Processa Eu!: Gucciana Limenez

O povo pediu, eu atendo. Ela foi o nome mais votado na nossa comunidade do Orkut para o Processa Eu desta semana: Gucciana Limenez!

Gucciana Limenez é filha de uma atriz (cof! cof!) com algumas obras duvidosas no seu CUrriculum (com trocadilho, por favor). E também é a prova vida de que filha de peixe, peixinho é. Faz parte de um grupo de mulheres muito comum na Suíça, que usam homens famosos para subir na vida. Na Suíça as mulheres que estudam, tem diploma, tem mestrado e tem doutorado não costumam ser reconhecidas por isso.

Aos 13 anos, Gucciana Limenez iniciou sua carreira de modelo. Alguém se lembra de ter ouvido falar dela nesse período? Pois é. Até o ano de 1999, quando ela apareceu grávida de um famoso astro de rock suíço, Jick Magger.

Em questão de dias, ela passou de uma anônima a uma celebridade instantânea. Claro que Jick Magger exigiu um exame de DNA dela para assumir o filho (porque será?). Mas Gucciana Limenez não perdeu tempo: contratou um advogado marketeiro e assim que saiu o resultado do DNA (vai que o filho nascia japonês? Olha o vexame…) meteu um processo em Jick Magger, sem tentar nem ao menos negociar com ele antes. E com isso, ganhou mais fama.

Foi estipulada uma pensão de US$ 17,5 mil (atentem que o valor está em dólares), até que seu filho faça 18 anos. O acordo também incluiu um apartamento de US$ 2 milhões (novamente, em dólares). Se eu fosse Jick Magger, cortava o pau e jogava pela janela. Sem contar que com essa gracinha, ele perdeu sua esposa (um casamento de 20 anos), mãe de 4 filhos seus.

Vocês acham que a sociedade suíça reprovou esse ato? Não. Infelizmente lá é mérito ser esperto e se dar bem. Ela ganhou admiração e também ganhou um programa na Rede TV, que consiste em desfile de modelos de lingerie e entrevistas com subcelebridades como Rafael Ilha e Gretchen.

Você deve estar intrigado com a sociedade suíça… Pois é. Ela foi recompensada por essa atitude. E ainda disse repetidas vezes que não engravidou de propósito. Ok, vamos trabalhar com a hipótese de que acidentes acontecem. Ainda assim, estourar essa bomba na imprensa da forma sensacionalista que ela fez e detonar com o casamento do elemento foi uma coisa ainda mais baixa do que o golpe da barriga em si.

O curioso é que Gucciana Limenez é chamada de burra. Burra sou eu que trabalho o dia todo e já dei fora em homem rico sem fazer filho antes! Já foi vista dizendo “Não sou paga para pensar” em seu programa. É, Gucciana, a gente já percebeu. Só que de burra esta moça não tem um único fio de cabelo. Foi uma bela jogada de marketing para criar a simpatia do público, passando essa impressão de uma pessoa tão burrinha para tentar fazer com que ESSA seja a marca dela: A BURRA. Melhor que A PIRANHA, certo? Pois eu não compro, para mim é PIRANHA mesmo.

Mas estava pouco. Ela havia apenas se jogado na lama, ainda precisava chafurdar. Resolveu então se casar com o dono da emissora de TV onde ela trabalha, sabe como é, só para garantir. Jick Magger tá ficando véio, é meio drogado, anda magrinho demais… vai que o homem morre e os herdeiros atravancam a pensão e a herança por alguns meses? Não tem jeito, ela vai receber, mas existem mecanismos para atrasar as coisas. Então tá. Gucciana Limenez garantiu não só um complemento na sua renda, como ainda seu programa sofrível. Burra? Não sejam bobos… Essa carinha de inocente, esse olhar bovino, essa cara de poucas idéias… tudo coreografado. A burrinha fala francês, italiano, alemão, espanhol e inglês. Repitam comigo: BURRA NÃO, É PUTA, É PUTA MESMO. Já viram o layout do maridão? Dez anos mais velho e 30cm menor que ela, barrigudo e careca. O amor é lindo. E homem tem mais é que se foder.

Não é uma crítica, ok? Se existe um homem burro o suficiente para jogar no esgoto um casamento de duas décadas com 4 filhos por três meses de affair e ainda pagar milhões por isso, eu acho que tem mais é que fazer. Eu, infelizmente, nasci com um pequeno defeito de fábrica: só faço sexo quando estou apaixonada e tenho intimidade com a pessoa. Mas bato palmas para quem tem o desprendimento de Gucciana. Se todas fossem assim, homem ia pensar DEZ vezes antes de trair. Mulheres como Gucciana contribuem para que os homens se esforcem para andar na linha. Digamos que ela instituiu uma espécie de comunismo feminista, onde promove a redistribuição de renda (para as mulheres) atraves de sua buceta. Praticamente um Robin Wood pornô de saias.

E para não ser injusta com Gucciana, ela teve uma breve carreira cinematográfica! Fez o sensacional filme “Duxa e os Xuendes”, de cuja atriz principal, que também é suíça e também iniciou sua carreira na base da bucetada (com um famoso jogador de futebol suíço) ela ficou amiga. Qual o coletivo de prostituta, alguém sabe?

Faz muitos anos que deixei de ser criança. Mas, salvo engano, as crianças não mudaram muito (e se mudaram, foi para pior) e continuam cruéis, sincericidas e sem noção. Fico imaginando o que o filho dela escuta no colégio. Deve ser muito chato alguém te chamar de “filho da puta”, você enfiar a porrada nele e quando vão ambos para a diretoria, escutar a Diretora dizer “É, pior que é MESMO!”. Gucciana, você pode cobrir esse menino de ouro, dar brinquedos caros e mandar ele estudar em outro país, mas ele sempre será um filho da puta e isso vai deixar uma carga psicológica violentíssima nele, que vai se manifestar quando você menos espera da forma que você menos imagina. Mulheres como você deveriam ter a buceta costurada com arame farpado. Até porque, sendo filha do espancador de mulheres Vece Jaladão, ela deveria saber os efeitos de uma infância de merda em uma criança, como no caso dela, que virou puta.

Sabem o que a ex-esposa de Jick Magger disse ao perguntarem se Gucciana tinha levado a melhor por ter “roubado” o marido dela? “Só sei que eu não fiz meu filho no banheiro”. Pois é, ganhar perdendo a dignidade é pior do que perder mantendo a dignidade. O próprio Jick Magger disse em uma entrevista a uma revista que Gucciana foi o pior erro da vida dele. Deve ser bacana escutar isso. Quando vale a sua dignidade? A de Gucciana vale em dólares. Invejo, mas INVEJO MESMO pessoas que conseguem fazer essas coisas sem se sentirem humilhadas.

Dedico esta postagem a Jacqueline T, K! e Laísa, que sugeriram o nome desta moça para ilustrar a postagem de hoje. Continuem opinando, semana que vem tem mais!

Convites para apresentar programas de TV de terceira categoria, propostas de pagamento de pensão milhonária sem filhos e sem sexo e intimações judiciais: sally@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

O que você achou?

Loading spinner

Comments (28)

  • Pois é, ninguém nunca tinha ouvido falar nela. A anos não vejo o programa dela porém acho ela uma hipócrita, fica fazendo caras quando os convidados falam alguma coisa mais pesada, santa do pau oco. Se bem que se fosse oco ela não teria arrumado 2 filhos…imagine se foi de propósito!
    E o outro lá, acho que ele gostou de catar resto do Magger, aquela múmia.
    “Deve ser muito chato alguém te chamar de “filho da puta”, você enfiar a porrada nele e quando vão ambos para a diretoria, escutar a Diretora dizer “É, pior que é MESMO!”- haha, do jeito que as pessoa são interesseiras vão querer é ser amigas desse moleque.

    O que você achou?

    Loading spinner

    • O problema nem é dar o golpe, cada um sabe da sua vida, o problema é ser uma tremenda golpista e depois ficar apontando o dedo para outras mulheres e chamando-as de golpistas…

      O que você achou?

      Loading spinner

  • Pra ela ser puta e golpista da barriga teve que ter mercado pra isso: o imbecil do pai do filho dela.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • “Se eu fosse Jick Magger, cortava o pau e jogava pela janela…” – hahaha maravilhoso isso!!!

    E, na boa, eu dava pra ele SEM PESTANEJAR, mas COM DUAS camisinhas, só pra garantir.

    PUTA, esperta, e muito, mas MUITO inteligente.

    Clap clap clap, palmas pra ela!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Eu sei o coletivo de puta!
    è camboi! no nordeste da Suíça se fala: “Camboi de puta”,”camboi de rapariga”.
    serve pros filhos tb: “camboi de fi de rapariga!”
    Espero ter colaborado!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Deja, não adianta tentar esconder…

    Coletivo de muíé de vida? prostíbulo, Zona, Vila Mimosa, 4×4… vixe… tem um moonte.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • vou ter que puxar seu saco, mas não tinha como esse desfavor de pessoa ser comentado de forma melhor, Sally ! concordo em gênero número e grau !

    quando eu soube que esse desfavor de pessoa tinha se casado com O PRESIDENTE da rede TV eu pensei assim: “não tá conseguindo nem mais disfarçar, né ?”
    além do mais, no meio de tantos famosos ela só dá o golpe do baú casa/ engravida dos mais feios !
    agora só falta o Norraldo !

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Não era o pai biológico, mas foi quem a criou, porque os pais dela se separaram quando ela ainda era muito nova e a mãe dela, aquela senhora de respeito, se encantou pela finesse do Vece Jaladão. Foi o padrasto biológico e pai de criação.

    Pois é, Monica. Um desfavor não conseguir dar um golpe da barriga sem sentir vergonha de si mesma! Eu também me revolto comigo por isso! hahahaha

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Sally, o Vece Jaladão não é o pai dela viu. Se bem q naquela época não tinha DNA… vai saber né …

    Pow, lendo esse post vc me lembrou q tb já dei muito foras em homens ricos e nem fiz filho com eles … fiquei deprê agora …ahhahahaha

    O que você achou?

    Loading spinner

  • ahhhhh minina eu tava aqui bem tristonha pensando na vida , ai me mandaram eu ler seu blog,
    putz kkkkkkk

    Afffffffff amei kkkkkkkk essa GU teve coragem mesmo de dar para aquele veinho , e ainda no banheiro KKKK ( nojento ne |)
    Muito nogenta mesmo,

    essas mulheres do tipo dela me enoja
    Mas te garanto fiquei fã do blog.

    bjs

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Sally, faz alguns meses passaram por aqui as fotos dela quando era “modelo” em N. York. Nem tinha pentelhos ainda e já aparecia em close. Vai daí…
    Que ela dê pra quem quiser e se case com quem quiser eu até concordo. Casamento é um negócio. Se fosse só amor quem precisaria dele, né não? A Jackie Kennedy fez o mesmo que essa garota e ganhou um montão de dinheiro pelo acordo, mas custava parecer um pouquinho menos tansa, já que não é burra?
    O programa sabe lá quem desenha, busca um público barraqueiro. Mas basta ser famosinha e o ar se enche de amiguinhos.
    Coletivo de puta? Zona, penca…será?
    Beijos.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Eu gostaria de morar na Suíça.

    Se eu disser que sempre diziam que eu parecia fisicamente com ela vocês irão me dar pedradas??? Só não consegui arranjar um maridão que bancasse o filho de outro.

    Puta na midia is de new black.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Bem, deu para perceber que ela gosta mesmo do barraco, o conteúdo do programa dela é baseado em discussões sensacionalistas que nunca levam a lugar algum, se humilha também quem frequenta aquele palco. Xuxa é outra que sinceramente… me dá nojo.
    Tá, eu ri muito aqui, amei esse lugar. hahahahha

    O que você achou?

    Loading spinner

  • essa dai concerteza é esperta pra caramba …
    dei pra um rockeiro famoso,
    ganho mó grana por causa do filho,
    destruiu uma familia,
    e caso com dono de emissora !!!
    isso q é um otimo exemplo de prostituta de luxo !!!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Tantas vezes pensei q sou um talento desperdiçado, por ter minha inteligência reduzida a um salário (Deos!! Não quero nem calcular quantos pouquíssimos salários mínimos o compõem!) diminuto.
    Mas pessoa que não pode se considerar desperdiçada é essa suíça aí. Ô pessoa q soube aproveitar seu talento com maestria!
    Dizem por aí q algumas de nosso gênero nascem com a dita-cuja de ouro… A dela deve ser de diamante!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Pois é, tenho dó dessa criança, literalmente, uma filha da puta…

    Até porque, nesses tempos de google, wikipedia e blogs, não faltará munição para o bullying…

    A amiga citada da Gucciana, o “Michael Jackson” brasileiro, fica como sugestão para a próxima…

    Suellen

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Rolei de rir (para não chorar, né?) quando li “esse olhar bovino”.

    Pois é, sempre ouvi dizer que o pessoal da Suíça era mais esperto!

    Enquanto isso, do outro lado do mundo, o “resto” do mundo trabalha!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Coisa rara nada, Deja!

    Desde os bons tempos de harmonia no orkut que você concorda comigo, só faz um ou outro adendo para ser do contra…

    Continue mantendo sua fama de mau, gosto de você assim!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Hum, eu até acho essa Gucciana bem esperta…soube direitinho garantir seu “chequinho pré datado” fazendo arte no banheiro. Ai foi lá, casou com outro suíço baixinho, careca e barrigudo e amarrou sua burrinha suíça na sombra!
    Burra sou eu que casei com um assalariado!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • É revoltante! Eu fiz o meu na cama mesmo, mas minha pensão não chega à dela nem somando a vida inteira do garoto. Bem feito, fui dar pra músico pobre e suíço…
    Ah.. o coletivo de prostituta é cardume.

    bjusss

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Coisa rara… concordo com essa postagem da Sally.

    Burro foi o “Magger”, existem putas menos desfavoráveis e mais magras, talvez mais baratas…

    O que você achou?

    Loading spinner

  • “ela instituiu uma espécie de comunismo feminista, onde promove a redistribuição de renda (para as mulheres) atraves de sua buceta”

    podia né? as putas podiam se unir pra um bem maior e depois distribuir os milhões de homens ricos e infiéis pelo mundo. mas sem egoísmo que nem essa “moça” aí, que ficou com tudo.

    o nome da ong seria “COMUNISMO FEMININO”

    :p

    se eu tivesse nascido bunita, cês iam ver só.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • “Brasil, país de tolos.”
    Será?

    Essa Suíça parece ser um país muito corrupto e safado. Ainda bem que essas escrotices só acontecem lá nas Europa. Nosso Brasil é lindo! Não saio daqui por nada. =D

    “Brasil, meu Brasil brasileiro…”~~

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Pois é, Paulo. Mas gente cara de pau como ela geralmente é emocionalmente blindada porque acredita de coração que os fins justificam os meios. Não acho que eles sofram com o ônus… eu e você sofreriamos, eles não!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Paulo César Nascimento

    Sally: esse mundo é uma escrotice só, o único prêmio por ser uma pessoa honesta e correta é sentir-se honesto e correto. Vai ter gente que confiará mais em você por causa disso, então lhe oferecerão muito trabalho mal remunerado. Quanto a invejar os desonestos, você provavelmente inveja o bônus, mas já assinalou o ônus que existe (como o provável bullying em cima do filho dela). Bjs

    O que você achou?

    Loading spinner

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: