Sally Surtada: Penso, logo desisto.

O que nos faz tão burras de insistir em um homem que claramente não é aquilo que procuramos? O que nos torna mais burras ainda de perder tempo tentando mudar esse homem? Porque racionalmente sabemos que formatar um homem é um jogo fadado ao fracasso mas quando estamos apaixonadas algo nos impele a fazê-lo? O erro pode ser com base em expectativas irreais ou com base em expectativas reais, não importa. O erro é o mesmo.

Eu acredito que seja possível e viável uma relação onde o homem não é exatamente o que você quer, desde que VOCÊ se adapte, afinal, não podemos mudar aos outros, mas podemos mudar a nós mesmos. Mas nós nunca queremos mudar. Nós insistimos em tentar mudar o infeliz que está ao nosso lado, porque achamos que nosso jeito de ser, de pensar e de gostar é o único aceitável, é o único verdadeiro e é o único que satisfaz. Vide a hedionda frase: “Se ele gostasse de mim, faria isso, isso e aquilo”.

Tentar mudar a essência de um homem é derrota na certa, até mesmo quando ganhamos. Explico. Se você não consegue, fica frustrada e o relacionamento cedo ou tarde acaba. Se você, consegue, quem fica frustrado é ele, e o relacionamento cedo ou tarde acaba também. E geralmente com chifre, nesse caso.

Um homem faz, inicialmente, uma série de coisas para impressionar uma mulher. Na fase da conquista, eles fazem tudo aquilo que acreditam que possa nos agradar (e cá entre nós, é uma fórmula bem facinha). Passada a fase da conquista, o ritual muda, ou ao menos diminui de intensidade. Isso gera em muitas mulheres a idéia falsa de que ele não gosta mais dela, porque não faz mais aquelas papagaiadas do começo da relação. Na verdade, ele gosta de você, só que agora, ele está sendo ele mesmo. Observe bem o que ele é de verdade, sem o frenesi da conquista e avalie se isso te basta. Se não bastar, em vez de cobrar, vá embora.

Mas, algumas mulheres não se conformam. Querem de volta a qualquer preço aquele homem em fase de conquista. Cobram, xingam, brigam, choram. Não dá certo. Se for um homem normal, enche o saco e vai embora. Se for um homem que goste muito dela, ou que goste muito pouco de si mesmo, não vai ter coragem de bater no peito e dizer “Minha Cara, eu sou assim, é o máximo que eu posso te dar, vai pegar ou largar?”. Em vez disso, vai repetir os rituais de começo de relacionamento de uma forma quase que mecânica apenas para evitar aborrecimento. Fico chocada com as coisas que homens são capazes de fazer para evitar aborrecimentos.

Um belo dia, ele se cansa de viver essa situação (porque, convenhamos, cansa ter que fazer coisas nada espontâneas só para a outra pessoa não te encher o saco) e vai embora. Ou te trai. Ou ambos. E nessa hora a mulher chora, grita e diz que ele é um canalha, que “do nada” ele fez isso com ela, afinal “estava tudo tão bem”. Não, não foi do nada. Estava tudo tão bem para ela, mas para ele estava um saco. Ele não foi aceito como ele é, as erradas somos nós, que em vez de mudar DE pessoa, tentamos mudar A pessoa. (créditos: Carrie)

Mulheres medem amor pelas formas mais bizarras. Onde está escrito que se ele te ama tem que te acompanhar a todos os lados? Quando vejo aqueles homens de saco cheio em shopping, em salão ou em filmes mela-cueca sinto pena. Pobres homens castrados. É por essas e outras que acabam ficando frouxos. A namorada faz deles uma “amiguinha”, só falta colocar um laço de fita rosa na sua cabeça.

Homem existe para ser uma coisa: NOSSO HOMEM. Para o resto, temos pai, mãe, amigos, amigas, primos, primas, vizinha e quem mais quisermos. Você faz sexo com sua manicure? Não, né? Então não faça as mãos com seu macho, vá ao salão com uma amiga ou se for o caso, vá sozinha. O mundo não acaba. Essas expectativas irreais nos fazem querer formatar homem e levam ao fracasso de uma relação.

Mas não. Nããããããoooo. A gente tenta mudá-los. Quer que eles gostem das mesmas coisas que nós gostamos, queremos que eles queiram estar do nosso lado 24hs por dia, queremos que eles demonstrem seu afeto da forma como nós o demonstramos a eles. Daí criamos esses homens-bicha dos quais nós mesmas reclamamos tanto. Não dá para ter um poeta na sala e um macho viril na cama. Mais fácil pedir para seu amigo gay ler poesias para você.

Existe uma situação pior ainda: quando a expectativa é real, quando a mudança pretendida não é fruto de uma ilusão. Não existe homem que após dez anos de namoro seja romântico como no primeiro dia, mas existem homens que adoram passar o sábado em casa com você vendo um DVD. Nesse caso, tentar formatar o cidadão é ainda mais grave. Por exemplo, gente que pega aquele homem super social, que vive cercado de amigos, extrovertido e badalador e quer transformá-lo em um homem caseiro que passa o final de semana vendo DVD com a namorada. Você não vai conseguir. E se conseguir, vai quebrar o seu brinquedo, porque ele vai ficar tão infeliz, que não há amor que segure essa relação.

Se um homem baladeiro não te faz feliz, parta para outra. Ou então, mude você e aceite o fato dele ser baladeiro, sem querer castrá-lo dizendo o que ele pode ou não pode fazer. Mude você.

Mas a gente sempre investe. Sempre. Eu sempre digo: eu sou mais inteligente solteira. Quando estamos apaixonadas não lemos as placas de “Pare”. Sempre achamos que a pessoa vai mudar sem qualquer conseqüência mais grave para a relação. Achamos que vamos mostrar um mundo “melhor” e que a pessoa vai adorar entrar no nosso mundinho de DVD sábado à noite.

Todas nós temos em mente nossas necessidades em um parceiro. O básico, pelo menos. Algumas são negociáveis, outras não. Não caia no erro de negociar o inegociável, desista desse homem se ele te sujeita a negociar o inegociável. E isso não faz dele necessariamente uma pessoa má, apenas uma pessoa incompatível com você.

Qual é o objetivo de ficar em uma relação onde você tem que lutar diariamente para que uma pessoa mude? É ofensivo para com a pessoa, que se sente extremamente rejeitada e é uma perda de tempo para você! Tudo bem, você pode dizer “eu tento porque eu gosto muito dele”. Vocês sabem o que eu penso, gostar apenas não basta. Se a pessoa não te faz feliz, de que adianta gostar dela? Melhor sentar e esquecer, porque sim, todo mundo pode ser esquecido.

Sinceramente, cada um vive como quer. Se a mulher quer ser uma vadia, uma freira, uma maluca, uma dona de casa, uma corna ou o que mais for, RESPEITO, desde que essa escolha faça a pessoa feliz. O que eu não respeito é uma escolha onde a pessoa se coloca em uma situação de infelicidade extrema (e ainda alardeia isso). Isso não é escolha, é ser refém de carência.

Numa dessas postagens do blog, Somir falou uma frase certa: mulheres namoram o namoro. Por isso não abrem mão de homens visivelmente incompatíveis com elas. Seu apaixonamento é pela relação, pelos projetos, pelos planos. Não gostam do homem, gostam de gostar do homem, salvo raras exceções.

Por isso, venho aqui fazer um apelo: Pense, e quando for o caso, DESISTA. Não há vergonha em desistir de um homem (é até engraçado, eles ficam correndo atrás de você). Uma pessoa não precisa ser MÁ, SEM CARÁTER OU ESCROTA para que você tenha que desistir dela. Pode ser uma ótima pessoa, porém, incompatível com você.

Não tente mudar a essência de um homem. Não o prive dos seus prazeres, dos seus hobbies, dos seus amigos. SE ELE QUISER, ele vai mudar automaticamente. Mudar porque a mulher pediu (ou pior, exigiu), não tem o menor valor! E quase sempre é temporário. Mais cedo ou mais tarde ele volta para suas raízes.

E vamos parar com essa lenga lenga de achar que porque se gosta da pessoa tem que ficar ao lado dela. Se o jeito de ser, as escolhas ou a pessoa em si te fazem mal, não adianta porra nenhuma gostar dela. Sejamos corajosas para primeiro, admitir que aquela pessoa é incompatível conosco, e segundo, romper com essa relação que nos faz sofrer e encarar a dor da perda, jogar fora os planos e recomeçar do zero, em nome de um futuro melhor.

Quando se tenta formatar um homem, o sofrimento pode ser infinito: dias, meses, anos… Quando se admite que aquele homem, apesar de ser uma ótima pessoa, não te dá o que você precisa para ser feliz, o sofrimento do término é enorme, mas tem data para acabar.

Não percam tempo de suas vidas. Não insistam em uma relação onde você tem que lutar constantemente para que seu homem se comporte da forma como você quer. Tem muito peixe no mar, se o que você pescou não te agrada, jogue de volta (sempre vai servir para alguém) e pesque outro. Tem gente para todos os gostos neste mundo.

Graças a essa paranóia de formatação masculina, temos que lidar com aqueles homens transtornados, que em primeiros encontros tem um TOC (transtorno obsessivo compulsivo) tão grande em nos agradar que mentem sem parar, se contradizem e são mais falsos que uma nota de três. Chega.

Você, Cueca, não seja imbecilóide e se mostre como você realmente é, desde o começo. Se ela não gostar, ótimo, ninguém perde tempo (apesar de que, você perde a sua foda…). E você, Amiga Calcinha, não crie expectativas irreais e aprenda quais são os defeitos e qualidades negociáveis e inegociáveis no sexo oposto, para saber bem o que procura e saber bem o que recusar. Quem não sabe o que procura, não o reconhece quando o encontra. Sejamos todos um pouco mais objetivos, assim quem sabe essa baixaria que está o mundo dos relacionamentos é menos frustrante para todos nós…

Para me dizer que eu não luto pelos meus relacionamentos e desisto muito fácil (citando o Somir como exemplo), para me dizer que seu namorado faz mil demonstrações românticas espontaneamente mesmo depois de anos com você e para me dizer que eu sou azeda: sally@desfavor.com

SALLY SURTOU: Toda semana uma das colunas originalmente postadas no antigo blog da Sally será trazida de vez para o desfavor. Hoje com “Acredita, Otária!”. Clique aqui e leia.

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

O que você achou?

Loading spinner

Comments (76)

  • Nossa, achei mesmo que 70 comentários eram em (des)favor de mudar ou não alguém.

    Mas é tudo BARRACO mermo.

    Obrigada, terei conteúdo pra rir a sexta inteira.

    Sally: Mandei teu texto em massa (com os créditos + link, tá). Inclusive pro meu namorado que imprimiu e vai usar contra mim toda vez que eu pedir algo romântico.

    Eu quase terminei com ele pois achava que eu queria algo mais cor-de-rosa, queria MÁGICA. Me dei conta então, que a única com vocação para feiticeira nessa relação era EU, logo, vou eu mesma tocar um pó de pirinlimpimpim com pementa. Não é que deu certo?

    Agora eu já sei: quando quiser coisas românticas, incandecentes ou perfumadas, EU MESMA FAÇO. E tudo voltou a ser um mundo de sonhos e de amor. :P

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Acabamos de ultrapassar o recorde de comentários, que era do Deleta Eu sobre o HTP.

    Somir deve estar puxando as calças pela cabeça.

    Grata.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Nós já encerramos a discussão Dudyely… As próximas serão com mais classe, pois ela briga com gosto (adorei aquela menina).

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Olá Deja…

    Fico feliz em saber que você não é mal educado, pois foi essa a impressão que você me passou e é por causa disso que eu peço que você pare de discutir com ela ou então mude o vocabulário.

    Acharia muito mais interessante e legal uma discussão que tivesse o mínimo de educação ou então menos palavrões, que achas?

    Beijos

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Dudyely,

    Eu estava com o humor alterado e ela provocou, eu cheguei a dizer que esperava por um "a" vindo de qualquer um…

    Me desestressa falar qualquer coisa pela internet, encarnar um personagem, e sei que não atingiria ninguém de fato (no fundo eu sou bonzinho), e ela não nem se importa de verdade… não foi tão grave assim, oras.

    Gostei da sua calma ao se expressar… Muito serena…

    beijos

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Olá…

    "Dudyely, querida… (ou querido?)"
    tanto faz qual o meu sexo, pois o que importa é o que falo, se quiser pode escolher um ou nenhum.

    Vejo que é uma pessoa inteligente, mas você cometeu um grande erro, fez de um pingo d'água uma tempestade, isso não é nada bom.

    Gosto muito do Augusto Cury, muito inteligente, porém não me basiei nele, isso eu aprendi com o tempo, você também vai aprender quando chegar o momento correto.

    Vi seu esforço em ser educado e isso foi louvável, continue assim. O problema é que em alguns momentos a sua educação desapareceu, deve ter sido impressão minha, desculpe-me.

    Eu entendi o que ela te fez só que não achei tão grave assim. Você poderia ter respondido educadamente, assim como fez para mim.

    Beijos

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Dudyely, querida… (ou querido?)

    "Não importa se o tema é "inteligente" ou não, a educação e a inteligência devem sempre estar presentes."

    E eu lá me importo em ser educado com uma vadia qualquer da internet? Sobre inteligência, bem… acho que em uma discussão complexa como essa, ela só pode ser usada como a Grazi o fez, ofendendo minha avó… haha.

    Entende?

    "Você não pode deixar que as outras pessoas modifiquem o seu humor, pois isso deveria depender só de você."

    Augusto Cury já me disse isso também…

    "Ridículo pra mim é uma pessoa se ofender com um simples "idiota", isso sim é ridículo."

    Ela provocou (me alimentou) e eu me diverti, talvez eu sofra de síndrome de tourette, ou seja terapeútico mandar um "vai tomar no seu cu", saca? E encher o saco na internet é divertido, será que é tão difícil compreender? Então me poupe do seu discurso antes que eu gorfe.

    "Como eu disse antes, pessoas realmente inteligentes ganham uma briga através de argumentos e NÃO através de palavras de baixo calão."

    Acho que você quem não entendeu mesmo, não havia algo para se discutir, ela me encheu o saco e EU revidei, provoquei e a deixei meio estressadinha… E nem é nada pessoal, poderia brincar e zoar com ela, como amiguinhos, numa boa.

    "Pode me xingar a vontade, acho até divertido, porém não pense que vou me rebaixar ao seu nível, pois isso não é do meu feitio."

    Não tenha medo boneca, não vou mandar você tomar no cuzinho também… E eu não te xinguei antes, estou arrasado por esse comentário… pensei ter sido extremamente educado.

    Beijos!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Sally, minha troll favorita:

    Alguns anunciantes não ligam a mínima pro que rola no espaço onde anunciam, desde que tenha público.

    Por isso sugeri falar com quem anunciava no antigo Programa do Ratinho.

    Forte abraço!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Cacildis! Mas será desimpossível que essa suruba NÃO vai pro Fórum??? Lá tem mais espaço, dá pra abrir um tópico pra cada "debate" desses.
    O Campeão poderia até criar uma subsessão chamada "Gigantes do Ringue"!
    Fora que o povo podia sair de Zebra em dois dias ou menos, no ritmo que a coisa está.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Ola Deja,
    Não importa se o tema é "inteligente" ou não, a educação e a inteligência devem sempre estar presentes.

    Você não pode deixar que as outras pessoas modifiquem o seu humor, pois isso deveria depender só de você.

    Não sou "amiguinha" da Grazi, pois o toque foi pra ela também ou você não entendeu o que eu falei?!? Quando falei que era principalmente para você foi porque você é quem começou a baixar o nível, o problema foi que ela respondeu à altura.

    Ridículo pra mim é uma pessoa se ofender com um simples "idiota", isso sim é ridículo. Você sabe quem é e por isso não deveria se ofender com tanta facilidade. Sempre existe argumentos para quem tem a capacidade de pensar, coisa rara hoje em dia, não é mesmo?

    Pode me xingar a vontade, acho até divertido, porém não pense que vou me rebaixar ao seu nível, pois isso não é do meu feitio.

    Como eu disse antes, pessoas realmente inteligentes ganham uma briga através de argumentos e NÃO através de palavras de baixo calão.
    Entendeu desta vez ou vai querer que eu desenhe?!?

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Falta pouco para quebrarmos o recorde de postagens em um tópico…

    Somir vai morrer se este tópico superar os comentários do Deleta Eu do HTP!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • "Baixar o nível é algo inadimicivel para alguém que se julga inteligente."

    Depende, se a discussão envolve algum tema inteligente… No caso, a moça do nada me chamou de idiota e eu só chamei ela de vadia e, me diverti irritando a pobre coitada. E até no meio da discussão eu ainda expliquei as razões do meu pensamento que a levaram a esse julgamento (ou opinião como a moça prefere ladrar). Como já disse, é aceitável discutir, divergir… mas existem modos da pessoa proceder, no caso alguém que já parte para chamar outrem de idiota, merece apenas o que eu lhe dei.

    E outra coisa, amiguinha da Grazi, falar em "argumentação", envolvendo isso, esse assunto… soa até ridículo, fala sério…

    O que você achou?

    Loading spinner

  • “Foi justamente por vc se achar tão másculo (quem muito ostenta…) assim que te chamei de bixa várias vezes, não é pq eu tenha nada contra os gays. Mas fofa, sai do armário, libera geral! Ser enrustida não tá com nada!!”

    Eu já falei que atacar minha masculinidade não adianta, saia desse clichê, e quem gosta de ostentar é você… como ter um namoro de 2 anos que vai muito bem… E não vejo como minha opção sexual tenha a ver com o fato de eu achar uma vadia escrota uma pessoa que do nada me chamou de idiota… (do nada? Ainda fico na teoria do recalque…)

    “"Talvez já tenha até dado… vadia!"
    Com certeza não. Não dou para qualquer um, ainda mais um besta como você.””

    Ainda te acho uma vadia, então…

    “No seu parágrafo seguinte quem parece que quer dar lição de moral é vc, vovô.”

    Eu lhe coloquei em seu devido lugar, simplesmente isso, tenha um pouquinho de humildade e aceite sua condição de estúpida…limitada.

    “Óóóóóó agora serei chama de homofóbica novamente pq mandei vc tomar no cu? se não me engano, vc mesmo disse que adora dizer isso. Logo, vc é homofóbico. Isso é lógica, senhor do raciocínio lógico, analise. Se você sabe tanto de lógica, deve saber sobre transitividade. Depois eu q sou contraditória!”

    Ah, mas você é mulher, vadia, biscate… entende a diferença? Pra você é normal, quando lhe mando tomar no cu, eu só indico para que você faça algo que lhe agrade e pare de me encher o saco…

    “Vadia é a sua avó!
    Dejairzinho(?) fofis.”

    HAHAHAHAHA, ver alguém ofender a “avó” é divertido… na quarta-série.

    Com todo amor,

    Deja.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Eu não quero anunciantes, nada, eu disse NADA, vale a minha liberdade de expressão nem as do que postam aqui.

    Aqui é Terra de Ninguém e sempre vai ser. Não estamos à venda.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Olá…

    A tempos estou lendo esta briga e só tenho uma coisa a falar….
    Pessoas realmente inteligentes ganham uma briga através de argumentos e NÃO através de palavras de baixo calão.

    Baixar o nível é algo inadimicivel para alguém que se julga inteligente.

    É só um toque, principalmente para você Deja!!!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Foi justamente por vc se achar tão másculo (quem muito ostenta…) assim que te chamei de bixa várias vezes, não é pq eu tenha nada contra os gays. Mas fofa, sai do armário, libera geral! Ser enrustida não tá com nada!!

    "Talvez já tenha até dado… vadia!"
    Com certeza não. Não dou para qualquer um, ainda mais um besta como você.

    "E imagina se eu me reproduzisse com você, acho que nasceria outro Somir… s2"
    Ô dóóóó… que sonho você se reproduzir comigo.

    "
    ":( lição de moral da Titia, magoei… "
    Tenho certeza de que sou mais nova que você.
    Minha vez de analisar: Você deve ser uma criatura de uns quase… 30 (?) que se acha o pegador, o comedor mas não reparou que já saiu da adolescência. Logo, pensamento de guri de 15 anos a luta do maior numero de vaginas possível.

    No seu parágrafo seguinte quem parece que quer dar lição de moral é vc, vovô.

    "E em se tratando de internet, algums opiniões emitidas nem sempre refletem os reais pensamentos da pessoa, sua idiota."
    Quem era a hipócrita mesmo???

    Óóóóóó agora serei chama de homofóbica novamente pq mandei vc tomar no cu? se não me engano, vc mesmo disse que adora dizer isso. Logo, vc é homofóbico. Isso é lógica, senhor do raciocínio lógico, analise. Se você sabe tanto de lógica, deve saber sobre transitividade. Depois eu q sou contraditória!

    Vadia é a sua avó!
    Dejairzinho(?) fofis.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • "Bem que você poderiam ter levado isso para o fórum, hein?"

    Verdade… preciso alcançar logo a categoria de Troll.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • "Eu disse que não me pronunciaria mais, mas acho "realmente necessário" dizer que você é um baita de um FILHO DA PUTA.

    E ela desceu do salto 15… Sabia que não resistiria, ganhei 2 balas dimbinho agora em uma aposta…

    "E você mesmo acabou de sustentar o meu argumento de que é um idiota completo e pior ainda, se acha o tal. Você é nojento!!!"

    Uma pessoa que "se acha a tal", é irritante, né? Você demonstrou isso desde o início me chamando de idiota (Eu 'tava quieto no meu canto), sem propósito algum. Caso não tenha percebido, eu só voltei para ti, o que jogastes em mim.
    Mas agora você conseguiu me deixar mais feliz ainda, obrigado pelo destempero!

    "(E se você costuma julgar se a mulher é bonita ou não por um monte de letrinhas em um monitor… esteja a vontade.)"

    Foi pra irritar que eu disse, mas brincando de Grazi, posso fazer uma análise comportamental e dizer que sim, você é uma baranga e, mal comida (O mesmo modus operandi utilizado por você ao atacar a minha masculinidade (tentado), isso que é argumentação inteligente, né campeã?!). :D

    "Você sinceramente acha que eu daria para você??? "

    Talvez já tenha até dado… vadia!

    "'Homens' como você não deveriam ter a oportunidade de se reproduzir tamanha sua escrotisse."

    E imagina se eu me reproduzisse com você, acho que nasceria outro Somir… s2

    "Não ter a idade de um piá o torna mais ridículo ainda, uma vez que se porta como um guri de 15 anos"

    :( lição de moral da Titia, magoei…

    Pelo que você plantou, não merece tratamento melhor. Sabe, você pode discordar de alguém, emitir sua opinião, mas existem maneiras educadas de ser fazer isso, com tato, por mais absurdo que seja algo que você tenha lido, isso não lhe dá o direito de ofender alguém… azar seu é encontrar alguém que só fica esperando uma troxa falar um "a" para começar a zoação. E em se tratando de internet, algums opiniões emitidas nem sempre refletem os reais pensamentos da pessoa, sua idiota.

    "Agora vá dar o seu cú na esquina."

    Olha a homofobia de novo, isso não é ofensa, tá? Tem gente que gosta (não eu, mas respeito sua mãe).

    "(escrevo como eu tiver vontade) "

    Menina pirracenta!

    Te amo tanto Grazi, fiquei feliz por ter retornado, continue assim, vadiazinha do meu s2. Nos vemos em outros posts.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Campeão, tasquei um tópico na sessão Blog pra levar o bolão pra lá, mas ainda não rolaram apostas.

    Quanto a anunciante, procure pelas empresas que anunciaram com o Carlos Massa (aka Ratinho): Cerveja Colônia, Rações Foster, Achocolatado do Xaropinho e café "Café no bule", entre outras.

    Forte abraço!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • "Deve ser feia, certeza, mas eu comeria. Mulher quando fala demais, precisa ter a boca calada com um pau."

    Eu disse que não me pronunciaria mais, mas acho "realmente necessário" dizer que você é um baita de um FILHO DA PUTA.

    E você mesmo acabou de sustentar o meu argumento de que é um idiota completo e pior ainda, se acha o tal. Você é nojento!!!
    (E se você costuma julgar se a mulher é bonita ou não por um monte de letrinhas em um monitor… esteja a vontade.)

    Você sinceramente acha que eu daria para você??? Tenho pena. 'Homens' como você não deveriam ter a oportunidade de se reproduzir tamanha sua escrotisse.

    "[Queria eu ter a idade de um piá, saudades. E continue pensando no meu pênis, puta.]"
    Não ter a idade de um piá o torna mais ridículo ainda, uma vez que se porta como um guri de 15 anos.

    Agora vá dar o seu cú (escrevo como eu tiver vontade) na esquina.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • É por baixarias como essas que não temos anunciantes!

    Hahahahahahah!

    Bem que você poderiam ter levado isso para o fórum, hein?

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Sally, se 5 pessoas comentaram foi muito.

    Mas eu adoro essa baixaria, você atirou no que viu, acertou no que não viu…

    O desfavor não é guia para histérica, Sally. Tem tanto blog que serve para isso.

    Escreva sim sobre relacionamentos, mas quando BEM ENTENDER. Chega dessa obrigatoriedade nas terças.

    Eu te conheço bem demais para saber que você não é monotemática.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • "Se você continuar fazendo postagens sobre relacionamento, Sally, ninguém vai comentar. As pessoas estão de saco cheio desse assunto"

    CHUUUUUUPA, SOMIIIIIIR!
    CHUUUUUUUPAAAAAA

    O que você achou?

    Loading spinner

  • "Geeente!!! Vai rolar casório no Desfavor!"

    Deve ser feia, certeza, mas eu comeria. Mulher quando fala demais, precisa ter a boca calada com um pau.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • "Quem é o contraditório aqui? Quem citou como ofensa, foi você, eu estava caracterizando, se vc se sentiu ofendido o problema não é meu. E como eu adoooro julgar as pessoas (como vc mesmo disse) é o q para mim vc parece ser. Afinal, você está tão interessado no meu namorado né? Não cansa de citar ele.
    E não, não sou homofóbica."

    Quem citou (ostentou) seu namorado foi você, falando da sua feliz relação de 2 anos…s2, e tem certeza que você não é homofóbica? Já que fui chamado de homossexual em tom pejorativo, diversas vezes, oras, a opção sexual de um ser humano o desabona? Que horror hein…

    “Ui ui ui, gosta tanto de mandar os outros tomarem no cú (com acento, por favor)deve ser pq vc gosta muito e recomenda né?
    Quem quer ser psicólogo aqui é você, quem está toda hora tentando medir o meu Q.I., é você. “

    Cu não vai acento, mas se você gosta de levar no seu… (piadinha infame, adoro). E não, a pseudo-psicóloga é você mesma, fui eu quem iniciou uma análise sobre você? Disse com base em comentários superficiais que você é uma idiota em matéria de relacionamentos? Sobre seu Q.I eu digo que é baixo pela forma como avalia a situação e se expressa, isso ficou claro para qualquer um, você é uma anta.

    Fora isso, eu como já disse, brinquei de ser a Grazi, a tosca.

    “E… cacete você é burro mesmo! Insiste no julgamento! Eu já disse que é uma opinião pessoal! Vc diz que não se importa com a minha opinião, mas não se porta como se realmente não se importasse.”

    Ok, é sua opinião, mas baseada em que? Já disse… superficialidades, uma mera frase… Perfeito, campeã. E eu não me importo mesmo, mas você me diverte e posso ficar aqui um bom tempo…

    “Eu penso o que eu quiser de quem eu quiser, vc me acha uma vadia? Não soube sustentar o porque, mas ótimo! Pessoas pequenas como você acham que xingar basta. Respeito.”

    E você soube sustentar a razão de eu ser um idiota? Como? (Alguém aí viu?) Maluquinha incoerente… E eu te acho uma vadia chatinha pra caralho sim, se você tem o direito de pensar o que quiser… também tenho, fofinha.

    “E.. topetuda? eu deveria ter me intimidado com suas 'ofensas' e ficado quietinha? Desculpe se o desapontei, comigo não funciona.”

    Na verdade eu adorei, você parece implorar por umas puxadas de cabelo e umas mordidas no pescoço. Tesuda.

    “Agora, Oh! Ser supremo de toda inteligência, raciocínio lógico e modéstia, ser dono de toooda a verdade que gosta de tomar (digo, mandar os outros tomarem) no cÚ. A última coisa que tenho a te dizer, pois meu tempo é muito precioso para ser gasto com alguém tão chulo.”

    Eu sou o ser supremo e arrogante? Você quem apareceu aqui do nada me chamando de idiota…Ué.

    “Quando você deixar de ser um piá de merda que mija na cama e acha que é homem porque tem um pênis, quando souber sustentar um argumento e realmente souber aplicar um teste de Q.I., daí sim conversamos.”

    Você não soube sustentar um argumento, que eu era idiota… E não preciso aplicar um teste de Q.I em você para perceber que você é burra… (ainda é repetitiva…”falta de argumento”, coisa mais clichê, as mulheres sempre atacam assim, que sem graça…)

    [Queria eu ter a idade de um piá, saudades. E continue pensando no meu pênis, puta.]

    “E estas são as minhas últimas palavras sobre o assunto, não importa o que você diga a seguir, cansei da brincadeira.”

    Eu te amo sinceramente, vou sentir saudades… lindinha!!!

    “Pense o que você quiser, diga o que você quiser, e vá para os quintos dos infernos.”

    Penso que você é uma vadia sim, adoro, e a gente se encontra no quinto dos infernos, te pago um drink flamejante.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Geeente!!! Vai rolar casório no Desfavor!

    Piada fácil à parte, vamos ao bolão: quanto tempo até o Deja e a Grazi trocarem MSNs e se encontrarem no mundo real?

    O que você achou?

    Loading spinner

  • "acho que é típico ofender um homem proferindo que ele é uma “biba”, talvez isso cause algum efeito nos homens (???)com os quais você está acostumada, como seu namorado, vai saber, em mim não… nenhum, sorry. Mesmo porque, nada tenho contra gays, não sou homofóbico… você é?"

    Quem é o contraditório aqui? Quem citou como ofensa, foi você, eu estava caracterizando, se vc se sentiu ofendido o problema não é meu. E como eu adoooro julgar as pessoas (como vc mesmo disse) é o q para mim vc parece ser. Afinal, você está tão interessado no meu namorado né? Não cansa de citar ele.
    E não, não sou homofóbica.

    "Eu tenho a boca suja, pé na favela, e não vejo mal nisso, tenho orgulho, uso de palavrões para me referir a você porque adoro isso, é uma terapia mandar pessoinhas como você tomar no cu, mas como já citei, argumentos concretos no meu texto existem, ou você os ignora por má fé, ou por conta do seu Q.I de alface."

    Ui ui ui, gosta tanto de mandar os outros tomarem no cú (com acento, por favor)deve ser pq vc gosta muito e recomenda né?
    Quem quer ser psicólogo aqui é você, quem está toda hora tentando medir o meu Q.I., é você.

    E… cacete você é burro mesmo! Insiste no julgamento! Eu já disse que é uma opinião pessoal! Vc diz que não se importa com a minha opinião, mas não se porta como se realmente não se importasse.

    Eu penso o que eu quiser de quem eu quiser, vc me acha uma vadia? Não soube sustentar o porque, mas ótimo! Pessoas pequenas como você acham que xingar basta. Respeito.

    E.. topetuda? eu deveria ter me intimidado com suas 'ofensas' e ficado quietinha? Desculpe se o desapontei, comigo não funciona.

    Agora, Oh! Ser supremo de toda inteligência, raciocínio lógico e modéstia, ser dono de toooda a verdade que gosta de tomar (digo, mandar os outros tomarem) no cÚ. A última coisa que tenho a te dizer, pois meu tempo é muito precioso para ser gasto com alguém tão chulo.

    Quando você deixar de ser um piá de merda que mija na cama e acha que é homem porque tem um pênis, quando souber sustentar um argumento e realmente souber aplicar um teste de Q.I., daí sim conversamos.

    E estas são as minhas últimas palavras sobre o assunto, não importa o que você diga a seguir, cansei da brincadeira.

    Pense o que você quiser, diga o que você quiser, e vá para os quintos dos infernos.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • “Ô seu imbecil, é óbvio que vou falar sobre os meus conceitos, óbvio que levo minha vida de acordo com aquilo que EU acho certo, e opinio de acordo com isso, não vou opinar de acordo com suas opiniões escrotas.”

    Ahhh, então agora a biscatezinha se irritou? EU também vivo de acordo com o que eu acho certo, mas eu não tento ser a palmatória do mundo julgando fulano e ciclano por suas atitudes, não aponto o dedo, tão pouco cuspo para o alto… (Colegas, é somente eu quem acha comportamentos assim, um tanto quanto duvidoso?)

    (Também quando tento discutir, divergir, não início uma discussão chamando alguém de idiota, poderia chamar a Sally como testemunha…)

    “Esporro?? De quem? De você? Não me faça rir mais ainda do que já ri com seus comentários furioooosossss de biba enlouquecida.

    É bem típico de pessoas burras, completamente imbecis, bem pouco evoluídas (símio é você) e que não sabem ter uma conversa de gente civilizada, largar um monte de ofensas achando que intimida alguém. Querido, você precisa de muito mais que isso para me intimidar, lamento. Todas essas suas palavrinhas, me fazem rir.”

    Já eu, acho que é típico ofender um homem proferindo que ele é uma “biba”, talvez isso cause algum efeito nos homens (???) com os quais você está acostumada, como seu namorado, vai saber, em mim não… nenhum, sorry. Mesmo porque, nada tenho contra gays, não sou homofóbico… você é?

    “Agora, que homem que é homem mesmo diz ser barraqueiro?? Barraqueiras são as putas da esquina cheias de catiguria que acham q resolvem tudo xingando todo mundo achando que são as maiores. E justamente por sua boca ser 'sujinha' (**purpurinas saltando) é que você é um burro sem argumentos.”

    Eu tenho a boca suja, pé na favela, e não vejo mal nisso, tenho orgulho, uso de palavrões para me referir a você porque adoro isso, é uma terapia mandar pessoinhas como você tomar no cu, mas como já citei, argumentos concretos no meu texto existem, ou você os ignora por má fé, ou por conta do seu Q.I de alface.

    “Homem de verdade não é barraqueiro, as bixinhas são.”

    Homem de verdade manda vadias como você calarem a boca e tomarem no cu, fato.

    “Recalcado é você! Não querida, não 'levei na cara' de nenhum homem, e não, não vivo na defensiva, tenho o meu homem e estou muito bem assim.”

    Quem ostenta demais…HAHAHAHA

    “E mais uma coisa, seu viadinho de merda, você não me conhece para me chamar de vadia e biscate.”

    Acho que aí doeu… ui.

    "que vá julgar a vadia da mãe dela, ou o corno do macho que a fode…"
    Quem é a pessoa limitada mesmo!?!!?
    Na falta de argumentos… xinga a mãe!!! hahahahhahaha
    Pois devolvo o adjetivo para a senhora que o pariu.

    E eu devolvo para a sua, que defecou pela buceta um excremento como você, um verme que só faz peso no mundo.

    (Mas que vadia topetuda…hahaha).

    beijinhos

    Te amo mais.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • “Deja, seria bom você aprender a ler, pois não escrevi a palavra 'ciúmes' em nenhum momento, e nem sequer estava me referindo a ciúmes, me referia a algo corriqueiro mesmo. (Ele usa uma camisa q você acha horrível,e quando ele pergunta com a maior cara de feliz se você gosta, você diz q é bonita só pra deixar ele feliz).”

    E eu citei como EXEMPLO “ciúmes”, mas isso faz diferença sua antinha? A questão é que o que você acha necessário (sobre mentiras), outras pessoas podem não achar, é RELATIVO, SUBJETIVO, foi isso que repeti exaustivamente… até meus dedos congelados pelo frio, cansarem…

    “Sua linguagem tem 'conteúdo'? Onde? Vi apenas um guri sem argumentos que quando não soube se defender baixou o nível alegando gostar de barraco. Realmente, tem moooooitoo conteúdo em um barraco de palavras atiradas ao vento, né!? deusolivre!!”

    Eu já repeti o ponto várias vezes, você focar no meu “baixo nível”, ó figura de “alto nível”, é só tentar se apegar em algo qualquer, como defesa (Eu até fiz a previsão de que você usaria isso, então me poupe sua vaca.), já que a cerne dos meus comentários, o conteúdo que basicamente mostra como você é hipócrita, burra e contraditória (entre tantas outras coisas que listei), foi expresso claramente (para quem sabe ler realmente).

    “Quem parece recalcado aqui é você que precisa mentir para a fulana ficar ao seu lado até você achar uma maneira de convencer ela de que você pode ser bom pra ela.”

    Novamente, você não sabe ler… releia, eu disse que posso proferir um “te amo também”, quando a mulher o diz primeiramente, por ver alguma perspectiva na relação, já que seria sacal explicar que é impossível amar alguém em tão pouco tempo… E eu posso acabar gostando da pessoa realmente, ou não… Mas também não nego que posso repetir isso até conseguir algo que EU QUERO COM AQUELA PESSOA EM ESPECIAL, e o azar é totalmente o dela, se a coitada se iludir e quebrar a carinha depois. Não tenho dó mesmo. E oras antinha, se ela já disse “te amo”, não preciso convencê-la que sou o melhor pra ela, né? Aprenda a ler, trabalhe sua lógica.

    E eu já repeti isso tantas vezes, tá cansativo, tu és burra ou apenas quer vencer essa olimpíada especial, não compreender os fatos, má fé em discussões é péssimo, mas que falta de humildade em reconhecer uma pisada na bola, tsc.

    “Nossa, temos aqui um especialista em testes de Q.I, capaz de avaliar uma pessoa apenas lendo algumas linhas que a pessoa escreveu! Palmas para Dr. Deja!! Acho que quem está tentando julgar aqui é você, doutor barraqueiro com Q.I. elevadíssimo.”

    Eu estava brincando de Grazi! Que cacareja ao vento quem é idiota ou não… psicóloga? Não, uma chata recalcada qualquer.

    Sabe, você tem sua opinião de que sou um idiota ou “muleque” (urgh), eu tenho a minha sobre você:

    Vadiazinha, recalcada, burrinha e hipócrita.

    Ps, eu também te amo!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Ô seu imbecil, é óbvio que vou falar sobre os meus conceitos, óbvio que levo minha vida de acordo com aquilo que EU acho certo, e opinio de acordo com isso, não vou opinar de acordo com suas opiniões escrotas.

    Esporro?? De quem? De você? Não me faça rir mais ainda do que já ri com seus comentários furioooosossss de biba enlouquecida.

    É bem típico de pessoas burras, completamente imbecis, bem pouco evoluídas (símio é você) e que não sabem ter uma conversa de gente civilizada, largar um monte de ofensas achando que intimida alguém. Querido, você precisa de muito mais que isso para me intimidar, lamento. Todas essas suas palavrinhas, me fazem rir.

    Agora, que homem que é homem mesmo diz ser barraqueiro?? Barraqueiras são as putas da esquina cheias de catiguria que acham q resolvem tudo xingando todo mundo achando que são as maiores. E justamente por sua boca ser 'sujinha' (**purpurinas saltando) é que você é um burro sem argumentos.

    Homem de verdade não é barraqueiro, as bixinhas são.

    Recalcado é você! Não querida, não 'levei na cara' de nenhum homem, e não, não vivo na defensiva, tenho o meu homem e estou muito bem assim.

    E mais uma coisa, seu viadinho de merda, você não me conhece para me chamar de vadia e biscate.

    "que vá julgar a vadia da mãe dela, ou o corno do macho que a fode…"
    Quem é a pessoa limitada mesmo!?!!?
    Na falta de argumentos… xinga a mãe!!! hahahahhahaha
    Pois devolvo o adjetivo para a senhora que o pariu.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • "Realmente necessário" PARA MIM é quando mentimos tentar manter o bem-estar da pessoa, para não se estressar por motivos banais."

    Conceito muito relativo, sua estúpida. O que é banal pra você, pode não ser para outra pessoa. Inclusive situações que VOCÊ ACHA que são para "evitar ciúmes desnecessários", o seu macho pode achar que foi sacanagem.

    Deja, seria bom você aprender a ler, pois não escrevi a palavra 'ciúmes' em nenhum momento, e nem sequer estava me referindo a ciúmes, me referia a algo corriqueiro mesmo. (Ele usa uma camisa q você acha horrível,e quando ele pergunta com a maior cara de feliz se você gosta, você diz q é bonita só pra deixar ele feliz).

    Sua linguagem tem 'conteúdo'? Onde? Vi apenas um guri sem argumentos que quando não soube se defender baixou o nível alegando gostar de barraco. Realmente, tem moooooitoo conteúdo em um barraco de palavras atiradas ao vento, né!? deusolivre!!

    agora sabe-se lá por quem (pelo Sr. Recalque) foi designada para avaliar meu caráter sem me conhecer.

    Quem parece recalcado aqui é você que precisa mentir para a fulana ficar ao seu lado até você achar uma maneira de convencer ela de que você pode ser bom pra ela. Quanto ao julgamento eu já falei.

    CLARO, você é uma alma sebosa de Q.I limitado, anta, anta, anta..

    Nossa, temos aqui um especialista em testes de Q.I, capaz de avaliar uma pessoa apenas lendo algumas linhas que a pessoa escreveu! Palmas para Dr. Deja!! Acho que quem está tentando julgar aqui é você, doutor barraqueiro com Q.I. elevadíssimo.

    Acho que quem provoca (Fui chamado de idiota, ok), que esteja preparado para o troco
    Quanta moedinha sem valor hein!! Pode ficar com o troco, muleque!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • "amoro há dois anos com uma pessoa muito legal, para a qual eu jamais precisei fingir ou mentir. "
    (Ê ostentação, Parabéns! Quase um casamento!!! O sujeito merece um prêmio por te aturar…)

    "Somente em situações em que é realmente necessário."
    (Claro, dentro dos seus "conceitos")

    "Realmente necessário" PARA MIM é quando mentimos tentar manter o bem-estar da pessoa, para não se estressar por motivos banais."
    (Subjetivo… dentro dos seus "conceitos", algo bem pessoal né…)

    hahahaha, relmente eu não me conformo com as pessoas(?)… limitadas.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Repetindo:

    “Mesmo usando de uma linguagem pouco delicada, ela tem conteúdo sim, aviso para a fresquinha não aparecer dizendo mas que falta de argumento, já que é comum esse tipo de comentário estúpido”.(Principalmente quando a figura leva uns esporros…).

    E eu pouco precisava dizer, afinal a Sally disse muito por mim…

    Vou repetir novamente para quem sabe assim, a símia possa entender:

    Citando a porca:

    “Não tenho como costume, porém não serei hipócrita de dizer que não faço. Somente em situações em que é realmente necessário.” (Ah, é hipócrita sim… Contraditória e burra.)

    Quando uma mulher em menos de uma semana já me diz “eu te amo”, às vezes também acho necessário dizer “eu também te amo”, os motivos podem ser vários, posso querer realmente garantir uma foda, não por não conseguir outra sem isso… eu posso querer AQUELA PESSOA em especial, ou ainda como disse… pago para ver o que acontecerá, por isso citei um exemplo, burrica, ok? Hã? Hã? Isso estava na minha argumentação (Sabe ler?), as ofensas é porque eu não tenho paciência com vadiazinhas como você, e minha boca é bem sujinha, alminha sebosa (eu copiei de uma amiga essa ofensa, acho simpática).

    Só mais uma coisinha, citando você, biscate:

    “Se eles acham que mentem somente quando necessário, não sei, talvez por esporte.”

    Continuarei a brincar de ser a Grazi e emitir opiniões SENSATAS, CONCRETAS, VERDADEIRAS, sobre alguém que eu não conheço, baseada em algumas palavras… baseado na citação acima, você me parece uma recalcada que provavelmente “levou na cara” de muitos homens, e vive na defensiva com todos…

    E eu cago e ando para sua opinião, vadia, mas já que você me chamou pra dança me ofendendo, seria indelicado não aceitar o convite…

    E continue tomando no CU (sem acento agudo, sua boçal).

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Sinceramente, cada um vive como quer. Se a mulher quer ser uma vadia, uma freira, uma maluca, uma dona de casa, uma corna ou o que mais for, RESPEITO, desde que essa escolha faça a pessoa feliz. O que eu não respeito é uma escolha onde a pessoa se coloca em uma situação de infelicidade extrema (e ainda alardeia isso). Isso não é escolha, é ser refém de carência.

    Por isso você fez tanta questão de me ajudar (cb) você realmente não concebe como uma pessoa pode insistir tanto, trabalhando arduamente para sua infelicidade….

    Eu sempre vou gostar de você.

    D.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • [b]Não estou recriminando, apenas estou espantada…[/b]
    Eu também tomei um baque agora, nunca vi tanto desaforo saindo da boca de uma mesma pessoa em tão pouco tempo!
    Foi pior que a discussão que teve no primeiro post do sexo anal! XD

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Uiiiiii a mona fico braba!!! Meu Deeeeusss que medooooooo a moça sabe váááários xingamentos!!!
    Sério, acho que não vou mais sair na rua de tanto medo do injustiçado de perfeito caráter me encontar ui, ui.
    Ainda por cima a querida gosta dum barraco! *Medaaaa

    Querido Deja,

    Em primeiro lugar estúpida, hipócrita, idiota, escrota, alma sebosa, anta, biscate, carente e coisinha dos infernos é a PUTA QUE TE PARIU!! repito, a PUTA QUE TE PARIU! (Com trocadilho, por favor!)

    Vá o senhor tomar no centro da rodela do olho do seu cú e faça bom proveito.

    Não querido NUNCA fiz o papel de idiota de dizer que amo depois de uma semana, pois não acredito que se ame uma pessoa após uma semana de convívio.
    Não, não sou carente namoro há dois anos com uma pessoa muito legal, para a qual eu jamais precisei fingir ou mentir.
    Não sou uma defensora da moral e dos bons costumes, definitivamente. ;)

    Não entendi pq vc ficou tão magoado assim, afinal EU te acho um idiota, isso não é um julgamento, é uma opinião pessoal. Faça da sua vida o que você achar melhor e foda-se. Eu vou pensar o q eu quiser sobre você e você não irá mudar isso com um bando de ‘xingamentos’ que você acha que me ofende.

    E.. fofo, quem tem Q.I limitado aqui é você, uma vez que NÂO SABE argumentar, apenas parte para uma ‘agressão’ (ai que meda) sem argumentos, tentando justificar com um namoro de um ano (Uaaaau quase um casamento né!) revoltadinho por causa de uma opinião pessoal.

    Pelos seus comentários, nota-se que você é um GURI DE MERDA que ainda mija na cama, muuuuuiiiittoooooo longe de saber o que é ser um homem de verdade.

    Ah! linda a coleção de ‘palavrinhas ofensivas’ novas, eu costumava a inventar várias assim quando era criança. ‘alma sebosa’ foi a que mais me fez rir.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Sally, concordo com você, já disse… foi para zoar.

    E a sequência foi sim, essa Grazi é um pé no saco, que vá julgar a vadia da mãe dela, ou o corno do macho que a fode…

    Não se espante, posso ser pior ainda… É fácil sair do personagem “Deja” e entrar em um dos outros que mais se aproximam do que eu sou, alguém nada paciente e educado…

    E hoje tô de humor ruinzinho, tá um frio da porra. Tempinho de corno…

    Retiro o que eu disse sobre preferir o frio, em um comentário passado…

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Ninguém muda ninguém e o maior erro é representar uma imagem falsa pra conseguir conquistar. Mais cedo ou mais tarde a máscara vai cair.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Deja, se o Somir disse que gostava de mim duas ou três vezes na vida foi muito. E quer saber? Não precisa, porque ele demonstra com ATOS, que para mim valem muito mais que palavras. Quão carente e idiota eu seria de jogar fora uma pessoa que eu sei que gosta realmente de mim só porque ele não verbaliza isso? O que importa é minha certeza interna e não o ritual social de romance. Você deve entender, você é bem parecido com ele.

    A sequência de ofensas foi sua mesmo? Não estou recriminando, apenas estou espantada…

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Como assim não sou disso? Acho que quem provoca (Fui chamado de idiota, ok), que esteja preparado para o troco, adoro descer o barraco e sair do personagem “cool”, tá no meu DNA.

    E Sally, Somir, seu ex, não é poeta também? Vide “poesias para Van Damme dançarino”, no blog antigo dele… hahahahaha

    (É só para implicar, levemente, afinal, eu lhe devo honorários pela defesa de hoje.)

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Mas que caralho…

    Deja, talvez Bukowski fosse mesmo um grande pegador. Talvez existam poetas sensíveis que sejam o sonho de consumo de 99,999999% das mulheres do mundo, e talvez um dia eu mesma me encante por um deles, vai saber… Mas, a princípio, pelo que eu me conheço, NÃO ME ATRAI gente sensível, gente que faz poesia. Não é a poesia em si, e sim o pacote que vem com pessoas assim.

    obs: As postagens acima são realmente do Deja? Ele não é disso…

    O que você achou?

    Loading spinner

  • “Realmente necessário” PARA MIM é quando mentimos tentar manter o bem-estar da pessoa, para não se estressar por motivos banais.”

    Conceito muito relativo, sua estúpida. O que é banal pra você, pode não ser para outra pessoa. Inclusive situações que VOCÊ ACHA que são para “evitar ciúmes desnecessários”, o seu macho pode achar que foi sacanagem.

    E novamente, vai tomar no seu cu, seu Desfavor!

    Ps, mesmo usando de uma linguagem pouco delicada, ela tem conteúdo sim, aviso para não fresquinha não aparecer dizendo “mas que falta de argumento”, já que é comum esse tipo de comentário estúpido.

    E para o inferno todos vocês que estão lendo isso aqui também…

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Pobre porque você é uma hipócrita e a Sally te desconcertou, ô detentora da moral e dos bons costumes que provavelmente já fez o papel da idiota que após uma semana de namoro já dizia “Eu te amo meu lindo”, que agora sabe-se lá por quem (pelo Sr. Recalque) foi designada para avaliar meu caráter sem me conhecer.

    Antes de falar algo mais: Vai tomar no centro do olho do seu cu sua biscate.

    Continuando…

    Cada um atraí pra si o que quer, se és uma carente que acha que pode amar uma pessoa em uma semana, pensar ser correspondida parabéns espertinha! Você será muito feliz! Além do mais, eu já até engatei um namoro de 1 ano mentindo dizendo “eu te amo” NO COMEÇO só porque ela também disse, pois ela parecia uma pessoa ideal pra mim e eu quis conhecer melhor e tentar, mas você não cogitou essa possibilidade, não é sua escrota? CLARO, você é uma alma sebosa de Q.I limitado, anta, anta, anta…

    Finalizando, some ô coisinha dos infernos, vai julgar a senhora sua mãe.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Bukowski era sensível, grande poeta… e tem fama de pegador.

    Oras.

    (Mas como não faço poetagens, nem defendo…)

    O que você achou?

    Loading spinner

  • “Realmente necessário” PARA MIM é quando mentimos tentar manter o bem-estar da pessoa, para não se estressar por motivos banais.

    Se eles acham que mentem somente quando necessário, não sei, talvez por esporte.

    Deja, eu, pobre!? Pq a pena?
    Eu não preciso mentir para ninguém para que ‘não se afaste ainda’.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • “[…]eu acho um cu para ser MEU homem[…]”Mais uma vez, grato pelo esclarecimento. Agora eu entendi que se tratava exclusivamente da descrição do seu gosto. E gosto é igual nariz, cada qual com o seu (embora alguns definitivamente possam se beneficiar de uma plástica).

    Forte abraço!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Nando, eu acho um cu para ser MEU homem, porque é um perfil sensível que não me atrai sexualmente.

    Mas não nego serem grandes artistas dotados de uma capacidade extraordinária.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • “Se por “pressão” você entende putaria e falta de consideração, eu entendo sexo bem feito, sem frescuras, e de preferência mais de três bem dadas. Talvez seja uma questão meramente terminológica.”Óquêijo, belesminha então. Grato pelo esclarecimento.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Depois dessa defesa da Sally, não há o que eu possa falar… Pobre Grazi.

    (Pimenta no cu dos outros é refresco!)

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Pequena lista de cus:

    1) Augusto Frederico Schmidt;
    2) Augusto dos Anjos;
    3) João Cabral de Melo Neto;
    4) Sir Walter Scott;
    5) Alexander Sergeyevich Pushkin.

    Have a nice day!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Onde está escrito que para um homem ter pressão precisa detratar a mulher ou tratá-la como sanduíche?

    Muito pelo contrário… geralmente os inexperientes é que acham que mulher gosta de ser tratada como um bibelô na cama. Se por “pressão” você entende putaria e falta de consideração, eu entendo sexo bem feito, sem frescuras, e de preferência mais de três bem dadas. Talvez seja uma questão meramente terminológica.

    Se um homem disser que vai me degustar como vinho raro eu não vou me sentir valorizada em absoluto, gosto de algo um pouco mais carnal… Me passa a impressão de ser tratada como algo frágil.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Hmmm… Por favor, esclareça minha ignorância:

    Pressão não é igual a força dividido por área? Que mais que pode significar a palavra pressão?

    Já isso de “homem que faz sexo em vez de fazer amor” é uma opinião que costuma dedurar a idade mental de quem a tem (abaixo de 30, numa estimativa gentil). Adolescentes gostam de ser comidas como hambúrgueres, mulheres gostam de ser degustadas como um vinho raro.

    E, surpresa! Meninos tratam mulheres como sanduíches, homens as tratam como champagne.

    Por que meninos são “comedores”, homens são de uma mulher só e a tratam de acordo.

    Por que respeito, consideração “y otras cositas más” são valores. Novamente: surpresa! Valores são a província dos homens, os meninos os abominam.

    Paz e bem!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Pois é…

    “realmente necessário”

    eles também acham que mentem apenas quando é realmente necessário…

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Não tenho como costume, porém não serei hipócrita de dizer que não faço. Somente em situações em que é realmente necessário.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Ok, pode até não ter como deixar claro que não gosta (até pq a mulher vai entender só o que ela quiser mesmo), mas dizer que ama só pq a fulana disse é muita falta de caráter.

    Mulheres tb tem seu ‘banco de reservas’ mas este é na grande maioria dos casos, sigilo. Enquanto alguns homens fazem questão de enumerar para quem quiser ouvir as mulheres que estão ‘under your umbrella’.

    E não, pra mim fazer sexo todos os dias não é demonstração de amor, são hormônios em ação. Veja bem, isso não torna o fato de fazer sexo todos os dias ruim, pelo contrário. Apenas por mim não é considerado demonstração de amor.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Nunca pensei que este dia ia chegar… mas vou ser obrigada a defender o Deja.

    Grazi, não tem como deixar claro que não gosta da Fulana.Se os homens fossem sinceros sobre o quanto gostam das mulherem com quem saem, comeriam uma a cada dois anos. Culpa das mulheres que praticamente pedem para serem enganadas.

    E cá entre nós, mulheres também mantém uns homens no banco de reservas que são bicados assim que dispomos de um melhor.

    E sim, fazer sexo todo dia é uma ótima demonstração de amor. Ao menos para mim…

    O que você achou?

    Loading spinner

  • “dizer “eu te amo” sem sentir vontade também cansa… mas fazer o que se algumas dizem em questão de dias e eu não quero que a figura não sea faste AINDA? Fingir… (Meu caráter não está em pauta).”

    Ok, Deja, seu caráter não está em pauta, mas que você provou ser um idiota no quesito relacionamento… provou!

    Se vc acha que ainda não gosta da fulana, que deixe claro poxa! Fingir para garantir uma foda é o fim!! A não ser que o cidadão não tenha capacidade de arranjar outra, caso a cidadã do ‘te amo’ se vá.

    Acho que quando realmente gostamos de alguém DEVEMOS demonstrar.
    Óbvio que isso não significa ligar 10 vezes por dia e dizer te amo. Mas você deve se lembrar de mostrar para a pessoa q a ama.

    Parece que alguns homens esquecem disso e acham que demonstração de amor é fazer sexo todo dia, pois bem… NÃO É!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Que besteira Sally, qual o problema em levar o homem pra ver Divã no cinema? XD
    Eu sempre vou ver todos os filmes de ação e terror e suspense com ele (até por que, eu também gosto) mas de vez em quando eu gosto de ver uma comédia boba, e eu arraaaasto a criatura comigo.
    Não quero saber, cinema sem namorado é sem graça.

    Mas, apesar disso, concordo com você. Ninguém deveria ter que mudar pra agradar a outra pessoa. As mulheres querem um poeta na sala e um garanhão na cama, nem sempre dá…. Mas os homens também querem uma dama na sala e uma puta na cama, e nós ficamos nos debulhando pra satisfazer esses desejos masculinos por que hoje não basta mais para a mulher fazer sexo, tem que ser sexo bom e muito sexo e sexo de todas as formas, e ainda tem que ser uma dama cheia de classe para apresentar aos pais.

    Nos matamos muito pra fechar com esses ‘requisitos’, e isso não é certo. Não é bom tentar mudar o homem, mas também não é bom tentar se mudar por causa do homem.

    Ou você muda por que quer, ou não muda e sai andando. Falou tudo!

    Abraços~

    O que você achou?

    Loading spinner

  • É o que quis dizer Sally, eu sou sensível, mas não romantizo as coisas.
    Mas sei como romantizar, se eu quiser…

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Deja, sensibilidade para percepção não quer dizer capacidade de romantizar as coisas em uma poesia, coisa que por sinal, nem eu nem Somir temos.

    E ter que fingor essas coisas é um saco mesmo, mata qualquer amor a longo prazo!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • “nem sempre sensibilidade está ligada a inteligência. Conheço muitas pessoas sensíveis burras e muitas pessoas insensíveis inteligentes.”

    Depende da sua visão sobre “sensibilidade”, é como eu disse, a minha está ligada a percepção.

    Sir Somir parece insensível aos olhos de terceiros, você também, mas são inteligentes e enxergam o que poucos conseguem, porque pra mim, possuem sensibilidade.

    É o que eu queria dizer… Que não é só gostar de apreciar o pôr do sol (urgh), mas saber que este pode agradar sua parceira, e assim passar uma tarde com ela, para agradá-la… além disso, essa sensibilidade permitiria o sujeito saber como tocar a mulher, do jeito que ela gosta, porque ele a analisou com sua percepção apurada.

    É, precisei ser redundante. Mesmo.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Eu fiz o primeiro comentário, baseado no seu comentário aqui, Sally, agora li o texto… é, vou ter de concordar com você… infelizmente (odeio isso).

    Na fase da conquista dá pra fingir ser o que não somos, mas depois é cansativo mesmo…EXCETO, SE O CARA GOSTAR MUITO DA MULHER (AINDA CREIO SER POSSÍVEL ISSO, NÃO PRA MIM)… Bem, já passei por isso, aturar cobranças como “nosso amor morreu”, “você já deve ter outra”, puta que pariu… o que eu faço? Costumo procurar outra, daí largo a atual.

    Acho um saco ter de ficar de declarações todo o tempo, durante o trabalho ter de ligar, mandar SMS ou deixar um vídeo no orkut, dizer “eu te amo” sem sentir vontade também cansa… mas fazer o que se algumas dizem em questão de dias e eu não quero que a figura não sea faste AINDA? Fingir… (Meu caráter não está em pauta).

    É complicado…

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Deja, nem sempre sensibilidade está ligada a inteligência. Conheço muitas pessoas sensíveis burras e muitas pessoas insensíveis inteligentes.

    Em sua homenagem, não farei o próximo sobre relacionamentos…

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Nossa, acho que a Sally gosta de homens machos! Que pegam forte, te jogam na cama e mostram quem é que manda! Uuuuiii(só para frisar:
    quem manda, na cama!)

    Fora dela ninguém manda em ninguém, há acordos consentidos por ambas as partes.

    També concordo que ninguém muda ninguém, a pessoa só vai mudar se ela achar que deve e quando achar que deve.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Com determinado tipo de inteligência, não a que me permite realizar cálculos complexos (exemplo), é possível o sujeito saber te comer melhor do que um acéfalo qualquer Sally… E com um intelecto assim, é possível fingir ser o que a mulher espera: Alguém “sensível” ou um safadão. Isso nem é errado, muito pelo contrário, é louvável tentar agradar a parceira… analisando o que ela quer.
    Mas pessoas assim são raras, só que alguns pacotes dessas pessoas vêm com defeito… como a ausência de caráter, são uns 171 de primeira.

    Muitas mulheres são assim.

    Ps, sensibilidade está ligada a inteligência, pra mim é como uma capacidade de percepção apurada, não é apenas chorar vendo o Rei Leão.

    Ps2, fica meu protesto contra postagens sobre relacionamentos, prefiro seus outros surtos Sally.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Releia:

    “Não dá para ter um poeta na sala e um macho viril na cama. Mais fácil pedir para seu amigo gay ler poesias para você”

    De forma alguma eu disse que todo poeta é gay.

    O que quero dizer é que homem perfeito não existe. Se você quer um homem no estilo comedor, macho viril, que faz sexo em vez de fazer amor, não pode esperar DESTE homem um poeta fora da cama, porque não vem no “pacote”. Neste caso, quando o que se pretende é um homem com pressão, melhor buscar a sensibilidade onde ela sobra, ou seja, nos gays, que costumam ótimos para qualquer coisa ligada a sensibilidade. Quem planta abacaxi não pode chorar porque não nasceram morangos.

    A intenção é: poesia, qualquer um pode te dar. Você não precisa disso em um homem.

    E só para constar: 1) eu acho um cu homem que faz poesia 2) Regras gerais existem, ainda que existam exceções

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Sally, só uma pergunta: nenhum poeta é hetero?
    Pensei que só o campeão generalizasse…
    Forte abraço!

    O que você achou?

    Loading spinner

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: