O médico Denis César Barros Furtado, conhecido como “Doutor Bumbum”, foi preso nesta quinta-feira (19) no Rio de Janeiro. Furtado foi detido dentro de um centro empresarial na Barra da Tijuca (zona oeste) –onde se localiza o escritório de seu advogado. A mãe dele, Maria de Fátima Barros Furtado, 66, também foi detida juntamente com o médico. Furtado e sua mãe são investigados pela morte da bancária Lilian Calixto, que faleceu na madrugada de domingo (15) após ter sido submetida a um procedimento estético realizado no apartamento do médico, na Barra da Tijuca. LINK


“Doutor Bumbum” já seria desfavor suficiente. Mas ele ainda mata gente… desfavor da semana.

Continue lendo

Mulher que apanha do marido há 11 anos faz desabafo: “Cansei de me calar. Estou aqui para quem quiser ver. Meu ex-marido acabou de quebrar meu nariz”. Espancada na frente dos filhos, mulher que sofre violência há 11 anos decide dar um basta. Mesmo assim, houve ainda quem culpasse a vítima. LINK


Na quinta-feira (5), o jogador de futebol americano LeSean “Shady” McCoy foi acusado de mandar espancar a ex-namorada, Delicia Cordon, depois que uma foto dela com o rosto machucado e sangrando em uma cama de hospital viralizou nas redes sociais. LINK


Culpa de apanhar as vítimas não tem, mas do contexto nas quais essas fotos são postadas em redes sociais… aí a coisa fica muito mais próxima de um desfavor da semana.

Continue lendo

O governo do Estado de São Paulo foi condenado a pagar uma indenização de R$ 8 mil para uma aluna que sofreu bullying dentro de uma escola estadual de Santos. Segundo o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), a menina, que apresenta leve deficiência mental, sofria agressões físicas e psicológicas dos colegas de classe. LINK


Além de não resolver o problema, ainda cria vários outros… desfavor da semana.

Continue lendo

Um grupo de ao menos quatro brasileiros gravou um vídeo cantando músicas sobre a cor do órgão sexual de uma mulher e gerou revolta nas redes sociais. Nas imagens, que começaram a repercutir na internet na tarde de sábado, os homens, vestindo camisas da seleção brasileira, cercam uma mulher loira, que aparentemente não é brasileira e nem fala português, e cantam repetidamente: “Essa é bem rosinha!”. A gravação teria sido feita na Rússia, onde acontece a Copa do Mundo da Fifa. LINK


A postura lamentável de um grupo de brasileiros que induz uma russa a dizer algumas frases inapropriadas desdobrou em uma caça às bruxas nesta semana. Houve acusação se racismo, assédio e violência. A que ponto chegamos, a pauta de hoje é “Buceta rosa”. Desfavor da semana.

Continue lendo