Ei, você! – Copa América Final

No último sábado aconteceu a final da Copa América 2021, no Maracanã, disputada entre Brasil e Argentina. Pesquisamos as buscas sobre o tema que ocorreram antes da final, e guardamos com todo o carinho para esta coluna. Algumas frases, é preciso confessar, foram colhidos diretamente da imprensa, mas merecem menção mesmo assim.

“E vou adiantar o resultado: 5 x 0 para o Brasil” (Bolsonaro, em reunião com a cúpula de Chefes de Estado do Mercosul, se dirigindo ao Presidente da Argentina)
Se for na proporção de contágios, talvez

“Quero a Argentina na final, e vai dar Brasil” (Neymar)
Como vidente, Menino Ney é um ótimo agressor sexual de funcionárias da Nike

que ve que vai te copa américa e nao vai pega nada de coruronavirs a mentira vai aparece essa doença nem existe
Pega nada não, só uma cepinha nova que apareceu, coisa boba

chora argentinos filhos da puta a copamerica e nossa hermanos perdedores brasil assima de tudo seleção brasileira assima de todos
Acima, inclusive, nas regras de ortofragia…

neymar vai tratorar a argentina e meter quatro gols na final
A certeza que a pessoa tem de seus achismos é inversamente proporcional a seus acertos

argentinos filho da puta alem de comer cachorro vao volta pa casa derrotados tomara que morra tudo em acidente de avião ou com tiro lixo escrotos se aparece na minha frente eu mato a paulada e ainda estrupo a filha
Fica à vontade, quando é brasileiro falando barbaridades não sai na imprensa

BRASIL E FODA BRASIL VAI GANHA ESSA MERDA SELEÇAO ME MATA DE ORGULHO BRASIL MILHOR DO MUNDO RASGA O CU DE ENVEJA HERMANDOS ORGULHO DO BRASIL ORGULHO DO PRISIDENTE ORGULHO DE SER BRASILEIRO
Guarda o orgulho para quando ganharem um Nobel, meu anjo

vamo ve messi chorando no maraca argentinos arrombados neymar mete uma goleada os argentino tudo chorando chora neném bando de viados senta aqui na minha rola
1) Quem chorou foi o Neymar 2) Viado é quem chama para sentar na sua rola

NEM PRECISA TE FINAL BRASIL CAMPEAO COPA ARMERICA E ARGENTINOS APANHANDO NA RUA AQUI E BRASIL PORRA
Ameaça de agressão? Fica à vontade. Só vai parar da mídia se chamar de “macaco”

aposto meu cu que o brasil ganha essa copa américa
Sinto muito pelas suas pregas. E, só para constar, ninguém ganhou, todos perdemos com essa merda de Copa América.

Para dizer que se te ameaçassem dessa forma você chamaria de coisa muito pior do que “macaco”, para dizer que a nova cepa tinha que se chamar Cepa América ou ainda para aproveitar um período de redução de casos e chamar covid de “exagero” ou “paranoia” nos comentários: sally@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

O que você achou?

Loading spinner

Etiquetas: ,

Comments (16)

  • Organizar uma copa América que a Argentina rejeitou e ainda perder a final pro maior rival no Maracanã é como convidar o amante da esposa pra vir comer ela na sua cama.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • BRASIL E FODA BRASIL VAI GANHA ESSA MERDA SELEÇAO ME MATA DE ORGULHO BRASIL MILHOR DO MUNDO RASGA O CU DE ENVEJA HERMANDOS ORGULHO DO BRASIL ORGULHO DO PRISIDENTE ORGULHO DE SER BRASILEIRO”

    E eu que achava que esse pachequismo ridículo já não existisse mais depois do 7 x 1…

    Para quem não sabe, o termo “pachequismo” vem de “Pacheco”, nome de um mascote extremamente ufanista de uma campanha publicitária da Gillette para a Copa do Mundo de 1982, na Espanha. A campanha estava indo muito bem, devido à empolgação da torcida com o desempenho da seleção brasileira naquele mundial, que, na época, ainda se dignava a vencer e a jogar bem. Fizeram até uma fantasia estilo “Canarinho Pistola” e havia um cara para vesti-la e viajar junto com os jogadores. Só que aí veio a derrota por 3 x 2 para a Itália na chamada “Tragédia do Sarriá” e o mascote Pacheco ficou micado, nunca mais apareceu e ainda teve seu nome transformado em sinônimo de ufanismo bobo, de patriotismo vazio e injustificado.

    Duas imagens do Pacheco de 1982:

    – Versão cartoon impressa no encarte de um compacto com a musiquinha tema da Copa de 1982:
    https://d1o6h00a1h5k7q.cloudfront.net/imagens/img_m/3884/2986506_1.jpg

    – Versão “lice action”, com um sujeito fantasiado:
    https://terceirotempo.uol.com.br/imagens/42/96/arq_44296.jpg

    Em tempo: “Sarriá” é o nome do estádio – hoje já demolido – onde aconteceu o jogo Brasil 2 x 3 Itália na Copa do Mundo de 1982, na Espanha.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • O brasileiro médio é uma desgraça. Xinga e ataca todo mundo o tempo todo, e quer se fazer de vítima quando é “atacado”. No final de semana foi um chororô enorme no Twitter por causa de argentinos chamando brasileiro de “macaco” (como se brasileiro não fosse racista pra caramba até com outros brasileiros), enquanto ameaças de agressão e até mesmo estupro contra argentinos passam batidas e ninguém faz hashtag sobre.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Alguém sabe se o Ney Marketing foi pra tal festinha que tava agendada na Barra da Tijuca? Porque ganhando ou perdendo, os artistinhas vão pras festas, depois se der merda só fechar o comércio que tá tudo certo!

    O que você achou?

    Loading spinner

    • Meu favorito é a pessoa que se justifica para o google: pergunta alguma coisa sobre cu mas deixa claro que não é gay

      O que você achou?

      Loading spinner

  • Definitivamente, não importem quantos “Ei, você!” vocês façam, com os maiores absurdos possíveis. Eu provavelmente sempre ficarei espantada com o semianalfabetismo ou violência das pessoas que saem nesse quadro. Ok, eu não escrevo muito bem às vezes, principalmente devido a pressa já que leio o Desfavor enquanto tô trabalhando em alguma coisa.

    Mas “Armerica”, “enveja”, “estrupo” (nem fazer ameaça o brasileiro consegue), “prisidente”, “ASSIMA”… Depois eu fico me perguntando porquê as pessoas não conseguem ler sequer um livro por ano. E quando conseguem, é história como “O dono do Morro”, “Meu Traficante”, “Vendida pro dono do Alemão” e outras romantizações de criminalidade saem na frente nas listas de leitura nas plataformas de publicação de livros/fanfics… Se eu soubesse que as coisas ficariam assim depois da era Crepúsculo, eu não teria reclamado tanto de ver vampiro aboiolado pra todo lado…

    O que você achou?

    Loading spinner

    • Estupro é uma palavra problemática ao extremo, tanto escrita, quando falada. Dificilmente sai correta. Acho que só perde para o clássico “registro”, que as pessoas insistem em pronunciar REZISTRO.

      O que você achou?

      Loading spinner

      • Nessa questão da nacionalidade, fico pensando: em se tratando de infraestrutura, da mesma forma que o caso do Medawar, como atribuir ao País por exemplo a medalha de ouro de um atleta cuja conquista foi possível graças a ter acesso a uma infraestrutura toda norte-americana, treinado e orientado pelos melhores profissionais de lá, como ocorreu com o Cesar Cielo? Totalmente diferente do Arthur Zanetti, que treina aqui, com um técnico brasileiro, recebe bolsa em reais (bem reduzida por conta da pandemia), etc. etc.

        Ou seja, mesmo que o Medawar fosse ufanista, não haveria nada objetivamente nacional em seu sucesso, sendo ridículo comemorar um Nobel nesse sentido. Nada mais, nada menos…A nacionalidade da pessoa, a meu ver, é irrelevante. Se formos ser bem radicais, Senna foi um piloto campeão por escuderias inglesas em diversas categorias ao longo de sua carreira. Só calhou ser brasileiro.

        O que você achou?

        Loading spinner

        • Não vejo indianos e africanos desprezando seus conterrâneos que ganharam prêmios internacionais com esse argumento de infraestrutura, parece que é só o brasileiro que tem esse complexo de auto ódio a níveis patológicos.

          O que você achou?

          Loading spinner

          • Não é auto-ódio, é uma constatação do óbvio: isso aqui é uma terra salgada, cada atitude parece ser tomada visando afugentar talentos. Poderíamos fazer as coisas direito pra cultivar esses talentos aqui? Poderíamos, mas o brasileiro é extremamente incompetente em assuntos de longo prazo, e não prioriza essa cultura. Quem tem chances de prosperar, e quer de fato prosperar, fatalmente tem que dar o fora do Brasil e procurar um lugar que faça mais questão de cultivar talentos, seja qual for a área.

            O que você achou?

            Loading spinner

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: