Deus me pague.

+Com a presença de autoridades, como a presidente Dilma Rousseff e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, a Igreja Universal do Reino de Deus inaugurou na noite desta quinta (31) sua nova sede em São Paulo, batizada de Templo de Salomão. A edificação, construída no Brás –região central da capital paulista– é capaz de receber até 10 mil pessoas sentadas e, segundo a igreja, custou R$ 680 milhões.

Tão grandiosos quanto as paredes do templo são os desfavores ao redor do mais novo brinquedo de Macedo e Cia. Aproveitamos o grande espaço interno e juntamos tudo no desfavor da semana.

SOMIR

Não consigo evitar de sentir alguma satisfação com a história toda. Entendo que seja triste que tanta gente tenha sido enganada para juntar o superlativo valor (declarado) necessário para construir o Templo de Passoamão, mas… não consigo parar de imaginar a cena de Edir Macedo saindo do palco, indo para uma área restrita e rindo com vários amigos de mais uma trollada incrível nos incautos fiéis que construíram seu patrimônio bilionário.

É quase como se ele estivesse testando seguidas vezes quão longe pode ir no absurdo antes de ser pego. Toda essa história de “rachar” com a Igreja Católica Romana foi justamente para cortar essa coisa de toda de templos e ídolos e exploração econômica da fé alheia… Mas o gosto popular não se refina o suficiente, nem mesmo com alguns séculos entre aquelas cartas e os templos de hoje. Só faltou o bezerro dourado!

Lutero deve ter se revirado mil vezes no túmulo. Principalmente com todo o cerimonial inspirado no judaísmo… Por mim, ótimo: Lutero era essencialmente um cretino que lutou contra a ideia de que boas ações eram mais importantes do que fé cega para o amigão imaginário do povo. Mas era de se esperar que alguma coerência com a fundamentação da Reforma Protestante estivesse presente na cerimônia da Universal.

Preciosismo meu, é claro. Igreja é o que esse povo menos quer… o circo é que realmente vale o ingresso. E na inauguração de um dos maiores picadeiros da era moderna, não podiam faltar os palhaços. Candidatos dos mais diversos níveis da política estavam lá, sorrisos amarelos pela necessidade de garantir apoio de uma das últimas grandes igrejas evangélicas disposta a negociar com o… mundo exterior.

Já aprendi a respeitar muito Edir Macedo e sua equipe nas decisões mercadológicas sobre religião profissional. Devem ter enxergado algum problema no plano de controle político isolacionista dos outros evangélicos e já estão abandonando o barco. O que não quer dizer que acho menos aterrorizante a possibilidade de qualquer tipo de fanático religioso no poder, mas pelo menos há um certo alento em imaginar o profissionalismo da Universal. Que no mínimo o inimigo seja subornável.

Cá estou eu me perdendo em sermões… O superlativo (e BREGA) templo da Universal é uma demonstração clara de poder, e evidente que foi planejado para ser lançado num ciclo eleitoral. Com a tática de “combinar votos”, os evangélicos passaram a ter um poder na sociedade desproporcional à sua prevalência na população. Guiar uma massa ignorante não é novidade alguma em nossa história, mas eles parecem ter ficado especialmente bons nisso de influenciar sistemas democráticos.

Assim como sua “mãe” – a ICAR – sempre foi muito talentosa em tirar vantagens de regimes autocráticos. No Brasil (talvez até no mundo todo), a IURD é um dos melhores exemplos de que filho de peixe realmente peixinho o é. O show de Macedo e Cia. muito se assemelha ao que a Igreja Católica fazia em sua fase mais popular. Aposto que assim que conseguirem capitalizar o suficiente, vem mais mega templo por aí.

E mais políticos desesperados por votos evangélicos terão de aguentar o circo todo com um sorriso no rosto. Acho Edir Macedo um charlatão da pior espécie, mas… fazer de algumas das figuras políticas mais poderosas do país de suas vadias é digno de nota. O triste é que acabamos todos sofrendo por tabela com esse jogo.

Para apetecer a massa estúpida (dos mais diversos níveis de renda e educação), o circo tem que incitar intolerância e pregar atraso social. Para conseguir os votos presentes nesse show de horrores, cada vez mais os candidatos tem que ceder para os mestres de cerimônia do circo. E na verdade tudo o que todos os exploradores (políticos e religiosos) querem aqui é dinheiro e poder. A ignorância religiosa é só um meio para esse fim.

E é esse “menor denominador comum em Cristo” que mais me preocupa. Todo o sistema se baseia em necessidades que podem muito bem ser apenas chutes. Quem disse que precisa de todo esse discurso de segregação social para ganhar os favores da massa? O dinheiro em si depende da venda de salvação através de amuletos e perdões. Igrejas como a Universal ainda estariam predando os ignorantes o suficiente para acreditar em superstições, mas pelo menos não precisariam exigir nada mais do governo do que a manutenção de sua venerada isenção fiscal.

O templo começa a parecer apenas ostentação de um modelo insustentável. Quer dizer, se não resolverem imitar mesmo seus antepassados e abolir a democracia quando tiverem poder suficiente. Só nos resta torcer para o mercado se regule pela ganância e vaidade dos líderes das grandes igrejas e que nunca tenhamos um monopólio suficientemente poderoso.

Enquanto isso, vamos encarando mais e mais visitantes ilustres nesses espetáculos circenses. Pior que está com certeza fica.

Para dizer que também não consegue evitar de rir imaginando Edir Macedo fazendo tudo de caso pensado para sacanear seus fiéis otários, para dizer que estamos sendo alarmistas, ou mesmo para falar que desfavor mesmo é aquela barba branca: somir@desfavor.com

SALLY

Já nasceu com jeitinho brasileiro: foi construído com um alvará de reforma, quando deveria ter sido com um alvará de obra nova, para que a Universal economize 35 milhões de reais. Essa autorização duvidosa foi concedida pela Secretaria Municipal de Educação, cujo Secretário foi demitido sob suspeita de enriquecimento ilícito. Começou muito bem, já mostrando a que veio.

O Ministério Público já está investigando o nascimento dessa aberração que é o Templo de Salomão, inclusive pela questão do trânsito, já que é dado como certo que esse tolete gigante vai conturbar o trânsito na região e nenhum cuidado foi tomado para minimizar esse problema, apesar dos avisos da Prefeitura. Tem dezenas de irregularidades e ilegalidades, mas tem dinheiro de sobra, então, provavelmente não vai dar em nada.

Nesse clima de ilegalidade e estelionato, sem nem mesmo licença para abrir as portas, foi inaugurado o Templo de Salomão. Mas não foi apenas inaugurado, como também prestigiado pela Presidente da República Dilma Rousseff e outros. Nem mesmo o atestado do corpo de bombeiros tinha, o que me fez orar fervorosamente por um incêndio, que infelizmente não se concretizou, confirmando meu ateísmo. Infelizmente também não caiu teto, morreu ninguém, o que é uma pena, pois o templo tem capacidade para dez mil pessoas, seria uma limpa e tanto, praticamente um genocídio de gente de baixo QI. Faxina social.

Mas o evento teve seus momentos de diversão, como por exemplo, a falta de luz. Curti muito que quando Dilma chegou faltou luz e ela teve que subir tudo de escadas com a luz de celulares guiando. Presidente da República ex-Ministra das Minas e Energia, subindo escadinha à luz de celular de um templo que condena guerrilheiro, que inferioriza mulher e que acredita que lésbicas devem ser curadas. Parabéns, Dilma, você chegou ao fundo do poço. Mais humilhante que isso só cagar em praça pública e limpar o cu com jornal.

Como se isso não bastasse, Dilmão ainda foi esculhambada pelo Macedão em diversos momentos no sermão inaugural. Macedão que não é bobo e tem candidatos próprios que concorrem com o PT por todo o Brasil, soltou o verbo criticando a postura do Governo em relação à saúde, educação e segurança. Fechou dizendo que “só Deus salva”. Então estamos fodidos, né? Porque nem LUZ para seu templo Deus conseguiu assegurar. Tá rolando uma incompetência divina, minha gente. Começo a acreditar que de fato Deus seja brasileiro.

É tanto desfavor que nem dá para se aprofundar muito. O fato do templo ter lugar para dez mil pessoas já nos dá um forte indício do quanto esse povo carente, burro e imediatista está caindo nas garras dos evangélicos. Mas, além das dez mil pessoas do lado de dentro, o lado de fora também estava lotado, com direito a um telão. Não vai demorar muito até o Presidente do Brasil ser um evangélico. Podem começar a se preparar. E não é apenas uma multidão de seguidores, é uma multidão escrota.

Eles são abusados. Gostam de posar de santinhos, de bonzinhos, mas são uns arrogantes filhos da puta abusados. Donos da verdade, intransigentes, fanáticos religioso e mal educados, essas ovelhas fedidas de Cristo se sentiram no direito até de controlar o trânsito e a entrada e saída de pessoas nas ruas do entorno do Templo. Deram as mãos e bloquearam a passagem de pessoas e carros que não fossem convidados do templo. Só passava quem ia para a inauguração do templo e o resto que se foda. Apesar da intervenção da CET, de jornalistas e até de soldados da PM, foram os evangeliCUs que mandaram e desmandaram nas ruas. Onde está a truculência da PM quando realmente precisamos dela? Vai manifestante fechar o trânsito para vocês verem o cassetete cantar…

Constrangeram os comerciantes do entorno a não vender bebida alcoólica, porque né, se ELES não podem tomar, então ninguém vai! Livre arbítrio não é uma possibilidade, o que eles discordam vira coisa do capeta e deve ser exterminado. É para esse tipo de gente que estão dando toda essa moral e liberdade. Inclusive a PresidANTA da república, que, de acordo com os valores evangélicos, deveria ser tida como do demônio e linchada. Hipocrisia em mão dupla: dela por estar ali e deles por recebe-la. E ninguém parece perceber. Cambada de ovelhas feias e peludas de Cristo que tem preguiça ou incapacidade de pensar e permitem que qualquer Zé Ruela pense por eles.

Do lado de dentro, a cerimônia contou com bispos dizendo que hospitais não curam viciados em drogas, um deles disse inclusive disse que cheirava um quilo de cocaína por dia e fumava cem pedras de crack, coisas humanamente impossíveis. Diz que não adianta nada levar seu filho a médico e jura ter sido curado apenas pela fé. Desmerecer a ciência é uma constante.

Esse mesmo bispo afirmou que cura homossexuais. É esse tipo de excrescência quem comanda a religião que mais cresce no país, que ganha poder exponencialmente. Sobrou para todo mundo, até mesmo para a igreja católica, que foi chamada de “igreja apóstata que espalhava as trevas”. Acho que deveriam pegar esses estádios de futebol que sobraram da Copa e começar a promover duelos de gladiadores evangélicos contra católicos, assim esses filhos da puta matam uns aos outros e o país fica um lugar melhor. Ateus entrariam de graça para assistir. Pilha seria o juiz e faria as regras das lutas.

Caso você tenha problemas cognitivos ou de QI, pode estar se perguntando se não é contraditório criticar a intolerância dos evangélicos e ao mesmo tempo ser intolerante com eles. Não é intolerância, é defesa. Defesa da democracia, da liberdade de expressão e de tantos outros valores importantes que eles ameaçam. Jamais partiu de mim ir até uma igreja qualquer e ficar berrando que Deus não existe e sugerindo que quem acredita em Deus é má pessoa, criminoso e que deve sofrer na vida. Eles fazem isso com ateus ou com adeptos de outras religiões. Gratuitamente.

Atacam pelo simples fato da pessoa ser diferente ou pensar diferente. Então, não vamos confundir ação com reação. A ação parte dos evangélicos, intrometidos, inconvenientes e burros. A reação, mais do que natural, é nosso repúdio por eles. Saudável. Esse luxo de dar a outra face só mesmo quando você tem um pai que te ressuscita se te matarem.

O Bispo Macedo, aquele que foi filmado escondido ensinando a extorquir o povo (tem mais de um vídeo desses no YouTube), fraude confessa, não para de angariar seguidores. A necessidade do povo por imediatismo, por algum conforto emocional e principalmente por tirar responsabilidade das suas costas está nesse ponto: se algo deu errado, não foi você que fez uma escolha errada ou pisou na bola, foi o DIABO.

Bacana delegar culpa nesse nível, o problema é que ao delegar culpa e responsabilidade, também se delega o comando da sua vida. Em vez de achar ofensivo colocar uma outra pessoa ou instituição no comando da sua vida, o brasileiro médio acha isso um alívio. Senhoras e Senhores, estamos todos muito fodidos.

Espero que ao menos sirva para terem marcado bem a cara de cada político que esteve lá e não votar neles.

Para dizer que templo é dinheiro, para dizer que já sentiu raiva mas hoje sente inveja do Macedão ou ainda para iniciar um discurso religioso e ser prontamente banido: sally@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Etiquetas: , ,

Comments (93)

    • *séria nem tanto, talvez laica e alheia à IURD – as aspas deveriam
      ter sido em todo este trecho :

      os fiéis são “obrigados” a pagar 10% de seus salários como dízimo para a instituição.

  • Nao vejo mais a IURD como igreja, mas como a pioneira da nova religiao da Teologia da prosperidade. Edir Macedo, na minha visao, esta pior que o Pilha, pois ele nao é adepto dos remedios. Portanto, a situacao de saude mental dele tende a piorar cada vez mais. A esquizofrenia dele fe-lo acreditar que é judeu. E, como era espirita, nao custa pensar que é a reencarnacao de Salomao. Mas, que maluco esperto! Ele utiliza com eficacia a hipnose conversacional e “tira” dinheiro aos montes de medicos, advogados, empresarios (gente de QI alto). Eu tambem ja pensei em abrir igreja; ate ja li um texto na web que ensina tudo direitinho, passo a passo, com todas as coordenadas juridicas e dicas de estelionato evangelico, mas depois me senti envergonhado comigo mesmo. Sally, existe sim religiao que aprova cachaça: os que batem à nossa porta no Domingo.

    • Certeza que não? Aliás, eu continuo curioso sobre essa onda aí dele usar o quipá e o manto à la judeus. A igreja dele agora é judia é? Ou é só pra dar uma repaginada na coisa? E outra: certa vez já até perguntei pra Sally e ela disse que, de fato, ele é “macumbeiro”. Só me pergunto aqui: baseando naquele conhecimento de “troca” entre algum interesse teu e a entidade, se ele pediu lá esse “sucesso todo” da universal, será que ele um dia cai do cavalo? Ou estaria eu viajando demais aqui?

  • Às vezes eu fico indeciso sobre o que sentir a respeito do Edir Macedo. Eu sinto raiva dele porque ele engana o povo na cara dura, fica milionário com isso e nem pra um raio cair na porcaria da cabeça dele. Mas ao mesmo tempo eu lembro que mesmo sendo um filho da puta, tem gente que dá dinheiro pra ele, e se essa gente é conivente com um cara desses, essas pessoas tem mais é que se fuder mesmo, passar necessidade e morrer de fome em nome de Chessus. Eita povinho burro.

    • Um povo que não teve chance, não teve oportunidade, não foi estimulado intelectualmente desde pequeno. Sei lá até que ponto o povo tem culpa…

      • Eu me recuso a aceitar que, por menos educação e estímulo intelectual que uma pessoa tenha, ela não consiga perceber o quão errado é ela passar necessidade, dar seus bens e dinheiro pra igreja enquanto os “santos pastores” limpam a bunda com nota de 100.

  • Christiane Smith

    Voce acredita que tem essa merda aqui na Nova Zelandia???!!! E que obviamente se instalaram em uma das areas mais pobres e ja passou reportagem na tv que eles estavam estorquindo pessoas humildes com as falsas promessas de prosperidade??
    Malditos sejam!!

    • Cara, uma (ex) amiga minha muito legal se mudou praí, se apaixonou por um evangélico, casou e… VIROU PASTORA!!!
      Hoje em dia, exclui do seu círculo qualquer pessoa que não siga a doutrina e fica nos enviando e-mails ENORMES sobre os temas que eles discutem. Mais uma baixa.

  • Se esses filhos da puta LESSEM A BIBLIA saberiam que:

    “O Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens;
    Nem tampouco é servido por mãos de homens, como que necessitando de alguma coisa; pois ele mesmo é quem dá a todos a vida, e a respiração, e todas as coisas;”
    Atos 17:24-25

    • Tem milhões de coisas ambíguas que podem ser interpretadas a favor deles, certamente eles teria meia dúzia de citações para te responder, porque a bíblia é uma merda mal escrita e incoerente que se contradiz o tempo todo.

  • Fico imaginando o quanto os judeus de verdade riram do Edir Macedo fantasiado de judeu com apetrechos da 25 de março na inauguração do Templo de Salomão. Coisa inútil, conseguiram construir em um local mais apertado que o Engenhão…Ao menos poderia vir com um parque de alimentação decente como o de Aparecida.

    Só há uma coisa pior do que o Templo de Salomão: o templo Theotokos, inaugurado pelo Padre Marcelo Rossi em Interlagos, que parece uma lista telefônica aberta jogada no chão, projetada por Ruy Ohtake, arquiteto responsável pelas maiores atrocidades arquitetônicas dessa cidade, como o Hotel Melancia lá nos Jardins. Alguém poderia matá-lo…

  • Na mesma praça, no mesmo banco...

    Tirando o holofote em torno de tal templo nababesco (em uma região de sampa que é extremamente carente de áreas verdes), não vejo nenhuma novidade ai. Se ainda não chegamos a ter um presidente ligado a grupos “pentecostais”, é justo pelo fato de faltar a essa turma habilidade para construir uma posição solida nesse campo. Estou sabendo que nos negócios da iurd e suas coligadas (Valdemiro e R.R., oi!) tem o do pó e que a assembleia tem bases fortes nos estados unidos dando suporte as operações aqui.
    Em tempo, ontem fui fazer uns currículos e a atendente era tão tapada que ficou óbvio que ela não entendia quase nada de informática. E adivinha qual foi o Q.I. pra ela? IGREJA!

    • Também já fui excluída de vagas de emprego por não ser da religião do chefe, isso é muito normal no Brasil. Triste

        • Isso aí que você ouviu. Na entrevista me perguntaram se eu era “de cristo” e eu não entendi, daí me perguntaram se eu era evangélica e eu disse que não. Daí me disseram que não queriam ninguém que não fosse “de cristo” porque temiam que não fosse uma boa pessoa.

          • Minha nossa, Sally, isto é TERRÍVEL! COMO ASSIM não escolher pessoas pela COMPETÊNCIA e sim se “é de deus”? Afs, esse pessoal só faz cagada! PIOR, são os que mais aprontam, fui criada em igreja evangélica, SEM MUITO BEM como é! Já vi coisas que até o DIABO duvida! Olha, Sally, espero, assim, ansiosamente por 2 processa eu: O do pEdir MaisCedo e do Silas Malacheia! Dois impostores PATIFES e INTOLERANTES!!!

            Sim, eu tb penso que este país está PERDIDO!

            E mais, Sally: Com esta promiscuidade da religião evanjegue com a política, não vai demorar para que este povinho “de cristo” FERRE a nação inteira com fanatismo. Prevejo uma teocracia “gospel” com direito a algo como uma “inquisição” contra o candomblé, por ex(que eles já perseguem bastante, eu soube de terreiros de amigos meus que foram ATACADOS por este povinho bunda). Mas aí, como em qualquer teocracia, o feitiço SEMPRE se vira contra o feiticeiro e aí já viu, o que era pra “sobrar” apenas para os inimigos, no final das contas, acaba sobrando é PRA TODO MUNDO, inclusive pra eles mesmos! Que se fodam! Aí, terão o que realmente merecem! PULHAS!!!

            • Já vi gente não ser contratada e gente ser demitida por religião ou pela falta dela. Evangélicos se acham melhores que os outros e não suportam conviver pacificamente com a diferença: ou te atacam, ou PIOR, ficam te paunocuzando para você conhecer a igreja deles e aceitar o Senhor. Hoje é critério de corte de amizade para mim: virou evangélico eu viro a cara. Cansei de dar o benefício da dúvida ser sempre a mesma palhaçada!

              • Sally, existe algum estudo relacionando a religião às áreas de trabalho?
                Tipo, por favor, me corrijam se minha visão estiver enganada, mas é muito difícil encontrar alguém que trabalhe na área criativa ou de marketing que seja evangélico…

          • Eu não manjo muito de Direito, mas nesse caso você conseguiria abrir um cu novo em quem falou isso de tanto processo que daria pra meter nele, certo? Intolerância religiosa e talz

              • Puta merda, isso é muito errado…uma coisa é a pessoa falar que “você não se encaixa no perfil procurado pela empresa”, que apesar de ser uma desculpinha vagabunda, até cola…mas discriminar abertamente por intolerância religiosa deveria ser crime e pronto, independente de ser iniciativa privada ou não.

                • O perfil de funcionário que algumas pessoas querem é alguém com a mesma religião. Também acho errado, mas o critério para contratar é do dono.

  • Procurei na Internet uma lista com todos os políticos que foram nessa inauguração pra nunca votar neles, não importa partido. Não voto.

    Uma coisa é ir atrás do apoio dos evangélicos. Não sou evangélico, acho que pra ser evangélico você ou precisa ser muito burro ou precisa ter sérios problemas pra se sujeitar a religião mais ridícula que existe – porém, pessoas tem o direito de escolher a religião que quiser e eu não me meto enquanto não se meterem comigo. Quer apoio dos evangélicos enquanto candidato? Beleza, procure um líder evangélico honesto.

    Mas ir atrás do Edir Macedo (ou qualquer um similar)? Não, isso é mais do “buscar um demográfico” pra eleição, isso é conivência com um cara que explora e engana pessoas, prometendo salvação eterna em troca do meio de subsistência desse povo. É mandar um recado que “durante o meu governo, nenhuma ação contra esse abuso religioso será tomada”. É dizer que está disposto a fazer um boquete pro diabo e deixar ele gozar na cara em troca de votos.

    Então, não voto. Não voto em Dilma, não voto em Alckmin, não voto em Haddad.

    Por definição, não voto no PSDB, mas até considerava votar no Aécio – até descobrir que ele construiu uma pista de aterrissagem com dinheiro público na fazenda do tio. Descobri também que o Eduardo Campos encontrou com o Silas Malafaia e é apoiado por este. Resumindo, entre corruptos e apoiadores de estelionatários religiosos, vou de Eymael porque o Aero-trem é uma ideia boa pra caramba.

  • Costumo ler e descordar de pontos que o Samir e Sally falam e neste texto eu não tive como descordar (por mais que me force a fazer isso, pois discordar é saudável!). Quando me tornei ateu, repudiava os “Ateus Militantes” ou os “Anti-Cristãos” e agora eu me vejo como um deles, mesmo que indiretamente. Cresci e fui criado como um patriota que ama o seu país e com o tempo fui perdendo isso, mas eu quero ser patriota e ter orgulho de dizer que sou brasileiro mas aí tem uma quantidade esmagadora da população que precisa que alguém diga que existe um céu bonitinho e fofinho quando elas morrerem e que pra isso usam um livro duvidoso e com escrituras tão retrógradas que até as pinturas rupestres ensinam mais e são melhores que aquele compêndio do caralho. Vocês são excelentes em levar esse tipo de assunto com pitadas de humor e seriedade, informando e divertindo e sempre apresentando várias fontes para consulta.

    • Fica difícil pessoas que não te respeitam se sentindo no direito de cobrar respeito. Na hora em que um evangélico me respeitar, será tratado com respeito. Até lá, consideração zero da minha parte.

  • Opa, fui eu que postei os últimos três comentários antes deste, viu? Só agora que vi que meu apelido não estava mais aparecendo automaticamente no respectivo campo da área de comentários por causa da “limpa” que fiz no meu computador, mas já o coloquei lá de novo…

  • Adorei os dois textos. Somir e Sally estão de parabéns. Análises precisas e que se complementam. E eu não pude conter o riso ao ler o trecho do texto da Sally que menciona a Dilma -“Presidente da República ex-Ministra das Minas e Energia”- subindo escadas iluminadas apenas com celulares porque faltou luz.

  • Cansei de estudar, estudar, estudar, espalhar currículo por aí, trabalhar, estudar, estudar mais um pouco, trabalhar mais, procurar melhorar como profissional (e já mencionei estudar?) e não conseguir receber o mereço. Foda-se. Vou abrir uma igreja e ficar milionária. É a coisa mais fácil do mundo. Se prometer alívio espiritual e motivacional vazio e babaca, pode até chamar nego de burro que eles continuam lá — e te dando dinheiro, o que é melhor.
    Parafraseando alguém que agora não vou lembrar mesmo, a única coisa a se fazer no Brasil é ir embora.

    • Tamo junta, Michele. Também estou muito cansada. Mas pode ser uma igreja que dá consultoria online? Não queria ter que chegar perto dessa gente xexelenta…

      • ÓTIMA ideia. Também não sou chegada a contato humano excessivo, principalmente com essa turma. Igreja Desfavorável dos Últimos Dias na internet, já!

  • Porra, o país ta numa direção escrota demais. Ver aquele bando de político hipócrita e filho da puta lá no circo do patati foi foda demais. A isenção fiscal de instituições religiosas tinha que acabar, e essa galerinha da extorsão tinha que começar a ser julgada. Já que o povão é burro demais para pensar criticamente e logicamente, o golpe teria que ser de cima pra baixo. Precisamos urgentemente de um presidente ateu que comece a botar o dedo no cu desses filhos da puta.

    E eu também acho que em alguns anos teremos um presidente crente, e o Brasil vai virar uma espécie de califado evangélico. Oremos.

  • Adorei!

    Em que outro lugar eu poderia encontrar colunistas com a coragem de vocês para escrever o que escreveram?

    Todo mundo morre de medo de ser preconceituoso ou politicamente incorreto. Criticar religiões? Só as de origem africana.

    A verdade é que os pastores evangélicos são ateus espertos. Nós somos ateus burros.

    Gostaria de ter estômago pra ser como eles. Para manipular os medos e as esperanças do povão. Para cobrar por vagas no céu. Para cobrar por curas impossíveis. Pelo menos eu seria rica. O mundo é dos ateus espertos que andam por aí com a Bíblia numa mão e a caixinha de pedir dinheiro na outra.

      • Já pensei em montar uma igreja em BH, junto com outros 2 amigos, há alguns anos. A gente ia ganhar dinheiro, mas falar coisas bacanas e dar conselhos produtivos, desde situações conjugais, postura na hora de procurar emprego, até sobre economia doméstica.

        O projeto não foi pra frente.

        Agora que eu moro na Bahia, mesmo visando a grana, tenho pânico só de imaginar ter que lidar com crente burro analfabeto (e com os alfabetizados tbm).

        • Sua igreja não daria certo, as pessoas não querem aprimoramento pessoal, querem mágica, respostas mágicas, soluções mágicas.

          Na Bahia eu nem recomendo, você vai se aborrecer tanto que dinheiro nenhum no mundo vale a pena.

  • Conta mais desfavores e falcatruas, vai! Estou curioso!
    Vi por alto por aí uma notícia de que o templo pode ser demolido por fraude do alvará. Confere?

  • Um amigo havia me dito que ocorreu a inauguração, e eu nem liguei… agora quando disse que a Guerrilheira e Walkman prestigiaram… aí a coisa fedeu!
    Uma de minhas tias (irmãs de mamãe) é fervorosa praticante da IURD, inclusive limpa minha casa uma vez por semana… só pra adiantar os fatos: sete netos: um estelionatário, outras duas drogadas, outro viado, tá dando casa a um primo fugido da facção… perguntei a ela por que JC não os salva e os liberta desse fogo ardente? Advinha o que ela diz: TÃO AMARRADO!
    Infelizmente esse é um câncer sem cura… agora não tem mais volta, só se houver mesmo uma formatação física no HD (ou SSD), para reescrever a história… o jeito é se acostumar a essa desgraça e levar nossas vidas… outra hora falo sobre uma aluna que fugiu com um pastor da IURD…

      • Não só aqui como em quase todo lugar… Mas friamente, Sally: votar em quem nesse regime? Quais candidatos são minimamente confiáveis? Quem tem prepaparo para assumir cargo de legislador nesse país? E, quem pode-se confiar no poder executivo? O judiciário é uma desgraça, não tem salvação, nem cura! Sem contar 39 ministérios cabides de emprego. E “poriço” que ultimamente estou “fexando” meus ouvidos… É tanta merda reunida a todo momento, que, se não criamos barreiras, ficamos loucos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: