Tag: política

Finalmente tomei coragem e vi o filme. A coprodução franco-brasileira conta a história de um vilarejo nordestino que subitamente se vê apagado do mapa e recebe a visita de forasteiros mal intencionados. Não que seja um filme de muitos spoilers, mas se você não viu o filme e faz questão de ver, melhor não continuar…

Continue lendo

A renúncia de Evo Morales à presidência da Bolívia, após a “sugestão” feita pelo Exército no domingo, e sua subsequente saída do país mobilizam a atenção mundial desde o início da semana. (…) Enquanto isso, os governos latino-americanos reagem de acordo com sua própria interpretação da crise política e social que assola a Bolívia há três semanas. LINK


A América do Sul continua seguindo o caminho da polarização, provando vez após vez que ainda não sabe lidar com a democracia. Desfavor da semana.

Continue lendo

No programa do Pânico na Jovem Pan, com transmissão em vídeo pela internet, os jornalistas Glenn Greenwald e Augusto Nunes brigaram ao vivo. A repercussão foi enorme, afinal, ambos representam os lados opostos na grande briga política que acomete o Brasil. Milhares de notícias, artigos e postagens analisaram a situação, a maioria tomando algum dos lados. Mas, será que foi motivo para tanta animosidade assim?

Continue lendo

“Qual é a intenção de vocês? Conseguir, através de farsas, uma possível condenação de um filho meu? Esse é o orgasmo da TV Globo? Ver um filho meu preso? Ver um irmão meu preso? Ver um amigo meu chegado preso? Esse é orgasmo de vocês, TV Globo?” LINK


Esse foi só UM exemplo de uma semana especialmente frescurenta e histérica do governo tupiniquim. Desfavor da semana.

Continue lendo

As manchas de petróleo em praias do Nordeste já atingiram pelo menos 238 localidades em 88 municípios de 9 estados desde o início de setembro – o balanço mais recente do governo é desta sexta-feira (25). A substância é a mesma em todos os locais: petróleo cru. O fenômeno tem afetado a vida de animais marinhos e causado impactos nas cidades litorâneas. LINK


Cadê a gritaria da época das queimadas da Amazônia? Parece que desastre ambiental sem possibilidade de politização é menos grave. Desfavor da semana.

Continue lendo