Desfavor Web 1.0: Fala Desfavor!

Classe!O último desfavor da semana foi uma verdadeira mina de comentários exploráveis.

Ellàhn disse…
Somir, eu não tô te reconhecendo cara! Tá pegando leve demais! Não mete o pau no Dando no Processa Eu!, agora fica aí com críticas pseudo-construtivas no Desfavor da Semana e procurando manter seu discurso razoavelmente menos agressivo… A Sally tá dominando o Desfavor, cuidado! Tem que pegar mais pesado! (Lê os textos de vocês dois em seqüência, vc vai entender. :P)

Pronto, virei “traidor do movimento”. Se bater com sua machadinha na minha mesa, a coisa vai ficar feia pro teu lado, preibói!

Não sei há quanto tempo você acompanha o desfavor, mas a forma como os textos meus e de Sally evoluíram com tempo é resultado direto de uma correção de papéis. Na nossa “era de ouro” das trollagens, onde nos conhecemos, tínhamos uma dinâmica um pouco diferente da que apareceu aqui no blog. Uma que funcionava MUITO bem.

Numa analogia futebolística: Ela era uma centro-avante, eu era um meia-armador. O talento dela é atacar na linha de frente, o meu é preparar a jogada. Sabemos fazer a função um do outro, mas não com a mesma qualidade.

O desfavor surgiu e acabamos invertendo os estilos. Muito por causa do público inicial do blog: Ela queria cativar, eu queria espantar. O tempo passou e as coisas foram se equilibrando, chegando a um ponto onde ambos estávamos pegando pesado ao mesmo tempo.

E, recentemente, ela finalmente começou a escrever com seu verdadeiro potencial de ofensividade. Se a especialista chegou na grande área, eu já posso voltar para minha posição preferida.

Eu não estou pegando mais leve, eu tenho objetivos um pouco menos óbvios. Leia os textos na sequência, você vai entender.

Eu poderia simplesmente ter te dito que esperar comportamentos caricaturais de outras pessoas denota uma mente simplória. Mas eu fui além. Viu?

Fuck Bush disse…
Somir,
como leitor e apreciador assíduo deste blog te falo com toda minha certeza, lhe importe ou não, que você não sabe 1 vírgula sobre esse atentado.
Meu nick não é por menos. Já pesquisei muito, mas muito mesmo sobre o 9/11. Pelo menos SOMENTE nesse assunto você tá bem abaixo do meu chinelo.
Nem pense que aqueles putos suicidas fizeram tudo aquilo sozinho:
a) todos eles entraram sem nenhum problema nos EUA.
b) tinha terrorista com nome na lista telefônica.
c) teve terrorista que levou multa de trânsito
d) teve terrorista que comprou passagem com cartão de crédito pessoal.
e) Zacarias Mossaoui foi preso e no seu laptop estava todo o plano do 9/11. Coleen Rowley chefe do escritório do FBI mandou 70 pedidos para ver o conteúdo, ela foi bloqueada pelos seu superior.
f) terroristas da Al Qaeda a bordo de aviões usando nomes que o FBI sabia serem da organização terrorista. Então como é que esses putos conseguiram embarcar? Tiveram seus nomes retirados dos computadores
g) a investigação do agente do FBI Kenneth Williams de Phoenix alertando sobre membros da Al Qaeda de Bin Laden fazendo aulas de pilotagem nos EUA em julho de 2001 foi sumariamente ignorada pelos superiores.
h) teorristas estavam dividindo apartamente com um investigador do FBI.
i) Condoleezza rice recebe em agosto de 2001 um relatório com título: Bin Laden determined to attack inside the US. Nada fez.
Eu poderia escrever até a letra Z, mas uma coisa é irrefutável:
* O 9/11 foi uma surpresa para o povo americano mas não para o governo. Os EUA sabiam, deixaram e apoiaram os atentados.
Nessa Somir você decepcionou, e feio.

Minha carreira troll (pelo menos a virtual) começou numa era onde essa teoria da conspiração era o assunto do momento. E como eu REALMENTE gosto de provocar pessoas, fiz questão de me inteirar sobre o assunto. Explico: Passei meses discutindo com um Zé Ruela que escreveu um livro sobre o assunto. O seu discurso de autoridade não vai colar.

Tenho certeza que o VOLUME de informações que você coletou ultrapasse, e muito, as que eu adquiri, mas não vai ser tão fácil assim ver a faceta humilde desta personalidade aqui.

Vou fazer uma comparação aparentemente distante, mas aposto que você vai entender a ligação. Sempre me diverti discutindo religião com religiosos, aqueles raros com alguma profundidade intelectual, e percebi na pele o motivo pelo qual o assunto NUNCA se resolveu de verdade na história da humanidade: A discussão não se mantém na sua premissa.

O assunto se ramifica de tal forma que 99% das discussões se tornam vazias. Todas elas cometem o erro de “conceder o ponto” na premissa sem sentido (Deus existe) para buscar lógica depois disso. Eu já aprendi a não cair nessa armadilha.

E essa lição pode ser aplicada em vários outros lugares da vida. Eu disse que passei meses discutindo os atentados e a suposta conspiração, e só me valeu porque eu pude irritar uma pessoa. O resultado de uma discussão de ramificações é o nascimento de outras.

E por isso eu te digo: Por mais que você despeje informações coletadas, nenhuma delas é prova concreta ou livre de ambiguidade. São as famosas provas circunstanciais que tanto ouvimos falar nas séries policiais. Se uma informação pode explicar duas situações diferentes, ela não serve como confirmação de uma teoria.

E vejamos, nessa discussão eu defendo que os terroristas se aproveitaram de um misto de engenhosidade e INEFICIÊNCIA das autoridades que os deveriam impedir. Do outro lado, você defende que o governo americano arquitetou a MAIOR E MAIS COMPLEXA conspiração da história, debaixo do nariz de uma nação de 200 milhões de pessoas com imprensa livre, numa época que a internet era muito mais anônima do que é hoje, e com objetivos pra lá de mal explicados: Tomar petróleo do Iraque? Botar dinheiro no bolso da Blackwater e da Halliburton? Sério que alguém ia correr um risco DESTE TAMANHO para aumentar os lucros? Não é dessa forma cartunesca que a economia mundial funciona.

A minha premissa tem muito a ver com a forma como os americanos se julgavam intocáveis antes dos atentados. A sua parece um roteiro de filme, com vilão “do mal” e tudo.

A minha premissa pode até não ter a mínima graça, mas tem mais lógica. É mais simples. Navalha de Occam.

Mas eu sei que você não vai mudar de idéia. Quem investe muito tempo numa teoria conspiratória dificilmente muda. Embora sua teoria seja possível, e eu não quero ser 100% irredutível, é incrivelmente improvável.

Teorias conspiratórias se baseiam num dos mais famosos “bugs” do cérebro humano: Os falsos positivos. A nossa capacidade de construir argumentações incrivelmente racionais em cima de percepções irracionais. Muitas inverdades são mais atraentes do que a realidade.

Suellen disse…
Milhares de pessoas morreram, mas ao menos puseram fim àqueles prédios tão feios…
Bem que poderiam fazer o mesmo aqui com os prédios projetados pelo Ruy Ohtake.

Puta que pariu, precisavam também enfiar uns 20 Boeings em Brasília. Um país que ainda enxerga Oscar Niemeyer e Hans Donner como ídolos em design só poderia ser brega mesmo.

Marcelo disse…
Contra fatos, não há argumentos: explique a queda da torre 7; explique por que não há destroços nem no Pentágono e nem na cratera da Pensilvânia.
E, Somir, não sei da onde você tirou que é fácil acertar um prédio com um avião comercial. Não estamos falando de um teco-teco, mas de um avião movido a turbina, voando a uma velocidade razoável. Ainda acertou fazendo curva.

Quando o Fuck Bush escreveu sobre o assunto, eu fiz questão de ser o mais civilizado possível. Ele ganhou o meu respeito por não falar dessas ASNEIRAS de gente sem estudo que vê “Loose Change”, não vai pesquisar mais sobre o assunto e fica pentelhando os outros, como se tivesse descoberto as Américas!

A explicação é simples: Leis da física. Ninguém é obrigado a entender tudo, mas antes de vomitar: “Contra fatos, não há argumentos”, você TEM que ter ao menos feito uma pesquisa mais extensa do que “visitei um site”.

Metal derrete, concreto perde estabilidade, temperaturas altíssimas sem pressão e campo gravitacional igualmente superlativos vaporizam virtualmente qualquer coisa. E porra, tem fotos e mais fotos de destroços do avião na frente do Pentágono…

XINGA A MÃE, MAS NÃO OFENDE A CIÊNCIA!

Iv disse…
Liberdade de crença ainda que a crença incite guerra, intolerência religiosa, desvalorização da mulher?
Sei não…

Não é a liberdade de crença que causa isso, é a crença.

A liberdade de crença garante que as leis e os direitos de uma nação passem por cima de qualquer tradição religiosa. E por mais que isso soe fora de personagem, na verdade nem é a crença, é a vida de merda que muita gente nesse mundo leva. União Soviética e China baniram as religiões, mas não melhoraram a vida da população. Adiantou alguma coisa?

Para dizer que eu poderia muito bem ter respondido na própria postagem e deixado de dar esse golpe para não furar hoje, para dizer que jogadores Sally e eu seríamos baseados na analogia da primeira resposta: somir@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

O que você achou?

Loading spinner

Comments (21)

  • "Todas elas cometem o erro de "conceder o ponto" na premissa sem sentido (Deus existe)[…]" (Somir)

    Amiguinho: leia o capitulo sobre ANTINOMIAS DA RAZAO PURA, na Critica da Razao Pura de Kant, e veja que sua afirmacao tambem esta no minimo mal redigida.

    A razao humana sozinha eh incapaz de determinar se existe ou nao um Deus no molde cristao/judaico/islamico.

    Se nao, vejamos. A terceira antinomia nos mostra que eh impossivel determinar se ha ou nao no universo uma causa que nao tenha sido anteriormente determinada por qualquer outra causa, ou seja, nao da pra dizer se existe ou nao uma Causa Primeira.

    Ja a quarta diz que nao podemos determinar se ha ou nao dentro ou fora do universo um Ser Necessario.

    So que a definicao da divindade dos tres povos do livro (cristaos, judeus e muculmanos) eh justamente um Ser Necessario que eh A Causa Primeira de todas as coisas.

    De onde que a razao humana nao da conta de dizer se existe ou nao um Deus nos moldes da crentaiada, do povo do pau cortado e da turma da toalha na cabeca.

    Any questions?

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Outro dia minha filha tava vendo o horário eleitoral do meu lado e quando apareceu a Dilma ela apontou e falou: "Mãe! Mãe! Olha a Cuca!"

    Cuidado com a Cuca que a Cuca te pega…

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Tá da porra isso aqui Nerds e comunistas brigando nos comentários Pelo menos se chinguem para ficar divertido

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Podem falar que é teoria da conspiração..mas…acredito que tenha sido um pouco culpa dos eua, um pouco por planejamento dos caras de turbante e algo me diz que o Somir sempre teve algo a ver com isso..nao sei..não sei..

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Que porra de teoria da conspiração…quando se fala nisso automaticamente se associa a gente louca.

    Esqueçam essa palavra…isso não é mais teoria, agora é fato.

    Que porra de ativar economia…o negócio sempre foi beneficiar certos grupos e pronto. É cumprir a agenda. Bush não foi eleito em cima de maracutaia do nada, teve seu propósito.

    A propósito Jacinto recomendo vc também ver como ficou o Afeganistão após a invasão das tropas com relação ao ópio. Topa? É conspiração também?

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Nem um nem o outro, ou um pouco de cada. Os EUA participaram com um pouco de incompetência e excesso de confiança e alguns setores deixaram passar de proposito algumas situações de risco.

    Olha ae os eua vendendo arma a dar com o pau para a arabia saudita… guerra dá muito mais lucro do que prejuizo

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Mandou bem Somir! Eu acompanho há algum tempo, sei lá, um punhado de meses, mas vc sempre trollava mais. Lendo o texto acho que compreendi que na verdade vcs só tão voltando a jogar como um time. :P

    Mesmo assim é meio triste, desde que eu comece ia ler o desfavor, Somir é o vilão. :P

    Bem, vamos ver que caminho toma, se mantiver a qualidade do texto de hoje eu tô feliz. xD

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Jacinto Pinto Aquino Rego

    Fuck Bush, não creio muito em teorias da conspiração. Mas me recordo do pinguim portenho, aquela coisa bunita do Nestor Kirchner contando que o Bush lhe confidenciou que a guerra era ótima para ativar a economia do país… se não me engano, dá para ver um pedaço desse depoimento no trailer do filme AO SUL DA FRONTEIRA.
    E Somir, VAI TOMÁ BEM NO MEIO DO SEU MAL CHEIROSO CU. Como que vc me deixa fora do desfavor web? fiodaputa!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Sim…ia me esquecendo

    Não passou na Globo tá?

    Procure sobre o The Bombshell Memo feito pela chefe de um escritório do FBI Coleen Rowley (Personalidade do ano na revista TIME de 2002)

    E me diga se os EUA não sabiam do que estava rolando.

    Não passou na Globo tá?
    Quero ver até quando vc vai comer poeira aqui…aqui amigão o nível é outro.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Nada disso Somir…nada disso mesmo!

    Entenda uma coisa: A PAZ NÃO É UM BOM NEGÓCIO!

    Quando se tem guerra muitos setores são alimentados, nem pense que é só petróleo. Indústria bélica, construção, tomadas de posse, controle populacional, medo como forma de manipulação, etc…

    E é sempre a mesma coisa: BENEFÍCIO PARA POUCOS. Vai dizer que você não sabia que foi sempre assim?

    É incrivelmente CONFIRMADO oq eu disse. SÃO FATOS!

    Procure estudar o lance do ópio no Afeganistão e depois me diga, oq aconteceu depois da invasão dos EUA…veja oq aconteceu com a produção de lá e me diz ok?

    Os verdadeiros terroristas vestem termos de 5 mil dólares e estão nos mais altos cargos dos governos/corporações.

    Nunca se esqueça disso.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Ah, e me perdoe, mas "temperaturas altíssimas sem pressão e campo gravitacional igualmente superlativos vaporizam virtualmente qualquer coisa" é muito relativo, meu caro. Alguém ofende a ciência e não sou eu.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Porra Somir, nenhum avião bateu na torre 7! Que puta incêndio foi esse cara? Não estou discutindo a "grande conspiração"… mas analise esse fato isoladamente. Assim como a queda do avião na Pensilvânia. Imagine se apenas essa fosse a notícia… você acreditaria que algum avião tivesse caído ali?
    Eu ainda acho tudo muito estranho e não compro que tudo foi organizado E executado pelo Bin Laden.

    Ah! Que orgulho de ter aparecido aqui! :)

    O que você achou?

    Loading spinner

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: