A gente sempre pode piorar. O aniversário dos supermercados Guanabara é um dos eventos mais fascinantes da já fascinante fauna carioca. Uma vez por ano, todas as unidades abrem suas portas prometendo descontos insanos. O resultado você vê a seguir, com comentários de Sally e Somir. Divirtam-se. A senha é desfavor.



Repetindo, a senha é desfavor

12 de Outubro: Dia Nacional do Bullying aqui na República Impopular do Desfavor! E para provar que realmente acreditamos no que pregamos, hoje Sally e Somir escolhem um ao outro para infernizar. O bullying constrói, mas primeiro precisa destruir. Então, sem mais delongas:

Continue lendo

A maior parte dos que estão lendo devem sentir que tem muita coisa para fazer, sempre. Pessoas andam cada vez mais atarefadas e estressadas com isso. E não me refiro a tarefas padrão, como pagar contas ou trabalhar. Estas tarefas tem prazo e tem consequências imediatas: se você não paga a conta de luz, fica no escuro, se você não faz seu trabalho, é demitido. O grande problema são as “tarefas invisíveis”, aquelas cujo não cumprimento não gera uma consequência imediata e por isso elas caem no esquecimento com muita facilidade. O problema é que, a longo prazo, essa conta vem. E é bem cara.

Continue lendo

Falou merda? Desconhecia uma informação básica? Fez uma grande cagada? Está se sentindo burro? Para se sentir melhor, segue uma compilação de algumas grandes cagadas do ser humano que repercutiram terrivelmente, você vai ver que você não está sozinho: o homem é uma fábrica de desfavores.

Continue lendo


18:52 – QG do Exército – Local desconhecido.

Numa sala escura, um grupo de militares reúnem-se numa mesa redonda. No centro da mesa, um holograma da cidade.

GENERAL: Desde as doze horas e vinte minutos da última quarta-feira, o indivíduo auto-intitulado Capitão Mongo…
TENENTE: A-ham…
GENERAL: Super Mongo…
TENENTE: Hm-HUM!
GENERAL: Capitão Especial…

Continue lendo