O Texas, estado dos EUA, passou uma lei restringindo o direito ao aborto. Embora a legislação nacional ainda preveja a possibilidade, os estados têm muita liberdade para criar dificuldades para quem quer (ou precisa) realizar o procedimento. A legislação texana não só cria um período muito reduzido para aceitar o aborto (6 semanas) como ainda permite que qualquer pessoa abra um processo contra a clínica de aborto, e se ganhar, um prêmio de 10 mil dólares. Será que adianta alguma coisa?

Continue lendo

Ontem, dia 18, uma ação foi protocolada contra a XP Investimentos e um de seus escritórios credenciados. Motivo? Uma foto da equipe que mostrava maioria absoluta de homens brancos. Várias ONGs do movimento negro, feminista e direitos humanos acharam que faltava diversidade no quadro de funcionários. Pedem indenização de 10 milhões de reais e a criação imediata de um programa de diversidade. Em tese é impossível ganharem, mas é uma tática que vai ficar cada vez mais comum…

Continue lendo

Desfavor é um microuniverso que reflete, em escala bem menor, o que acontece em no macro. Por isso, sempre prestamos muita atenção nos comentários, desde os mais torpes, até os mais sofisticados: eles costumam funcionar como um termômetro para indicar o que se passa lá fora.

Continue lendo

Eu já devo ter falado disso de forma fragmentada, ao longo de outros textos, mas uma notícia que saiu esta semana me fez ter vontade de dedicar um texto exclusivo ao assunto. Um vídeo publicado no TikTok pelo adolescente Lucas Santos gerou comentários ofensivos que, segundo sua mãe, Walkyria Santos, foi um gatilho para que o filho se suicide.

Continue lendo