Entre os anos 60 e 70, os italianos tinham uma indústria de cinema poderosa, e pra lá de peculiar. Todos os filmes que a careta Hollywood não tinha coragem de fazer, eles faziam. Muito mais dos que os filmes de faroeste, do país europeu saíam muitos filmes de qualidade duvidosa, mas que não tinham o menor medo de apelar para conquistar audiências. Hoje eu quero falar sobre provavelmente o filme mais apelativo de todos os tempos: Adeus Tio Tom.

Continue lendo

Antes de começar o texto, acho importante relembrar que quem vos escreve é uma pessoa que, muito além do ateísmo, repudia religiões por premissa. Boa parte destes 15 anos de blog passei criticando, falando mal e tentando mostrar a hipocrisia, a contradição e até a má-fé de religiões. Dito isso, The Chosen é bom demais! Se o assunto te interessa, é a melhor versão da história que você vai encontrar.

Continue lendo

Diablo 4 foi lançado pouco tempo atrás com uma das maiores campanhas publicitárias para um jogo até hoje. Bateu recorde atrás de recorde de vendas, e teve milhões de pessoas jogando ao mesmo tempo na primeira semana. Pouco tempo depois, o número de jogadores online caiu mais de 90% e os streamers tiveram que parar de jogar por falta de plateia. O que aconteceu?

Continue lendo