Em vez de discutir os limites de humor, acho que é hora da sociedade começar a discutir os limites da fé: é inacreditável a quantidade de “aparições” da imagem de Jesus Cristo nos lugares mais inusitados. Não, não se trata do nosso ateísmo, se você acredita é pior ainda… imagina a ira Dele quando souber os lugares que lhe estão sendo imputados frequentar! Continue lendo

cade-pastorestuprador

Um caso em especial inspirou esta coluna. Para quem não sabe, foi preso no Rio de Janeiro um pastor evangélico chamado Marcos Pereira, e não foi pelo habitual estelionato e sim pelo crime de estupro. Não um, mas vários. Que se tenham certeza, ao menos seis, mas a polícia está investigando mais de 20 casos diferentes recheados de provas. Este é um lado das igrejas evangélicas que muitos não conhecem. Geralmente os crimes sexuais são ventilados apenas na Igreja Católica, mas acontece muito com evangélicos também. Talvez até mais. Continue lendo

bonus_pediuprasair

O Papa pediu para sair!

Às vésperas de um dos maiores eventos católicos do mundo, a maldita Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro (bem feito!), onde eram esperados mais de um milhão de católicos do mundo todo (entenda-se América Latrina e África, porque gente mais civilizada abandonou esta religião faz tempo). Cartazes, panfletos, outdoors e muitos outros materiais de divulgação já estavam prontos com a carinha de ratazana do Bentão estampada. E agora? CADE O SEU DEUS? Bentão pulou fora, Bentão fez aloka e mandou um “chega dessa merda” só que mais educado. O que terá acontecido para Bentão sair de forma repentina às vésperas de um evento desse porte? Continue lendo

Ontem o Papa Bento XI resolveu abrir sua boca para dizer que a união homoafetiva, ou como ele prefere chamar, o “casamento gay”, é uma ameaça à humanidade.

O curioso é que segundo os ensinamentos da Igreja que o Papa representa, ter tendências homossexuais não é pecado, apenas seria pecado ter relaçoes homossexuais. Ou seja, não conta o que você sente de verdade e sim o que você faz. Foda-se se você se sente homossexual, sabe ser homossexual, desde que você reprima isso e seja infeliz e frustrado. Se mantiver as aparências está tudo bem. Muito bacana, muito coerente. Continue lendo