Tag: futuro

Semana passada eu falei sobre um paradoxo filosófico antigo, o Navio de Teseu: se você trocar todas as partes de uma coisa, uma por vez, a coisa ainda é a original ou se tornou algo novo? Hoje vamos seguir em frente com as implicações dessa ideia na nossa mente. Com a quantidade absurda de informação que consumimos atualmente, será que ainda somos… nós?

Continue lendo

Há milênios filósofos discutem sobre o Navio de Teseu. Teseu era um herói da mitologia grega conhecido por enfrentar o Minotauro para salvar jovens atenienses. O barco no qual partiu para essa missão e retornou a sua cidade natal foi preservado pelos atenienses: cada vez que uma parte do navio apodrecia, trocavam por uma nova. Então, surge a dúvida: depois de todas as partes terem sido trocadas muitos anos depois, o Navio de Teseu ainda era… o Navio de Teseu?

Continue lendo

Muitas das nossas histórias sobre como imaginamos o futuro passa por alguma forma de homogeneização da humanidade: mesma língua, mesma moeda, mesmo sistema de crenças… alguns fazem isso pelo ângulo utópico, com todos nós muito felizes e harmônicos; outros focam no ângulo distópico, numa sociedade extremamente opressora ou mesmo sem lei. Mas, é isso o que o futuro nos espera?

Continue lendo

Vamos imaginar que por algum motivo bizarro, todos os seres humanos do planeta desapareçam ao mesmo tempo. Num passe de mágica, a Terra seria herdada por todos os outros seres vivos que não o homo sapiens sapiens. Por quanto tempo algum observador externo poderia reconhecer que estivemos aqui um dia?

Continue lendo

Uma das tendências mais consistentes na história humana é a mecanização, ou seja, transferir uma função que originalmente era realizada pelo corpo humano para uma máquina. Colocar um boi para puxar um arado na fazenda e criar um robô para montar iPhones se encaixam nessa categoria. A ideia normalmente está ligada ao medo de perdermos nossos empregos, mas pouca gente se lembra que até segunda ordem, máquinas não sabem o que fazer e precisam ser comunicadas sobre sua função. Por isso, a seguinte pergunta torna-se muito importante: você sabe falar com uma máquina?

Continue lendo

  • 1
  • 2