Autor: Somir

Lilith pediu, está pedido. Hoje falamos sobre a Copa do Mundo de 2018. E como estamos no Brasil, nem preciso dizer que é de futebol. Afinal, é a única comparação internacional na qual as terras tupiniquins não entram com certeza de passar vergonha. Quer dizer, se você esquecer tudo aquilo que aconteceu em 2014… e 2010… e 2006… seja como for, bola em jogo que lá vem o Desfavor Explica: Copa do Mundo 2018.

Continue lendo

Lilith encomendou um texto sobre Eutanásia, e disse que tinha que vir dentro de uma coluna Flertando com o Desastre. O tema já passeou pelas nossas páginas algumas vezes e eu sempre deixei minha posição clara. Mas, talvez não com o carinho necessário… vamos estabelecer o ponto central do texto de hoje: eutanásia é uma prática humanitária que defende a vida acima de tudo. Não deveria ser polêmica, nem um pouco.

Continue lendo

Pedido do Diego Pontes – Reescrever o final de Cinderela Baiana. Então, vamos nessa:


Carla Perez coloca a última peça da sua fantasia de odalisca e olha no espelho, contemplando cada detalhe das suas vestimentas com um sorriso maligno no rosto. Ela sabe que chegou a hora. Com passos largos e decididos, passeia pela sua nova mansão rumo à garagem. Lá, o motorista espera diante de um galante sedã branco, convidando-a com a porta traseira aberta. Ela respira fundo uma vez mais, e entra para começar sua jornada.

Continue lendo

E o mês Macacos com Navalhas continua. Diego Pontes fez a sugestão e cá estou eu acatando. Falemos então de médiuns. Mas, não estava explicitado o caminho que eu deveria tomar… então não vou fazer questão alguma de contar para vocês a mitologia criada ao redor dessa ideia ancestral. Tem coisa bem mais interessante para se explorar nesse tema indo mais para a base. Com vocês, Desfavor Explica: médiuns.

Continue lendo

Impossível não entrar no tema hoje. E provavelmente no final de semana também, salvo alguma merda ainda maior nesse curto período de tempo (melhor não duvidar), quando a Sally estiver junto para falar da parte mais técnica do julgamento, entraremos no mérito, mas agora… agora vamos só lidar com o fato que a condenação de Lula foi mantida por unanimidade pelos desembargadores do TRF-4, e com o bônus de mais alguns anos de prisão no pacote. Saborear o momento, por assim dizer.

Continue lendo