Deleta Eu!: Desmodando.

Hoje eu faço mais um exercício de implicância pura, ofendendo estranhos com base no que eles postam em seus blogs. E novamente eu vou chutar cachorro morto. O blog homenageado hoje está no ar há pouco mais de um ano e ninguém deu bola para ele.

Aliás, a falta de bolas vai ser um assunto recorrente na coluna. Hoje falo de um blog de moda capitaneado por uma alegre dupla de machos: Desmodando. (Ou Desmonhecando para os chegados.)

O BLOG/AUTORES:

Proposta: “Falar daqueles vestidos lindooooooooooos de um jeito bem macho.”

Normalmente começa-se uma dessas colunas dizendo “Eu não tenho nada contra gays, mas…” Eu vou fazer diferente. Ache o que quiser, sou da opinião que gente burra merece ficar mais tempo furiosa e sofrendo com o que lê mesmo.

Voltemos ao assunto da coluna. O blog Desmodando. Como a maioria dos blogs idiotas, (o desfavor incluído, agradeçam a mim) o Desmodando tem um slogan: “Moda por quem não entende nada disso.”

Sacaram a inovação? São dois homens que fazem comentários sobre moda sem entender disso. Deve ser engraçado, pelo menos.

O problema é que a frase acima está TODA errada.

Não é inovação, é a mesma idéia do Machion Week 2007, protagonizado por um dos poucos blogueiros que eu respeito nessa internet desfavorável: Mr. Manson do cocadaboa.

Não são dois homens. E eu ainda não comecei a insinuar nada. Só um dos dois parece postar.

Não fazem comentários sem entender do assunto. Tudo bem que em tempos de Wikipédia, todo mundo entende de tudo, mas não pega muito bem saber diferenciar um tipo de pano do outro. Pelo menos não com a idéia de que são machos fazendo o blog.

Sútil.

E não é engraçado. Eu sou preconceituoso e admito: “Comentários ácidos” sobre moda só tem graça para quem tem ou deseja ter um útero. Teria alguma chance se fosse um comentário bem bicha espalhafatosa, mas aparentemente falta coragem para o pobre blogueiro (abandonado pelo parceiro, triste) soltar a franga. SE JOGA, BEE!

LINHA EDITORIAL:

Aparentemente o público-alvo é feminino, já que as postagens também são curtas e cheias de figurinhas. (oinc) Mesmo sabendo com quem se comunica, o blog parece viver uma certa crise existencial. Não se sabe se as postagens de cunho humorístico são saudáveis variações das postagens sobre moda ou se as postagens pertinentes sobre moda são escorregadas do subconsciente reprimido do autor.

E já que estamos escorregando no quiabo por aqui, eu achei um luxo as Intervenções Aleatórias em Língua Estrangeira que permeiam as postagens. Você não acha o must quem faz isso? Além de ser totally fashion, ainda demonstra toda a sua supériorité sobre os pobres tödlich, e para completar aumenta o seu กระเจี๊ยว.

Falar sobre moda é uma das coisas mais fáceis do mundo. Ninguém com mais de dois neurônios se importa com isso. Basta descrever o que acabou de observar numa foto e dar uma nota. Um chimpanzé treinado faria o mesmo. (Comendo menos bananas…)

E mesmo assim o Desmodando não decola. A desgraça alheia é minha diversão, pelo menos. É a primeira vez que poderei demonstrar claramente o efeito “quem eu estou enganando?”. Observem o número de postagens de acordo com as datas:

Vai… vai… vai… foi…

LAYOUT:

“Cara, eu fiz um layout para o blog fodástico! Você vai ver!”

“Não ficou meio… gay?”

“RETIRE O QUE DISSE, BOFE!”

Dou o braço a torcer. O layout do blog é muito bom. Meio… gay. Começo a entender cada vez mais porque nosso pobre blogueiro fashion posta sozinho num blog de dois homens. Ah sim:

O que diabos o Jim Morrison está fazendo aqui? Nem desfavor explica.

Tudo muito moderno, cheio de tags, categorias, feeds e outros menos cotados. Outro lado positivo é que o Desmodando não é muito dado… à promiscuidade blogueira. Muitas vezes eu tento falar de um blog aqui e não consigo porque não dá para ACHAR as postagens em meio a tantos banners e bobagens inúteis. De uma certa forma estou punindo quem pelo menos se preocupa em deixar o que escreve à vista. Bom, o mundo não é um lugar justo…

UTILIDADE:

Assim como qualquer coisa relacionada com moda: Zero.

Mas, às vezes quem não faz nada de bom acaba servindo de exemplo. Negativo, mas exemplo. Desmodando e tantos outros blogs chefiados por homens moderninhos e antenados são mais um dos sinais do afrescalhamento da figura masculina tradicional. Se vai fazer um blog masculino sobre moda, tenha a DECÊNCIA de comentar sobre os peitões da Gisele Bündchen a cada vez que mencioná-la. Azar das frescas que acham isso um desrespeito à figura feminina.

A maioria das mulheres que ficam ofendidas com homens agindo como homens ou gostam de mulheres ou são facilmente distraídas com algum objeto brilhante. Não perca tempo desarrumando seu cabelo com precisão cirúrgica no salão da moda, não esquente com a última tendência em camisas de linho croata tecido pelas freiras lésbicas da Patagônia… Bobagem. Os homens antigos sabiam muito bem como agir: Ofereça migalhas de mudança de forma consistente. Quem abre as pernas são elas! (oinc [2])

Caros colegas do sexo masculino, fica aqui meu apelo: Vocês estão se tornando uns “cools”. Chega.

E como outro bom exemplo. Um dos dois donos do blog desistiu ao perceber no que estava se… enfiando. Por mais que você erre, sempre existe a chance de se recuperar e pular fora de um barco furado. Pode até ser por causa do excesso de “rachadas” nas fotos, mas eu prefiro manter um fio de esperança.

EXEMPLO DE POSTAGEM (COMENTADA):

(E o fio de esperança está cada vez mais fraco. Achei uma postagem daquele que considerava o bastião dos maus-costumes masculinos do cas… da dupla. Seria possível que eu me trollei sozinho o texto todo? Será?)

Ladies with an attitude, fellas in the mood (Pode ser letra de alguma música de banda espada, tipo Motörhead. É, deve ser….)

Os garotos-propaganda da Louis Vuitton não são fracos. (lá vem uma piada dizendo que eles “levam” tudo numa boa… confio!) Além de todo mundo que desfila (pode ser uma ironia… ok?) por aí com as bolsas e afins timbradas pagando muito bem para tê-las (ainda pode ser uma ironia, deixe de preconceito!)(sem contar a 25 de Março e arrabaldes, ok?) (numa boa, amigo, foi meio gay dizer isso…), os anúncios da marca já receberam desde o ex-presidente soviético Mikhail Gorbachev (pronto, agora ele vai falar de guerra! Quer ver?) até o diretor criativo da marca, Marc Jacobs, peladinho. (Peladinho? Peladinho? Que homem fala peladinho? Não pode ser… Não pode ser…)

No brainstorm para decidir a próxima campanha, Jacobs (eu quero ter o corpo dele, sem os logotipos)(DROGA! Lá se vai minha esperança…) teve uma dessas vontades de grávida e resolveu chamar a popstar Madonna para o serviço. Acho que ele começou a rememorar todo mundo que já havia feito, o ritmo da música Vogue veio na cabeça e o resto ficou por conta das sinapses. (Se eu começar a sacanear frases afrescalhadas, o texto fica todo azul. Ainda estou me recuperando do choque…)

Sacou o BlackBerry, (Odeio quem fala “BlackBerry”) mandou uma mensagem e em cinco minutos recebeu a resposta: “I’d love to.” (pagando bem…) E daí que as fotos em sépia com clima de bistrô parisiense (já que não tenho mais o que fazer aqui, vou mencionar que odeio quem fala “bistrô”), clicadas por Steven Meisel (depois de seis anos, chega de Mert Alas e Marcus Piggott) (ok… eu não deveria ter entrado neste texto…), estarão nas páginas de várias revistas a partir de fevereiro.

“É uma grande mudança se comparado ao que estávamos fazendo. Isso conta uma história. Há uma lógica por traz disso, está muito ligado ao fashion show de Marc”, (grilos) disse o diretor de comunicações da LV, Antoine Arnault, ao site WWD. (cacete, como é chato falar de moda…)

Arnault assegurou que os rumores de que a cantora teria embolsado (pelo bem do humor, não mencione o troca…) (entenderam? Bolsa, embolsado? Rá!) (tarde demais…) US$ 10 milhões pela campanha são absurdos, (absurdo mesmo é gente passando fome na Áf… Hahaha… Peguei vocês! Eu não ligo.) que foi bem menos.(9 milhões) Ainda assim, analistas (entediados) calculam (chutam) que a marca gasta cerca de US$ 250 milhões por ano em publicidade,(mais o menos o preço que cobram por uma carteira…) sendo a maior parte alocada em mídia impressa.(Puta que pariu! Eu fiz uma piada de moda? Me tirem deste texto! Rápido! É contagioso!) É a de mais impacto (visual, ao menos) para esse segmento, não? (Não sei… Não sei… Estou mentalizando a Scheila Carvalho vestida de colegial para me recuperar.)

Vou acionar minha agenda do telemóvel nesse instante! E strike a pose. (Gezuiz… Valeu Scheila!)

DELETA EU?

Deleta. Escolhas sexuais à parte, é mais um daqueles exemplos de blog de gente descolada, “pra frentex”. (Adoro essa expressão, quero ter filhos só para constrangê-los em público com ela…)

O efeito em cadeia é claro: As mulheres acabam gostando desses modelos masculinos por serem compatíveis e começam a exigir de outros homens o mesmo comportamento. Se você tem alguma consideração pelo futuro da espécie, sacaneie qualquer homem que sequer SONHE em comentar moda sem reclamar que as modelos deveriam ser mais gostosas.

Questionem a opção sexual de um cueca que afirma usar o Twitter. Não dê chances para homens que usam Macs se reproduzirem. Grude chiclete no primeiro cabelo metodicamente desarrumado que vir por aí. Entendam que os publicitários são os novos advogados.

Agora, se o cidadão quiser dar a bunda, que se divirta. Afinal, não é a sua mesmo.

Para perguntar como eu cheguei num blog sobre moda, para dizer que usa o Twitter e não é gay, para me chamar de nerd defasado ou mesmo para reclamar por eu não ter atrasado o texto de hoje: somir@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

O que você achou?

Loading spinner

Comments (10)

  • Juro que não entendo como MODA se tornou a industria megabilionária que conhecemos hoje. Na boa, pessoas: são roupas! São ÚTEIS e NECESSÁRIAS antes de serem ARTEFATO CARNAVALESCO.

    Óbvio que não ando com burka, túnica, camisas com propagandas político-partidárias e/ou abadás (como bem dizia a comunidade do Orkut: ABADÁ é ingresso, não camisa), mas MODA nós que fazemos. E ela deve ser uma das formas de EXPRESSÃO PESSOAL, não essa maluquice que consome vultuosas quantias para que nós utilizem MARCAS !!!

    Eca!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Muito bem, Somir! Não atrasou a postagem!

    Mas um dia… um dia você atrasa…

    E o próximo Siago Tomir está BOMBÁSTICO!

    *risada maligna

    O que você achou?

    Loading spinner

  • “Homens que usam Macs” AHUHAuHA XD
    Eu tenho um colega, na cadeira de Segurança de Sistemas, que usa um mac. Meu professor vive mandando ele pro curso de Design! XD

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Homem também pode entender de moda, mesmo sendo hetero. Tem uns que exageram na breguice e vão visitar a namorada com regata de partido político, short vermelho e chinelo Havaianas. Vai dizer que mulher prefere esses desentendidos de moda? Nunquinha!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Porr@ Somir, tu é um cara que veste a camisa das colunas mesmo, baita guerreiro kkkk… eu tentei ler por 2 minutos o tal blog mas simplesmente não rola.

    Essa palavra “Moda” é uma coisa tão banal pra mim quanto “Hora do Brasil” ou um discurso do Lula sobre cultura…

    Desfavor é uma boa leitura pra quem gosta/gostava do Cocadaboa, pode ter certeza disso… eu dava muita risada lendo o SACaneie kkk

    O que você achou?

    Loading spinner

  • entrei de gaiato num programa de moda, sorte que vai acabar….

    aliás, somir, sabadao ta marcado aquele lance lá heim

    nao esquece de levar a camisa armani e o cachecol da louis vuitton

    papagaiada……

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Quando entrei neste blog pela primeira vez achei também que fosse uma tiração de sarro do mundo da moda, que iam esculachar pessoas famosas ou confundir scarpin com sapato-boneca. Sei lá. Qualquer coisa do tipo.

    Mas quando vi que era mesmo um blog com muita informação de moda (e nem um pouco divertido) parei (o site da Elle já me satisfaz).

    Não é deletável, mas foge muito do que promete.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Homens que usam Macs, de fato não se reproduzem!

    E não tenho nada mais para comentar, o fato é que provavelmente ele foi criado pela avó, e tomava cremogema.

    O que você achou?

    Loading spinner

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: