Sugestões?

Você tem alguma ideia de tema que quer sugerir para nós? Aqui é o lugar. É muito difícil acompanhar as sugestões que vocês fazem na nossa rotina diária de posts, e com tudo centralizado aqui queremos simplificar o processo de vez. Vale sugerir qualquer tema, vamos analisar cada uma das suas ideias, e se for possível (vulgo soubermos falar disso de forma decente), pode apostar que vamos escrever sobre o assunto e te mencionar no post. Se quiser dar ideias sobre CONTEÚDO, este é o lugar. Vamos lá?

O que você achou?

Loading spinner

Comments (720)

  • Gostaria que o Processa Eu fosse ressuscitado, ia ser linda uma reestreia com Shakira Shakira.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Meu Deus. As eleições estão chegando e a compra de voto está forte. Sally, eu imploro, ensina a gente a investigar vida de político, entender a politicagem e os trambiques dessa gente. Só tem pilantra.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Como tanto o Somir com a Sally são pessoas bastante viajadas, eu penso que seria interessante eles escreverem algo expondo os podres/desmistificando certas concepções que muita gente tem sobre alguns lugares – para onde geralmente nunca foi – e certos povos ditos civilizados. Pelo que andei lendo/ouvindo recentemente, parece que os refinados franceses não são mesmo lá muito chegados em banho, os elegantes italianos falam alto entre si como se estivessem sempre brigando, os circunspectos japoneses adormecem capotando desavergonhadamente em locais públicos quando embriagados, etc.

    O que você achou?

    Loading spinner

    • Dá licença! Deixa comigo que falar mal daquele povo é comigo mesma. Vamos falar sobre o francês médio e não sobre o parisiense estiloso que aparece nos filmes e séries. Esquece Emily em Paris. Aquilo é só glamour de Paris, o resto da França é bem diferente. O francês médio, gilets jaunes, tem uma noção de higiene bem prejudicada. Se a prática do banho diário não é uma tradição por lá, imagina escovar os dentes?? É por isso que a maior parte dos adultos não tem os molares, é um sorriso sempre desfalcado. Até aí, tudo bem, você não é obrigado a beijar os franceses, mas aguentar o CC é triste. A maioria não usa desodorante. Eles acham que é tóxico e que não vale a pena usar já que eles vão transpirar e ter que usar e novo no dia seguinte. A maioria não fede, mas aquele que fede, fede destoando. É uma catinga que adentra aos pulmões e entorpece o cérebro. É insalubre, pior que o metrô da Carioca em direção à Pavuna às 18h. Muito pior. O brasileiro conseguiu ser mais civilizado nesse aspecto que o francês.
      Além disso existe a falta de higiene para preparar os alimentos. Uma coisa que me deu muito nojo foi ver um chefe experimentado a comida com uma colher e rodando essa mesma colher que foi na boca, na panela. Não que isso não possa acontecer no Brasil, mas esperava bem mais que tempero de baba em um país que ostenta uma culinária tão sofisticada.
      O francês médio também se alimenta mal. O peso é controlado com muito cigarro e café. Enquanto que o bate-entope do brasileiro é o feijão com arroz, o do francês é a baguete. É por isso que o pão está em todas as refeições, porque a comida deles por si só, não preenche nem o buchinho deles, muito menos o meu que mistura vários carboidratos no self service. O café da manhã é bem açucarado. O pão com queijo e presunto é substituído por croissant doce, pão doce e o que mais puder ser produzido com açúcar. Voltamos ao ponto principal: o que esperar de uma gente que não escova dentes e ainda come um quilo de açúcar?
      Fora isso, o francês não parisiense é um emocionado quando vê um estrangeiro falando francês.
      Se o meu teclado não estivesse tão ruim, falaria mais, mas ele tá tão emperrado que os meus dedos estão cansados de digitar.

      O que você achou?

      Loading spinner

  • Que tal um Ela disse ele disse sobre um tema fútil: Tem que torcer pra um time de futebol do seu estado ou pode torcer pra de outro?

    O que você achou?

    Loading spinner

    • É que nesse caso nós não discordamos: ambos achamos que não tem que torcer para quem a pessoa quiser

      O que você achou?

      Loading spinner

  • Mais uma sugestão para o Somir relacionada a publicidade: como trabalhar com produtos e serviços “difíceis” sem cair no clichê ou no mau gosto. E por “difíceis” eu quero dizer coisas que tenham a ver com aqueles assuntos de foro íntimo sobre os quais é um tanto quanto constrangedor falar publicamente, tais como:
    – anunciar clínicas para tratamento de impotência sexual
    – veicular propagandas de remédios para prisão de ventre, gases e hemorroidas
    – promover campanhas de prevenção de câncer de próstata via exame de toque
    – divulgar cremes fixadores de dentaduras, fraldas geriátricas e demais artigos semelhantes de cuidados com idosos

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Telegonia – nunca tinha ouvido falar disso até pouco tempo, mas aparentemente a turma MGTOW/Incels são crentes ardorosos da teoria.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Gostaria de um desfavor sobre a rebelião/protesto das mães em apoio à mãe que foi impedida de entrar em um bar com uma criança de 5 anos.
    Vamos agitar esse site e ver a lacrolandia se manifestar.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Com as chaves da próxima Copa do Mundo já definidas pelo sorteio desta semana, vai ter postagem a respeito das chances da selecinha? Nas últimas duas copas teve, mas eu vou entender se desta vez vocês não fizerem por falta de tempo – e de clima – para se falar nesse assunto com tanta coisa bem mais séria acontecendo… Ah, e o mascote da edição deste ano, no Qatar, já foi revelado. Chama-se La’eeb, uma figura inspirada naqueles grandes lenços com os quais os habitantes do país-sede cobrem suas cabeças, que mais parece um fantasminha e foi considerado “fofinho” por algumas pessoas. De acordo com o que aparece no informe do site da FIFA, esse nome, em árabe, significa “jogador super habilidoso”. E um tweet de ontem de um brasileiro já fez gozação com uma cena do vídeo de apresentação desse novo mascote, relembrando o Fuleco e o 7 x 1 de 2014:

    https://twitter.com/TiagoBa45792963/status/1509925355624321026/photo/1

    No vídeo, o La’eeb, através de um portal dimensional, transporta um apresentador humano para o “Mascoteverseo”, um lugar habitado pelos bonecos presentes nas edições anteriores dos mundiais – que aparecem zanzando para lá e para cá ao fundo – e, em uma das cenas, o Fuleco aparece sentado em uma calçada, recostado em uma parede, olhando para o nada, assemelhando-se a um mendigo. A cena aparece aos 1:45 deste vídeo no YouTube:

    https://www.youtube.com/watch?v=OC3PXKuFgLA

    E, zueiras com o Fuleco à parte, eu achei o vídeo bem interessante e mais significativo que qualquer coisa de divulgação que se tenha feito para uma Copa em muitos anos.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • queria ver um reescrevendo o texto do outro com as suas palavras: somir reescrevendo um texto da sally ou a sally reescrevendo um texto do somir

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Poderiam falar sobre redes sociais, como instagram e facebook.
    Nós, leitores do desfavor, sabemos bem que vocês não usam e abominam essas redes, então seria muito legal (e engraçado) ler suas opiniões e experiências com essas coisas ! Só pra mudar um pouco o tema, descontrair…

    O que você achou?

    Loading spinner

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.