A verdade é insustentável sem um consenso. Por mais que você queira acreditar em uma coisa, se ninguém mais concorda com você isso vai se tornando progressivamente mais incômodo, normalmente até o limite da sua sanidade. Somos seres sociais, isolamento em qualquer aspecto da vida costuma ter um preço muito caro para nossa qualidade de vida. Mas eu aposto que você nem deve pensar muito nisso dos dias atuais… especialmente se você tem acesso constante à internet.

Continue lendo

Há uns 15 anos atrás, eu adorava discutir na internet. Claro que alguns temas eram mais queridos, mas a mecânica dessas discussões eram a parte mais divertida: argumentar, contra-argumentar, provocar, criar armadilhas lógicas, encontrar contradições, desvirtuar o discurso do adversário, usar e apontar falácias… eram tantas as possibilidades que parecia que isso nunca ia perder a graça. Mas só parecia.

Continue lendo

O Pentágono divulgou três novos vídeos de objetos voadores não identificados no final de abril. Quer dizer, novos em termos, já que os três já tinham sido vazados em 2007 e 2017. A justificativa dos americanos era tirar quaisquer dúvidas sobre a veracidade dos vídeos. Mas, a chancela do Pentágono quer dizer alguma coisa? Estariam os E.T.s confirmados?

Continue lendo

Eu tenho uma teoria: somos terríveis para compreender a noção de tempo. Especialmente quando falamos de grandes períodos como séculos, milênios e períodos imensos como os discutidos em geologia e astronomia. Acabamos confundindo nossa capacidade de entender os números com a capacidade de entender as escalas de tempo, e no final das contas, não são coisas parecidas.

Continue lendo

Eu costumo dizer, meio em tom de brincadeira, meio levando a sério, que boas respostas sempre começam com “depende”. Especialmente quando a pergunta tenta definir qual a melhor opção. Qual é o melhor carro? Qual é a melhor dieta? Qual é a melhor forma de ser feliz? Se alguém entende bastante de um assunto, é muito comum que não tenha uma resposta pronta que funcione para todos os casos. Então, qual a melhor forma de um governo lidar com a pandemia do coronavírus?

Continue lendo