Enquanto isso…

Enquanto isso, num programa jornalístico popular:

REPÓRTER: Boa noite, estamos hoje com o novo ministro da Institucionalização Organizacional, Dr. Roberto Frias. Seja bem-vindo, ministro.

MINISTRO: Boa noite e obrigado. É um prazer estar aqui.

REPÓRTER: Ministro, eu já começo tirando uma dúvida de muitos brasileiros, o que exatamente faz o ministro da Institucionalização Organizacional?

MINISTRO: Entenda, essa é uma questão dentro de uma questão. Por que digo isso? Primeiro você deve se perguntar como o poder público organiza as instituições, e só aí você entende como se institucionaliza essas organizações. São camadas.

REPÓRTER: O senhor pode ser um pouco mais específico para os nossos telespectadores?

MINISTRO: Mas é claro. Eu coordeno o trabalho de uma equipe que estabelece os parâmetros para organização institucional do poder Executivo, que, como todos sabem, é aplicada pelo ministério da Organização Institucional, como o próprio nome diz. Nós trabalhamos de forma prévia, mas também posterior ao fato sociopolítico.

REPÓRTER: Entendo…

MINISTRO: Acredito que é muito importante esclarecer isso para o seu público, sou um ferrenho defensor da transparência no serviço público.

REPÓRTER: Ministro, quais são os próximos passos do seu gabinete?

MINISTRO: Nossa prioridade é tornar mais republicanas as relações entre os entes federativos, fomentando o diálogo e o planejamento conjunto. Semana que vem teremos um encontro com diversos empresários, influencers e filósofos para discutir os rumos das relações políticas dentro do contexto econômico vigente.

REPÓRTER: O senhor… pode dar alguns exemplos de assuntos que serão discutidos?

MINISTRO: Claro. A grande pergunta que queremos responder nessa ocasião é a de se somos capazes de institucionalizar a resposta da entidade pública diante de um cenário organizacional fraturado. Podemos reconciliar? Ou o debate deve ser ampliado? Esperamos grandes avanços.

REPÓRTER: Obrigada pelos esclarecimentos, ministro.

MINISTRO: O prazer foi todo meu.

REPÓRTER: De volta para o estúdio.

APRESENTADOR: Obrigado, Patrícia. Agora, vamos discutir o que falou o ministro com nosso painel de especialistas. Edvaldo Peres, o que você achou das declarações do ministro?

EDVALDO: Eu acredito que o ponto nevrálgico desta discussão está na fala sobre a institucionalização do processo organizacional. O governo demonstra dificuldades. Organiza ou institucionaliza? Diante da pressão recebida do Legislativo, soa precipitado discutir os mecanismos específicos antes de ter essa questão bem definida. Lembrando que o Brasil está em 74º lugar no Ranking Mundial de Institucionalização Organizacional, segundo a WOI. Espero que o ministro esteja ciente dos desafios que encontra.

APRESENTADOR: Janaína Lind, as últimas declarações do presidente não são contraditórias com o discurso do ministro?

JANAÍNA: Sim, segundo o que eu apurei hoje com fontes próximas ao presidente, há uma pressão cada vez maior para que o novo ministro não destoe do discurso padrão do governo. O presidente é ferrenho defensor de organizar as instituições antes de institucionalizar a organização, me parece que a fala do ministro sugere um método mais comedido de lidar com a situação. O ministro anterior, Arnaldo Costa, foi substituído justamente por não comparecer ao 23º Simpósio de Organizacionalidade Corporativa em Manaus. Não parece haver espaço para divergências nesse governo.

APRESENTADOR: Diógenes Castro, hoje o Gabinete de Estruturação Gerencial emitiu uma nota sobre a necessidade de reorganizar o processo de institucionalização organizacional segundo os parâmetros estabelecidos na 19º Conferência Panamericana de…

DIÓGENES: Peraí, peraí… para…

APRESENTADOR: Diógenes?

DIÓGENES: Cheguei no meu limite! Ninguém está falando nada com nada! Primeiro o ministério do Meio Ambiente vira ministério da Reestruturação Sustentável, depois o da Economia vira gabinete da Estruturação Gerencial, agora o da Saúde é dividido entre Organização Institucional e Institucionalização Organizacional? Isso não faz sentido! Eu não entendi uma vírgula do que esse imbecil falou.

APRESENTADOR:

DIÓGENES: Esses filhos da puta estão fazendo isso só para confundir a gente, todo dia tem alguma confusão política indecifrável para a gente analisar, e a gente fica aqui falando nada com nada para não parecer burro. E você, você que está assistindo, você finge que entende e discute na rede social igualzinho. Faz quase duas décadas que tem um vírus perigoso nas ruas, e a cada dia o governo foi ficando cada vez mais confuso… alguém lembra… quem é o presidente?

O canal sai do ar.

Para dizer que eu estou piorando, para dizer que eu estou melhorando em piorar, ou mesmo para dizer que claramente é uma questão de organização institucional: somir@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Etiquetas:

Comentários (7)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: