Tag: sociedade

Conforme prometido, na primeira semana de junho comemoramos a Semana C.U. na República Impopular do Desfavor. Uma semana dedicada ao mau gosto e ao nojento.

E para abrir os trabalhos, Sally e Somir discutem sobre a podridão que nossos corpos podem exalar, e qual delas é mais danosa à saúde física e mental daqueles que estão ao redor. Os impopulares tapam o nariz.

Tema de hoje: qual o pior cheiro que o corpo humano pode exalar?

Continue lendo

Semana passada, um jovem invadiu um supermercado nos Estados Unidos e assassinou 10 pessoas. Segundo o manifesto que deixou, a motivação era claramente racista: o rapaz acreditava que havia um plano maligno de extinção da raça branca no mundo, e que precisava lutar contra isso atacando as outras raças. Maluco? Claro. Gente que sai atirando em pessoas aleatórias é sempre maluca, mas dentro da cabeça do maluco, sempre tem algum motivo. De onde ele tirou esse motivo?

Continue lendo

Talvez o que eu vou dizer aqui seja óbvio para você, mas talvez não seja para muita gente. Talvez o que vou dizer aqui seja óbvio agora, mas, dentro de alguns anos, tenha sido tão massificado o contrário, que deixe de ser. Então, acho importante deixar registrado em algum lugar para que se, algum dia, você for trucidado por algo do tipo, saiba que essa reprovação é apenas um ponto de vista, não a verdade absoluta. O assunto? Tá tudo bem não se sentir atraído ou não querer ter um relacionamento amoroso por algum critério seu.

Continue lendo

Muita gente considera a manhã a pior parte do dia, e isso é diretamente relacionado com acordar. Passamos a vida toda acordando em horários que não são necessariamente os que o nosso corpo quer. Sally e Somir entendem que precisamos de disciplina na vida e que nem tudo é como queremos, mas discordam sobre a função prática de uma pequena rebeldia contra o sistema. Os impopulares despertam a discussão.

Tema de hoje: apertar o botão “soneca” do despertador (aquele que te dá mais alguns minutos de sono) é uma estratégia válida?

Continue lendo