Tag: relacionamentos

A palavra “virtual” vem do latim, ou seja, tem uma longa história. De forma bem simplificada, sua origem significava a capacidade de fazer alguma coisa. O passar dos séculos (e milênios) foi transformando a nossa noção sobre ela para algo simulado por computadores. Não deixa de ser o poder de realizar uma tarefa, mas atualmente é algo mais conectado com o conceito de simulação: ao invés da coisa real, uma imitação. Mas até onde vai a nossa capacidade de diferenciar isso?

Continue lendo

Relacionamentos são basicamente um acordo de vontades entre duas ou mais pessoas onde não existe “certo” ou “errado”, existe um combinado entre as partes que, naquele momento, é bom para ambos, mas que pode e deve ser revisitado e/ou reajustado de tempos em tempos para confirmar se ainda está bom para ambos.

Continue lendo

Sally achou uma matéria e mandou para mim, como faz algumas vezes por semana. Ela tinha achado absurdo, minha reação foi bem menor. Não pelo teor, que prega que não se relacionar com pessoas trans é sinônimo de transfobia, que é de arrepiar os cabelos, mas porque eu já tinha sido exposto à essa insanidade anteriormente. Para variar, brasileiros imitam maluquices de americanos (lacradores ou conservadores) depois de algum tempo. Pelo visto essa está chegando, então é hora de falar disso: não é direito de ninguém ser atraente, e nunca vai poder ser.

Continue lendo

Existem muitas pessoas que se recusam a começar um relacionamento com quem já tem filhos. Isso é um direito sagrado com o qual Sally e Somir concordam. Mas, quando falamos do ônus de avisar logo de cara que já tem sua própria cria, a coisa muda de figura. Os impopulares pegam sua opinião para criar.

Tema de hoje: é desonesto não avisar sobre filhos no primeiro encontro?

Continue lendo


República Impopular do Desfavor - Nenhum direito reservado, nem os seus.