Dia da Exclusão Social + Resolução de ano novo.

NOME 1: FELIZ DIA DA MULHER

NOME 1: Feliz dia da mulher para você, minha linda!
NOME 2: wtf
NOME 1: que foi?
NOME 2: normalmente, eu não responderia, mas uma das minhas resoluções para 2018 me obriga a te responder…
NOME 1: q bom
NOME 2: ééééé… não acho que você vá gostar da resposta
NOME 1: pq?
NOME 2: essas imagens que você manda para mim e para meio mundo, eu prefiro não receber. Ocupam espaço na memoria do meu celular e não acrescentam nada
NOME 1: é o que?
NOME 2: “Bom dia”, “Feliz dia disso”, “Feliz dia daquilo”
NOME 1: é com carinho
NOME 2: olha, se algum dia você quiser escrever algo direcionado a mim, eu leio com o maior prazer. Essas coisas genéricas, eu sinceamente prefiro que você nem mande
NOME 1: é só apagar se não quiser
NOME 2: imagina se cem pessoas por dia pensarem assim e se eu tiver que apagar, todo dia, cem “bom dia” ou “feliz dia da mulher”?
NOME 1: grossa
NOME 2: estou tentando argumentar de forma racional
NOME 1: grossa vc
NOME 2: não tenho o direito de não querer receber essas imagens?
NOME 1: não precisa ser escrota
NOME 2: pelo visto, preciso, pois ignorar tudo que você manda por meses não te fez parar de mandar
NOME 1: mau educada
NOME 2: aponte onde eu fui MAL educada
NOME 1: recusar uma coisa boa q outra pessoa faz p vc é mau educada
NOME 2: essas fotos não são boas para mim, não gosto, não me acrescentam nada, me enchem o saco
NOME 1: mau educada
NOME 2: mal educada é com L
NOME 1: grossa
NOME 2: estou fazendo uma coisa boa para você, corrigindo um erro seu e você não está aceitando, logo, entendo que mal educada é você
NOME 1: qual é o seu problema?
NOME 2: não querer receber imagens genéricas, pelo visto tá difícil de entender…
NOME 1: se p isso vc quer magoar uma amiga…
NOME 2: já que você tocou no assunto
NOME 1: o que
NOME 2: não te considero minha amiga, não somos próximas, não trocamos confidências, você está mais para conhecida
NOME 1: cara, voce é uma escrota
NOME 2: a resolução de ano novo me obriga a ser sincera, desculpa se a verdade te desagradou
NOME 1: ninguém gosta de ser xingado
NOME 2: perceba que eu não te xinguei, nossa relação pode até aprofundar e um dia virar amizade, mas hoje, não somos amigas, é uma constatação
NOME 1: já entendi tudo, pode deixar que nunca mais te mando nada
NOME 2: obrigada, Senhor, pela graça concedida! Que a próxima vez seja tão eficiente como esta, porém mais rápida
NOME 1: nunca conheci uma pessoa tão escrota
NOME 2: desculpa se a verdade te magoou, não era minha intenção
NOME 1: intensão é com S
NOME 2: não, meu anjo
NOME 1: vai se foder

Até então, estou bloqueada e minha qualidade de vida melhorou muitíssimo.

Para dizer que esse é seu sonho de consumo, para dizer que só eu estou cumprindo as resoluções de ano novo ou ainda para dizer que nada pode humilhar mais mulher vitimizada do que aquele áudio que a gente fez no dia da mulher: sally@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Desfavores relacionados:

Etiquetas: ,

Comentários (28)

    • Infelizmente eu preciso estar atenta a meu WhatsApp. Queria muito poder tirar o som e só olhar no final do dia.

      Mesmo que eu não responda, sou obrigada a parar de escrever, perder meu estado de fluxo, minha linha de raciocínio, minha concentração e ir olhar. Quando é algo que claramente não é urgente ou importante, fico putaça. Porra, interromper meu momento para mandar PowerPoint? Tomanocu!

      • Pois é, ainda enche a memória do meu celular (que já é bem limitada) com esse tipo de coisa que vai servir pra… pera, pra nada mesmo.

        • Isso também me ferra. Quando o arrombamento chega ao ponto de enviarem vídeos, cagam meu plano de dados e a memória.

          • Dá para desabilitar o download automático de fotos e vídeos no whatsapp. Assim, ao menos dá para tentar controlar o consumo de dados.

  • Parabéns por cumprir sua resolução, Sally! E olha que essa deve ter exigido paciência!
    Acho que você foi educada sim, a fulaninha que não precisava fazer tanto drama por causa de uma imagem que no fim é só ocupação inútil de memória. A insistência dela que foi inconveniente.

    • Quem interrompe a atividade dos outros por algo desnecessário se coloca no risco de ouvir um “não quero ser interrompida por isso”.

      Quem se ofende por receber limites ganha uma passagem só de ida para fora da minha vida.

  • Tenho uma amiga que começou a receber essas mensagens do motorista de táxi (!!!). Aí ela, muito educada, pediu, por favor, para ser retirada da “lista de transmissão de mensagens de bom dia” (porque esse povo manda essas mensagens pra todos os contatos né..).

    Ele respondeu pra ela chamando ela de “mal educada e negativa” (acho tão engraçado que até hoje cumprimento ela como “negativa”), mandou uma mensagem dessas padrão de “livrai-nos da falta de educação” e chamou ela de ridícula!

    E a mal educada foi ela… mesma coisa da sua colega ai! Isso fala muito sobre as pessoas que mandam essas mensagens!

    • Porra…

      É sempre assim, quando a gente traça uma linha, põe limites, a pessoa se ofende. Ela fica tão injuriada por ter sua inadequação apontada, exposta, que toma raiva de você, sente aquilo como uma injustiça.

      As mesmas pessoas que reclamam de inconveniência alheia.

  • Esse é meu sonho de consumo, mas fico com dó de fazer isso.
    Eu tenho a impressão que pessoas mais velhas acham essas mensagens algo muito gentil de se enviar, e pegar o “modelinho” faz parecer moderno, além de evitar ter que digitar muito.
    Aos poucos estou convencendo minha mãe que não tenho tempo de ver 219038290 vídeos por dia e ler 32913829 textos “inspiradores”, e que prefiro ler ou ouvir uma mensagem dela contando como foi o dia dela, como ela está… mais íntimo, não?

        • Não mesmo! Perdeu-se o sagrado direito de ser deixado em paz depois do WhatsApp. As pessoas te acionam para TUDO. Gente, na boa? Uma pessoa interrompe o que está fazendo quando vai olhar o WhatsApp. Antes de enviar qualquer coisa as pessoas deveriam se perguntar: “É adequado interromper alguém para dizer isto?”

          Interromper o que estou fazendo para mandar mimimi feliz dia do whatever me enfurece. Como sou obrigada a ficar atenta a meu WhatsApp, cada fdp que me aciona me interrompe. Chega, acabou. Este ano as respostas serão verdadeiras.

  • Giovanna Manhães

    Realmente,Sally…Haja paciência.Também costumo ignorar, aconteceu até de já virem me cobrar pessoalmente por não ter respondido essas mensagens com cachorro,gato dando bom dia ou coisa do gênero.Você já saca o jeito da pessoa que manda essas coisas.

    • Cobram! Reclamam se a gente não responde, como se mal educadas fossemos nós! Falta muita adequação e sobre muito tempo!

  • Você é muito paciente…. eu também odeio esses Bom Dias cintilantes e cheios de borboletas que o povo manda para todo mundo na lista de contatos, até pro açougue, e ainda quer que você goste. Pior que isso, só gente que quer mandar dez mil vídeos com músicas new age, uma pomba branca atrás e alguma mensagem positiva idiota (e com erros de português). Eles acham que meu plano de celular é brinde? Ou como dizia meu pai, que sou sócia da Claro?

    E querer corrigir intenção por intensão…. onde você acha esse povo, Sally?

    • “(…) eu também odeio esses Bom Dias cintilantes e cheios de borboletas que o povo manda para todo mundo na lista de contatos (…)” Mais um aqui. Que coisa mais brega, cafona. E de gente sem semancol!

  • Por que vc manteve uma pessoa que não bate em nada com suas ideias como contato durante tanto tempo? Não era melhor simplesmente bloquear em vez de esculachar?

    • Você achou um esculacho? Que pena. Eu acho que fui educada. Antes de excluir, quis dar a oportunidade de dizer que eu não gostava daquilo.

      • Innen Wahrheit

        Não vi como esculacho, mas creio que essa situação não precisava nem existir… Manter contato com pessoas que apresentem este tipo de comportamento é realmente necessário? Há, como vocês dizem, “benefício secundário” nisso?

        • Quem dera eu pudesse escolher com quem mantenho contato! Na próxima encarnação tentarei nascer rica, para não precisar disso.

  • É… A Sally, ao contrário de muita gente que conheço, faz mesmo questão de cumprir suas resoluções de ano novo. Outra coisa – até triste – que se percebe no texto é que ela, que nem nascida aqui é, conhece o idioma daqui melhor que a maioria dos próprios nativos.

    • Vou cumprir as dez, o que não vai adiantar muito, pois o Somir vai tentar fazer tudo junto no final de dezembro e não vai conseguir…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: