Autor: Somir

SALLY
É a cara das empoderadas eleger um homem sem pênis.
SOMIR
Eu torço para que ganhe e os outros concorrentes tenham que parabenizar muito. Torço para que ganhe nos próximos dez anos depois, inclusive.

SALLY
Também é a cara desses homens moderninhos escolher uma mulher com pênis.
SOMIR
Eu torço para que ganhe e as outras concorrentes tenham que parabenizar muito. Torço para que ganhe nos próximos dez anos depois, inclusive.

Continue lendo

Há duas semanas, mencionamos uma notícia sobre Harmony, uma boneca sexual “hiper-realista” cujo perfil no Tinder gerou 56% de aprovação dos usuários do aplicativo num experimento de um jornalista que fazia um documentário sobre o tema. Melhor que muita mulher de carne e osso. Seria a falência das relações humanas? Bom, eu tenho uma teoria…

Continue lendo

Como o desfavor virou o chiqueiro da Fazenda, não vamos gastar munição nos próximos dias. Com vocês, a coluna que mais enche de esperança esse país!

indio pelada mulher
A baixaria está na sua cabeça. Obviamente essa pesquisa foi feita por um indígena que queria ir jogar futebol com os amigos, mas estava preocupado com a reação da mulher.

Continue lendo

“Eu não prendi o cinto.”

A frase passou pela sua cabeça de Karin no segundo entre o tranco habitual da reentrada atmosférica e a fria e dura realidade do chão metálico da cabine. Os estabilizadores lá fora entram em ação, permitindo seu retorno ao compartimento da cama. O colchonete fino cheirava mal e parecia sempre úmido, mas depois de quatro meses de viagem num velho cargueiro do tempo das colonizações, qualquer coisa macia já era um alento.

Continue lendo

No mundo dos jogos, os Non-Playing Characters (NPCs) são justamente o que o nome sugere: personagens que habitam o universo do jogo em questão, mas são controlados pelo computador e não por uma pessoa. Na grande guerra das memes da internet moderna, eles viraram motivo de banimentos em massa no Twitter e a fúria da turma do lacre nos EUA. Não entendeu nada? Melhor prestar atenção, porque logo logo chega aqui.

Continue lendo