Recebi um e-mail me oferecendo desconto para realizar um exame que mede a quantidade de anticorpos que eu vou ter depois da vacina, para ver se a vacina pegou. Vale a pena fazer esse exame?

NÃO. Não faça esse exame, é perda de tempo e de dinheiro e é uma vergonha que isso não esteja sendo esclarecido exaustivamente à população (e não deve estar, pois a gente recebe várias perguntas como essa).

Continue lendo

Qual a fita de quererem aplicar 3 doses em idosos no RJ? Será que é só pro povo que tomou Coronavac ou todos? Nos outros países são 2 doses e na Banânia serem 3, não parece estranho?

Não é só no Brasil não. Por exemplo, no Chile, os líderes do ensaio clínico que testou a Coronavac recomendaram a aplicação de uma terceira dose da vacina. Tem país cogitando e até aplicando terceira dose de outras vacinas também.

Continue lendo

A vacina cubana é pior do que as outras por precisar de três doses? Qual é melhor se eu puder escolher, a de três doses ou a normal?

A Soberana II precisa de três doses para alcançar o auge da proteção, por ser uma vacina de vírus inativado, ou seja, o que se injeta na pessoa é o “cadáver” do vírus, o vírus destruído, morto, incapaz de infectar alguém. É o caso da Coronavac e da Covaxin. É uma forma de fazer o sistema imunológico reconhecer o vírus e aprender que ele é um inimigo que tem que ser atacado sem correr o risco que ele infecte e cause danos ao organismo.

Continue lendo

Quem está com as duas doses de vacina pode pegar a variante Delta e morrer?

Quem está com as duas doses da vacina pode pegar qualquer versão do coronavírus sim. É muito improvável que a pessoa morra, mas pode acontecer. Vacinas não são mágicas, seu resultado depende de uma série de variáveis como a resposta imune da pessoa, a quantidade de vírus à qual ela é exposta etc.

Continue lendo