Punição de Dezembro – Escrituras

Saudações anais,

Para meu último número, eu vou aproveitar o espírito natalino e oferecer um presente. Somir e Sally receberam duas passagens bíblicas, e devem escolher uma delas. A passagem escolhida vai definir qual dos dois presentes que eu preparei eles vão receber.

JigCu

Tema de hoje: qual das passagens bíblicas do C.U. devemos escolher?

SOMIR

Se estivéssemos lidando com uma pessoa normal, provavelmente uma das escolhas seria boa e outra ruim. Mas como é o nosso psicopata de plantão, eu apostaria que estamos decidindo entre algo ruim e algo ainda pior. Das duas passagens que ele nos enviou, algo me diz que essa é a que nos leva para o menor dos problemas:

O Espírito do Senhor se retirou de Saul, e um espírito maligno, vindo da parte do Senhor, o atormentava.

Os oficiais de Saul lhe disseram: “Há um espírito maligno, mandado por Deus, te atormentando.

Que o nosso soberano mande estes seus servos procurar um homem que saiba tocar harpa. Quando o espírito maligno, vindo da parte de Deus, se apoderar de ti, o homem tocará harpa e tu te sentirás melhor”.

E Saul respondeu aos que o serviam: “Encontrem alguém que toque bem e tragam-no até aqui”.

Para mim ficou claro que existe uma relação entre o espírito maligno que atormenta o tal de Saul com tudo o que estamos passando aqui no Desfavor. Passamos um ano com esse encosto definindo punições mensais e derrubando ainda mais o nível de qualidade. Sim, a gente baixa o nível por conta própria, mas não com tanta frequência quanto experimentamos em 2019.

E continuando a análise, combina com o senso desmedido de importância comum na figura do C.U.: a passagem diz que o espírito maligno vem da parte de Deus, o que só reforça a autoimagem inflada dele, que frequentemente se posiciona como um enviado divino para nos fazer aprender lições sobre o Desfavor e aplicar seu senso de justiça duvidoso sobre todos nós.

E também sugere que cristãos são uns malucos: se o seu deus todo-poderoso fica mandando espíritos malignos para encher o saco das pessoas, ele não parece estar do seu lado. E considerando a média da Bíblia, até que estamos falando de algo leve, não mandou matar crianças ou destruiu exércitos inteiros de quem rezava menos para ele… o deus bíblico é um escroto que não sabe se controlar com os poderes quem tem. Parece até que é uma fantasia de poder de gente limitada. Quem imaginaria?

Mas, voltemos ao foco: a passagem menciona que existe uma forma de se livrar das influências negativas do espírito. Quer dizer, diz que a pessoa vai se sentir melhor, o que pode significar que o espírito continua, mas seu poder é reduzido, mas eu vou presumir que estamos falando de resolver o problema de vez. Eu quase concordei com a Sally na passagem que ela escolheu, pois ela sugeria que o “ser” mencionado encontraria seu próprio caminho, mas depois de uma análise mais profunda, eu senti o cheiro de armadilha.

Temos que pensar nisso com a cabeça do C.U.: ele não quer largar o osso, eu apostaria que a maioria de vocês não teria paciência de bolar uma punição por mês, e que lá pelo terceiro já começaria a ver punições repetitivas boladas com pressa, mas esse animalzinho que tomou conta do Desfavor em 2019 nunca se cansou: tentou fazer coisas diferentes e nos fazer sofrer por caminhos diferentes a cada nova sugestão. C.U. tem prazer honesto em criar essas punições, e dificilmente quer terminar essa jornada aqui. Eu tenho certeza que pelo menos uma das escolhas o mantém por perto. Ele já foi avisado que não aceitaríamos renovar as punições para 2020 sob hipótese alguma, então teve que achar caminhos alternativos.

C.U. quer continuar, mesmo que de outra forma. Nosso papel aqui é evitar isso. Na passagem que eu escolhi, fica clara a existência de um processo para pelo menos controlar suas ações: a harpa significa música ou arte em geral, e isso faz com que o Zé Ruela bíblico sinta-se melhor diante da presença do espírito maligno. A passagem da Sally parece mais óbvia sobre seguir por caminhos distintos, mas sugere também que de alguma forma, continuaremos juntos. Não queremos continuar juntos, queremos?

Ele quer que vocês escolham a passagem da Sally, então é óbvio que vocês devem escolher a minha. O único risco é ele ter previsto isso e invertido os significados antes, mas para ser honesto, C.U. nunca foi tão “complexo” assim. Não acredito que precise do pacote completo de paranoia para evitar a pior escolha, apenas um nível de inversão parece razoável para a mente dele.

A não ser que ele se considere Deus nessa passagem… aí está tudo ao contrário de novo. Ele parece ter ego o suficiente para essa conclusão. Aí seria o caso do espírito maligno ser o fim da punição e o “homem que toca harpa” ser uma alegoria para os leitores do Desfavor evitando isso. Mas temos que escolher uma interpretação e seguir com ela, mesmo que não faça o menor sentido, afinal, é a Bíblia e é exatamente para isso que ela serve: para que gente que não entende porra nenhuma do que leu tirar conclusões precipitadas que reforcem alguma ideia que já tem e precisam de uma desculpa para forçar goela abaixo dos outros.

Ou ele escolheu essa porque Saul rima com cu. Pode ser bem mais simples… nunca sei se C.U. é um gênio ou só um maluco da porra mesmo…

Para dizer que não entendeu nada, para dizer que vai votar no que causar mais sofrimento, ou mesmo para dizer que é sempre mais seguro concordar com a Sally: somir@desfavor.com

SALLY

A punição do mês de dezembro do C.U. chegou. É natal e disse que todos vamos ganhar um presente, porém, se formos merecedores, teremos a oportunidade de escolher esse presente. Para isso, precisaremos ler as entrelinhas. Ele nos ofereceu uma série de textos bíblicos e cada um deles tem um “presente” correspondente que, segundo o C.U., pode ser depreendido se feita uma leitura correta do texto.

Obviamente eu não tenho a menor ideia do que escolhi, não tenho a menor ideia do que a Bíblia quer dizer e menos ainda do que o C.U. quer dizer. Minha esperança são vocês: debatam, especulem e votem no texto que supostamente ferra menos com a gente. Segue o texto que eu escolhi e os motivos capengas pelos quais eu escolhi. Repito: está tudo nas mãos de vocês: votem no texto que acharem que rende o melhor “presente” para o Desfavor.

“Quando Eu me for e vos tiver preparado um lugar, virei de novo e vos levarei para mim, a fim de que, onde Eu estiver, estejais vós também. Vós sabeis para onde Eu vou, e conheceis o caminho.

Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas! Em verdade, em verdade vos asseguro que aquele que crê em mim fará também as obras que Eu faço.

Dentro de pouco tempo o mundo não me verá mais; entretanto, vós me vereis. Porque Eu vivo, e vós da mesma forma vivereis. Não vos deixarei órfãos; voltarei para vós.

Também vós agora estais tristes e apreensivos; este é um momento de sofrimento, mas Eu vos verei de novo, e então muito vos alegrareis; e mais, ninguém tirará a vossa alegria.”

Expectativa: Quando eu tiver o meu blog vou fazer tudo do meu jeito e só vou escrever sobre coisas interessantes. Realidade: um ano analisando hemorroidas, pessoas urinando nas ruas durante o carnaval e outras nojeiras, como por exemplo, estes trechos da Bíblia, que eu não tenho a menor ideia do que significam.

Eu mal entendo a história original. É bem difícil de compreender, depois de adulta, o enredo onde o protagonista nasceu sem que a mãe faça sexo. Nada faz sentido para mim na Bíblia e acho a leitura muito, muito chata. Se eu não entendo sequer a história original, imaginem vocês se eu sou capaz de compreender as entrelinhas…

Não sei qual é o recado que o C.U. está mandando, só sei que eu não tenho condições de avaliá-lo. Escolhi esse trecho pois me pareceu o menos pior: fala em não deixar a pessoa na mão, em dar continuidade a algo, mas parece ser um projeto que não vai impactar nos textos do Desfavor, que é meu maior desejo atualmente, depois do 2019 traumático.

Talvez o C.U. comece a escrever um blog, pois ele diz que irá voltar e os levará para um lugar onde ele estará. Ainda diz que vocês saberão para onde ele vai e conhecerão o caminho. Obviamente esse “encontro” que o C.U. parece estar marcando com vocês não é aqui, no Desfavor. Por semântica, se ele vai LEVÁ-LOS para algum lugar, não é aqui, afinal, aqui vocês já estão.

Dá um pouco de medo ao ler que “aquele que crê em mim fará também as obras que Eu faço.”? Dá. Boa sorte aí para aqueles que serão convidados a fazer sei lá qual atividade/obra criada pelo C.U. O lado bom é que ele diz que vocês vão se alegrar muito e ninguém vai tirar a alegria de vocês.

Não sei que merda de “presente” é esse vinculado ao texto, mas ele parece ter certeza de que vocês 1) Saberão chegar lá (seja onde for); 2) Será uma coisa nova, que ele ainda não fez; 3) Ele não será mais visto por aqui, mas será visto em outro lugar; 4) Trará alegria para todos. Gente, será que o C.U. vai ser candidato à Presidência da República e quer que Somir ou eu sejamos vices? Belo presente… hahahaha.

Não vou mentir: tenho zero certeza de tudo que estou falando, é mera especulação. Escolhi esse trecho pois, do meu ponto de vista (que pode estar errado), esta parece ser a opção que menos impacta o Desfavor. Quando ele diz “Quando Eu me for e vos tiver preparado um lugar, virei de novo e vos levarei para mim, a fim de que, onde Eu estiver, estejais vós também”. Ele vai preparar UM LUGAR, ou seja, voltaremos a nossos textos sem ninguém interferindo na pauta e o C.U. vai desfilar as desgraças dele em outro lugar. Ao menos é o que parece.

Outra coisa que me fez pender para essa opção foi que, segundo meu achismo, o que quer que seja, será uma obra dele à qual vocês serão convidados (e não obrigados) a participar. Não que alguém fosse obrigado a ler os textos que ele nos obrigava a escrever, mas era o texto do dia, não tínhamos mais nada a oferecer. Não tenho muita certeza de que a outra opção defendida pelo Somir seja facultativa, portanto, para evitar coisas como uma foto da bunda do Somir no texto do réveillon, prefiro esta opção.

O fato dele afirmar que vocês se alegrarão não pode ser sinônimo de nada parecido com o que ele fez este ano. Ninguém se alegra vendo fotos de hemorroidas ou travesti bêbado mijando no meio da rua. O que quer que seja, suponho que seja menos agressivo e mais agradável. Bem ou mal o C.U. está conosco desde o começo do Desfavor, ele deve saber o que alegra o leitor.

Normalmente eu defendo meu ponto de vista com unhas e dentes nesta coluna, mas hoje estou com um olhar bovino e um grande ponto de interrogação na cabeça. Se houver algum conhecedor da Bíblia ou alguém bom de adivinhações e sutilezas, por gentileza, dê uma luz nos comentários, para que as pessoas tentem votar de forma consciente.

E debatam entre vocês, não há qualquer restrição a isso. Juntos vocês pensam melhor e quem sabe consigam entender entrelinhas que os dois ateus aqui não tiveram a capacidade de compreender.

A votação fica aberta o dia todo, via comentários, e encerra às 23:59h do dia de hoje. Pode votar e se arrepender, mudando o voto. Valerá o último voto postado até o final do dia. Amanhã anunciaremos o resultado e o C.U. anunciará o presente correspondente à opção escolhida. Oremos.

Para dizer que está com pena de nós, para dizer que ele vai abrir um DesfaCU ou ainda para dizer que não importa a opção, vamos tomar no cu: sally@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Etiquetas:

Comentários (19)

  • Acabem logo com esse CU e voltem o blog ao normal, pelo amor de deus, de satanás ou de sei lá quem! Ninguém aguenta mais isso, porra!

  • Avatar

    Wellington Alves

    A passagem escolhida pelo Somir é a que mais se encaixa com tudo o que está acontecendo.
    O rei Saul foi punido por Deus por ter desobedecido sua ordem e, por isso, Deus permitiu que ele fosse atormentado por um espírito maligno.
    Somir e Sally são punidos quando infringem as regras, isso dá a permissão para que o CU os atormente como o espírito da passagem.
    A única coisa que pode aliviar do tormento, tal qual a harpa que agradava a Deus quando tocada por Davi, é quando realizam as tarefas das punições, agradando assim o CU..
    O detalhe é que, ao término dessa brincadeira, sahul acabou perdendo completamente sua sanidade mental. espero que vocês tenham mais sorte do que ele.

  • Vocês estão pensando nisso demais. A punição do Somir provavelmente é reagir a alguma cantiga de Natal ou musica natalina com algum plus troll.

    E o da Sally provavelmente é obrigar a fazer um texto dizendo como as postagens do C.U foram benéficas para um desfavor como um todo e enchendo o ego do C.U

    Voto na Sally porque me parece ser o mais divertido

  • Meu voto é todo mundo ir tomar no CU!

    A passagem que a Sally escolheu parece menos viada que a passagem que o Somir escolheu então eu voto com a Sally… deve ser a punição menos gay.

  • Avatar

    Jihadista Trans

    Quero ver fazer isso com o Corão! Uma punição seria a morte e a outra seria tomar pedrada.

    A da Sally é melhor porque o Somir sempre fica reclamando quando perde!!!!

  • Eu entendi que o da Sally é sobre o cu ficar só nos comentários e o do Somir é sobre o cu continuar assombrando as postagens? Eu voto na passagem da Sally porque ja cansei desse cu! rsrs

  • Ei! Não ofendam o CU!! Não vou admitir isso, mexeu com CU mexeu comigo! Pena de vocês…ha.ha.ha.
    Foto da bunda do Somir? Assim vocês me animam…
    espirito maligno no desfavor…. acho que vi isso aqui esses dias nos comentários… mas deixa pra lá…

    Então, passagem escolhida pelo Somir: Harpa é instrumento dos anjinhos, que não tem sexo. Não é coisa de homem. Tocar…bom, a gente aprendeu na aula do professor aloprado lá de Brasília o que é. Um leitor com nome de CU… não sei não. Saul incorporou e quem incorpora é gay.
    Saulo foi aquele que depois virou apóstolo Paulo. Sendo assim ele quer prosseguir mesmo, em outra forma. Eu não quero ninguém que anule os poderes de CU. Não quero que ele fique “bonzinho”.
    “Encontrem alguém que toque bem e tragam-no até aqui”. Vocês querem que mais pessoas participem do desfavor. Só não sei se é como convidado ou pelos comentários mesmo.

    Passagem da Sally: Acho que é ida para twitter ou youtube. No 2. parágrafo fala das colunas que não funcionam mais no desfavor e foram abandonadas. É aquela história que a Sally conta de seguir com a manada. 4. parágrafo parece até o pequeno príncipe falando.
    Acho que Sally e Somir estão pensando em tirar umas férias do Desfavor para resolver uns problemas. Mas depois eles voltarão. Sally escolheu a passagem mais bonitinha sim, de acordo com o sugerido pelo Somir no LIVE.

    Não sei, está difícil, mas vocês sempre disseram que o problema do mundo era a falta de bullying, de predadores. Se tirar o CU daqui o que sobra? Então acho que vou votar na passagem do Somir. Porque bem ou mal, se CU tiver um local só pra ele vai ser esporádico, ele não vai postar diariamente.

  • Se eu não me engano (não leio a bíblia faz tempo), o trecho que o Somir escolheu é sobre Jesus falando com os apóstolos, dizendo que ele irá morrer brevemente, mas não os deixará “órfãos” (ou seja, eles se verão no paraíso, onde terão felicidade eterna)

    O Sally nem eu lembro, fica muito estranho sem contexto.

  • Avatar

    Tamarrado diacho!

    Eu sabia que o CU não era humano. Ele é um encosto do inferno e ficou bem claro no 1 trecho. Vc foi descoberto, Satanás! Agora dê o prêmio. Seria um tridente de ouro? Ou um caldeirão cheio de dólares?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: