Ei, você! – Coronavírus Edition – 2

A situação piorou, o brasileiro está começando a entender a dura realidade de uma pandemia e um país incompetente. As buscas subiram de tom. Podemos ver como se porta o brasileiro na hora do medo ou da raiva. Percebam que agora a burrice muda de ângulo: os analfabetos sequer conseguem formular uma pergunta, é a classe média quem está sendo burra, mais no conteúdo do que na forma. Com vocês, Ei Você, especial Coronavírus.

mascara do batema potrege contra courona
Não, tem que usar a do Hannibal

cuba vai lançar vacina para coronavirus
Lança, Cuba, Lança… Quero ver Cuba lançar…

china espalhou coronavirus para matar americanos
Porra, então a mira deles é muito ruim, atiraram neles mesmos!

coronavirus mentira da mídia
Não

vamos todos morrer
Também não

coronavirus estrategia da globo lixo
Sim, a Globo deve ter adorado ter que cancelar todas as suas novelas

coronavirus culpa dos eua
A culpa é sempre dos outros, nunca do brasileiro símio que continua saindo de casa para ir à praia e barzinho

como fugir para a Venezuela
Olha o grau de desespero do brasileiro!

bbb vai continuar com pandemia?
Prioridades

o q acontece se bolsonaro contrai coronavirus
O vírus vomita

Para dizer que estas buscas são ainda piores do que as primeiras, para dizer que conhece pessoas que falam uma dessas frases ou ainda para dizer que uma dessas frases é verdadeira: sally@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Etiquetas: ,

Comentários (10)

  • Fraquinho. Esperava ler coisas mais br tipo se o coronga pega enfiando legumes no cu. Um conhecido meu tava comentndo que foi esses dias num puteiro e as putas tavam usando máscaras hahaha Pegar dst pode, só corona que não!

  • Certeza que o cara que fez essa pesquisa de Cuba é um esquerdistazinho de merda que quer esfregar na cara dos outros que a medicina socialista cubana é a melhor e vai salvar o mundo do coronavirus com uma vacina.

    • Meu comentário: o argumento dele não é ruim. Mas não considera o fator humano, as ações mais draconianas sendo tomadas pelos governos mundiais estão levando em consideração o pânico. Pandemia em 2020 é muito diferente de pandemia em 1918, pela forma como o mundo está conectado. Fiasco mesmo seria deixar essa humanidade lidar com o Coronavírus sem uma ação forte do poder público e um senso de propósito.

      Importante: a Inglaterra tem um histórico de resistência ao pânico generalizado que a permite tratar as coisas de forma diferente. O povo que aguentou os primeiros anos da Segunda Guerra Mundial aguenta uma pandemia…

  • Pelo amor de Deus, escrevam alguma coisa sobre a hipocrisia dos governos, e da sociedade, diante dessa pandemia de maluco. É gente cantando “Imagine”, batendo palma para médico e tomando uma atitude mais mimizenta do que a outra enquanto o mundo caminha para um colapso econômico sem precedentes.

    Isso não é o desfavor da semana, pelo visto – mas merecia…

  • Incrível! Uma pandemia assola o mundo todo e o que é que essa cambada ainda insiste em fazer? O de sempre: antagonizar, polarizar, acusar o “outro lado”, buscar culpados e procurar pêlo em ovo! E tudo isso entremeado por um monumental besteirol em buscas no Google que só quem não está entendendo nada é capaz de perpetrar…

    • O brasileiro médio, aquele em cujas veias corre sangue tão-somente português, índio e negro (não importa em que proporção!), é moral, civil e socialmente mais abjeto do que qualquer outro grupamento humano primitivo, tosco, beirando a selvageria ogra dos primeiros tempos do Homo sapiens (sapiens?) sobre a Terra. Os que se salvam são aqueles que ainda têm uma parcela (ainda que mínima) de gente ordeira no DNA e que fazem isso aqui tudo caminhar lobregamente. Brasileiro médio é uma praga pior que o coronga e isso está ficando cada vez mais claro à medida que tal epidemia de proporções épicas está tomando conta desse pseudo-acampamento de forma inaudita, como jamais aconteceu desde o descobrimento. É nas grandes tragédias em que se vê o melhor e o pior de um povo. O tupiniquim (até agora) só mostrou o seu pior, pra si mesmo e pro mundo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: