Tag: redes sociais

Fundador do Facebook volta a se desculpar por escândalo de uso indevido de dados de usuários por consultoria e promete trabalhar para garantir integridade das próximas eleições, incluindo Brasil. O fundador e presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, enfrentou nesta terça-feira (10/04) uma série de questionamentos durante um depoimento aos comitês de Justiça e do Comércio, Ciência e Transportes do Senado dos EUA. Ao longo da audiência, os senadores criticaram o modelo da rede social e as medidas tomadas para proteger os dados de usuários. LINK


Descobriram agora que a internet não é segura e que as empresas como o Facebook ganham dinheiro com seus dados? Desfavor da semana.

Continue lendo

Tenho visto a palavra ou a hashtag “Gratidão” ser usada de forma muito leviana em mensagens, textos ou fotos em redes sociais. A pessoa vê um pombo e posta #Gratidão. É tanta gratidão descabida para posar de evoluídos, que eu resolvi fazer o meu comentário sobre gratidão. Grata mesmo ou sou pelas coisas abaixo.

Continue lendo

Se o seu cérebro não derreteu com o título do post, não vai ajudar saber que esse é um Publiciotários em duas partes. Calma, calma, vamos nos situar: há algo de podre no mercado da propaganda online, muitos anunciantes começam a ficar preocupados com onde exatamente seu dinheiro está indo nesse mundo de anúncios em redes sociais. E não sem razão. O título? Bom, você vai ter que clicar para saber mais…

Continue lendo

+A tecnologia e o avanço das redes sociais da internet criaram uma commodity bastante valiosa: o “like”. De olho nesse “capital”, começaram a surgir “fazendas de likes”. Nelas, milhares de smartphones ficam conectados à internet 24h por dia. Interessados em bombar com “likes” as suas redes sociais contratam o serviço de uma fazenda para que curtidas sejam disparadas em seu benefício.

Se já estávamos sofrendo para entender o que era notícia ou não na internet, agora temos que nos preocupar com o que é relevante de verdade ou não. Desfavor da semana.

Continue lendo

+O jogo da “baleia azul”, série de 50 desafios cujo objetivo final do jogador é acabar com a própria vida, está movimentando as redes sociais, principalmente desde o início desta semana, quando a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) do Rio divulgou que está fazendo um rastreamento das redes sociais para reunir informações sobre o jogo. Um inquérito foi instaurado depois que a mãe de um menino de 12 anos denunciou que o garoto foi convidado a participar da série de desafios.

Tem uma baleia na sala e não parecem estar falando sobre ela. Desfavor da semana.

Continue lendo