após um de seus pacientes morrer durante uma sessão de “terapia de tapas”. Na Austrália, um homem estava andando distraído quando, sem querer, pisou em um crocodilo, que mordeu seu pênis. Em São Paulo, um homem entrou em uma agência bancária com um cavalo, pois não queria deixá-lo sozinho do lado de fora. Uma mulher gastou uma fortuna em plásticas para ficar com “a vagina de uma Barbie”.

Na política, outubro foi um show de horrores. Todos os otários que passaram um ano militando pelo Lula Livre tiveram que enfiar o galho dentro quando realmente chegou a hora do Lula Livre e o próprio Lula se recusou a sair da cadeia. Por sua vez, os Bolsonaros fizeram vergonha com vídeo de leão perseguido, vídeo do Presidente faniquitando e seu filhos falando merda.

Um candidato a Deputado Federal do PSOL admitiu publicamente em um vídeo que gastou todo o dinheiro do fundo partidário com cerveja. Processado e obrigado a devolver o dinheiro, ele não teve vergonha de voltar à internet e pedir para que contribuam com uma vaquinha para pagar a sua dívida. Um Deputado do PSL vez um vídeo dele mesmo atirando em uma foto do Lula.

Na Inglaterra, um homem teve um transtorno psicótico desencadeado pelo BREXIT. Um Deputado do PSL criou um projeto de lei para criminalizar alguns estilos musicais. Carluxo brigou via Twitter com Joice Hasselmann, ambos utilizando apenas emojis.

Um Deputado do Espírito Santo publicou em redes sociais uma foto de sua filha (uma criança) segurando uma arma de fogo com a legenda “verdadeiro empoderamento”. Lembram daquela prefeita que caiu do alto de uma mula em um evento e bateu com a cabeça? Pois é, morreu. Deus perdoa, Darwin não.

Nos vemos no mês que vem, com mais notícias bizarras!

Para dizer que já está se acostumando com esse grau de anormalidade, para dizer que no final do ano vai piorar, pois as pessoas ficam ainda mais loucas ou ainda para dizer que ler isso te faz bem pois você se sente super normal: sally@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Etiquetas:

Comentários (15)

  • Faltou falar dessa praga de “Caneta Azul/ Azul caneta” que viralizou justamente nesse mês. O mais novo eraworm do Brasil e candidato a hit do verão! O cara do vídeo, um tal de Manoel Gomes, lá do interior do Maranhão, fez registro em cartório dos direitos autorais e tudo….

    Vejam:
    https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/diversao-e-arte/2019/10/29/interna_diversao_arte,801804/manoel-gomes-autor-de-caneta-azul-registra-direitos-autorais-do-hit.shtml

      • Você está certa como sempre, Sallyta, mas eu reformularia: pseudo-música ruim é a cara do brazucóide. Pode ver, tá tudo no mesmo nível de ruindade: esse caneta azul aí, a calcinha preta, o calipso, a tríade do mal (buarque, gil e veloso), o sambinha estouvado, MPB, o sertanojo, os ritmos genéricos afro-nordestinos (porque os afro originais são legais pra cacete!) os pseudo-pop/rock farofentos pessimamente mal emulados dos originais (aliás, Scanque se dissolveu, ufa!)… tudo isso é braziu, tudo isso é malemolente, intelectualóide barra-leblonense, redeglobificado, lucianohuckzado, pasteurizado e pré-mastigado pra digestão difícil do tupiniquim de qualquer coisa um pouco mais elaborada. Esse pseudo-cenário “artístico” atual da bananalândia não é nada diferente daquela coisa grotesca dos anos 50/60, em que Elke e Fio Maravilha, Becky Klabin (sempre eles no meio!), Pedro de Lara, José Fernandes e outras aberrações se agitavam num palco envolvendo os cabocões famintos que não tinham pão, mas tinham circo à vontade. Braziu é errado na origem, é estruturalmente deficiente em toda sua organização, é falhado desde 1500, não pode ser chamado de “nação” (apesar da imensidão de seu território, o que, aliás, nada significa) e quem tem um mínimo de bom senso ou vaza ou morre na praia/enlouquece tentando mudar esse estado de coisas ou se isola numa bolha (meu caso).

        • Esse seu comentário eu tenho que aplaudir, Charles D.G.! Ah, e ultimamente eu também tenho tentado me isolar numa bolha…

          • Caríssimo W.O.J., é a única coisa a se fazer, caso não queiramos morrer. Eu tive pretensões de cair fora há muito tempo, mas hoje isso me é impossível; portanto, melhor não saber de merda nenhuma, só ficar atento àquilo que nos atinge diretamente e foda-se todo o resto. É egoísta e feio isso? Sim, mas, antes de tudo, é instinto de sobrevivência!

  • Não é a primeira vez que a comida mexicana faz estrago entre esportistas estrangeiros. Tampouco essa ocorrência de outubro foi a primeira na própria Fórmula 1. Em 1987, o inglês Nigel Mansell e o brasileiro Nelson Piquet disputavam o título mundial corrida a corrida num rivalidade ferrenha e estavam na mesma escudeira. Durante os preparativos para a etapa cucaracha do campeonato daquele ano, Mansell se esbaldou com a comida mexicana, que lhe deu uma caganeira terrível, o chamado “mal de Montezuma”. E Piquet, carioca, malandro, e sacana como ele só, resolveu aprontar com o rival e fez com que todos os rolos de papel higiênico do banheiro dos boxes do autódromo desaparecessem. Quando enfim percebeu a trolada, Mansell ficou vários minutos gritando desesperado para que lhe trouxessem qualquer coisa com que pudesse se limpar e podia ser ouvido a vários metros de distância. Enquanto o inglês todo cagado berrava, Piquet, em um cantinho, se escangalhava de rir. Esse “causo” é considerado um dos mais cômicos já ocorridos até hoje na história da Fórmula 1.

    Outro incidente famoso envolvendo diarréia aconteceu na Copa do Mundo de 1970, também disputada, é claro, no México. Temendo intoxicações, a seleção inglesa trouxe de casa a sua própria comida e até a água, para revolta dos anfitriões. Mas a cerveja mexicana, os então campeões mundiais ainda podiam beber, ainda que isso desagradasse seus dirigentes. Tido como um dos melhores do mundo de sua posição na época e titular absoluto, o goleiro Gordon Banks bebeu essa cerveja no jantar na véspera da partida das quartas-de-final contra a Alemanha. Esse jogo era visto por toda a imprensa internacional como uma revanche entre os adversários da finalíssima de quatro anos antes. Com o excepcional Banks afastado por caganeira, o pobre reserva Peter Bonetti foi escalado “na fogueira” e falhou em lances decisivos. Resultado: a Alemanha teve sua ansiada “vingança” e a Inglaterra, que viera tão cheia de empáfia buscando um bicampeonato, foi eliminada.

  • “biquinaço”… a mina vive num país cujo maior evento é uma grande festa onde mulheres podem sair literalmente nuas no meio da rua, e acha que (semi)nudez em manisfestação vai chocar.
    Aliás, é impressão minha ou quase todas essas “manifestações sociais” giram em torno do fetiche exibicionista? (ficar nu ou fazer atos sexuais em público) Lembram dos gays mijões?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: