Karen White, de 52 anos, estava presa preventivamente pelo estupro de duas mulheres e já havia sido condenada por pedofilia. Os crimes foram cometidos quando ela se declarava homem e era identificada como Stephen Wood. E agora, sob a nova identidade, ela está sendo acusada de ter abusado sexualmente de quatro detentas em uma prisão feminina na Inglaterra para onde foi transferida por ter se declarado transgênero. LINK


O medo de colocar pessoas em risco já está ficando menor do que o medo de ser acusado de intolerante. Temos um problema, temos um desfavor da semana.

Continue lendo

O Ministério do Poder Popular para as Relações Exteriores da Venezuela informou hoje (19), em nota, ter tomado conhecimento de casos de violência envolvendo cidadãos brasileiros e venezuelanos ocorridos nos últimos dias na cidade de Pacaraima, em Roraima, que fica na fronteira entre os dois países. Segundo informações, moradores de Pacaraima expulsaram venezuelanos de barracas e abrigos, inclusive ateando fogo, depois que um comerciante local foi assaltado e espancado. Os incidentes ocorreram entre a noite de sexta-feira (17) e ontem (18), sábado. LINK


Crise de refugiados no Brasil? As coisas vão mal, muito mal. E as autoridades continuam fazendo vistas grossas por puro lacre. Sofrem os refugiados, sofrem os brasileiros… desfavor da semana.

Continue lendo

Jack Whitehall tem enfrentado uma reação furiosa dos fãs porque ele foi escalado como o primeiro personagem gay da Disney. O comediante britânico teria conseguido um papel na próxima aventura de ação ‘The Jungle Cruise’, mas os fãs da Disney estão questionando por que um ator hetero foi escalado em vez de um ator gay. LINK


Primeiro que não é assim que a profissão de ator funciona, segundo que só não foram devidamente chamados de imbecis por serem de uma minoria… desfavor da semana.

Continue lendo

Em votação que só foi decidida nas primeiras horas desta quinta-feira, o Senado argentino rejeitou por pequena margem a proposta de regularização do aborto no país. A prática permanece então proibida por lei na Argentina, refletindo a situação que prevalece na maioria do continente sul-americano. LINK


Chegou perto, mas não deu. Se a Argentina não conseguiu, quem dirá o Brasil? E sempre, pelos motivos mais confusos e hipócritas. Desfavor da semana.

Continue lendo