Flertando com o desastre: Matando lagartixas.

Este é um Flertando com o Desastre dedicado às formas mais eficientes de se matar uma lagartixa. Se você veio aqui para dizer que:

  • Não se mata lagartixa porque ela é um bicho bonzinho e não faz mal a ninguém;
  • Não se mata lagartixa porque elas comem mosquitos;
  • A lagartixa tem mais medo de mim do que eu dela;
  • É um bicho limpinho e inofensivo;
  • Sou uma criminosa e isso é crime de “maus tratos”, “crime ambiental” ou qualquer outra asneira que saia da sua cabeça juridicamente tosca.

Primeiro, vá se foder. Tomara que um dia alguém te force a se deparar com um medo muito grande e depois fiquei minimizando seu medo tentando te fazer parecer ridículo(a). Chega desse discurso que na verdade quer dizer “se eu não tenho medo, me recuso a compreender quem tenha”.

Segundo, entenda que o medo é irracional e independe de lógica. E depois vá se foder de novo e me poupe do seu comentário, porque se vier comentário pro-lagartixa EU SIMPLESMENTE NÃO VOU APROVAR.

ESTE TEXTO É PARA PESSOAS QUE DESEJAM DO FUNDO DO CORAÇÃO MATAR LAGARTIXAS, SE NÃO É O SEU CASO, NEM LEIA.

Agora se você, como eu, tem pavor destes animais e se acha no mais sagrado direito de matá-los por ser a ponta da cadeia alimentar e por eles estarem invadindo seu espaço, bem vindo ao desfavor. Desfavor não é ecológico, desfavor pensa apenas no seu próprio bem estar. E meu bem estar depende de lagartixas mortas. Essas porras nunca deveriam ter saído da África. Maldita hora que algum filho duma puta trouxa uma lagartixa para as Américas!

Curiosamente nos sites, blogs e cia quando alguém aparece desesperado pedindo conselhos para matar lagartixas as pessoas respondem tirando onda: “Matar para que?”, “Ela não faz mal!”, “Deixa ela lá…”. Pense no seu pior medo entrando pela janela do seu quarto e me diga se não ia querer se livrar dele. Fobia não se explica, se respeita. Fiquei tão puta com a turma do “deixa disso” que entrei em vários blogs e mandei todo mundo tomar no cu. Inclusive alguns leitores deixaram de acompanhar o desfavor nesse período, creio que ofendi alguém. Observe eu não me importar.

E a proteção não é só nos fóruns de bate-papo. Mesmo em sites que deveriam ser educativos, as pessoas só falam bem de lagartixas. Nem uma palavra sobre como se livrar delas ou repeli-las.Devido à falta de fontes, tive que recorrer a um biólogo para tentar traçar as melhores estratégias para matar lagartixas. Não é correto? Observe eu não me importar novamente. Ele mesmo não gostou muito da idéia de usar a biologia “para o mal”, mas como sua esposa também tem pavor de lagartixas, o trabalho ficou mais fácil.

As primeiras espécies de lagartixas conhecidas surgiram na África, mas acabaram s espalhando pelo mundo todo. Existem mais de 300 espécies diferentes de lagartixas. Essas porras vivem em locais quentes, durante o dia elas se escondem por causa do calor excessivo e com o cair da noite dão as caras para infernizar pessoas honestas como você e eu. Logo, a primeira dica para evitar essas criaturas é a temperatura. Está em algum lugar onde tenha ar condicionado? Coloque o ar no máximo e tranque tudo, ela vai sair se o local estiver muito frio. Funciona que é uma beleza em quarto de hotel. Ligue o ar, tranque tudo e saia para dar uma volta. Ela vai se retirar.

Se você pensava que essas porras subiam em paredes porque tinham ventosas nos dedos, pense melhor. É pior do que isso. Lagartixas tem uma espécie de lâminas transversais entre os dedos, tipo umas escamas, forradas por muitos micro-pêlos em forma de gancho, que conseguem se prender a qualquer saliência e com isso garantir aderência. Agora que entendemos o mecanismo de funcionamento, fica mais fácil sacanear. Porque sim, eu venho escrevendo este desfavor faz semanas e venho testando a melhor forma de neutralizar essas porras com ajuda de pessoas valentes (sádicas) que se dispõe a atacar lagartixas para mim. Pude concluir que para evitar a fuga das felasdaputa o grande lance é desestabilizar estes pêlos em forma de gancho para que eles não possam mais se prender a nenhuma superfície. Um simples condicionador de cabelo ou creme hidratante faz com que essa criatura fique deslizando no mesmo lugar e perca sua mobilidade, facilitando o homicídio ou permitindo que você chame alguém para acabar com ela sem que ela possa fugir. Eu sei que é nojento, mas em último caso, taca um hidratante no bicho e corre para chamar reforços.

Cuidado, porque elas pulam. Pulam quando se assustam ou quando se sentem ameaçadas. Ok, pulam também para pegar insetos, mas quem se importa? O importante é saber que se você ligar uma luz e isso a assustar, ela pode pular. Muita calma nessa hora. Se você desconfia que pode estar na presença de uma lagartixa, o ideal é fazer barulhos antes de ligar a luz. Aqui as desgraçadas adoram circular pelo banheiro, talvez porque seja úmido. Então, como eu sei que é uma área de risco, nunca entro do nada ligando a luz (já fiz isso e uma despencou do nada bem perto de mim). É vexatório, mas eu promovo um verdadeiro sapateado e batuque antes de entrar no banheiro. Quando alguém olha com cara de reprovação eu digo que tenho TOC e que se não bater dez vezes na parede antes de entrar o mundo acaba. As pessoas tem muito mais pudor de sacanear gente doente do que gente maluca. Vai por mim.

E esse papo de “ela foi embora” é balela. NÃO ACREDITEM SE UM HOMEM DISSER QUE ELA JÁ FOI EMBORA. Eles falam isso para calar a nossa boca. São animais territorialistas que voltam – elas sempre voltam. Reparem que todo mundo que se deparou com uma, acabou reencontrando-a mais cedo ou mais tarde. Salvo raros acidentes de percurso, elas voltam. Viu uma lagartixa? Ela desapareceu? Ela vai voltar. Muitas vezes achamos que é outra, porque elas voltam com uma cor diferente, mas não se iludam: lagartixas podem se mimetizar tal qual o camaleão e mudar de cor conforme o ambiente. Se hoje ela está cheia de bolinhas e amanhã aparecer branquinha, isso não quer dizer que não seja a mesma. Mas não se desespere, temos dicas para evitar esse mau momento. Continue lendo. E fiquem espertos: onde tem uma lagartixa pode ter um núcleo familiar, com direito a ovinhos. Vejam na foto o tamanho e formato destes ovinhos para reconhecê-los e eliminá-los caso um dia se deparem com eles. Elas costumam colocar os ovos em locais úmidos e protegidos como frestas ou buraquinhos. Fiquem atentos.

Vocês já devem ter reparado que vira e mexe essa porra solta o rabo, né? Essa escrotidão de soltar o rabo em cima de pessoas honestas tem nome: autotomia caudal. A cauda das lagartixas tem um ponto onde a junta óssea é mais fraca, o que permite que este animal desagradável faça uma força naquele local e acabe por soltar a cauda. Por mais que eu continue achando de coração que elas fazem isso de sacanagem com a minha pessoa, a ciência diz que é um último recurso para confundir os predadores. Segundo relatos científicos, a primeira reação da lagartixa é correr e se esconder. Porém, se isto não dá certo e ela é perseguida, ela solta a cauda, que acabaria atraindo a atenção dos predadores e permitindo sua fuga. Infelizmente a porra da cauda cresce outra vez.

Por isso, quando você se deparar com uma porra dessas, se ela estiver muito próxima de você, não a ameace, não parta para cima. Se puder, jogue um creme, um óleo ou qualquer coisa para minar sua aderência (à distância), assim ela não pode nem correr nem pular. Se não tiver nada a seu alcance, faça barulho de longe, espante-a. Deixe ela se esconder em paz, se não pode tomar um rabinho dançante na cara. Observe para onde ela foi e chame reforços ou continue lendo.

Recentemente se descobriu que elas sempre caem de pé. Seus sistema de rotação é mais eficiente do que o dos gatos. Uma lagartixa sempre cai “em pé”, entenda-se, com a barriga para baixo. Apesar de que, eu juro que vi uma cair de um jeito mais tosco, mas quem sou eu para contrariar a ciência. Por isso, fica a dica: não ache que derrubando ela de onde quer que ela esteja você vai ter alguma chance dela ficar desnorteada ou de barriga para cima. Não vai, ela vai se virar e vai cair pronta para correr. Nada de derrubar. Derrubar é ineficiente. O máximo que você vai conseguir derrubando ela é um rabinho na cara ou um gritinho.

E para aqueles que me chamavam de maluca, é cientificamente comprovado: lagartixas soltam gritinhos… quero dizer, emitem sons! Cansei de ouvir lagartixas emitindo sons agudos quando estão sendo mortas. Parece aquele som de apito de brinquedo de cachorro, um gritinho agudo. Aparentemente os machos também emitem sons para chamar as fêmeas ou para espantar inimigos. Pise em uma e você ouvirá um gritinho. Isto pode ser útil para identificar estes animais desagradáveis dentro da SUA casa, porque sim, a casa é sua e eles são invasores. Caso escute gritinhos agudos, fique alerta e jogue muito inseticida no local.

Claro que a melhor forma de matar é na pancada mesmo, mas quem tem medo geralmente não tem coragem de chegar perto o suficiente para matar uma lagartixa. Por isso, métodos de assassinato à distância são necessários. Se você é macho pacarai, e vai matar na porrada mesmo, os melhores objetos são: jornais enrolados (que alcançam qualquer cantinho, podem ser jogados fora depois de matar e não quebram as coisas a sua volta), chinelos (pesados o suficiente para serem atirados e fáceis de lavar) ou vassouras (ideal para teto). Porém se você não é macho pacarai, continue lendo.

Como todos devem saber, porque a sociedade insiste em jogar na nossa cara, estes animais se alimentam de insetos, geralmente traças, mosquitos e moscas. Daí vem aquela gentalha que desconhece inseticida dizer que não mata porque elas comem insetos. Com base nesta informação, surge uma primeira dica que não resolve de vez porém minimiza: trocar as lâmpadas da casa por lâmpadas de luz amarela. Estas lâmpadas não atraem insetos, logo, sem insetos, a casa fica menos atraente para lagartixas. Como as lâmpadas da rua acabarão atraindo os insetos, é provável que as lagartixas fiquem do lado de fora. Ou então na casa do vizinho. (espero que seu vizinho não seja eu)

Não existe veneno específico para matar lagartixa, porém qualquer inseticida ou produto tóxico pode ser suficiente: álcool, pato purific, baygon e cia. A merda é acertar no bicho. E só recomendo fazer isso quando elas estiverem no chão, porque se estiverem no teto ou parede elas PULAM. Aquela raquetes elétricas para matar mosquito não costumam funcionar, nem percam seu tempo com isso. A menos que você as esmague em vez de dar um choque, o que seria nojento.

Uma solução que vem se mostrando eficiente na prática são aqueles remédios contra pulga para cães, aquela porra é forte! Uma borrifada e a lagartixa cai dura. Outra dica boa: também existem remédios para tratar de infestação de pulgas em apartamentos que acabam matando também as lagartixas. Tranque a casa, deixe o remédio agindo (geralmente ele solta uma fumacinha no ambiente) e na volta é só procurar o corpo (mas tire os animais de dentro de casa, pois estes remédios podem ser tóxicos até para animais maiores).

Mais uma solução testada e aprovada: cola para ratos. É uma cola que você coloca na superfície onde acredita haver um rato e quando ele passar fica grudado. Pode vir em potes ou em bandejas. Basta colocar nos pontos da casa por onde uma lagartixa tenha que passar para entrar, como janelas e outras frestas. Em emergências, como quando estamos sozinhas e sabemos que tem uma lagartixa dentro de casa, podemos forrar a entrada de nossos quartos com essa cola para ratos, assim temos a certeza de que ao menos no quarto essa porra não vai entrar, garantindo nossa noite de sono.

Outra dica: TELA NAS JANELAS. Não é caro e colocando telas de metal em todas as janelas e saídas você ainda fica livre não só das lagartixas como também dos insetos. Em tempos de dengue pode ser muito útil, principalmente quando faz aquele calor que não nos deixa dormir de janela fechada.

Uma tática ninja de guerrilha desenvolvida e difundida por fóbicos ao longo dos anos consiste no seguinte: compre uma fita adesiva daquelas bem largas, pegue um rodo e faça um revestimento com a parte que cola para fora. É só encostar com o rodo nela que ela ficará grudada. Não que eu tenha coragem de fazer uma porra dessas, mas tem gente que não tem tanto medo assim e consegue.

Ainda recebemos aqui nos comentários do Desfavor uma sugestão inusitada: matar com o aspirador de pó. Não tentei, mas acredito que este animal desagradável não vai permitir que a gente aproxime o cano do aspirador perto dela sem fugir. Até montar o aspirador e ligar… sei não. Fica a dica, se alguém um dia conseguir me avise.

A única vez que matei uma lagartixa (aos berros) foi quando ela entrou no microondas. Em um ato de desespero, fechei a porta e apertei o botão para ligar. Não foi bonito. Ela fez “poc” e explodiu, deixando seus pedaços desagradáveis pela parede do microondas. Nem me pergunte como se procedeu a limpeza porque tenho vergonha de contar.

Segundo depoimentos de biólogos, a arma mais eficaz para matar esse bicho é: OUTRO BICHO. Cães e gatos caçam lagartixas naturalmente, principalmente gatos (menos o do Somir, claro, que é um nojento esnobe). O problema é que muitas vezes eles não matam de cara, ficam brincando com a lagartixa. Sem contar que tem muitos cães e gatos que matam e levam para o dono. Gezuiz. A quem interessar possa, os predadores naturais das lagartixas são gambás, cobras e aves. Eu topo um gambá dentro de casa para não ter lagartixas.

Sal pode matá-las, mas é um tanto quanto difícil de equacionar o ataque. O que fazer? Ficar jogando punhados de sal na parede? Seria para ocasiões onde ela já está encurralada ou presa. Alcool também. E já que vai tacar álcool, faça-me um favor e risque logo um fósforo.

Se tudo mais der errado, fica a dica do biólogo para os piores momentos de desespero: não tem condições psicológicas de dar uma chinelada? Não tem inseticida? Saída MacGyver. Improvisando com o que se tem. Pega um extintor de incêndio, obrigatório em toda residência ou carros e taca aquele pó químico (CO2) na filha da puta. Vai fazer uma baita sujeira, mas ela vai morrer. Na pior das hipóteses, quando nem extintor tem, tire seu perfuminho da bolsa, porque se ele for forte, grandes chances da maldita morrer.

Para dizer que finalmente alguém falou abertamente em matar lagartixas, para dizer que mesmo sem ter seu comentário aceito você faz questão de dizer que é um bicho limpinho que come mosquitos e tem mais medo de mim do que eu dela e para dizer que está pensando em comprar um gato: sally@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

Desfavores relacionados:

Etiquetas:

Comments (2.498)

  • Tenho PÂNICO desse bicho. Qdo são pequenas jogo baygon. Elas caiem e dou chineladas até morrer. Mas qdo são grandes não tenho coragem e fico desesperada pedindo pelo amor de Deus para alguém me ajudar, geralmente é meu marido que reclama e fica defendendo a lagartixa

    • Andrea, a única coisa que funcionou comigo foi colocar telas em todas as portas e janelas e vedar o vão entre as portas e o chão (tem adesivos ou rolinhos de encaixe especiais para isso). Se puder, coloque telas nos ralos também.

  • Hoje eu acordei tranquila, abri as janelas e quando fui abrir a porta da cozinha que dá pra lavanderia, uma desgraçada tava nos panos que deixei tapando o vão da porta (acredito q seja a mesma q me infernizou no dia anterior, tentando entrar pelo mesmo lugar). Peguei inseticida, joguei naquela merda e saiu correndo pra fora, dei uma batida na máquina e nas coisas lá fora, mas n achei. Queria tentar matar pra não me encher o saco de novo. Tenho muito, MUITO medo. Medo não, fobia, dessas bostas, eu comecei a tremer quando vi e até agora não me acalmei. De noite tenho que ficar passando calor aqui em casa, porque se eu abrir a janela, já sabe né. E o que mais me deixa pistola é gente minimizando o medo. Qualquer dia perco meu réu primário com algum retardado desse.
    Amei seu post, finalmente achei alguém igual a mim.

    • A única coisa que resolveu o problema definitivamente para mim: colocar telas em todas as portas e janelas e vedar o vão entre o chão e a porta (existem adesivos ou espumas para isso). Depois que tomei essas providências, nunca mais entrou nenhuma.

  • Simplesmente feliz por encontrar doidas como eu kkkkk …. Tenho ranço, pavor, pânico, nojo, ódio dessas fdp!!!!! Esses bando de pseudo biólogos vem com o Papinho de que elas matam escorpião!! Tnccccc… Hj cedo matei um filhote, pq minha casa é telada e esses arrombados ainda entram! Tenho dois gatos, e morro de medo que eles comam pq além de tudo essas FDP são venenosas!
    Ando com inseticida espalhado pela casa, pq dependendo da onde eu achar corro pro lado contrário né!? Agora vou testar o tal Kothrine. Fiz um borrifador com o produto e se aparecer uma desgraçada dnovo vai rodar!!!

    Ameiiiiii sua publicação!!!

  • Finalmente encontrei pessoas normais como eu que ODEIAM lagartixas. Estou me sentindo acuada em minha própria casa. Tenho medo de ir na cozinha , de abrir a janela. Minha vida em casa virou uma tormenta por causa desses bichos nojentos, insuportáveis. Já coloquei Naftalina, mas as desgraçados não desaparecem. Ando com o SBP na mão como se fosse uma arma pra me defender. Estou enlouquecendo com , estou em.pânico. acho que vou até procurar um psicólogo . Mas antes vou testar o K- Otrine.

    • O que mais deu resultado para mim foi colocar telas em todas as portas e janelas e cobrir aquele vão que fica entre a porta e o chão. Depois que fiz isso não entrou mais nenhuma.

  • Sally, me identifico com vc! Hahahah acabei de matar uma filhote! E todas as desculpas que vc escreveu, meu marido deu pra mim e ainda botou a culpa de ela estar em casa nas minhas plantas!

    Por sorte, dei um grito e ela ficou presa de barriga para cima no pé de um banco, aí taquei raid nesta porra!!!

    Menos uma no mundo!

    • Luciana, coloque telas nas portas e janelas, assim essas desgraças não entram mais e você também protege sua família de mosquitos que transmitam doenças.

    • No desespero mandei um vídeo para meu agora ex-marido e ele ironicamente que disse que era ótimo tê-la em casa, pois assim comeria os pernilongos. Tenho 6 gatos, nenhum sequer quis caçar a maldita. Eu estou sozinha aqui lendo seu texto, rindo e olhando para a maldita na cortina do quarto sem saber se eu ou ela quem vai dormir hoje.

      • Juliana, a única coisa que deu certo para mim foi colocar telas em todas as portas e janelas e vedar o vão entre as portas e o chão. Depois disso nunca mais entrou nenhuma.

        Obs: seu ex é um arrombado. Pergunta para ele se quando aparecerem formigas na cozinha ele vai deixar entrar um tamanduá.

  • É a primeira vez que sinto que alguém me entende. Já sofri acidente dentro de casa por conta desses bichos asquerosos. Somente quem sofre é que entende. Muitas vezes não durmo por sonhar que uma cairá em mim. É muito sofrido, e não há graça em sofrimento de nenhuma espécie.
    Obrigada!

    • Alessandra, depois de décadas tentando, cheguei a uma conclusão: só uma barreira física impede esses bichos de entrarem.
      Coloque telas em todas as portas e janelas, vede o vão entre a porta e o chão e coloque telas nos ralos.

  • Amiga das bichinhas geladinhas

    Esse topico é ótimo, só me faz rir, e vocês são todos uns cagões iguais a minha tia.
    Queria mesmo pegar todas essas bichinhas e poder abrigá-las na minha casa.
    Amoooooo essas lindas criaturinhas fofas.
    Claro que nao pego na mão porque são geladinhas, mas amo ver uma na parede,
    durmo tranquilamente sabendo que ela está me protegendo dos malditos pernilongos,
    e como tenho sangue quente, elas nem se aproximam de mim.

    • Reinaldo Barbosa Rodrigueiro

      É isso aí amiga das bichinhas geladinhas, as nossas amiguinhas não fazem mal e nem nos incomoda, o mesmo não posso dizer pra muitos outros. Continue assim, sempre amiga delas, afinal elas são predadoras de pernilongo que por nosso descuido eles proliferam muito.

  • Alguém tem experiência com aqueles aparelhinhos de ligar na tomada que dizem ser repelentes de bichos usando ondas sonoras? (Procure por Pest Reject no Google.) Chegou a alguma conclusão quanto à sua eficiência? Adoraria saber se funciona mesmo. Usei um há uns 5 anos, e não vi nenhuma lagartixa então, mas não tenho como saber se o aparelho as repeliu, ou se só não estavam por ali.

  • Oi Sally!

    Me senti tão compreendida lendo seu artigo. Chegou a ser catártico ler sobre a sua raiva às pessoas que fazem pouco caso da nossa fobia, e sua raiva às próprias lagartixas. Me senti um pouco menos maluca, sabendo que outras pessoas compartilham do meu pavor sem limites de um bicho teoricamente inofensivo. Só quem sente o mesmo entende, contra toda a razão.

    Obrigada por todas as dicas sobre como se livrar delas. Anotei tudo para guardar como referência. (Adoraria encontrar algum grupo no Face de lagartixa-fóbicos, para trocar idéias, mas não deve nem existir.

    Fique com um grande abraço meu, minha irmã de fobia.

    Mileni

  • Finalmente um texto em prol da fobia alheia! Nem acredito que encontrei um texto tão esclarecedor e a favor de matar essas maledetas que deveriam arder no fogo do Inferno! Outro dia estava separando uns documentos e encaixotando o que não ia mais precisar, qdo vi uma sombra minúscula próxima ao batente! Meu óculos de perto estava longe e desconfiei ser uma só pelo formato! Apaguei a luz e sai correndo, rezando para ser miragem e que eu nunca mais a veria (doce ilusão!). Até ânsia de vômito me deu e meus olhos encheram de lágrima… para vc calcular o pavor! Isso foi há 5 dias! Agora há pouco, entrei nesse quarto (que graças a Deus, é usado só como escritório!), acendi a luz e a bicha tava no batente oposto! E quer saber do pior? Parece que comeu espinafre do Popeye, pq estava maior e bombada! Xésuisssss! Quase infartei, sai correndo e fui pedir ajuda da minha filha ou sua amiga, que veio dormir aqui… Duas mais apavoradas que eu! Lamentei até ter mandado o ex-marido pastar há 2 meses, pq pelo para isso ele servia! kkkkkkk Agora, como ela já mora aqui, porém é filhote – como minha mãe sempre diz: “o ruim de achar filhote (barata ou lagartixa, minhas 2 FOBIAS!) é que atrás de todo filhote sempre tem uma mãe (sim! essas são as verdadeiras filhas da puta! uma puta mãe enorme! socorroooo!) e me preocupo onde deve se esse ninho! Vou vedar toda fresta que eu encontrar, matando as desgraçadas que dormem de dia lá dentro, comprar uns 5 tubos de SBP e 5 Lts de álcool… e rezar para ter a coragem de chegar perto o suficiente para ser rápida no gatilho se ela ou outro membro da família dessa maledeta aparecer! Oremossssss…. E dai-me forças, Senhorrrrrr!

    • Juliana, de todas as coisas que tentei (e foram muitas) a única que resolveu definitivamente meu problema foi mandar colocar telas em todas as portas e janelas (tem que ser muito bem vedado, sem nenhuma fresta) e também vedar o vão entre as portas e o chão. Depois disso nunca mais entrou nenhuma.

  • o começo dessa tragedia nao foi culpa minha, eu tava dentro do meu quarto jogando video game quando começou um quebra quebra no corredor e logo bateram na porta pra me avisar que tinham jogado veneno na lagartixa mas ela tinha fugido pra dentro do meu quarto. beleza, eu fiquei puto mas n consegui achar ela entao resolvir ficar de boa, ate que meus ouvidos atentos escutaram o famoso ”barulho de sacola mexendo” (todo brasileiro sabe do que eu to falando e no que isso implica), levantei da cama e fui olhar e quem eh que tava atras da minha guitarra? minha preciosissima guitarra…… a filha da putinha de zoin arregalado!!!! eu n deixei barato e catei logo um alvejante, espirrei na vagabunda ate ela fugir tonta, encurralada atras de uma mochila ela ficou, mas eu sabia que nao era suficiente, fui na lavanderia e catei AGUA SANITARUA. TAQUEI NA BIXA, ela começou a dar os gritinhos e se contorcer (nunca senti uma satisfacao tao sadica em toda miha vida) MORRE MASLDITA!!!MORRE!!!! nao morreu, ta presa dentro de um copo de plastico com um livro em cima, espero muito que ela morra e nao consiga se livrar do copo pq eu n tenho coragem de dar chinelada nela e depois limpar a nojeira. so queria deixar aqui o meu desabafo……pq pobre nao tem paz nunca?

    • Pedro, a única coisa que resolveu meu problema foi colocar telas em todas as portas e janelas da casa e vedar o vão entre a porta e o chão. Depois que fiz isso nunca mais entrou nenhuma.

  • Liliane Benvindo

    São 4:15 da madrugada levantei umas 3:30 pra fazer xixi liguei a luz a FDP tava lá me olhando, corri peguei água sanitária e joguei a garrafa toda, joguei da porta é claro não tive coragem de entrar. Resumindo estou quase mijando na varanda da minha kitnet pq não vou entrar na porra do banheiro nem que a vaca tussa.

  • Eu tenho medo mas tenho pena das lagartixas :v sempre que consigo boto elas pra fora na base da vassoura, mas já precisei usar o inseticida, ela correu e se escondeu, mas no dia seguinte encontrei ela morta atrás do sofá.

  • Até que enfim um post coerente, após me deparar com esse monstro assustador (só quem tem fobia sabe) após jogar quase um vidro de bom ar na cara dela, ela saiu e se escondeu atrás de um quadro no corredor! Mas está viva a maledita! Estou aqui vigiando até meu marido chegar e resolver o problema! Fico sem paz quando tem alguma dessas em casa, tenho tantos causos que já aconteceu comigo, mas o pior deles foi um dia que um ex namorado foi me buscar na casa de meus pais e eu estava de vestido, ao atravessar a rua (avenida movimentada de 2 mãos) olhei para baixo, pois senti uma energia horrível!!! E quando olhei ela estava presa no meu vestido, com a cara olhando pra mim, eu olhando de cima pra baixo e ela debaixo pra cima me encarando, não deu outra, comecei a me debater, arrancando o vestido e os carros passando, meu ex do outro lado sem entender, gritava, me debatia e a vi caindo no chão, mas a cena era pra mim terror e prós outros comédia. Imagina eu praticamente pelada no meio da avenida? Imaginou? Pois é… De lá pra cá só piora! Tenho nojo, pavor, angústia e todos os piores sentimentos, elas me paralisam de uma tal forma que certa vez ela estava no teto da entrada e simplesmente perdi um compromisso por medo de passar e ela cair em mim. Valeu pelo post, vou tentar colocar em prática os ensinamentos.

    • A solução mais eficiente é colocar telas metálicas em todas as portas e janelas e vedar o vão entre as portas e o chão (existem adesivos específicos para isso). Depois que fiz isso fiquei anos sem ver nenhuma.

  • Samira Vitoria

    Eu tenho pavor desse bicho ontem eu chorei horrores pq entro no meu quarto e não saiu tive que fazer um aue pra sair do meu quarto deixei meu quarto pra ela e fui dormir no quarto com minha mãe, pesquiso na Internet forma de matar e nunca acho ,obrigado

  • Apenas a título de leitura complementar: eu achei há poucos dias uma matéria no site “Dr. Lava Tudo” sobre lagartixas, que achei bem interessante. Eis o link:

    https://drlavatudo.com/blog/como-espantar-lagartixa

    Atenção para o trecho: “Sempre ouvimos falar que as lagartixas são pequenas ferramentas de controle biológico, porque elas são predadoras de aranhas, moscas e mosquitos, o que faria delas um animal inofensivo. No entanto, não é tão simples assim.

    As lagartixas podem transmitir doenças e carregar certos parasitas, como a giardíase, que pode infectar você, sua família e seus animais de estimação caso não seja tratada corretamente.”

  • Eu tenho pavor desse bicho nojento, minha casa é toda telada e onde não foi possivel fazer telas, improvisei eu mesma, como porta da cozinha e porta balcão no quarto, providenciei aquele véu de noiva (acho que é tule) com velcro colante nos batentes e coloquei o véu que gruda que é uma beleza. Me sinto refém dentro da minha pp casa, só tenho uma porta disponível da sala para entrar e sair. Tenho mais medo desse bicho que de ladrão, inclusive do cadaver, não posso ver, começo a transpirar e em questões de segundos estou pingando como se tivesse saído do chuveiro. Ninguém entende o meu pânico, confesso que nem eu! Mas todos que tomam ciência do meu pavor, ai é um bichinho tão inofensivo! Certa vez um casal de amigos vieram passar o final de semana em minha casa e o namorado da amiga queria largar a porta da minha sala aberta com uma lagartixa que estava rondando, eu como uma pessoa educada que sou, falei: Caralho, pqp, vai todo mundo se fuder, vcs estão na minha casa e as regras são minhas, quem estiver insatisfeito pode pegar o caminho de volta para suas casas. Fazem pouco do pavor alheio, essa porra me entra dentro de casa, ninguém pega mais e detalhe, moro sozinha. Já tentei de tudo, nada da jeito, baygon no máximo deixa tonta (estamos falando de um vidro) mas senão tiver nenhuma alma abençoada por perto para matar, recobra a consciência e some. Eu tenho nojo, pavor, medo, angustia e qdo falo que é mais que ladrão pois já tive uma arma apontada para mim e não chegou nem perto da sensação que sinto qdo me deparo com este ser horripilante. A indústria fabrica tanto inseticidas e venenos para baratas, ratos, formigas, insetos e outros, mas se esquecem dessas benditas e nós pobres mortais que temos pavor temos que conviver com esse medo, angustia e o radar sempre ligado para não sermos surpreendidas e dar vexame.

    • “Eu tenho nojo, pavor, medo, angustia e qdo falo que é mais que ladrão pois já tive uma arma apontada para mim e não chegou nem perto da sensação que sinto qdo me deparo com este ser horripilante”. Caramba, Andréa… Respeito a fobia alheia, porque sei o quão ruim é, mas mesmo assim fiquei pasmado com esse comentário…

    • Também tenho pavor de largatixa, hoje está fazendo 3 dias que cheguei a noite e vi uma em cima do fogão, logo corri e peguei o baygon e joguei nela, ela correu para trás do fogão, sumiu, mais tarde acabei vendo ela pelo vidro do forno, ela está no forno, infelizmente não tem ninguém que possa matar ela pra mim ,sem contar o nojo que me deu em saber que ela andou em cima do fogão e agora está no forno,vou esperimentar colocar uma caneca de água pra ferver, hora que estiver bem quente , vou abrir o forno devagar e jogar nela, vou ver o que vai dar,desejo muito que ela morra.

    • Oi Andrea,

      “baygon no máximo deixa tonta (estamos falando de um vidro)” – Ontem eu usei Baygon (o com óleo de eucalipto) e realmente deixou uma desgraçada apenas tonta. Aí troquei de inseticida, usei o Raid com óleo de citronela (embalagem laranja com amarelo); demorou, e foi bastante produto, mas a danada acabou morrendo. Foi uma desgraça ter coragem para remover o corpo dela do meu escritório, mas essa já é uma outra história.

      Não sou grande entendedora de inseticidas, mas outro dia teve um que pegou bastante na minha mão, e notei o quanto oleoso ele era. Desconfio que uns são mais oleosos, e outros são mais aquosos; se for isso mesmo, a água evapora logo e o cheiro envenenado eventualmente vai embora, possibilitando o bicho de sobreviver, Mas óleo gruda na pele, fica ali; posso estar dizendo besteira, mas acredito que quanto mais oleoso, melhor para matar lagartixas.

  • Suellen F Seron

    Depois de anos procurando na Internet formas de matar largatixa, veneno de largatixa, ou qualquer outra coisa que faz esse bicho ficar longe de mim e da minha casa e só encontrar pessoas querendo convencer que elas são boas, encontrei finalmente alguém que me entenda ! Pqp….
    Eu odeio esse bicho e qria que existisse um veneno que faça com que elas nem passem na calçada kkkkk
    Mas obrigada pelas dicas, to analisando qual a melhor para uma medrosa que nao chega nem perto.

    • Suellen, o que melhor funcionou comigo foi telar a casa toda: colequei telas em todas as portas e janelas e essas malditas nunca mais entraram

  • Cara vc salvou a minha vida tinha um demônio enorme aqui em casa que nem eu entendi como entrou, taquei água, perfume e até botei minha gata pra tentar resolver nada tinha dado certo taquei álcool na hora consegui resolver só acha que meus vizinhos devem me achar malica agora .

  • Kkkk adorei seu texto, muito engraçado. Vc tá tão puto com as lagartixas quanto eu. Me arrepio todo quando vejo uma, não tenho coragem nem de tacar uma vassourada, difícil de explicar o q sinto. Queria muito q tivesse um veneno industrial próprio para elas

  • Moro em um apartamento alugado, nunca tive problemas com lagartixas lá dentro, até que um dia apareceu uma e eu entrei em Pânico e chamei meu vizinho pra matar. Depois disso, aparecem várias. Eu mando matar e aparecem mais. Não consigo mais entrar dentro da minha própria casa e isso tá acabando comigo, tá me dando até problemas emocionais, estou ficando na casa da minha mãe, tô praticamente pagando aluguel a toa, não sei mais o que fazer. E toda vez que eu penso em dar uma chance pra minha casa, quando eu entro tem uma ou duas de uma vez só. As vezes pequenas, outras gigantes. Queria ajuda, tá difícil!

    • Única solução que funcionou 100% para mim: colocar telas em todas as janelas e, nas portas, vedar o vão entre o chão e a porta. Depois que fiz isso nunca mais entrou nenhuma (e de brinde ainda te protege de mosquitos).

      Onde seu apartamento faz contato com o mundo exterior coloque tela e deixe-as sempre fechadas.

      • Eu fiz isso mas elas são ninjasss! Bem raramente aparecem pequenas.. antes era bem mais frequente… as telas ajudam muito! E passo kotrine por fora, nas paredes…

  • 3 da manhã e eu relendo seu texto que acabo sempre lendo quando aparece um largatixa em casa, quase como um passo a passo de como não morrer antes de matar a largatixa ksksksk hoje infelizmente tive o desprazer de encontrar uma largatixa que acabou entrando no meu quarto (tenho nojo pq quando era criança e estava dormindo uma largatixa passou pela minha testa e aquela coisa gelada me traumatizou) taquei inseticida nela até ficar toda incharcada, faltou morrer eu e ela com o veneno mas funcionou igual a dica do creme (mas por algum motivo ela nao morreu de primeira, ainda estava “tentando” andar) ela ficou parada por algum tempo, por minha sorte ela estava no chao e eu acabei matando com o chinelo no desespero, mas morreu pelo menos.
    Muito obrigada pelo texto necessário, é maravilhoso ver que tem pessoas como eu que simplismente odeiam esse bicho que só falta ser símbolo nacional de tão amado que é, volto pra cá novamente quando aparecer outra (mas espero que não ksksk)

  • Quase 2 da manhã e eu pesquisando se inseticida mata a bicha, acabei achando esse texto. O que vc diz é real: fobia é coisa séria! Quando eu vejo uma lagartixa, meu coração acelera, eu fico rígida, não consigo me mover, por vezes até vomito por causa do medo. Tô a uma hora tentando entrar no quarto, e a bicha já foi tirada de lá, mas não tô conseguindo entrar. Sempre que isso acontece eu não consigo mais dormir, hoje não vai ser diferente.

    • Stef, depois que você conseguir se livrar dessa que entrou, te recomendo a única solução que funcionou para mim: telas em todas as portas e janelas e vedar o vão que fica entre as portas e o chão (principalmente as portas da rua). Fazendo isso elas não conseguem mais entrar.

  • Que bom que achei um texto real, sem frescura. Eu já não aguento mais a que tem aqui em casa, nunca vi um bicho cagar tanto. Já vi que hoje em dia vende um remédio específico para mata-la, e me assustei com o preço de mais de 200 reais. Estou quase comprando, pq ela está sujando a minha parede que eu acabei de pintar.

  • Acho que a Sally vai pirar quando souber que tem gente por aí que tem lagartixas em casa como BICHO DE ESTIMAÇÃO! Claro que os criadores desses seres não adotam os exemplares domésticos mais comuns, mas uma espécie chamada em inglês de Gecko, que tem uma aparência mais exótica, por assim dizer.

    https://www.petz.com.br/blog/wp-content/uploads/2022/06/gecko-leopardo-interna-2.jpg

    https://www.petz.com.br/blog/wp-content/uploads/2022/06/gecko-leopardo-topo.jpg

  • Boa noite, abri sem querer e comecei a ler, ri muito (com todo respeito), e achei muito importante a sua posição com relação ao medo, minha tia tem esse medo, mas no caso dela é com sapo, e após algumas pesquisas e análises de vários pontos, percebemos que o medo está associado a mente. Pois tudo acontece primeiro na mente, para então, refletir no corpo.
    Minha tia procurou um Hipnoterapeuta, para resolver o medo (problema) na raiz. Se quiser pode pesquisar o que ela conversou, Waldecir Bailo, ajudou muito ela.
    Hoje ela não se importa mais com a presença deles.
    Espero poder ter ajudado em algo!

    • O problema na raiz se resolve com psicanálise. Hipnoterapia retira seu medo dali, mas não vai no que o causou, então, é muito provável que a pessoa acabe canalizando esse medo para outra coisa.

  • O pior é que elas defecam em todas as partes. tenho uma área de churrasqueira, e eu acho que elas pensam que lá é a privada delas. Todos os dias, a pia amanhece cheia de fezes. tenho vontade de morrer….

  • Em pleno 2023 acho esse texto perfeito!!! Tenho fobia dessa desgraça! Mas consigo matar com inseticida, gasto uma lata e volto depois pra recolher o corpo! Mas nesse momento estou sozinha em casa (quem me salva são meus filhos e meu cunhado), meu cunhado e minha irmã já estão dormindo! Mas estou sem inseticida e sem álcool, aí joguei água sanitária, mas a desgraçada continuou viva e agora sumiu! Lá vou eu em mais uma noite em claro com pavor desse bicho e é pequenininha a fdp! Ai q ódio dessa praga!!!!

    • Cristiane, te conto a única coisa que funcionou para mim: telas nas portas e janelas. Nunca mais entrou nenhuma. Para completar, feche o vão entre a porta e o chão (existem adesivos específicos para isso).

  • Até que enfim achei um texto que me representa! Tenho pavor desse bicho e o povo vive tirando sarro de mim! Morro de medo, mas tenho dó de matar, queria que algo afastasse esse bicho de vez! Hoje apareceu uma no meu quarto, joguei um inseticida nela e ela saiu correndo! Tô com medo, pois a perdi de vista, não sei como vou dormir!

    • Bruna, depois que você se livrar dessa que entrou, a melhor solução é telar a casa. Coloque telas nas postas e janelas e vede o vão entre as portas e o chão, assim elas não conseguem mais entrar.

  • Sandra detesto esse bicho

    Não danifica o aspirador nem ela! Ela sai perfeitamente de lá, pronta pra continuar assustando a gente… um dia fiz isso…peguei uma preta rajada com o aspirador e deixei num canto da sala…depois de um tempo tomei outro susto…apareceu perto do aspirador e olha que deixei sugando um tempão pra ter certeza de que foi tragada …mas ela sai…empoeirada, mas sai…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: