Autor: Sally

Como vocês sabem, este ano, em vez de fazer previsões, fizemos resoluções, metas que pretendemos cumprir em 2018. Aproveito esta semana temática para brindá-los com o cumprimento na resolução numero 2. Mazel tov!

NOME 1: pqp
NOME 2: que foi?
NOME 1: minha tia, ela quer carona para ir no aniversário do meu pai
NOME 2: e…?

Continue lendo

Como vocês sabem, estamos em uma semana patrocinada pelo MIJO (Missão Informativa dos Judeus Online), onde exaltaremos (mediante remuneração) as maravilhas da cultura judaica. O cheque ainda não bateu, mas já estamos treinando um Pastor Alemão, caso seja necessário cobrar a dívida. Não faz mal, mesmo sem pagamento, estamos cheios de gás!

Hoje eu os presenteio com um dos rituais mais interessantes deste povo. Não é todo dia que uma religião resolve mexer no pênis alheio, sobretudo no de uma criança (bem, talvez no catolicismo…). Desfavor Explica: Circuncisão.

Continue lendo

Olá queridões, tudo bom? Não tenho escrito mais esta coluna, porque né, os homens andam tão patéticos que sequer precisa de coluna minha para esculhambá-los, a vida está se encarregando disso, em conjunto com as mulher. Porém, ainda é possível encontrar um resquício de hediondezas no pequeno livre arbítrio que lhes resta, então, bora colocar o dedinho na ferida?

Continue lendo

Antes de mais nada, permitam-me chover no molhado: cachorro é bicho, não é gente. Apesar de uma maioria neurótica insistir em humanizar o coitado do animal, ele não pensa como um ser humano. Portanto, se você está em qualquer situação de tensão envolvendo um cachorro, não se paute por comportamentos humanos. Não adianta ficar dizendo ao cachorro que você é amigo, não adianta gritar, não adianta chorar.

Continue lendo