Nomes de Candidatos – Parte Final

Hoje é a minha última postagem antes das eleições. Faltam seis estados para completar nossa lista de nomes bizarros de Deputados. Em um último esforço para concluir esta missão ignóbil, vamos tentar espremer 6 estados em uma postagem que foi pensada originalmente para 2 ou 3.

“Mas Sally, você não soube se planejar?”. Não, querido leitor, na mesma semana em que o TSE divulgou os nomes dos candidatos nossa missão começou. O problema foi o excesso de nomes bizarros mesmo.

Para espremer 6 onde cabiam 2, vamos cortar todas as categorias, deixando apenas a categoria “q”, aqueles nomes tão bizarros que não conseguimos compreender ou classificar. Só a elite da elite da hediondez. Os comentários aos nomes serão escassos e o texto será o mais resumido possível. Vamos começar.

DEPUTADOS PARÁ

Dois fatores resumem o Pará: gente feia com muito nome de comida. A quantidade de doces e carboidratos no nome não faz o menor sentido.

No rol dos piores, temos Antonio Doido (ao menos é sincero), Chita, Cleber Parabrisa, Delegado Caveira, Didi dos Cachorros, Gordinho Maniçoba, Dr. Walter Pedra no Sapato e Ié-ié (seria parente do Sérgio Mallandro?).

Temos ainda Robgol, Willian da Potência, Badeca do Vaso, Bob Fllay, Bruno Pula Pula (não, você não está lendo alcunha de criminosos, são os candidatos), Chamonzinho, Dhekson Popular, Fuxico do Bem e Gleyce Kelly dos Ritmos.

Finalizamos com Juca Culatra, Junior Bagaceira, Leandro Vingador, Leosam Cameta, Lindojonso Bispo, Marcelo Taxista do Boxe, Marcio Eric Orgulho Cabano, MC Dourado, Mike Josué Hot Gol, Osvaldão do Povão, Perdigão, Professor Lindão, Reinaldo Sacola, Silas SOS Urgente, Tia Jujubinha, Toba, Tocha e Toninho Peso Pesado.

DEPUTADOS RONDÔNIA

Tem menos nomes bizarros? Sim, claro, tem meia dúzia de habitantes, se aparecerem três nomes bizarros já é 50% da população! Começamos com Cocó, Jair Top Car, João Abelhão, Lebrão, Rafael Fera O Fiscal do Povo e Robão da Central do Boi.

Temos ainda Tiziu Jidalias, Toco do Sticcero, Alvarenga Formigão, Carlinhos Camurça, Davizão, Edvar Braddock, Espetinho, Kariri, Osmar Braga O Cowboy, Otacilio Ceará Cabeça Branca, Rei dos Varais, Só Na Bença, Waldemir Papa Tudo (não é gordo, então, concluam vocês a origem do apelido), William O Homem do Tempo, Xirú do Agro, Zé Carlos do Carro Cegonha.

DEPUTADOS RORAIMA

Vale o mesmo argumento usado para Rondônia: pela densidade demográfica, deveria ter apenas um ou dois nomes bizarros, mas tem um monte, a ponto de nos obrigar a cortar a maior parte deles.

Começamos com Baixinho do Grêmio, Konchita, Marciano, Marreta, Negão Forte Som, Rodrigo Cataratas, Romulo Vaca, Abel Galinha, Bambam e Cleia Pit Bull, que se não conseguir se eleger, pode tranquilamente ganhar a vida como matadora de aluguel.

Temos ainda Coringa Top Dez (Top DEZ? Seria leitor do Desfavor?), Gaúcho na Fronteira, Jesus, Juninho Pegada, Karlota da Feijoada, Lipnick Neto e Manga.

Finalizamos com Marcio Pirilampo, MC Frank, O Gordinho da TV, O Manel do Futebol, Palhaço Xuxu, Rock Cabeludo, Toinho Campeão, Valdison O Pink, Viola e Wilson Cabelinho.

DEPUTADOS MATO GROSSO

Felipe Wellaton, Manoel Nossangue, André Pedra 90, Beto Dois a Um, Damiani da TV, Daniel Boca Rica, Daniel Carcaça, Divino Carlos Diolindo, Divino Corretor, Dr. Francisco Cabeça e Pescoço, Eliane Xunacalo, Fernanda da Verdade, Gordintur, Guerreiro Azul, Izeth Coenga Bebê da Saúde, Jonas Music Bar, Jordão Jordania, Makisuell Teixeira, Marcão do Alho, Netinho Competition, Pr Dr Capitango, Reck Junior, Sandra das Botas, Sillo Boasorte, Tó, Xuxu Dal Molin.

DEPUTADOS MATO GROSSO DO SUL

É um mix fascinante de aborígene com cowboy! Começamos com Capitão Erasmo Brasileiro, Daniel Som e Vida, Junior Coringa, Luhhara Arguelho, Mamuth, Moka e Neguinho do Farizeu (que é incontestavelmente branco).

Prosseguimos com Ricardo Corneta, Taino, Tatão, Tio Trutis, Zé da Viola, Abelha, Aline Pantaneira, Bakana Radialista, Caburé, China, Chitão, Claudio Tuiuiu, Emerson Sapo, Emmillim Black, Fernando Pão e Helen Madona (cuja única semelhança com a cantora é tingir o cabelo de loiro).

Finalizamos com Jane Du Povo (com U mesmo), João Mamão, Johnny Guerra Gai, Lourdes Copeira Coração, Luara do Axé, Lucas de Lima do Amor Sem Fim, Marcão de Todos, Mauro Flor da Terra, Mazinho do Carvão, Pa Bambu, Pagody Terena, Sabrino Carpes Maradona, Simone Xucra, Sombra do Ratinho, Terrinha da Garagem, Vanderlei Cabeludo, Wilson Milhomem e Zé Carlos da Maçã.

DEPUTADOS ESPÍRITO SANTO

Parece reunir o pior dos vizinhos do Sudeste, com um toque caipira. Tem tanta aberração que na hora de escolher estas seis fotos que ilustram a postagem minha mente bugou e eu tive que interromper o trabalho do Somir para que ele escolha, pois eu estava desnorteada com as figuras bizarras.

Começamos com Bras Zagoto É Bom, Bruninha Piu, Dedé Di Jesus, Diane Karateka, Ivo Coletiva Raça e Classe, Jeová Veículos, Marco Zoim, Paraná Cegonheiro e Pastor Marinelshington (como pode com esse nome ainda acreditar em alguma força superior compassiva?)

Temos ainda Paulinho do Eucalipto, Alexandre Xambinho, Camargão, Carlúcio Kinkas e Chupeta (de baleia?), Claudia Autista (extremamente sociável na foto), Clebinho Gnomo, Denilson Anjo dos Idosos, Dudu do Onibus, Fabricio do Planet Rock Guriri, Fátima do Alecrim, Gasolina e Gaúcho Cowboy.

Finalizamos com Gêmeos Jayme (são dois? Ou será o signo?), Jabá, JB Forrozão, Jefinho do Caparaó, Kapitão (eu tive um cachorrinho muito parecido com essa peruca que ele tem na cabeça), Lubiana Barrigueira, Luiz Durão, Lukinha Lube, Maria do Bairro, Muribeca, Wap Wap e Xandoca.

HORROR. Não tem outra palavra para descrever o cenário político: HORROR. E lembro a vocês que esta série de postagens foi apenas sobre Deputados. Temos ainda Governador, Vice-Governador, Senador (com 1° e 2° Suplente) e Diretórios Estaduais e Municipais. Ou seja, o número de bizarrices é muito, mas muito maior do que esta humilde coluna pode retratar.

É isso. Não há esperanças. Com esse Congresso, com o STF como está, pode colocar qualquer um como Presidente: Jesus Cristo, Elon Musk, Alicate, o Palhaço Bozo… não tem como dar certo.

Parem de ter esperanças, parem de brigar por político e parem de defender político em público ou ostentar voto, pois a coisa tá tensa. Ambos os lados estão batendo, ferindo e matando. Não sejam idiotas de se expor por causa de bando de filho da puta que não sabem nem que você existe. Vai quieto, faz o teu, vota em quem quiser e volta para casa para se ocupar de coisas realmente importantes.

Você não é importante para político nenhum, não faça eles importantes para você.

Para dizer que nem votar você vai, para dizer que com o Lula tudo vai mudar (não vai) ou ainda para dizer que se Bolsonaro não ganhar no primeiro turno é fraude (volte a tomar sua medicação): sally@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

O que você achou?

Loading spinner

Etiquetas:

Comments (14)

  • “Robgol” foi um atacante relativamente conhecido, tendo atuado em alguns clubes brasileiros. Obteve mais destaque no Paysandu que, não por coincidência, é um time do Pará.
    Serys Slhessarenko (sim, é o sobrenome dela, descendência ucraniana) já foi Senadora da República pelo Mato Grosso e ganhou destaque nacional em 2006, por suposto envolvimento no desvio de recursos para compra de ambulâncias.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Tem uns nomes aí que parece que o funcionário do cartório registrou na base da cabeçada em um teclado em que faltavam umas quatro ou cinco letras…

    O que você achou?

    Loading spinner

  • – “Dr. Walter Pedra no Sapato” – “Pedra no Sapato” de quem? Do eleitor?
    – Neguinho do Farizeu – “Fariseu”, no dicionário, pode significar “mentiroso”, “falso”, “hipócrita”.
    – “Lindojonso Bispo” – Tentativa de homenagear o ex-presidente americano Lyndon Johnson.
    – “Simone Xucra” – Será que ela sabe que “chucra” (essa é a grafia correta) significa “não-domesticada”?
    – “Sombra do Ratinho” – É o próprio.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • “Pastor Marinelshington”, “Serys Slhessarenko”, “Luhhara Arguelho”… Vem cá, vocês tem certeza de que isso se fala com a boca?

    O que você achou?

    Loading spinner

  • “Parem de ter esperanças, parem de brigar por político e parem de defender político em público ou ostentar voto, pois a coisa tá tensa. Ambos os lados estão batendo, ferindo e matando. Não sejam idiotas de se expor por causa de bando de filho da puta que não sabem nem que você existe. Vai quieto, faz o teu, vota em quem quiser e volta para casa para se ocupar de coisas realmente importantes.

    Você não é importante para político nenhum, não faça eles importantes para você.”

    Perfeito, Sally. E eu tive que mandar esse trecho do final para algumas pessoas que acho que precisavam ler. Vamos ver agora se, com uma mensagem tão clara assim, essa turminha “engajada” finalmente vai cair em si e perceber que é tolice defender candidato com unhas e dentes e brigar por causa de política.

    O que você achou?

    Loading spinner

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: