C.U.radoria de Conteúdo: pelas costas.

Saudações anais e finais,

Nesses últimos anos, eu posso me orgulhar em dizer que fui a estrela guia do desfavor. A mais brilhante estrela marrom do firmamento. Mas tudo o que é bom acaba, e hoje eu decido a última pauta do ano mais cu da história recente.

E vou fazer diferente dessa vez. Vou dar uma prévia para vocês de como eu vou fazer falta. Somir, seu tema é livre. Quer escrever coisa nerd que ninguém lê? Pode escrever. A Sally quer passar o ano que vem inteiro falando de doença? Pode falar.

Esse é o fim de uma era. A era do C.U. termina, a era dos chatos começa. Vai lá, façam isso melhor do que eu, sem as minhas ideias. Du-vi-do.

Um beijo na bunda.

Assinado: C.U.


SOMIR

Você pensa que a baixaria é sua aliada? Você apenas adotou a baixaria. Eu nasci nela, fui moldado por ela. Eu não vi temas de qualidade até me tornar um homem, e quando isso aconteceu eles não eram nada para mim além de entediantes.

Muito se engana quem acha que dependemos do C.U. para não nos levarmos a sério. Fazemos isso desde que começamos a escrever aqui. Nossa primeira discussão no blog foi sobre a obrigação da mulher em dar o cu para seu namorado! Na verdade, a quantidade de temas mais “cabeça” aqui é basicamente o resultado de mais de uma década esgotando todo tipo de tema desconfortável, nojento e/ou desagradável que podíamos imaginar.

O verdadeiro C.U. sempre esteve nos nossos corações!

Peraí… não… vocês entenderam, né?

E é para calar sua arrogância anal que nós decidimos que nós seríamos o C.U. daqui em diante.

Peraí… não… não desse jeito…

Seja como for, vamos provar para todos vocês que não precisamos de intervenção externa para produzir o pior tipo de material possível. Mas como não somos completos doentes mentais como o C.U., vamos concentrar todo esse poder de fogo numa semana temática especial.

A SEMANA DO C.U.! ou SEMANANAL (nome ainda em discussão) vai ser celebrada na primeira semana de junho, de segunda a sexta-feira, nós vamos escrever apenas sobre temas de mau gosto, escatológicos e ofensivos em geral. Para quem é da velha guarda, já fizemos semanas temáticas parecidas no passado, e vira e mexe são os textos mais visitados da história do Desfavor. Talvez seja por isso que tanta gente maluca aparece no Ei, você? Talvez seja, mas não podemos negar que são essas coisas horríveis que mantém o Desfavor relevante no Google há mais de uma década. Isso e os textos da Sally sobre grávidas e lagartixas.

Acreditamos que seja a melhor solução. Mantemos o Desfavor relativamente limpo durante o ano, e numa vibe meio “The Purge”, soltamos toda a merda numa só semana durante o ano, para esquentar seu inverno com aqueles assuntos que todos nós não queremos saber. O C.U. passou muito tempo misturando baixaria com punição, o que acreditamos ter reduzido o potencial de desgraçamento dos textos em si.

A partir de agora, a responsabilidade pela semana baixo nível é totalmente nossa, mas isso não quer dizer que vocês não possam colocar o C.U. nessa história toda!

Opa… peraí… não é bem assim…

Se você tem curiosidade sobre algum tema vergonhoso e/ou nojento e/ou horrível e/ou potencialmente criminoso, pode aproveitar para deixar uma sugestão anônima avisando que é para a semana baixo nível. Não é garantia nenhuma que vamos escolher os temas sugeridos por vocês, mas é garantia que tanto eu como a Sally vamos tentar jogar nas costas um do outro os textos mais vexatórios de produzir. Se você nos der munição, pode matar dois coelhos fedidos com uma cajadada só: não só faz alguém falar sobre algo terrível que quer saber, como nos ajuda a trollar um ao outro.

Não aceito que o C.U. saia por cima. Não é o lugar dele. Nós somos mais do que capazes de derrubar a qualidade disso aqui quando quisermos, mas escolhemos fazer isso num período definido, assim quem quiser pegar uma semana de férias da gente, já sabe qual é a melhor data: a primeira semana de junho.

Até maio, vamos procurar por sugestões de temas nesta postagem e na página de sugestões, desde que devidamente definido como sugestão para a semana baixaria. Mas repito: não precisa se sentir obrigado(a), nós conseguimos nos virar. É que acreditamos que a podrice está em todos nós, e podemos ser mais podres se juntarmos nossos poderes.

Acabou o tempo do C.U., ele abusou da nossa doença mental relacionada com apostas por tempo demais. Agora ele vai ser enviado para uma fazenda, para viver com outros C.U.s e poder fazer merda à vontade longe da gente. O baixo nível volta a ser nosso, com muito orgulho.

Pelo menos uma semana por ano. 2022 promete.

Promete ser uma merda.

Para dizer que fomos manipulados mais uma vez, para dizer que o Desfavor sempre foi tosco, ou mesmo para mandar a gente tomar no C.U.: somir@desfavor.com

Se você encontrou algum erro na postagem, selecione o pedaço e digite Ctrl+Enter para nos avisar.

O que você achou?

Loading spinner

Etiquetas:

Comments (8)

  • Nao sei se já fizeram, mas lá vai algumas sugestões para a semana do CU: (1) coprofagia. É absurdamente comum no reino animal. (2) coprólitos: cocôs fósseis permitem saber se as pessoas tinham parasitas intestinais há milhares de anos. (3) Instestinos artificiais. (4) Redução do intestino em viagens no espaço. (5) Animais sem CU.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Tá engraçado essa do Somir querer dar uma de gente como a gente, que nunca foi um piá de prédio Só falta dizer que era um noventista e brincava na rua, que quem nunca nadou no esgoto não teve infância!
    E aí, vcs já fizeram a lista de metas pra 2022? Se não cumprirem não vai ter o C.U. pra dar punição?
    Somir, vê se fura alguma postagem este ano pra ter um Free Hugs! Essa tua assiduidade já tá ficando chata.

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Por essa eu não esperava! O ano de 2022 ainda nem começou e já sinto um misto de curiosidade e receio sobre o que virá na tal primeira semana de junho. Eu não sei bem o que esperar, mas imagino que o conteúdo será de um nível nunca antes visto na história do Desfavor e que o Somir, assim como o Bane que “incorporou” no começo do texto, irá “quebrar” os leitores como se fossem as costas de um certo morcego…

    O que você achou?

    Loading spinner

  • #C.U.temrazão! Quanto as nerdices, às vezes até acho interessantes, mas as doença são de cair o cu da minha bunda! Além da Semanal, poderia ter o Dia do CU todos os anos. O C.U. faz falta! Beijo na sua bunda também!

    O que você achou?

    Loading spinner

  • Desejo ao Desfavor e aos demais impopulares um feliz ano novo (que, nas atuais condições do Brasil e do mundo, não é muito diferente de mandar tomar no cu).

    E deixo nesse post mesmo uma sugestão entediante: é pior ser picado por um escorpião, aranha ou uma cobra?

    E a sugestão degradante: as propriedades da merda, tais como cor e consistência, para quem gosta de encarar a obra antes de mandá-la para os esgotos e saber se está morrendo por dentro.

    O que você achou?

    Loading spinner

    • Eu já fui picado pelos três e posso dizer: cobra é pior pelo desespero, afinal, tu tens que agir rápido, tomar o soro rápido, e até conseguir esse soro, olha… Difícil também saber identificar a cobra no momento de desespero, pegar ela então pra preservar o veneno, olha… Não dá! Sem contar que dói bastante porque o dente é maior, o buraco feito na pele é mais fundo.

      Aranha dói de maneira irritante, e a única que mais doeu até hoje mesmo e que fiquei preocupado pra valer foi a aranha marrom, porque senti dor de cabeça, tontura, enjoo, formigamento e ainda tive febre. A picada dela dói por dias a fio, e a região da picada forma uma crosta bizarra como se tivesse necrosando a pele, é bizarro!

      Escorpião e lacraia são só doloridos mesmo, mas temporário, só algumas horas,e arde bastante pelo veneno, mas nem se compara à dor dos dias a fio da aranha marrom ou do dente da cobra.

      O que você achou?

      Loading spinner

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: